Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

CARONA PARA UMA NINFETA

Os fatos aqui narrados aconteceram em 2006. Como motorista oficial da minha casa, três vezes por semana, pegava meu filho na aula de inglês e depois o levava na aula de karate.



Para evitar o tumulto na hora da saída, chegava uns quinze minutos antes e ficava ouvindo música. Neste dia, tocava no rádio Rod Stewart – Tonight´s the night – quando meu filho e uma garota saindo da escola, se aproximou e perguntou se poderia dar carona para ela, porque a mãe não poderia buscá-la.



Contrariado e sem saída, concordei, sem saber que era o meu dia de sorte. Deixei meu filho no karate e fui levar a ninfeta em casa. No caminho peguei um engarrafamento, do tipo paulistano, me deixando mais contrariado ainda.



A ninfeta me vendo calado, começou um papo furado, tipo: o que eu fazia, onde trabalhava, coisas assim. E o trânsito em passo de tartaruga. Por fim ela perguntou se eu gostava da minha esposa, e eu sem entender o motivo da pergunta e desconfiado, respondi que sim. Ela então perguntou o que eu achava de meninas mais novas, sem entender de novo, perguntei, como assim?



Então, a gatinha confessou que tinha armado tudo, que antes de ir para a aula, tinha avisado a mãe que depois da aula ia estudar na casa de uma amiga. Disse, ainda, que já vinha me observando há mais de um ano e que me achava um gato!



Surpreso com a confissão e de pau duro, disse a ela que não ia rolar, porque ela era muito novinha (16 aninhos). Respondeu que gostava de homens mais velhos, porque os meninos da sua idade não tinham experiência nenhuma. Perguntei se ela tinha, no que respondeu que tinha transado uma vez com seu namorado, mas que ele mal a penetrou e gozou.



Peguei então sua mão e coloquei no meu pau e fazendo uma conversão proibida, acelerei para um motel. Lá é que vi que tinha tirado a sorte grande... ao tirar a sua roupa me deparei com um corpo digno de capa de playboy. Soltei o sutiã e dei de cara com seios de biquinhos cor de rosa, intumescidos pelo tesão... caí de boca. Descendo pela barriguinha aveludada, cheguei à calcinha e ao tirá-la, vi um triângulo de pêlos ralos, de lábios também rosados, que beijei e chupei muuuito, loucura, loucura, loucura.



Deitados na cama, dei meu pau para ela chupar, meio sem jeito no começo, mas indo até o fim. Depois do gozo, enchi a banheira de hidromassagem e fomos relaxar, por pouco tempo, porque não podíamos demorar.



De volta à cama, chupou meu pau e excitada, subiu e cavalgou tímida no início, mas gemendo alucinada no final, se acabando com meu pau enfiado até o talo na bocetinha encharcada. Como ainda não tinha gozado, a coloquei de quatro, e passando meu pau na bocetinha toda melada, bati uma até encher de porra a entrada do seu cuzinho virgem.



Para as gatinhas que gostaram e gozaram, me add para conversar meu MSN é: [email protected]

VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


minha sobrinha eu vou sempre fuder ela no motel conto eroticoGozei dentro da gorda dopada de vestido contocontos eroticos com genrocontos de coroa com novinhocontos eróticos velhinho transando com jumentocontos comi minha cunhadaContos nossas filhinhas safadasConto gay viagem onibus longacontos vendo o meu cunhado a fode minha irma betinhasentada no balcao do armazem mostrando so o fio dentalempregada é chatagiada pelo patra e tem qui sar a bucetatirei o c******** da minha enteada Camilazoofilia gay extraordinárias bizarroshomen dando cu para a gradeupapai descobriu contos eroticosContos Estuprada por um machocontos eroticos arrombando a gordacontos eroticos q bocA e essa desse baianoconto guei dopei meu irmáo chupei a rola delefoi da aboceta vije e a rombocontos de seios de sobrinha novinhacontos eróticos de deficientesvídeo pornô com travesti travesti transando com a outra por amor todinho raiva da outraestuprada por quatro cachorros conto eroticoMenina q ta tezao encosta no irmao ddespistadoesposa cheia de porra na festa casa dos contosContos eróticos minha mulher apanhandoconto erótico comendo o passivo de calcinhaconto erotico férias na jamaica Vcontos de homem com penis grosso que comeu sem camisinha a sogra conto erotico dominando mãe e filha okinawan gélico pornôcontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crentecontos de insesto fatos.comreaisvideos para deixar o namoradoexitadometia na minha mae, contoconto sapequei coroa crenteconto mulher casada rabuda dei pedreirocontos gay bebado paicontos eroticos arrombando a gordacontos eroticos com fotos de mulheres casadas que foi violentada por bem dotadoscomeu familia toda conto eroticodei a buceta para o amigo do meu filho contos eroticos gratiscontos eroticos arrombando a gordafilho delicia contocontos eroticos peguei minha traindo meu no depósitocontos eroticos minha tia limpando a casaminha filha me seduziuchupando até ela gozar dirá cx aodvelhos cafetao fudendo casadachantageada e humilhada pela empregada negraContos eróticos gay Comido pelo Amigo do meu paicontoseroticos chantagem velhaestorei o cu dela contoconto erótico viadinho que adora apanhar e ser humilhadocoroa da buceta griluda espirando poro logeConto os seios de minha maecontos eróticos Vanessamenininhas fudendo com vários cachorros contos eroticosvídeo pornô dois cara comendo a mulher do cara do homem assaltando a por lágrima é como o c* do homemdei o cu no campig homoxesuaisMenina da pracinha, contoconto elotico pai xfilhacontos tia marta sua bundacontos eroticos meu amigo comeu minha familiaconto.incesto enteadaconto erotico sentei no colo com o carro lotadocontos eroticos praia nudismo em familiacache:GAEDmAeFVBUJ:okinawa-ufa.ru/m/conto_18319_fodendo-gostoso-minha-paciente.html conto minha estagiáriacontos eroticos de incesto com filhinho viadinho com a mamãeeu quero ver a coroa instigando o marido com a calcinha fio-dentalesfregacao de rola contos amigos punheteirosContos eroticos minha mae e minha mamando no pauzao de oito negaos em um gang bang na academiaela me chamou de puta e me bateu conto empregada negraconto erotico filho dotadocontos eroticos deixando aparecer a calcinha em casa provocando