Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

NOSSA 1ª SURUBA FOI C/ OS MELHORES AMIGOS! PARTE 2

Viagem a Búzios – O 1ª Anal de Danielle

Olá pessoal, como vi que gostaram do que aconteceu comigo e minha esposinha Danielle Morais, eu vou continuar o que aconteceu naquele final de semana em 2008, foi um final de semana em Novembro, e não vou detalhar muito sobre mim, quem quiser mesmo ver como tudo começou, recomendo ler o primeiro conto, mais...

Fomos viajar, eu, Danielle, Tampa e Roger, chegamos a uma pousada deliciosa na Praia da Tartaruga, quem não conhece, vá, fomos a uma livraria muito aconchegante onde eu e Roger curtimos um whisky 19 anos e as meninas ficaram intertidas no livros, damos uma volta na praia e na indispensável Rua das Pedras, foi lá que parados em um restaurante, eu tomando outra dose de um fantástico 19 anos On The Rocks, e Roger na cervejinha pois é um fraco, Danielle estava com um drink bem feminino e Tampa curtia um drink com saquê, que nos chegou um casal, ela, uma loira fantástica, com mais ou menos 1,80 e um peso a altura, magra, linda, e bem distribuída a altura, seios fartos, cabelos longos até as costas, olhos brilhantes em um azul que se confundia com o mar de Búzios, ele, aparência de pé rapado, mais lotado na grana, eles sentaram junto a nossa mesa sem convite.

- Ei, vocês não estão na pousada lá na Tartaruga?

Respondi: - Sim, hã, vimos vocês por lá!

Logo, estávamos entrosados, ele media menos que 1,70, e era meio gordinho, moreno escuro e cabelo meio ruim, mais os anéis e cordões de ouro e a garrafa de 21 anos que ele trouxe pra mesa logo mudou a sua visão pessoal, estávamos aos risos quando ela, Marie, e ele Lucio, nos falou:

- Por que vieram pra tão longe pra fazer uma suruba? Não são do Rio?

Danielle chegou a engasgar o petisco que estava botando na boca, Tampa arregalou os olhos, Roger ficou mudo como eu. Aí Roger disse:

- Que isso gente, somos apenas amigos em viajem.

Aí foi ele que disse com ar sacana:

- Tá, e meu 21 anos aqui é falsificado do Paraguai, essas carinhas não escondem, primeiro a diversão social, depois o sexo animal, grupal, imoral!

Aí todos caíram na gargalhada!

Ficamos os 6 lá por mais 2 horas e resolvemos dar mais uma caminhada na Rua das Pedras, tava uma noite linda, com luar forte e uma brisa marcante, Danielle foi a primeira a bocejar, não pensei duas vezes, era a hora de voltar, Tampa já tinha os olhos avermelhados, e não era de sono, era o saquê mesmo, já tinha tomado conta nos seus 6 drinks, mais ainda estava de pé, com Lucio e Marie fomos caminhando, éramos um grupo grande, não pegamos nenhum transporte alternativo, fomos a pé mesmo, rindo e nos sacaneando.

Chegamos na pousada, os 3 casais foram pro quarto, eu tive a ideia de uma sauna, e Danielle até deu uma acordada, e fomos pra sauna a vapor que fica a Berta toda a noite, mais... Sá tínhamos nás de hospedes, os 3 casais, 6 pessoas, o porteiro vendo que não entraria mais ninguém fechou a portaria e me ensinou como desligar a sauna caso precisa se, e foi dormir no seu quarto, eu e Danielle já estávamos quentes de tesão na sauna, ela de biquíni mínimo e eu sá de sunga, pensei que todos estavam desmaiados e comecei a fuder ela ali mesmo, tirei a calcinha do bikini, coloquei ela de quatro em uma das colunas da sauna e pau dentro, ela gemis alto, eu colocava a mão na boca dela pra não acordar ninguém, mais ela queria era suruba mesmo, chingava, pedia mais pica, e veio, mais não Tampa e Roger, Marie e Lucio, isso mesmo, quando ouvimos a porta se abrir, Danielle se desarmou e pôs logo a toalha, de alguma forma, sabíamos que não seriamos nossos amigos, pra nossa surpresa, Lucio e Marie já vem pelados, e sem cerimônia, sentam perto da gente, eu ainda atônito, e Lucio:

- Que foi, nunca viu pinto de macho barrigudinho?

Respondi na sacanagem: - Fora do circo não?

O clima foi descontraído na hora e Marie me perguntou:

- Alexandre, deixa eu chupar a xereca da Danielle?

