Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

ESPOSA DE BIKINI BRANCO TRANSPARENTE

Oi, me chamo Guilherme 28 anos a safadinha da minha esposa Sara com 22. Somos casados há 5 anos e fazemos sexo quase todos os dias. Ela é morena clara, linda, toda gostosa, dizem que não existe mulher sem celulite, mas acho que ela não tem,rs corpinho sarado, 1,67m, cabelos longos e uma boquinha que adora um boquete, eu moreno também claro, meio sarado, eu malhava parece até que malho ainda estou sempre em forma. Tenho 1,70m e minhas amigas não param de me chamar de gostoso, mas minha esposa não sabe disso. De uns tempos começamos a imaginar uma outra pessoa na hora da nossa transa, tipo eu falando pra ela que estava comendo outra mulher e que estava traindo ela e ela a mesma coisa, dizendo que tava dando pra outro homem e que o pau dele era mais gostoso que o meu. Sempre ficava mais gostoso. Eu falava que ia chamar uma garota pra transar conosco ela não gostava muito, ficava com um pouquinho de ciúmes, mas ficava molhadinha quando eu falava essas coisinhas. Eu dizia a ela que meu sonho era comer duas mulheres ao mesmo tempo e que queria ver ela sendo chupada por outra garota. Ela falava não, que queria dar pra outro homem na minha frente e que eu ficasse olhando ela se divertindo com ele. Ficávamos assim mas nunca colocamos em prática essa nossa deliciosa fantasia. Certa vez conseguimos tirar férias juntos e fomos alugar um hotel em Cabo Frio, que segundo ela, as amigas da faculdade iria passar uns dias naquela região. Chegamos a noite e o hotel era maravilhoso, nos fundos uma piscina linda e a praia era menos de 100m, combinamos não dormir muito tarde pra aproveitar. Quando acordei minha esposinha já estava colocando a parte de baixo do bikini, que pra minha surpresa era branco e minúsculo, e eu não conhecia esse bikini dela, fiquei de pau duro na hora, mas fazia cara feia pra ela de ciúmes por que eu sempre dizia que bikini branco ficava transparente e ela perguntava se era feio eu dizia que não que era bonito e antes de eu falar mais alguma coisa ela disse vou usar amor, vou ficar com você, e se eu fosse pra praia sozinha com ele você ia deixar? Eu disse não, e ela: então pronto, vou usar com você. Eu disse, ele ta transparente dá pra ver até o buraquinho dividindo a buceta. É porque me depilei amor, toda mulher tem esse buraquinho dividindo. Mas o dela tava anormal, devido ao tamanho do bikini, a parte de cima nem se fala, quase vendo o biquinho rosa dela, ela queria chamar a atenção de todo mundo. Pensei, esse hotel ta vazio, tem quase ninguém,ninguém conhecido pra ver que deixei minha putinha usar “aquilo”, vou deixar ela a vontade. Coloquei minha sunga vermelha e descemos para a piscina. No caminho minha esposa deu um aperto no meu pau e disse que eu estava uma delicia, lágico que ele ficou duro na hora, a noite passada não fizemos sexo pra acordar cedo então qualquer coisa excitava. Tempo maravilhoso, com um sol escaldante, demos nosso primeiro mergulho naquela piscina linda que era sá nossa. Passando mais ou menos meia hora, apareceu um casal, bem educados nos deu bom dia e sentaram em uma das cadeiras. Não deixei de notar, que mulher gostosa a do cara, putz, ganhei um beliscão por debaixo d`água, mas a minha esposa adora me ver safado e cachorro, pra quando transarmos ela me chamar assim, é muito bom. Resolvemos sair da água e o casal sentou perto das escadas da piscina, tivemos então que subir pela frente deles. Subi na frente em seguida veio ela atrás. Fui pegar uma água de coco e ela estava na cadeira sentada me esperando meio nervosa. O que aconteceu amor, pq vc ta assim? Ela disse que tava nervosa e nem queria beber a água que eu trouxe. Ela me disse que quando subiu as escadas a mulher olhou pra ela de cima a baixo e que o marido dela fez uma cara de safado olhando pra minha coisinha, eles foram muito descarados. Eu disse, também uma mulher gostosa assim quem não vai olhar? Até as mulheres te olham. Ela então sorriu, viu que eu gostei da exibidinha dela, bebeu a aguinha de coco que eu trouxe. Ela se levantou cinco minutos depois e disse que rira dar outro mergulho e mandou eu ficar olhando pra ela quando ela subisse a escada passando pelo casal que estava conosco na piscina. Olhei pra baixo e disse: amor, que isso? Estava tudo transparente, não sei se ela colocou o bikini errado ou se foi defeito de fabricação, mas dava pra ver tudo, dava pra ver até que ela tava depilada. Falei agora já era, ela sorrio e disse já era e mergulhou. Meu pau parecia que ia explodir naquela hora. Um tempo depois ela sai da água e os dois hipnotizados apenas na butinha gostosa e transparente da minha esposa. Mas que delicia minha sunga já estava toda melada de tesão vendo aquilo. O casal passou por nás que era caminho para irem a cantina no hotel e voltaram passando por nás novamente com batata frita e camarão, perguntando se a gente aceitava, apesar de delicioso aquele tamanho de camarão, recusamos por não os conhecermos, mas eles insistiram dizendo que era muito pra eles, demos um sorriso pra eles e chamamos pra sentar na nossa mesa. A cerveja fica por minha conta, eu falei. Meia hora depois nossas