Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

PIVETES SAFADOS

Oi para quem está lendo esse relato, espero que se gostem, pois ele é verdadeiro.



Tenho 36 anos, morena, 1,72 de altura, coxas grossas, seios médios, bunda grande e redonda (106 cm). Sou uma mulher atraente. Meu marido tem 19 anos a mais que eu, e, nos damos muito bem na cama. Além de amá-lo muito também! Nunca fui muito de ter fantasias muito loucas, mas, de um tempo pra cá comecei a ter uma tara louca pro adolescentes. Gostaria de compartilhar com vcs a minha primeira experiência. Comecei com essa tara quando vi um adolescente, filho de uns amigos se masturbando escondido com uma foto minha na mão. Sempre tive muito receio de transar com algum conhecido, pois depois poderiam espalhar. Então comecei a pensar em pegar algum que andasse pela rua. Há pouco tempo fomos passar as férias de meu marido no sitio de um amigo na região Serrana do Rio. Esse sito fica num condomínio fechado e não tem caseiro. Apás 19 dias de férias já conhecia bem a cidade. Já sabia onde minhas caças ficavam. Com 19 dias meu marido teve que regressar para nossa cidade para resolver assuntos urgentes do seu trabalho. Resolvi ficar no sitio para por em prática minha fantasia. No dia que fui levar meu marido na rodoviária, vi dois moleques que vendiam bala no sinal. Quando o ônibus partiu fui com o carro perto deles e estacionei para ver direito como eles eram. Os dois tinha a mesma altura 1,55 aproximadamente, eram mulatos, e vendiam balas e tomavam conta dos carros, eu comecei a ficar interessada e toda encharcada. Rsrsrsrs....



Um deles se aproximou e perguntou se poderia olhar o carro enquanto eu fosse à padaria, muito simpática disse que sim. Fiquei um tempo na padaria comprando um lanche para eles, pois eu ia arrastá-los dali.



Quando cheguei perto do carro, chamei o que estava tomando conta e perguntei se ele e seu amigo queriam me ajudar a limpar a piscina da minha casa. Ele pensou disse que iria comigo, mas teria que consultar o amigo para ver se poderia também. Enquanto conversava com um o outro estava me reparando. Eu estava com um vestido de malha listrado que realçava bem minha bundona. Expliquei para ele que pagaria R$ 10,00 para cada um deles se fossem. Acabaram topando, mais falaram que teriam que voltar à tarde antes das 17h30min, eram 08h20min da manhã.



Quando entramos no carro fiz questão de subir bem meu vestido acima da coxa para ver a reação deles. Coloquei os áculos escuros para vê-los espiando minhas pernas e partimos. Nossa eu estava toda molhada!!! No caminho para o sitio descobri que ambos tinham 19 anos, e, moravam numa comunidade um pouco longe dali e se chamavam Luis e Rodrigo. Chegando perto da guarita do condomínio pedi que se abaixassem e sá levantassem quando eu falasse que poderia, pois o guarda era muito chato. Prontamente me obedeceram. Bom sinal, assim nunca saberiam onde ficaria localizada a casa dentro do condomínio!



Quando cheguei a casa com eles pedi que se sentasse que na sala que eu já voltaria. Fui ao quarto colocar um shortinho para atiçar mais os moleques. Resolvi demorar um pouco para ouvir o eles estavam cochichando. Fui para o outro quarto que ficava mais perto para escutar a conversa, dava para escutar eles falando da casa, do meu carro e da minha bunda.(rsrsrs.). Para não demorar, e rolar logo a sacanagem, resolvi sair do quarto de shortinho preto de lycra e camiseta branca, e fui logo perguntando quem estava falando que minha bunda é gostosa. Eles ficaram sem graça mais não desgrudaram os olhos do meu corpo. Falei para ficarem tranquilos, pois tinha chamado-os para me comerem e não limpar a piscina.



Realmente a ficha deles ainda não tinha caído, e resolvi partir para o ataque. Cheguei perto do Luis e disse se queria me passar a mão na minha bunda, ele gaguejou perguntando se podia. Ri e disse que podia fazer o que quisessem.



Mais rápido do nunca ele começou a alisar minha bunda devagar e logo foi apertando-a com vontade enquanto o Rodrigo olhava e ao mesmo tempo alisava o pau.



Afastei-me e pedi que tirassem toda a roupa, queria vê-los pelado. Apás tirarem tudo num segundo. Rsrsrs... Ordenei que tirassem a minha. Enquanto o Luis tirava meu short e ia me lambendo, o Rodrigo tirava a camisa e chupava meus seios. Não levavam muito jeito, mas o hoje eu ensinaria muito a eles!!!



Depois se ser despida pelos meus taradinhos, fiquei de quatro no sofá com a bunda bem empinada, e, pedi que o Rodrigo chupasse meu cu e minha xoxota enquanto eu chupava o pau do Luis que era tinha um pau normal no tamanho (14cm) e grosso.



Chupava com vontade aquele pau, enquanto o outro me lambia com vontade. De repente ele parou de me lamber e cravou o pau todo na minha xoxota, eu estava tão encharcada que entrou até o saco de uma vez sá.



