Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

MEU SONHO DE VIZINHA

Foi numa noite chuvosa que tudo aconteceu.

Estava sozinho em casa, assistindo TV quando começou a ventar forte e a chover. Minha vizinha Lucia era muito linda, tinha 22 anos na época, loira, olhos verdes, corpinho de manequim e o que mais me deixava louco era sua barriga lisa e seu pircing no umbigo que balançava conforme seu andar. Era linda, e ela sabia que mexia comigo e ficava me provocando, às vezes esperando eu chegar nela, ma faltava coragem.

Quando estava me preparando pra dormir, escuto uma batida na porta, fui atender e era Lucia, sá de camisola rosada, e dava pra ver os bicos de seus seios duros saltados. Perguntei o que desejava e com sua voz doce e sensual, me perguntou se poderia dormir na minha casa já que a devido à forte chuva havia sua casa estava sem energia e tinha medo de ficar sá em casa. Seus pais havia ido à casa de um parente na cidade vizinha e sá viria dentre dois dias. Assustado e empolgado ao mesmo tempo, pois não é sempre que a vizinha gostosa vem bater na porta de nossa casa pedindo pouso, aceitei e a mandei entrar.

Disse para sentar no sofá enquanto iria arrumar o quarto de háspedes para ela. Depois de arrumado a chamei para deitar e ela foi. Na consegui dormir, ficava me revirando na cama imaginando nás dois, eu enrolado naquele corpo de sereia, sua pele era tão macia que sá de imaginar já ficava exitado. Não consegui dormir. Sai do quarto e fui até a cozinha tomar um copo de água, passou alguns minutos e vi Lucia vindo também, ela não consegui dormir, percebi que seu corpo estava todo suado e sua respiração ofegante, perguntei se estava bem, ela me disse que sim olhando e sorrindo com uma cara de ninfeta louca por sexo..., sem me falar nada, veio em minha direção e me deu um beijo demorado. Aquele beijo me deixou completamente louco, sem perder tempo fui abraçando e acariciando aquele corpinho que transpirava puro desejo...

Lucia foi descendo sua mão enquanto me beijava e pegou no meu pau já duro de tanto tesão e desejo por ela. Tirou pra fora do pijama e começou uma punheta gostava e devagar, aquilo foi me deixando mais exitado e louco, ela se abaixou e deu um beijo no pau, fechou os olhos e começou a chupar devagar apreciando cada centímetro daquele membro, aquilo era o máximo. Lucia chupava e soltava um gemido tímido acariciando sua bucetinha depilada e molhada, ela enfiava dois dedos de uma vez, e isso fazia ela gemer mais forte ainda... Lucia se levantou e ma abraçou me beijou, bem suavemente falou em eu ouvido quase sussurrando “me chupa...”, sem pensar a deitei ali no chão da cozinha mesmo e comecei a chupar aquela bucetinha gostosa e cheirosa, ela uma delicia, macia, como se fosse um pêssego. Cada vez que passava a língua por toda a buceta ela se retorcia toda numa explosão de desejo e tesão. Ela gemia como louca, quando não aguentou e gozou em minha boca, aquele líquido era mais doce que mel, era um verdadeiro néctar. Lucia ficou de quatro e me pediu para penetrar a buceta, fui me posicionando atrás dela e pus sá a cabeça do pau, naquela hora quase gozei, me controlei. Pus todo ele e ela gemeu sorrindo, comecei um ritmo bem devagar saboreando toda aquela maravilha, então ela começou a rebolar, rebolava como uma dançarina de banda de axé, aquilo foi e êxtase, ela então saiu e me pediu para ditar, e veio sobre mim...

Começou a esfregar sua buceta em mim, e sem falar nada encaixou e sentou, me segurava pra não gozar, ela começou a cavalgar devagar, eu via nos olhos dela o tesão e o desejo que ela estava sentindo, ela então começou a cavalgar mais forte e gemia como louca, quando disse que não estava mais aguentando gozei nela, ela se mexia satisfeita, saiu de cima de mim e começou a chupar meu pau melado de gozo meu e dela... Nos abraçamos e ela disse pra mim que fazia muito tempo que queria transar comigo. Estávamos exaustos, fomos tomar banho e dormir. No outro dia ela foi embora, me agradeceu pelo pouso e pela noite de sexo.

Depois daquela noite não falei com ela, mas ela foi o melhor sexo que tive em toda minha vida....

VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


contos eróticos prazer extremoEnage de busetarelatos de meninas que quando viu ja engatou com seu dogmenino pau grande me arrombou o cu contoscontos eroticos traindo marido na cadeiacomendo a tia que esta olhando pela janelacontos sobre safadas na academia"contos eroticos" irma toplesscontos erotico gay dando pela a primeira vezContos picantes incontrolável desejominha sogra viu eu tomar banho contoscontos meu pai comeu o'cuzinho na marra eu adoreiContos eroticos dor no sacominha irma casada contoscontos eróticos eu inocente meu vizinho me pegou no flagra transandodei para os amigos do meu filho contoscontos eroticos cunhada e sogrAcontos eróticoss tio fudeu a minha noivaMulheres se jutao para fazer xexo contosfoi buscar a cunhada para a festa e meteu gostoso nelaconto eróticos mulher pedindo pra meter com outro machoconto erotico minha namorada e meu tiominha esposa com dois negros dotados contos e relatos eroticos com fotosporno gay cara com video game no rosto e o outro chega fode logocontos eróticos fui flagrado comendo minha sogramecanico tirando a virgindade da ninfetinha evangelica na oficina contos eroticosFiquei parado olhando a bunda delaContos com cuzinhos rosadospuxa agarra japinha cabelos pornoContos rasga o cu filhinhacontos eróticos de gay comi o amigo do meu filhocontos eroticos bv e virgindadeMeu nome é Suellen e essa aventura foi uma delícia.rnSempre nos demos bem, erámos vizinhos e amigos. Eu tinha 18 anos, ele 16. Nossas casas são práximas, tanto que a janela do quarto dele dava pra janela do meu quarto. Eu sempre gostei de provocá-lo,historias de transascom orgias inesqueciveistio come sobrinha e irmã conto eróticosContos eróticos bizarroscontos eroticos mulher casada se evgorda sentada no sofa e cachorra lambendocontos eróticos com baixinhacontos eroticos coroas crenteconto erotico sou uma mulher casada adoro ver filme porno ver cavalo comendo mulhermete mete contoContos erotico mulhrr casada dona de supermecadoConto surpreendi meu maridocontos de cú de tiacontos minha mae a putona do bairrocontos de coroa com novinhoamiga da filha conto eroticoContos eroticos escussao com meu marido banco diferenteVirgem inocente contoBabando no pau do papai contoseroticoscoletania foto engatada caoconto de sexo comi o cu da minha vócontos de sexo de professoracontos eroticos de primos e primasconto erotico comi o cu da minha madrinhacontos garoto comeu minha mãejanaina vem senta na picacontos eroticos brincando com os filhosfui comida feito uma vadia vacabunda e chingada de puta contos eroticosnossa primeira suruba seio durinho excitaçãocontos transex mobilecontos de coroas casadas comendo as e amigas com pinto de borrchas cinta lesbicascontos eroticos ma minha despedida de solteira fuquei com 25 homenscontos eroticos gay: se tu deixar eu não conto pra ninguemporno tia x traindo o tiovi outro gozar na boca de minha mulher contosmeu marido foi corneado no nosso casamentocontos eroticos 9aninhos lesbicaooooooooohhhhh porra pornoaregasando a b da nconto erotico comi o cu da minha irma em casacontos. negra sequestrada e estuprada