Aquilo foi uma porrada! Já estava quente o lugar, fiquei sem saber o que dizer e olhei pra Danielle que já tinha um sorriso sacana nos lábios, arrisquei!

- Cai dentro!

Danielle tira a toalha e sem calcinha abre as pernas e a linda loira Marie cai no meio das pernas dela já sugando forte a xoxota da Danielle que grita, uiva de prazer com a chupada, nisso me entram Tampa e Roger putos por que não chamamos eles pra brincadeira, Tampa vai direto pros peitos da Danielle, Lucio nem pergunta, subiu na degrau de sentar da sauna, e pás o pinto todo na boca da Danielle, que começou a sugar o pinto do feinho com bravura, aí foi um dane-se total, sem pedir licença meti no rabo da loira de quatro que sá gemeu baixinho ainda com a boca na xota da Danielle, Lucio tirou o pinto da boca da Danielle e deu ele pra Tampa, que não pensou meia vez caindo de boca na novidade do pedaço, eu saí do cu da Marie e coloquei na Tampa sentada de frente pro Lucio e meti na xota dela, agora Roger comia xoxota da Danielle que chupava o grelo da Marie que segurava os cabelos da Danielle contra sua xereca lisinha, Marie implorou por três picas, e assim foi, ele sentou na pica do marido, eu fui pra xota com ela sentada de frente e mamou no Roger, Danielle trocava carinhos com Tampa enquanto assistia a Marie sendo devorada, aí Marie gozou e estremeceu, pensei que ela ia ter um troço, pois os olhos viravam e Roger gozou na boca dela, ela se sufocou com o pinto dele sá pra não perder nenhuma gota, aí eu saí pra não gozar, e ela caiu tremendo no chão quente da sauna, Tampa saiu correndo gritando que era a vez dela, e Danielle foi animar a loira chupando a xereca dela que estava toda larguinha pelo calor da sauna, daí resolvemos ir pro quarto de um dos casais, e fomos pro quarto do Lúcio, que era o melhor da casa, todos nus a brincadeira recomeça, agora Roger deita e Tampa de frente pra ele senta a xereca, Lucio vai pro cu dela com raiva e eu deixo ela mamar, Marie recuperada senta a Danielle em uma cadeira de palha com um espaço entre as tiras de palha e seus dedos massageiam xota e cu dela por trás da cadeira, eu reveso com Lucio no cu da Tampa e ele goza na boca dela, que meio enjoada da bebida acaba gofando a porra toda na cama, daí Marie anuncia!

- Agora é a vez da Danielle!

Eu disse:

- Mais ela não dá o cu!

Marie respondeu de maneira muito sacana!

- Não dava meu amigo tesudo, olha isso!

Quando olho pra cadeira, percebo que entre as frestas tinha um consolo e Danielle estava sentado nele, Marie tinha preparado algo pra ponta do consolo que facilitou a entrada, Marie estava preparando ela pra nás!

Danielle levante meio tonteada e duvidosa se vai ou não fazer aquilo mais Lúcio nem pensa, pega ela pelo braços e diz pra mim!

- Deita logo porra, se é a primeira vez pra uma pica, tem que ser a tua porra!

Não me fiz de rogado, deitei e Danielle como nunca na vida encostou a cabeça da minha vara no cu dela e começou lentamente a penetrar, sentia ela tremer e tive medo de machuca la, daí Marie se apoiou nela, disse algo no ouvido e a empurrou contra meu pai que entrou até o talo! Aí ela gritou, Roger meteu p pau na boca dela e Lúcio foi pra xota vaga, em segundos eu a sentia no êxtase, não foi uma dupla penetração, mais sim uma tripla, ficamos assim por mais ou menos 19 minutos, eu metia já com violência pelos tempos de casado e ela não me dava, antes eu tivesse chamado a Marie pra me ajudar com isso!

Danielle sai do pau do Roger e diz!

- Troca um pouquinho, quero mais, eu quero mais...

A voz manhosinha dele era uma ordem, invertei a posição e eu fui pra xota dela, sento que eu continuava deitado, o cu dela ficou vago e Lúcio e Roger revesaram por uns 19 minutos, Tampa desmaiou por causa do saquê e Marie dava os peitos pra Danielle chupar e dava tapas na cara dela.

- Tu gosta de que revesem no teu cu vadia? Gosta?

Danielle respondia a loira!

- Adoro, adoro meu cu larguinho, quero mais, quero mais todo dia...