Senti que ele nunca tinha comido ninguém, pois metia com fúria e apertava minha bunda com vontade podia sentir suas mãozinhas apertando-a.



Não demorou e ele soltou um urro e gozou muito dentro da minha xoxota, nossa o moleque tinha espasmos. Quando tirou o pau de dentro dela parecia que tinha gozado um litro de porra dentro dela de tanto que escorria. Corri para o banheiro e limpei o maximo que pude e voltei correndo pois, ainda tinha o outro que não tinha me experimentado ainda. Rsrsrs.... Chegando à sala o outro estava sentado no sofá balançando o pau e falando.



- Dona! Agora é minha vez!!!!



Ajoelhei-me na frente dele e chupei até ficar bem babado o seu pau, me posicionei de quatro e falei para colocar no meu cu. Mulatinho safado segurou minha bunda com as mãos e a abriu para ficar vendo o meu cu, podia sentir sua respiração ofegante no meu rabo, olhei para ele e falei se não queria. O danado riu e disse que estava admirando e deu um cuspida no cu e colocou ele todinho dentro, podia sentir seu saco encostando na minha xoxota. Ele me comia bem devagar, que delicia que estava, o sentia enfiar tudo e tirar até quase sair à cabeça. Levei minha mão a xoxota e pedi que me socasse com vontade, enquanto eu me tocava. Sá que o outro já estava de pau duro de novo e veio pedir para chupá-lo, ordem que atendi sem titubear. Nisso o outro me socava com tanta vontade que devia dar para escutar do lado de fora da casa. Não demorou e gozamos juntos e muito também, intensifiquei o boquete que fazia no outro até ele gozar tudo dentro da minha boca. Nossa estava com a xoxota o cu e a boca cheia de porra. Rsrsrs...



Que dia gostoso, adorei ser puta desses moleques, depois nos restabelecemos e continuamos até à hora deles irem embora. Não encontrei com eles de novo, pois fiquei com receio de dar algum problema para mim, mais vou dar essa oportunidade para outros safadinhos. Rsrsrsrs...



VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


contos eróticosperdendo as pregas do cuzinhocontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crentecontos eroticos comi o o amigo do meu filhocontos eróticos me obedece putinhacontos eroticos cumendo o cuzao cabeludo da minha maecontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crenteConto comi a familia todaContos eroticos tia morado na minha casaPapai enfiou o dedo na minha buc*** e gostei!contos chupando o pau do tio da crecbaixa vidio mulher esfrega buceta na boca homem e solta porra na barriga delecontos eroticos encoxadascontos minha sogra me vendeu seu cuzinhocontos eroticos cadelacontos eroticos priminho do pique escondecontos eroticos flagraPuta merda!!!para!(conto teen gay)comendo cuzinho de elanycontos de vizinha madura e rabudacontos. negra sequestrada e estupradacontos eróticos troca de casalnovinha safadinha relata como aprendeu da pro ponecontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crenteconto tia peludaconto porno puta suja de estradapica de bode contocontos de cunhadas tesudascontos eróticos, minha esposa putapornô irado a mulher que tem a minha branca e tem aquela bundona fome morte elanovinhas de malhação se distrai e paga bucetinhascontos eroticos com animaismora Nana bem gostosa da bundona bem grandes eu dental bem deliciosa néconto sapequei coroa crenteprovoquei meu pai e levei no cuzinho contocontos eroticos arrombando a gordavídeos de sexo com mulher da b***** bem chorona e o cubo empinadinho bem durinhoporno ex-namorada baixinha olhos claros da cintura da bundona gostosaacampamento comnovinho conto eroticocaminhoneiro meteu em mimcontos heroticos de mulheres de manauscontos gay brincadeira de luta comi meu irmãozinhof****** irmã mora nos peitos das gostosascontos botei a rola na enteada e soquei sem docomi minha cunhada adrianacontos de tias viúvapono vitgen nãoa aguentiu epediu p paramContos de sexo en onibuscontos eroticos pai filha e genroo lubrificante feminino é melado e pegajosocontos namorada deu o cu parasurra vaginal amordaçada contominha mulher explorando meu cu contocontoseroticospolicialcivilconto erotico meu professor me encoxou para senti seu pauanus enrabadoContos eróticos meu tio mecontos de casadas rabudas que adoram uma piroca preta enterrada no rabocontos traindocontos no cuzinho da crentecontos treinador gay da escolinhaMarília do saborear de calcinha fio-dentalcontos vendedora safada adora leitinho na bocaA amiga da minha filha contos pornocavalo dado duas trepada na égua de uma vezcontos veridico de priminhacontos eroticos com fotos de mulheres casadas que foi violentada por bem dotadosconto erotico arrombei o travesti do baile funkcache:HVsxZOrs15AJ:http://okinawa-ufa.ru/m/conto_12619_quando-eu-dei-pela-primeira-vez.html+"dei pela primeira"porno putinha magrinha i e minha sobrinhacontos porno eu amo caga na picamulher acima d 90kg crente contoscontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crentecontos porno traição da senhoraContos eroticos de travesris lindas do pau gostosos.contos eroticos, o bispo me comeu gostosoSustento minha mae conto erotico