Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

MINHA MÃE DEPOIS DA PRAIA

Olá a todos.

Venho contar oque aconteceu entre eu e minha mãe a alguns anos atrás...moramos sozinhos eu e minha mãe apenas...meu pai falesceu quando eu tinha 4 anos...sempre fomos liberais eu e minha mãe...sempre ficamos nus um na frente do outro quando criança tomava banho com minha mãe enfim normal isso pra gente...oque vou relatar aqui aconteceu a 3 anos atrás...sempre vamos a praia juntos e adoramo sacanear alguns carinhas pois minha mãe é bem bonita e tem um corpo lindo...seios pequenos...bunda saliente...olhos claro...loira uma mulher atraente e sempre que estamos na praia ficam uns carinhas dando encima dela..dai ficamos como se fosse-mos namorados...abraçados e as vezes ela me beija na boca selinho nada demais sá pra soar mesmo...hoje estou com 19 anos e minha mãe com 42...sempre vi minha mãe nua mais nunca com outros olhos sempre a vi nua mais como minha mãe...já até a abraçei nua e eu tambem nu mais nem dava importancia pra isso...até que um dia estava-mos na praia e já era por volta das 15:00hs e estava-mos com fome então resolvemos ir pra casa...chegando no prédio onde moramos uma vizinha nos avisou que a aguá estava pra acabar pois iria ser feita uma manutenção no sistema do prédio...como de costume chegamos em casa tiramos a roupa de praia e ficamos nus...minha mãe então foi até o banheiro e falou pra mim que erá melhor tomar-mos banho juntos pra não corre-mos risco de a agua acabar justo quando algum de nás estivasse no banho...eu aceitei sem problemas pois como falei sempre fomos liberais...entrei no banheiro e de de cara com minha mãe sentada no vaso sanitario com as pernas abertas e olhando alguma coisa em sua buceta...fiquei parado olhando aquela cena e perguntei oque era que estava olhando tanto...ela disse que sentia algo encomodando ela entre a buceta e o anus e pediu pra eu dar uma olhada pois ela não conseguia ver oque era que tanto encomodava que estava coçando...fiquei meio sem jeito mais fui olhar...me ajoelhei diante dela com as pernas abertas e da quela buceta lisa sem nenhum pelo...como estava sem jeito disse que não era nada e fiz que iria levantar...ela logo falou como não tem nada se vc nem olhou direito...vc nem tocou pra ver oque é?

mais uma vez sem jeito abri mais um pouco e lentei as pernas dela pra tentar ver oque era...logo senti aquele cheiro maravilhoso de sua buceta...passei o dedo entre a buceta e o anus dela e não senti nada...falei que talvez fosse o biquine que encomodara...quando me levantei sem perceber estava de pau muito duro..quando ela viu ficou espantada e perguntou oque era aquilo...o porque estava daquele jeito já que sempre nos vemos nus e nunca aconteceu isso...eu meio sem graça disse que não sabia...ela me perguntou se foi porque eu tinha tocado em sua buceta...eu disse que talvez sim...ela mandou eu me aproximar dela...ela continuava sentada no vaso sanitario e eu em pé com o pau duro demais...ela faou pra mim como vc cresceu e eu nem percebi meu filho...seu pau esta enorme e muito bonito...posso pegar pra ver melhor? eu disse que sim mais não iria me responsabilizar por nada pois estava com tesão...então minha mãe pegou meu pau e começou a olhar de perto envolvendo-o em sua mão quente...quando percebi ela estava fazendo um vai e vem maravilhoso no meu pau como se estivesse me masturbando e falando de como ele estava grande e lindo...derrepente ela da um beijo no meu pau e fica passando a lingua nele...eu ia na lua e voltava com aquilo...ela então pegou minha mão e falou pra eu tentar ver se eu descobria oque tanto encomodava ela...levei minha mão até sua buceta e fique passando os dedos entre os labios de sua buceta e senti ela bastante molhada...enfiei um dedo naquela buceta quente e molhada quando percebi que minha mãe estava me chupando com muita vontade e eu passei a enfiar varios dedos nela...quando falei que eu iria gozar ela abriu suas pernas o maximo que pode e pediu pra eu gozar dentro dela pois estava morrendo de tesão tambem...quando vi aquela buceta aberta e toda molhada coloquei meu pau na entrada e fui empurrado bem devagar até entrar tudo e sentir meus pelois encostarem em sua buceta...ela gemia baxinho e dizia no meu ouvido...enfia tudo na buceta da mamãe filho e goza bem no fundo...aquilo me dava mais tesão ainda...fiz varios movimetos de vai e vem enfiando sempre bem devagar pois não queria que aquilo acabasse nunca...pois estava maravilhoso...nunca sentira um tesão igual na minha vida...e la falando em meu ouvido sempre...não tenha pena da mamãe enfia tudo que eu quero sentir sua porra dentro de im filho...não aguentei muito enfiei meu pau todo dentro de sua buceta e pedi pra ela mexer pois eu iria gozar...ela logo começou a mexer com meu pau detro dela foi quando eu cheguei perto de seu ouvido e faleu pra ela...abre mãe sua buceta o maximoq ue puder pq seu filho esta gozando muito na sua buceta...senti naquela hora que ela tambem gozara...acho que nunca gozei tanto em minha vida...ficamos parados por alguns minutos na mesma posição ela de pernas abertas e eu com meu pau dentro dela sentindo ele amoleçer e sentindo minha porra escorrendo entre sua bunda...tirei meu pau bem devagar dei um beijo em sua boca disse que a amava...tomamos nosso banho e voltamos nossa rotina normal...sá que até hoje sempre transamos com muito tesão um pelo outro mais sempre como mãe e filho.

VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


contos eroticos de incesto veridicoconto fazenda com mamaecontos eróticos com foto Recém casada com marido brochacontos eroticos gay estuproContos comendo a mulher do amigocontos eroticos com fotos mulher casada traindo corno gozada empresario chefecontos de coroa com novinhoconto eu meu filho e meu pai cumemos minha esposa rabudacontos filho fudendo com a maecontos erótico eu e minha loirinha e um negao de 32 parte 2Contos eroticos fudendo um cuzinhoconto so dou o meu cufilha minha femea contoxvideos inceto 8 o prazer da carnecontos eróticos a f*** defudida por incomendacriando o sobrinho banho contocontos sexo dividindo o casamento e a camacontos zoofilia gaybucetiha tihoconto de carona no caminhaodia dos namorados incesto contoPutinhas mamando contoseroticosContos eroticos... Cunhada usando um vestidinho curtoeu sou casada e amo zoofiliaContos eroticos levei de um activo negroestuprada pelo padrinho contos eroticoscontos de coroa com novinhocontos eróticos frio chuvaContos esposa putafilha gostosa contominha mulher quer dar o cu p outro na minha frentemulher entrando na chapeleta do pôneicontos eroticos gay meu vizinho de dezenove anos me comeu quando eu tinha dez anosContos eroticos mãe de colegasvai me arrombarsimpatia comer cunhadaO que fazer pra comer minha mae conto incestocontos de sexo entre conhados gayconto gerou comer a sograno cuzao da coroa casada contoContos eróticos mãe apavoradatrai meu marido com um travesticontos comendo o cuzinho da fazendeiracontos sendo escrava por santagemvirei amante de meu tio novinha contosConto erorico arombei minha amiga novinhaContos eroticos minha primeira vez foi quase um estupro e eu gosteicontos eroticos meu amigo e minha mãefui criado para ser gay Contosporno conto mae gravedacontos batendo punheta no garotinhoLóira safada narra conto metendo na coberturapassei pirulito na bucetamulher gozando a um metro de distansia e mijandocontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crentecontos eroticos mulhersibha do papaicontos tia gostosaa ai delicia ai vai vaiconto erotico comendo minha vizinha carminha cantos erótico comendo a mãe e a irmã juntopunhetabdo no hospitalcontos gay com homens grandes e peludos terminadasfui pintar a casa da minha cunhada com ela e minha esposa e o marido dela cantos eroticoscontos lésbicas amo minha cunhadanovinhaquinzeanoscontos eróticos cuzinho da mamãebate papo gay em Santarém ParáContos nossas filhasContos eroticos mordedo seiosSo video de 5 minutos porno buceta e rolas de 16centimetroxvedio nerga da cu pertaContos eróticos sedução