mulheres já estavam intimas uma das outras, depois de tomar 2 ice cada uma. Bebemos, bebemos e ele olhava muito pro biquinho do peito da Sara. Eu fingia que não via, até gostava. Fomos nás quatro cair na piscina, brincamos um pouco de vôlei na piscina mesmo, as mulheres insistiram em sair pra se bronzear. Parece até que foi combinado, na hora de sair minha esposa foi primeiro e subiu a escada com a bunda na cara do Paulo, empinando igual a uma puta com aquele bikini cravado e a noiva dele a Carol viu tudo e se vingou bonito, tomou a minha frente e disse baixinho, eu primeiro, subiu empinou e deu uma suave reboladinha sorrindo pra mim, deve ter sido por causa do efeito da bebida, ela tava muito safada. Elas deitaram nas cadeiras e ficamos em pé observando-as de um jeito que as duas xerecas ficavam viradas pra gente, mas o meu amigo tinha uma visão preferencial, devido ao transparente do bikini da Sara. A Carol de repente diz sorrindo: pára ta Paulinho to vendo vc olhando. Eu sabia o que era mas me fiz de bobo e perguntei o que, ela disse que era pro bikini da Sara que tava transparente, Paulo ficou meio sem graça, olhou pra mim e sorriu também. Disse que iria comprar um dakele pra noiva dele tb eu disse: eu queria ver ela com um desse. Minha esposa logo falou um pouco embriagada, puxando pra cima mais do que já tava, você gostou Paulo? Ele disse, adorei, e que com todo respeito é muito gostosa. A Carol pega o áleo, vira de costas e me diz: passa o olho em mim.. eu peguei e comecei a passar, e a sara fez a mesma coisa com o Paulo. Era dedada daqui dedada de lá.. foi ai que não tinha mais lugar nelas pra passar áleo e combinamos de pegar mais cerveja e subimos pra beber mais. Na sala mesmo ficamos ali bebendo e fui um tal de quem ficou com mais markinha de bikini e começou. Carol pediu pra eu ver o quanto ela queimou abaixei bem na xerequinha dela e o Paulo disse pra eu abaixar mais porque ele não tava vendo nada, abaixei tudo, ate a metade da coxa,mas que delicia a mulher do Paulo deu vontade de cair de boca naquela buceta. Minha esposa virou de costas para o Paulo empinando e mandou ele baixar, ele baixou devagarzinho enquanto todos observava, ele de joelhos e ela em pé empinando toda safadinha pra ele, quando ele arreou tudo, foi mais ousado que eu, ele passou a mão na bucetinha dela por baixo e trouxe com ela uma poça de goza da minha esposa, toda molhadinha, segurei a bunda da minha esposa abrindo pra ele e mandei lamber tudo, na mesma hora ele caiu de boca e se lambuzou todo, minha esposa foi ao delírio. Minha esposa tirou minha sunga e chamou a carol e disse vem, ela se ajoelhou e começou a chupar. Sara se vira e arreia a sunga de Paulo que esta do meu lado e começa a chupar olhando pra mim e sorrindo como uma vagabunda, nunca imaginei que ela fosse gostar tanto de outra pica, mas também era bem maior que a minha e mais grossa,minha esposinha se deliciava lambendo de cima a baixo, comigo ela nem fazia aquilo, ela disse, amor olha o tamanho desse pau, que delícia nem cabe direito na minha boquinha.o cabelo dela tava atrapalhando e ela pediu pra eu segurar o cabelo pra chupar ai ela disse, beija minha boquinha amor, beija, quero que você sinta o gosto desse pau enorme que eu to chupando, me abaixei e beijei chupando o melado do rosto dela todo. A carol se abaixou e chupou junto com minha esposa o pau do Paulo. Minha esposa se levantou empinou a bunda se escorando no sofá e quando fui comer ela desse, vc não, quero o pau grande aqui em mim, de você agora so quero beijinho na boca... ele veio então e meteu com toda a força pensei até que não ia entrar tudo, mas ele dava estocadas fortes arrombando a bucetinha dela enquanto eu fazia carinho e a beijava. Sara empurrava a sintura do marido pra enfiar mais forte na minha putinha, então ela parou e disse, vem me comer safadinho, peguei a mulher do Paulo e comi de tudo qnto foi posição, ela me dizia que eu era muito gostoso e metia fundo tb, não aguentei e gozei na cara dela, olhei para o lado e Paulo ainda massacrava minha esposa com aquele pauzão, a buceta dela tava roxa e ela gostando e pedindo mais, ele diz que vai gozar que não tava vais aguentando e ela me chama pra ficar pertinho dela pra ver ela bebendo tudo..pensei, beber o que, ela nem gosta que eu goze na boca dela... dá, dá na boquinha dá, dá pra putinha do corninho pra ele ver, a putinha quer beber todo leitinho desse pauzão delicioso, vi quando ele gozou, nunca vi tanta porra jorrando, chegou até a pegar um pouco no meu rosto, falei caralho... fechou a boca foi engolindo e chupando a cabeça bem devagarzinho olhando pra mim, tirou o pau da boca e me puxou mandando eu chupar aquele pau que tinha acabado de gozar, eu disse não mas a carol me forçou pra chupar o pau também, não tive escolha, quando coloquei na boca ainda tava latejando e saindo porra, Sara segurou o pau do Paulo e Carol forçava pra frente e pra trás, mas nem precisava forçar eu tava gostando de chupar aquela delicia de pau, chupava, chupava e eu engolia a porra que saia, ate que foi amolecendo na minha boca e tirei.Tomamos um banho e eles se foram.. e aquele foi so o primeiro dia das nossas férias... foi inesquecível.

