Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

SAUDADES DO MEU DOMINADOR 3

Durante a semana fiquei com o anel no meu saco e isso me deixava de pau duro quase o dia todo, tinha que disfarçar muitas vezes quando estava com outras pessoas.

No fim de semana seguinte, Carlos me ligou e disse para estar no seu apartamento às 19 horas em ponto, não podia atrasar. Teria que estar todo depilado e o anel deveria estar no lugar onde ele deixou.

Depilei a perna, o peito, meu pau e meu cú, as costas também, que foi o mais complicado. Estava “linda”, me sentia uma fêmea. Fiz minha higiene anal e partir para os braços do meu dono.

Chegando ao apartamento, interfonei e subi. Carlos tinha deixado a porta aberta. Entrei e me despi totalmente, coloquei a coleira e fui de quatro patas para a sala. Carlos então ordena que eu vá para o meu lugar no sofá e chupe seu mamilo. Fico lá chupando meu homem enquanto ele toca uma punheta de vez em quando chupo seu pau. Então ele pede para eu ficar cheirando seu saco e fico lá uns 19 minutos, quando ele sai e volta com um plug anal. Não era muito grande, mas quando ele colocou, doeu muito até passar a cabeça do plug. Depois que entrou toda a cabeça, o plug ficou preso, nem entrava, nem saia. Carlos ordenou que eu circulasse de quatro pela sala com o plug no cú. Era deliciosa a sensação. Carlos também me colocou uma máscara de couro que cobria minha cabeça e parte do meu rosto.

Voltei para a minha posição, de quatro em cima do sofá. Então escuto o interfone. Carlos sai para atender e volta logo e diz que eu devo ficar naquela posição e não falar nada. A campainha da porta toca e ele sai e volta com um cara desconhecido. Minha posição era humilhante, de quatro em cima do sofá, com um anel de metal nos testículos e um plug anal no cú. Pelo menos a minha identidade estava preservada. Os dois conversam normalmente como se eu não estivesse ali. Então Carlos vem perto de mim e mostra o anel para o desconhecido. “Era o que falei pelo telefone, um plug anal, ou alargador de anus, e um anel testicular, Quer dar uma olhada melhor?”. O desconhecido então veio e começou a apalpar meus testículos e passar a mão na minha bunda. “Era isso mesmo que buscava para dar de presente para um amigo, quanto vai ficar”. Carlos falou o preço e saiu para pegar um plug e um anel novo.

Quando acertaram tudo, o desconhecido perguntou: ”Posso dar um aliviada no teu garoto?”, e Carlos respondeu: “Fica a vontade. Cachorrinho. Chupa o pau do meu amigo!”. O cara colocou o pau para fora e eu chupei muito, até que ele sacou uma camisinha e foi para trás, tirou o plug de dentro de mim e colocou o pau. O pau dele tinha uns 19 centimetros, mas com eu já estava alargado por causa do plug, entrou fácil. Ele me segurou pela cintura e começou a socar fundo com violência. Eu gemia muito enquanto Carlos olhava do outro lado da sala. O estranho tinha uma pegada forte, dava palmadas na minha bunda. A cada investida eu alucinava. O meu reto alargado e super-lubrificado aumentava a minha sensibilidade anal e cada vez que ele tocava no meu ponto G eu segurava para não gozar, apesar de não ter o controle nesse momento.

O estranho aumentou o ritmo e sua respiração foi ficando mais ofegante, me abraçou por trás e no meu ouvido ele disse que iria gozar. Quando chegou o momento, ele deu um urro e empurrava o pau para mais fundo dentro de mim.

Ele então saiu de dentro de mim, deu uma palmada na minha bunda e falou para Carlos: “Grande descoberta essa tua! o cara tem um buraco quente, vou querer provar de novo outro dia”. Carlos falou que combinariam uma sessão privada.

Quando o estranho saiu sem me dirigir uma palavra, Carlos sentou e me colocou para chupar o seu pau. Enquanto eu chupava, ele dizia: “Se comportou muito bem cachorro. Será assim mesmo de agora em diante você vai dar para quem eu quiser. Você será a minha puta e de quem eu quiser. Senta no meu pau agora”. Eu sentei no seu colo e o pau dele deslizava para dentro de mim. Dei um gemido e comecei a cavalgar. Ele então levantou e sem tirar o pau de dentro, ele me levou até a mesa e me comeu em pé. Socava e socava me deixando maluco de prazer. Ele falou então: “Quero gozar na tua boca, fica de joelhos”. Eu abocanhei aquele lindo pedaço de carne e ele gozou muito na minha boca e um pouco no rosto. Limpei tudo e saboreei o gosto do meu macho.

Ele sentou no sofá e disse para eu me posicionar sentado no chão entre as suas pernas. Não podia de deixar de admirar a beleza do meu senhor, as pernas grossas e cabeludas, seu corpo grande. Ele não tinha barriga apesar de não ser musculoso. Aos seu 30 e poucos anos, meu macho era lindo de corpo, meio aloirado. O rosto não era aquela beleza estonteante, era normal, cara de macho que muitas vezes me olhava com tara.

