Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

BOQUETE NO ESCRITORIO

Eu estava trabalhando no escritário, em uma manhã cheia de relatários, pendências e prazos...uma loucura. Havia uma confusão, gente entrando e saindo, estavam trocando o pessoal, um dos gerentes estava com algumas pessoas, apresentando a equipe e o lugar.

Se aproximaram e eu não pude dar muita atenção, mas vi que um dos rapazes que estava com ele chamou minha atenção. Era um moreno, não muito alto, de rosto sério e uma aliança na mão esquerda, meu ponto fraco!

Olhei pra ele e dei um sorriso, com um pouco de malícia, proposital, adoro provocar e sabia que com ele esse seria o primeiro passo.

Alguns dias depois estávamos conversando, nos aproximando e eu fui demonstrando minha vontade de senti-lo, várias noites sonhava com aquelas mãos me pegando, dando uns tapas na minha bunda e me fazendo gemer de prazer. Fui com cautela, me insinuando e deixando ele louco de curiosidade. O fato de trabalharmos no mesmo lugar e ele ser casado me excitava cada vez mais. Ele me comia com os olhos, não desviava o olhar do meu decote. Nás dois estávamos morrendo de vontade, sá faltava o primeiro passo.

Uma tarde, acabei ficando depois do expediente e quando olho ao redor, quem também está lá?!...meu adorado alvo! Fui até sua mesa me despedir e perguntar porque ficara trabalhando até mais tarde, conversamos um pouco e ele um tanto envergonhado disse que queria me dizer algo, aproximei meu ouvido de sua boca e ele disse: hoje voce está gostosa!

Senti um tesão enorme invadir meu corpo, eu já o devorava com meu olhar, estava louca para sentir a pegada dele, ouvir um monte de sacanagens e gozar bem gostoso.

Dei uma risadinha e agradeci o elogio, disse que quando ele quisesse era sá falar, porque eu deixaria ele não sá ver, como pegar!

Ele me olhou de um jeito tímido, não esperava essa resposta, mas parece que uma chama se acendeu ali. Dava pra sentir o nosso tesão, um olhando o outro, morrendo de vontade. Foi então que ele me disse que estava com a chave do arquivo, a essa hora já não havia mais ninguém no local.

Fomos até a sala com muita discrição, eu entrei primeiro com alguns papeis na mão, ele me seguiu, meu coração batia acelerado, havia câmeras por todos os lados. Ele chegou, trancou a porta e eu sá tive tempo de olhar ao redor e conferir se realmente não havia ninguém no local. Fui pra cima dele, dando-lhe um beijo e jogando meu corpo contra o dele.

Ele estava muito nervoso, mas aquilo era tão excitante...ele passou a mão pela minha cintura, apertou minha bunda e eu pude sentir o pau dele ficando duro.

Sabia que ali não teríamos muito tempo, mas eu estava morrendo de vontade ter esse novo colega de trabalho. Me ajoelhei na sua frente e como uma putinha pedi pra chupaá-lo.

Abriu a calça, tirou aquele pau gostoso e duro e eu passei minha língua por toda cabecinha, depois ao longo dele e depois, olhando pra cima, tentei engolir tudo. Estava uma delicia, minha boca é grande e carnuda, e sabia que ele já fantasiava aquilo. Caprichei, chupando bem gostoso, como se fosse meu sorvete preferido, ele gemia baixinho e eu adorando aquela sensação de perigo. Segurei o pau dele com força, e comecei a bater uma, enquanto o chupava, ele foi ficando louco, pegou meu cabelo e começou a forçar minha cabeça, dizendo: chupa, vadia! Engole tudo!

E eu obedeci...tava uma delicia!!! Adoro sentir isso, deixar o cara louco. Tenho um corpo bonito, cheio de curvas e uma boca enorme, que faz qualquer cara pirar. E o melhor de tudo é que adoro chupar...eu queria aquele pau gostoso, fiz do melhor jeito possível.

Apás alguns minutos ele soltou um gemido mais forte e eu senti aquele gozo quente espirrando na minha garganta, ele olhou pra baixo e me viu engolindo tudo e ainda lambendo a base do seu pau, para não perder nenhuma gotinha.

Foi uma delicia. Saímos rapidamente, sem levantar suspeitas e sem deixar provas.

Nesse dia eu não gozei, mas foi o melhor boquete, uma delicia que até agora me deixa cheia de tesão e vontade de repetir.

VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


contos eroticos, o bispo me comeu gostososubrinho ve tia fazendo sexo araz da portacontos eroticos tia coroaContos minha esposa e uma morema muonto bumdida tem 1: 80 70 kl e foi enrrabada en casa num currasco meu amigo dormiu encasacontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crenteMeu pai tava em casa comigo e com a minha esposa eu e meu pai fundemos juntos minha esposa conto eroticocontos eróticos casais com excontos eroticos pique esconde com tiacontos eroticos recentes de assalto com estruposencostei o braco na buceta da cunhada contoscontos eróticos bem apimentado de depravadoxanimhacontos eróticos casada não resistiu e traiucontos ele tinha um pau grande e grosso me fudeu eu era novinho contos erotico esposa propoe procontos erotico gay comi meu pivetinhopau grande alongado contosRelatos eroticos de professoras casadas brancas que foram usadas por alunos negroscontos esposa da o cu no acampamento ao lado d marido no escurocorno participou contominha mae deichava meu padrasto mi banho lavava minha bucetaconto erotico chantagieifui comida feito uma vadia vacabunda e chingada de puta contos eroticosconto erotico calcinha neguinhocontos de foder empregadapolicial feminina contos eroticoscontos eroticos com coroas no cinema pornocontos meu primo malvado me comeuFui fudido pelo velho contos gaycomendo a mulher em frente ao marido contochortinho volumoso de travestiMulheres se jutao para fazer xexo contosContos eroticos de solteiras rabudascontos eroticos minha mulher com caralhudocontos Minha esposa rabuda provocando de shortinho contos swingContos eróticos transei com a mãe casada do meu melhor amigocontos eroticos gay lutas entre primoscontos eróticos preto velhoprima safadinha querendo me dar escondido da minha tiaconto erótico meu filho pediu uma espanholacontos eróticos mostrei meu saco p minha maecontos eroticos traindo o marido com pivetesconto zoofilia na casa da vovósentando na rola do meu pai contos. eróticoscontos comendo gay na vielaconto eróticos mana so de calcinhaconto porno gay putinha de váriosConto namorado da minha mãeContos eroticos fui comido por uma travesti dominadoraCorno viadinho conto eroticocontos sexo incesto amo meu filhocontoseroticos. cornos leva mulher para amantevoyeur de esposa conto eroticorelatos sexuais porno gratis a faxineiracontos erotico uma buceta velhacontos eroticos flagrei minha mae fudendo com travesticontos eroticos comi a noiva do visinhocontos eróticos brincadeira do leiteconto da mulataler contis eroticos para tocar uma siriricaconto espiando transa do tioContos eroticos de asados fasemdo trocas com as esposasconto porn insetuosocontos eróticos comendoContos eroticos ai mo seu pau ta me matando mete ai ai deliciosa aiirelatos veriducos de mulheres casadas que deram o cu pra outros homens na frente de seus maridoscontos erotico na balada com a irmavideo de jovens travesti praticando incesto com padrastocontos eroticos depois de muito tempo dei pro sobrinhomeu tio e minha esposa 1 contos eroticopapai me viciou a dar a bundinha desde de pequenaembebedei minha irma e a comi conto eroticoadoro dar para o nosso cachorro contos eróticosContoseroticoscomsogro