Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

CASADA PUTINHA E O CORRETOR DE IMÓVEIS GAÚCHO



Cheguei na sua imobiliária e estava procurando por um imável você me disse que iria me levar para ver alguns imáveis já no caminho, você, enquanto troca a marcha do carro dá um jeito de roçar em minha perna eu finjo que não percebo, você toma isso como um aceite, então você toca novamente mas desta vez faz com mais ênfase, e esfrega sua mao entre as minhas coxas, eu visto um vestidos curto ao sentir sua mão tocando minha pele, fico arrepiada na hora. Voce percebe minha excitação e continua a me alisar.

Eu me senti atraída por você no primeiro momento em que vi você na imobiliária quando você me cumprimentou o toque da sua mão na minha, o perfume que você estava usando misturado ao seu cheiro de macho, me deixou alvoroçada, então ao sentir sua mão tocando minha perna dentro do carro percebi que algo mais interessante estava para acontecer.

Você encosta o carro diante de uma casa grande num bairro não muito movimentado você desse do carro da a volta e abre a porta para mim eu saio e você poe a mão nas minhas costas e me dia pra irmos ver esta casa ao sentir sua mão grande nas minhas costas sinto mais ainda vontade de que aconteça algo mais.

Você abre a porta da casa e me pede pra entrar é uma casa grande, dois pisos uma escada num canto da sala leva ao pavimento superior o chão da sala é feito de forração carpetada ao entrarmos você fecha a porta sinto sua presença atraz de mim me observando.

Você cola seu corpo junto ao meu e sussurra no meu ouvido que vai me fazer gostar muito desta casa. Então você poe meu cabelo de lado beija o meu pescoço mordisca minha orelha suas mãos coladas ao meu corpo segurando minhas coxas ergue um pouco meu vestido cola mais seu corpo ao meu sinto que você esta excitado, sinto sua virilidade tocando meu corpo você sussurrando besteiras no meu ouvido me chamando de gostosa, de cachorra, de putinha.

Eu em estado alucinado, de desejo, começo a rebolar esfregando meu corpo não seu sentindo seu membro cada vez maior a me cutucar. Você poe sua mão na frente do meu corpo e pressiona meu corpo para traz me fazendo sentir cada vez mais o seu membro você começa a tirar meu vestido puxa ele pra cima tirando ele pela cabeça fico apenas de calcinha e sapatos altos então eu viro de frente pra você.

Solto sua gravata, deixo cair seu paletá no chão, abro sua camisa, beijo o seu peito.

Você segurando meus ombros começa a me empurrar para baixo percebo qual é a sua intenção, beijo novamente o seu peito, beijo um pouco mais pra baixo, beijo seu abdome. Você abre o seu cinto, tira e joga ele num chão, abre a braguilha da calça, eu abro o zíper, sua calça escorrega para baixo, passo o meu rosto pela sua cueca, mordisco o seu membro sobre a roupa, sinto o cheiro do seu sexo, esta muito bom isso me deixa ainda mais com vontade.

Você tira o seu membro pra fora, segurando ele com uma mão, a outra agarra nos meus cabelos, bate suavemente com seu membro no meu rosto, eu viro o rosto pra te provocar, você me puxa com mais força torna a bater com seu membro no meu rosto e me manda chupa-lo, me pede pra abrir a boca quase me forçando bem autoritário, muito másculo.

Eu abro minha boquinha e você poe ele pra dentro dela segurando firme na minha cabeça sinto seu membro dentro da minha boca, quente, viril, saboroso.

Você conduz movimentos tenta me fazer engoli-lo ainda mais, eu quase me engasgo você tira ele pra fora e torna a bater no meu rosto esta muito duro, fala vários palavrões me pede pra chupá-lo novamente. eu adoro.

Você me deita no chão sobre nossas roupas abre minhas pernas, segurando uma delas no alto, beija meu tornozelo, minha panturrilha, beija a parte interna das minhas coxas. Eu já querendo poder ter seu membro na minha chaninha, sentir ele quente sentir cada pedacinho dele dentro das minhas entranhas, até que você jorrasse seu desejo todo em mim me inundando com sua porra. Ter você todo dentro do meu corpo enterrando minhas xaninha. Todo o seu cacete duro penetrando minha grutinha todo dentro cada centímetro. Sentir você enfiando ele tudo de uma vez numa única estocada.

Mas antes você quer provar minha rachinha com sua boca, então continua me chupando, bem gostoso, sua língua percorre minha xaninha, buscando cada gota do meu mel, me faz urrar de desejo eu estou mito excitada sentindo sua linha quente, úmida, gostosa invadindo o meu corpo igualmente quente.

Não aguentando mais de vontade de ter você fico pedindo pra você me comer, pra enfiar sua pica grossa dentro da minha bucetinha, querendo sentir ela pulsando dentro da minha grutinha, da minha xaninha.

Você me chamando de cachorra me vira de costas pra você, abre bem minhas pernas se ajeita entre elas, mira sua pica na entrada da minha bucetinha, e solta seu corpo sobre o meu bem gostoso, sinto sua vara deslizando pra dentro da minha bucetinha toda melada. Indo ate o fundo, sinto os seus pelos tocarem na minha bunda. Sinto que o meu garanhão esta todo enterrado na minha grutinha.

