Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

A COMENDO A PEOPLE DO TRABALHO

Esse conto é real, trocarei os nomes para manter o sigilo.

Sou um cara normal, totalmente nerd, mas sem as espinhas, braços finos e rosto de retardado. Sou um cara normal, tenho 25 anos, 1,78m, 74 Kg, cabelos castanhos e olhos negros. Trabalho em uma empresa onde existe uma área que é responsavel por ajudar a equipe a ficar motivada e resolver qualquer problema que possa afetar o bem estar da equipe.Vou contar sobre como transei com a garota dessa área, o nome dela é Fernanda tem 27 anos, 1,80m, cabelos longos negros, pele branca, pernas finas, uma bunda estonteante e seios redondinhos, não são grandes mas são perfeitos.

Bem, quando eu comecei a trabalhar na empresa foi paixão a primeira vista (sempre tive queda por mulheres brancas de cabelos negros), ela me tratou super bem, brincou comigo e desde esse dia passamos a conversar muito no msn durante o trabalho. Ela passou a me contar sobre o namoro dela, conversamos sobre sexo e varias outras coisas, nossa amizade ia crescendo mas parecia que não ia sair disso, até que um dia ela me conta que o namorado terminou com ela, dizendo que estava se sentindo pressionado, preso ou coisas desse tipo. Eu não conseguia acreditar como um homem era capaz de largar uma mulher daquelas. Bem, eu não sabia, mas não ira largar ela assim também, então aproveitei para investir e tentar sair da inercia que pegou a nossa relação. Fui chamando para tomar um choppinho, para conversarmos mais a vontade e ela nada de se abrir, até que um dia ela me contou que foi na casa do ex-namorado e tinha achado um brinco no chão, ela disse que o malandro tentou falar de era dela e tal, mas ela disse que nunca tinha tido um brinco daquele tipo e tal, enfim ela tava puta com o cara e disse que estava afim de dar o troco. Obvio que me prontifiquei na hora e saimos do trabalho direto para um motel que tem perto do nosso trabalho.

Foi demais, mau fechou a porta da garagem a gente já estava se agarrando, ela estava com uma camiseta branca meio transparente dessas que dá quase para dizer a marca do soutien que a menina está vestindo, pois bem nem tirei a camisa dela, desabotoei o soutien e fiquei chupando os peitos dela por cima da camisa mesmo, aquele corpo branco com aqueles peito a mostras por tras da camisa eram muito excitantes, estava de pau duro sem mesmo ela tirar a roupa. Pois bem, entramos no quarto ela estava com uma calça tipo jean colada no corpo ressaltando a bunda, abri a calça e fui pegando naquela bundinha que eu tanto sonhava, virei ela de costas, abaixei a calça e fiquei lambendo a bucetinha dela por cima da calcinha uma delicia, aqele cheirinho delicioso de xereca, aquela calcinha branquinha de renda que deixava ver atravês aquela bucetinha deliciosa, foi maravilhoso, tirei aquele pano da frente e cai de boca na buceta, lambendo tudo, desde o cuzinho até o clitoris. Passei o dedinho no bucetinha e comecei a forçar, como ela estava mesmo ela gozou e caiu na cama (acho que fazia tempo que o idiota não proporcionava prazer a ela). Bem aproveitei que ela estava murchinha e tirei a minha roupa e a roupa dela, ela ficou deitadinha e pedi para bater uma espanhola naquele peito lindos ela topou na hora, me posicionei e mandei ver nos peitinhos dela, ela ficava com a boquinha lambendo a cabeça do meu pau o que me deu um tesão violento que não pude conter e gozei em cima dos peitos e do rosto dela, ela ficou brincando com a minha porra no biquinho dos peitos dela e esfregando na cara dela, isso me deu um tesão, puxei ela pelos cabelos longos e falei para ela me chupar que agora eu iria comer aquela bucetinha. Ela me chupou um pouco, pq com a brincadeira dela meu pau já estava a meio pau, coloquei ela em pé de frente para o espelho, levantei a perninha dela e comecei a enfiar o pau na bucetinha dela, vi pelo espelho que ela fez uma cara de dor, perguntei se estava tudo bem, no que ela me disse que o meu pau era maior do que o do ex dela e por ela estar a muito tempo sem fazer ela estava sentindo um pouco de dor. Cara, que delicia ouvir aquilo, isso me deu mais tesão ainda, minha vontade era estourar aquela buceta e comer ela de todos os jeitos, mas pensei melhor e como queria comer muitas vezes aquela bucetinha, era melhor ir com calma. Sentei em uma cadeira e mandei ela ir sentando devagar, era melhor que ela viesse e sentisse cada centimetro da minha pica entrando, do que eu entrar rápido, machuca-la e ela ficar puta da vida comigo. Pois bem a safadinha foi sentando devagarinho na minha pica e eu sá observando, que delicia aquela bucetinha carequinha, branquinha descendo devagar na minha pica. Quando entro tudo ficamos nos mexendo até que levantei ela levei novamente até o espelho e fiquei comendo ela, eu em pé segurando aquela bundinha e bombando na buceta, comi até encher aquela xereca de porra, depois tirei e fiquei segurando ela para ver a porra saindo da buceta dela. Uma cena linda. Depois fomos tomar um banho de ducha ela já estava molinha, mas no banho o meu camarada resolveu ficar desperto de novo e fui come-la, feliz da vida, durante o banho, ela se apoio na torneira e de costas eu comi aquela deusa, com direito a puxão de cabelo e tapa na bunda. Depois desse dia ainda comi ela diversas vezes, inclusive em umas festas da empresa... Mas isso é histária para outro conto. Se vc gostou desse me manda um e-mail para eu me motivar a escrever o conto da festa a fantasia onde ela apareceu de vestida de fada...mulheres entre 19 e 29 anos, brancas de cabelos negros que quiserem conversar e talvez marcar para transar com um cara maneiro mandem e-mail para [email protected]

VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


contos eróticos gay taxista Santarém Parácontos gordo deu cu spmulheres lindas de cornos na minha casamulher do mendigo conto eroticoo cu rosinha de minha neta de 9 aninhosSenhoras cinquentonas casadas praticando Zoofilia prla primeira vezmulher entrando na chapeleta do pôneicontos pornô de incesto a mamãe gritou igual uma puta quando enfiei o meu pauzao na sua bucetinha cabeludacontos tio no carroConto erótico minha irmã me chamou pra ir ver a porta do guarda fato que quebrou e ela enpinou a bunda pra mimContos amigos fodem maes de amigos por traicaocontoerotico padrinhos e afilhadinhascontos de coroa com novinhoPega minha xerequinha tio contos eroticosenso botar po para mulher do corno contosconto o velho pauzudoos policias comero minha muler porno contos eroticogosei meu sobrinho no colo contoscasal menage experiencias sexuais contadasporno quente doido cara lasca buceta com cufidendo uma nnda gigabte carnudaconto sentado no colo e jogandocontos com mamae na fazendacontos eroticos virei amante do tio do meuso deixo chupa minha bucetahome dar cu usano calcianhacontos de mulheres dando a bocetacontos zoofilia namorada e a prima dela dando o cu pro cãocontos eroticos com transconto erotico chantagieicontos a cunhada da primavideo sexi coiada esticada de manhã cedocontos eroticos com a boquinha cheia de porra incestoconto de incesto iniciando os filhos a arte do.incestocontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crenteContos eroticls de quem é esaa bucetacontos eroticos fetiches. suzane deu pro paivoyeur de esposa conto eroticovideo de ninfeta branqui.ha magra no sexo anal de quatrocontos enteado gordo rabudominha novinha tarada contofui pintar a casa da minha cunhada com ela e minha esposa e o marido dela cantos eroticosHugo tá gostosinho de comercontos eroticos de pais esposa e filhas em praia de floripaconto erotico: va para o vestiario e me esperecontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crentemeu filho me comeuconto erotico titia coroadei pro cara da vendinha contos eróticoscontos de filhos chera causinhasbuceta inchada da cunhada...contoscontos genrorola de meu pai conto gayconto erotico funkTitio me prostituiu pos amigos contos eroticoscontos de mulheres q se masturbamconto erotico com comadre pintelhudacontos eroticos rabudascontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crentecoroa grita tica doida paucontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crentecontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crenteContos eroticos de comi a bunda do professorminha irma casada contoscontos homem casado chupa picq homem casadocache:oIMLEWITCAIJ:okinawa-ufa.ru/home.php?pag=99 ninfeta chupa buceta e cospe a goza com nojocontos eroticos de crenteNegras malhadinhas com muinta vantade de dar a bucetazoofilia cachorro montando com forçaConto erotico esposa vendadacontos minha irma foi meu rolaoMeu nome é Suellen e essa aventura foi uma delícia.rnSempre nos demos bem, erámos vizinhos e amigos. Eu tinha 18 anos, ele 16. Nossas casas são práximas, tanto que a janela do quarto dele dava pra janela do meu quarto. Eu sempre gostei de provocá-lo,contos ninha cachorra chupou minha bucetacontos erotico a 1 de una solterona com um menino de 15porno.pai.padado.jeu.nabuseta.dafilihadei tanto minhA buceta no carnaVaL q to toda ardidaencoxadas nos blocos do carnaval contosFilha babando pau do pai contoseroticoswww.conto mimha mae min torturou com vibradores na bucetairmao com ciumes contos eroticos