Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

MARIA LÚCIA NUM RESORT E NA CASA DELA

Ao voltar a São Paulo reencontrei a Maria Lúcia. Tinha se divorciado e casara de novo. Seu novo marido, um artista plástico, acompanhou-a a uma festa em nossa casa. Que homem! Não muito alto, uns 1,76m, cabelos negros, indo até os ombros. Sobrancelhas espessas. Olhos castanho-escuros, com cílios grandes e um canto de olho enrugadinho (uma gracinha...). Um jeito de olhar convidativo, irresistível. Nariz afilado. Boca com lábios carnudos, mas sem exagero. Bigode caindo pelas comissuras (tipo mongol), porém mais cheio e menos longo. Dentes, um marfim. Queixo um pouco para a frente. Voz um tanto rouca, mas forte. Mãos bem cuidadas, com dedos longos e finos. Gestos harmoniosos, mas firmes. Fiquei vidrada e surpresa quando soube ter 45 anos, pois aparentava menos.

Eu e a Maria Lúcia nos isolamos para trocarmos confidências. Claro que o assunto principal foi foda. Falou-me que o Jair era bem diferente do ex. Este, como meu marido, gostava muito de putaria, mas era um pouco reservado. Já o atual...

Adorava um grupal. Mas não exigia sempre participar, deixando-a à vontade quando ela queria ir a um programa com outros.

Contou-me como se comportavam em viagens.

Logo ao dia seguinte da chegada ao hotel, à hora do desjejum, não perdiam tempo. Sentavam-se numa mesa ao fundo, ele de costas ao salão, com ela sentada de frente, podendo ter uma visão plena. Ao ver um homem interessante, começava a paquerá-lo. Se vira interesse da parte dele, transmitia ao marido. Este arrumava um jeito de se aproximar na portaria ou mesmo no local de refeição. apresentava-se, começava a conversar e, sem rodeios, dizia que queria contar com ele para uma suruba. Ao saber que o Jair estava a fim de um "ménage", apás surpresa e uma inicial indecisão, na maioria das vezes topavam.

Narrou-me um caso recente, ocorrido num "resort".

Acertaram com um italiaçno lindo e foram trepar nos aposentos deles.

Os dois homens, apás aperitivos tomados pelos três, se associaram em tirar as roupas dela, e ela, em retribuição, fez o mesmo com eles, aproveitando para, lentamente, ir beijando-os, descendo até os caralhos. Apás chupar os dois, partiram para associação: um na boceta e ela com caralho na boca, dupla penetração, um com a língua na boceta e ela chupando um cacete, felação ou cunniligus assistidos pelo outro batendo punheta, enrabação e minete ou chupação. Uma gostosura!...

Também, às vezes, convidavam uma amiga ou um amigo, para trio, em São Paulo na casa deles. Ou, então, outro casal.

Um daqueles dias tinham ido a uma boite, onde conheceram um casal. Ela, empresária; ele, arquiteto. Paula e Vicente. Foram os quatro para a casa da Maria Lúcia.

Apás umas musiquinhas, foram para o quarto. Apás terem fodido separadamente, a Paula com o Jair, ela com o Vicente, foi proposta uma DP. As duas aceitaram a sugestão de imediato.

O Vicente se estendeu na cama e sua esposa tocou-lhe uma punheta para o pau se manter bem em pé. Depois pôs a camisinha. A Maria Lúcia foi por cima e se empalou de uma vez sá na pica do Vicente. Depois se deitou sobre ele. Jair abriu bem os lados da bunda dela, passou o lubrificante e foi metendo devagar em pequenos movimentos progressivos. Com a cabeça do pau toda introduzida, a Maria Lúcia contraiu o cu. Sentiu o pau do marido ficar mais duro e pediu que enfiasse mais. Disse-me que é uma tora (o que eu constataria outro dia) e com ele gosta que vá devagar. Quando pela metade, ela começou a mexer para frente e para trás, roçando o púbis em Vicente. O rabo relaxou de vez e o Jair meteu até a raiz. Parecia deslizar num plano inclinado e o orgasmo dela veio logo. As duas sensações se juntaram, numa mistura doce e irresistível, com um calor gostoso. A Paula tocava uma siririca enquanto assistia. Logo se apossou do cacete do marido na xoxota e ficou de bunda voltada para o Jair. Este trocu a camisinha e a Paula disse: "Manda brasa porque gosto de ser enrabada com força." Passado o KY, o Jair enfiou de uma sá vez, com a Paula gozando, gritando rouco.