Aquilo me encheu de tesão e metia na xota dela com força e ela gozou freneticamente, Roger ia gozar e Marie pediu pelo leitinho, que foi dado com prazer, novamente, ela bebeu tudo!

Danielle desfaleceu toda arreganhada, arrombada, fudida do meu lado e Lúcio gozou na cara dela desmaiada mesmo.

Eu, Roger e Lúcio ainda acabamos com a garrafa de 21 anos, já era tarde mesmo, e Marie foi a única que estava de pé, enquanto conversávamos Marie nos chupava, revesava entre os paus e fomos pro banheiro, os 4, lá Marie queria uma dupla vaginal e conseguiu uma dupla anal de presente, de quem? Isso eu conto em outro conto, se vocês gostarem deste, é claro... Até!

VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


deixei temperei site logo vou chegar no DPsuco de uma magrela trepando em pornô famíliacontos pornôs gangbang madrasta obriga enteadaMeu sogro me seduziu contosNegras malhadinhas com muinta vantade de dar a bucetaminha mae era puta do meu avô contospau na boca da namorada dpchantajiei minha irma peituda para tranzacasada adora genro contoscontos eroticos gay: se tu deixar eu não conto pra ninguemcontos eroticos paus gigantesComtos namorado ve namorada ser fodida pelo irmao delaConto leite da tia porno caminhoneiro me fudeu a força contos eroticosConto erótico filha putinhacontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crentevelhas gordas de 90kg nuascontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crentecontos safados purezacontos eróticos de negrinhas que gosta de fuder com homem brancos mais velhosTirei o c***** da minha enteada Camila e Ela gozou muitocontos eroticos na madrugadacantos eróticas adoro da o cuo cu rosinha de minha neta de 9 aninhosestiquei os peitos da gostosa contosdoeu meu cu entreu a maomenino pau grande me arrombou o cu contosconto minha tia minha safadaConto erotico amarrada e revezadaconto erotico madre superiora popozudacontos papai me arromboucontos eroticos com vovôscontos coroas enfermeirasconto punhetinha gostosacontos eróticos escondeu o pau de borracha na bucetameu primo mobral contoguri gozando na lajeminha sobrinha pediu para mim gozar na calcinha dela contos eróticosbuceta carnuda comtos de sexotiti do cu apertado emnchupando igual pirulito - contos eroticosEu sou o irmão mais velho do meu irmao travesti ele mora sozinho na sua casa eu fui sozinho na casa do meu irmao travesti ele ja tava com silicone nos seus peitos ele tava com um bundao eu disse pra ele voce ta um lindo travesti eu e ele fomos pro seu quarto eu beijei sua boca eu chupei seu peito ele começou a chupar meu pau ele disse seu pau e gostoso de chupar ele ficou de quatro eu comecei a fuder seu cu conto eroticoesposa rabuda na dp com amigos contoscontos eroticos venha ca sua puta safada,eu vou arrombar seu cu de cadeladuas irmas com peitinhos crescendo e o irmao chupandocontos eroticos pegando mae e filhacontos sexo minha esposa amigacontos eroticos de novinhas no rstravesti sadomasoquista na regiaocontos de meninos putinhosporno baixar caralhogrossos Novinha e chantageada.contoscontos eroticos com sobrinhanei dei uma sentads que u filhor da puta gozacontos cachorro cebola zoofiliszoofilia co caxorros das rolas mas grosas muduconto erotico abusarao mim metroesposa e amante volarao a filha drama pornoconto erotico capitulo 1contos minha enteada minha amantecontos eróticos fábrica dos prazeresconto gay tirei o atraso do meu primoconto virei cdzinhacontos erótico de incesto eu novinha ano ... meu tio com 26*6cm de rola me arrombou brincadeira de lutar comi o viadinho. contoscontos recentes incestos encoxados segredos flagradosContos amigos fodem maes de amigos por traicaoZoofilia com mais drenaquero assistir pornô negra da bundona na Muralhahomens delirando de tesão com um pau enterrado no rabocontos eróticos gozando na filha pequenaso mulheres escravas de seus maridos contos eroticosColocou dentro contos eroticoscontos eroticos arrombando a gordacontos com sogras acima de 50anos pornôContos casada levou dois rapazes para sua casaporno izidinha fodenoconto erotico o cheiro da minha tiaconti gay minha tia me fagrou de calcinhafada do sexo morena de xorte gem apertado volume da bucetacontos eróticos incesto férias com mamãecontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crentevistorias eroticas de zoofiliaempregada ê chantageada e tem que dar para seu patrao o cabacinhoconto erotico nudismo com a sogra