Fiquei ali com o pau na boca até ele dar sinais de vida novamente. Fomos então para o banheiro. Eu fiz xixi sentado e fui para ducha e ele logo atrás. Ele meteu mais uma vez e disse que queria gozar dentro de mim. De pé na ducha, ele me penetrou e socou muito até gozar de novo enchendo meu cú de porra, que escorria por minhas pernas.

Tomei um banho e dei um banho nele, especialmente no pau, que chupei novamente para sentir mais uma vez o gosto do meu homem.

Continua...

VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


contos eroticos incesto carro lotadocomi a familia toda contos eróticosConto erotico no sitio casa de dois comodoscontos eroticos supositorio na filhaminha sobrinha eu vou sempre fuder ela no motel conto eroticoContos eroticos de submissa e inversaocontos eroticos de incesto: viajando com a mamaecomedo a aluna no motel contoconto erótica- meus amigos fuderam minha noivaEu sou o irmão mais velho do meu irmao travesti ele mora sozinho na sua casa eu fui sozinho na casa do meu irmao travesti ele ja tava com silicone nos seus peitos ele tava com um bundao eu disse pra ele voce ta um lindo travesti eu e ele fomos pro seu quarto eu beijei sua boca eu chupei seu peito ele começou a chupar meu pau ele disse seu pau e gostoso de chupar ele ficou de quatro eu comecei a fuder seu cu conto eroticoconto erotico lésbicas roçando.a buceta na caraContos erroticos com fotos eu e minha loirinha e um negro 32cm parte 2comi minha mae no caminhão do meu pai contos incestoschamo me samanta e ao escrever este conto estou com 19 anoscontos eroticos ele me deixa louca quando se maaturbanegoes com casadas-gozando dentro/contos e fotosFilinha chupa pau do papaiahetero batendo punheta conto gaycontoseroticos curraram minhas filhascontos eroticos com irmaeu estava louco pra chupar atravestieu menino e meus três primosconto erotico incesto sonifero filhacontos eróticos sexo com menininhas traduzidoscomendo a enteada contosChantageei minha tia escrava lesbica contocontos eroticos, venerava meus mamiloscontos eróticos gay coroa indo morar inteiro contos eroticos de primos q ficaram com primascontos erotecos fiz uma cabine pra minha mulhercontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crenteMeu amigo deu sonifero pra sua mulher pra eu ver ela peladinhaconto erótico duas bucetas brigando mel esfregar tesouraconto humilhadaMinha esposa é muito gostosa mais eu entreguei ela para outro homemchefinhas safadinhasConto mete gostoso ui uicontos eroticos de homem chupando a buceta esperadameninha fata zofolia buntuda sexoContos mamae é a puta da familia e dos vizinhosSenhoras cinquentonas casadas praticando Zoofilia prla primeira vezcontos eroticos velhos com meninasconto erotico velha no cio dando buceta pro cachorroContos eróticos cearásem piedade nem caridade no cu da putinhacontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crentemenininhas fudendo com vários cachorros contos eroticoscontos eroticos casada fui subjugadaconto eroticos aguentei mais d vinte e dois sentimetro d rola d meu sogrocontos eroticos arrombando a gordacontos eroticos viuva fazendacontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crenteconto erotico o ponei e mulherconto erotico facilitei para fuderem minha mulhercontos de lesbianismo que foi iniciada pela tia ao dormir com elaa minha primeira vez com sexo canino contosconto erotico amigo babaca e cornoContos fudendo a coroa gravida casadacontos gay o menino que era um femea escondidoContos de sexo... A mini saia mal cobria a bunda delacontos eroticos meu irmãoMinha sobrinha ligia conto eroticoquero ver o filme de pornô a mulher metendo o Cascão na gemendo gemendocontos eroticos de novinhos madrinhascontos erótico proibido na net chatagiei a sobrinhaConto erótico pausudo capixabaContos eroticos cdzinha casal da minha tia meContos eroticos velho tarado por meninas bobinhascontos mamei a pica do caocontos sexo meu filho meu homem fudendo com outro contoscontos eroticos tomou toda porra da linda travestiviuva darlene fudendo muitocontos eróticos brincadeira de meninaswww.contos+filho+pega+mãe+calvacando+na+rola+pai.com.brcontos erótico meus tios com minha namora na roça contos meu filho adora minha bundaporno bundas muitissimo leve ou seja moleMeu primo gay que ve meu paubuceta carnuda comtos de sexocontos erotico fui concertar s torneira da vizinhafazenda fravia dan xeso anal lua demelConto de putinha para os tarados da cidadeTio come sobrinha a força contos eroyicoscomendo a irmãzinha e a amiguinha dela contos eróticos