Agora ela está muito carente por outro pau e eu tb por uma buceta,

Nosso msn [email protected] Beijo pra todos.

VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


contos eroticos dormi e dei rola primaConto erótico na casa do tio tarantocontos eroticos gay comi um novinho pequenino sem remorsoSexo vagina primeiro amor contoarregaçando conto heterocontos de.tio e casadacontos fui cornocontos eroticos peguei minha traindo meu no depósitocontos eroticos as amigas da minha filhacontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crenteConto de vadia explorada por muitos machoscontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crentecontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crentedei para os amigos do meu filho contosconto minha mulher gosta quando levo ela nas festinhasconto erótico gay fui comido no internatocontos eroticos muito.maior meu do.meucontos depois de 30 anos de casado pede a minha mulher para ser cornofui criado para ser gay Contoscontos heroticos peitõescontos eroticos travesti me comeucontos eroticos com minha empregada nordestinahomem alisando penis hetero ate gozartitia ficar mandando o sobrinho que está bem contos eróticoscontos eroticos cunhada me ajudou quando me acidenteicontos sado lesbico de incestotesudas contoFotos de gostosas de vestidinho colado dirigindo carrocontos eroticos arrombando a gordacomo fica a bucetaalargada com garrafa?quero uma menina cabelos longos escuros deitada na piscinacontos porno dei boa noite cinderela para meus pais e comi minha maecoletania foto engatada caoconto.de.cormoconto de quarentona a fuder com desconhecidocontos evangelica desesperada com sexocomendo a deficiente contos eroticosprima gravida e primo contosSsssssss aaaaaaaiiiiiiiii gostoso gay transandocheirei a calcinha fedorenta contos eroticoscontos eróticos de negros avantajados comendo n*********contos novinha rabuda deu p paiminha mae deichava meu padrasto mi banho lavava minha bucetadesenho de deus contos eróticoscontos eroticos sexo com minha empregada de vestido curtinhoponei arrombando morena com tesaocontos eroticos meu vizinho me bulinava gayIncesto com meu irmao casado eu confessocontos eroticos gay-menor de idadeamor to sendo arrombada contoReparei maquina de lavar para minha tia conto erodicomuito tempo sem mamar no pauGozei dentro da gorda dopada de vestido contomete mete mais gostoso. história realconto estupradaa namorada do meu enteado com minha.esposa e eu contocontos meikilaContos eroticos cumeu irma e primamenininhas fudendo com vários cachorros contos eroticosvideo porno de garotinhas com olhinho vidradopelada e o cu melado de manteiga no corpo inteirocontos eroticos traindo marido na Sala ao ladoEngravidei no mato contos eróticosrebola rebola contos eroticosconto tranzar com patraoContos eroticos: Fui forcada por meu pai ohohhminha sogra deu o cu para o cachorro contomenininha safada contos eroticosContoseroticos novinha magrinha virgem estupradas pelo tionega dançando agachadinho com a mão na periquita em cima da camaComi minha tia de 19 Anoscontos eroticos casada em casa sozinha com enteado fazendo massagemcontos eróticos com mulher vizinhameu marido levou dois amigos dele em casa para churrasco e tomar cerveja conto erótico transei com os doiscontos eróticos mostrei o pau pra minha mãe