As duas se ajoelharam, pondo os caralhos na boca, Paula no Jair e a Maria Lúcia mamando no Vicente. Logo este deu um grito de surpresa, revirou os olhos, gozando de uma sá vez, enchendo a boca da Maria Lúcia de porra.

A Paula chupava a rola do Jair lambendo lentamente. O Jair lhe pediu para fechar os lábios sobre a cabeça do cacete e ficasse parada e que a Maria Lúcia movimentasse o mastro numa punheta, lambendo ao mesmo tempo o saco. Paula obedeceu e fechou os olhos. A Maria Lúcia começou, com o Jair, de olhos fechados, abrindo os braços e as pernas. Rápido, encheu a boca da Paula de esperma. Com um grito, desmaiou. Ao abrir os olhos, a Paula ainda tinha o pênis na boca, com a Maria Lúcia, amorosamente, lhe acariciando o pescoço.

Ouvido-a contar, fiquei com a xana molhada e, quando ela me propôs um encontro a três, aceitei sem pestanejar. Conto depois.

VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


contos eróticos de casadas evangelicas vagabundas dando tudo por tesãocumi a bucrtina contos eroticosaçeitou suruba com amigos sua vizinhacomi minha priminha loirinha da bundinhadeliciosacontos punheta com a maecontos fudelançaContos casado com travesti mas ele fudia com todos d familiafotos de relatos de fatos reais nora transando com sogro no Rio de Janeirocontos veridicos de mulher casadacontos eroticos de padrasto chupador.de.greloas duas bundinha para o macho contocontos eroticos com cunhadaeu confesso mijocontos eroticos arrombando a gordaconto casado dei pra travestiConto erótico qual é a cadela mais receptivaContos de loiras com mais de 70 anos dando cu para negros dotadoscontos zoo meu marido sem eu saber viciou o cao passando minhas calcinhas para ele cheirarcontos me vinguei com o meu ex namoradovirando moça contosProvoquei e foi arrombada porno conto Contos eroticos homens estuprano gravidasviuva ecitada ver filho tomando banho e da pra eleNo motel quando minha prima percebeu meu pau ja tava entrando na sua buceta virgem contos eroticosmais que irmaos contos eróticos virgenscontos eróticos comi minha amiga skatistaconto guei fingi dormi emeu primo enfiou o pau na minha bocaporno ex-namorada baixinha olhos claros da cintura da bundona gostosaContos eroticos comi um cuzinho no sequestrocontos eroticos comendo o bucetao cabeludobosque conto heterocavadinha transando com negãoIncesto com meu irmao casado eu confessocontos buceta assadaconto erotico sou uma mulher casada adoro ver filme porno ver cavalo comendo mulhercontos do irmão viadinhocontos de iniciação no swingcantos erótico comendo a mãe e a irmã juntocontos eroticos de virgems estrupadas no mato por 2asalto que.virou.suruba videosfudendo a filha da empregada contos eróticosMae com a mao quebrada conto incestocontos eroticos o dia que comi a novinha gordinhadepois de eu ter me mastrupado depois de um tenpo comesei a goza isso e normalchantagiei minha sobrinha contossem explicação safadinha contosincesto contos suruba com minhas irmascontos eroticos, venerava meus mamiloscontos de punheta com botassogra puta dizendo que é dona da minha pica3amigo chupa paus amigosminha sobrinha , na praia contoencesto contos de irmanzinja virgemcasa dos contos putinha desde novinhaChuva dourada entre pai e filha contos eróticoscontos eroticos gay garotinhocomeu cu da coroade 30anossconto marido gangbangconto lesbica humilhadaSe a mulher fica engatada com o ccao quanto tempo ela pode ficar grudadacontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crentecontos.praia de nudismo com o pai roludoPorno conto casada no veloriopai com filha muito novinha contosCasada narra conto dando o cucontos eroticos tesao na maeConto erotico minhas filhas lindas do papaicontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crentemulher dominando casalconto porno eu meu marido minha filha e o mendigofui arombada marido adoroucontos zoofila casada abandona marido e filhos por um cachorrocontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crenteecotra coroa que.evie vido sexo avivocontos mulher filho noraconto avo e netinhascontos/esposa tarada por dotadoscontos porno pedreiro pica jumento