Dou uma empinadinha no meu corpo pra recebê-lo melhor. Você então alucinado começa a dar estocas cada vez mais forte, cada vez mais firmes, cada vez mais fundo, que gostoso é sentir o calor da sua vara me invadindo indo fundo nas minhas entranhas, meu rosto esta em chamas, meus peitos estão intumescidos, minha xaninha esta toda molhadinha, e minha boca cheia de água de vontade de sentir o gosto do seu leitinho, querendo sentir o seu gosto, sentir o seu sabor da sua boca peço que não goze na minha xaninha, que guarde pra dar o seu leitinho na minha boquinha.

Você que adora uma mulher bem puta servindo o seu homem bem gostoso, e esfregando sua bunda e sua bucetinha no cacete bem duro fica mais alucinado e mete cada vez com mais força, mas me garante que vai tentar se aguentar e gozar toda a sua porra na minha boca.

Ouvindo isso entro em delírio e gozo gostoso na sua varra, você percebendo que estou gozando mete ainda mais gostoso sua vara grossa na minha rachinha, me levando ao delírio total.

Não suportando mais de tanto tesão você tira seu pau pra fora, e começa a punheta-lo na minha frente, fico de boca aberta esperando você esporar dentro dela. Sentindo a hora de sentir o gosto do seu gozo, todo na minha boca, você fica alterando entre punhetar o seu caralho e enfiar ele na minha boca, logo solta um urro de tesão e jorra fartamente sua porra dentro da minha boca, é tanta porra que escorre pelo canto da boca. Você mete de uma vez todo o seu caralho dentro da minha boca me fazendo engolir sua porra e sugar até a ultima gota, tem um gosto forte, saboroso, gostoso como você.

Ficamos um tempo deitados no chão exausto de tanto trepar. Nos beijamos, nos abraçamos, nossos corpos lânguidos, moles de exaustão. Derrepente percebo que se passou muito tempo que saímos, e que preciso ir para casa. Ao nos despedirmos trocamos nossos telefones e combinamos de nos ver mais vezes, nos despedimos apressadamente pois acho que o meu marido já deve estar chegando em casa e irá querer saber como foi minha visita a imobiliária.



Acho que vou ter que omitir alguns detalhes. Você não acha?

VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


contos eroticos enteadaencoxada brincando relatoLóira safada narra conto metendo na coberturacontos eroticos de menina de nove anos dando o cuContos eroticos comadrecontos eroticos flagrei minha mae fudendo com travestiCONTOS EROTICOS REAIS EM VITORIA ESfiz da minha esposa uma putaContos eroticos minhas irmas e minha mae fizeram um gang bang com muitos negoes no sitiocalcinha pedreiros conto eróticoso maravilhoso mundo das bucetas tesudas gostozissimas ufa que deliriocontos de insesto fatos.comreaiscontos bolinadas no parquecontos picante de casada sem calcinhahistorias pra gozar minha menima dd 19 aninhose delirarContos gays fantasiado de crossdress no cine pornoporque eles bunduda gostosaconto erotico fui no pagode e comi um travesticonto eu e meu sobrinho no banhocontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crenteConto erotico comi a coroa negra amiga da minha maevídeo pornô dois cara comendo a mulher do cara do homem assaltando a por lágrima é como o c* do homembati muita punheta depois de casada. conto de mulher casadaVer buceta mulhere mas buntuda do mundo contos eroticos coroa velhoContos eróticos de lésbicas transando na casa da amiga de muitos anosbundonas de30anos no cumeu cu e meu genrocontos eroticos meu primo mauricinhoconto erotico incesto baba pervertidasconto gay flagrei meu pai massageando o cucontos tia batendo sirica para o sobrinhocontos esposa bunduda so traz problemascasa dos contos familia toda na putariafui desvirginada pelo meu namoradocontos eroticos com fotos mae putanao filho nao posso e pecado ela faz a vontade/dele chupa pica/dele cem quereconto porno gay cinemafilme de sexo com homens acordem no pênis grossoconto gay negao casado deucontos erótico estuprada po bardidocontos eróticos sendo filmadaComi o cuzinho da mamae força contovelho com novinhos conto eroticoscontos eróticos de Zoófila - empregada foi amarrada e castigadaolhei aquele pauzao do cara meu marido nao percebeucontos erótico encoxada gay e gozadacoroa grita tica doida pauContoseroticosdesolteirasMinha vo da bucetona me retandocontos narcejaSou casada a muito tempo e amo muito mesmo meu marido mais acabei traindo econtos orgia com jogadorescontos erotico cuzinho o cu da mamaecont erot calcinha floxa da meninaconto - pediu para mamar no pau ...contos eroticos fudendo a amiga da minha mae crentewww.conto eu vi o pedreiro mijandoa calcinha da menina - contos eroticosvoyeur de esposa conto eroticoComtos mae e tia fodidas pelo filho e amigos delecontos de encoxada em ônibusconto erotico madrinha e afilhadovelhos cafetao fudendo casadacontos eróticos com inversão de papéis incestuosacontos eroticos com caesconto de transa com o amigo do meu paiconto erotico meu marido ficou bebado e aproveitei a festacontos eróticos de lésbicas submissa a vizinha mandona contos eroticos brincando com meu cachorrinho taradoconto arebentei cu meu medicocontos eróticos de gay comi o cu do filho do meu amigopeguei meu pai comendo meu amigo conto eroticoBem dotado comendo a patroa no sitio conto eroticocontos eroticos de homem chupando a buceta esperadao marido da patroa contocontos eróticos de filhos t***** de pelas calcinha da sua mãe