Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

LEVEI UM DEDO POR TRÁS

Tenho 28 anos, morenão e nunca tinha pensado em fazer qualquer tipo de viadagem, mas sabe como é. A lanchonete onde eu trabalho vive cheia de gays e a toda hora eu vejo homens beijando outros na boca e na semana passada eu peguei um cara comendo um freguês antigo da lanchonete no banheiro. O cara já é meu amigo e eu nunca tinha me tocado que ele era viado. Fingi que não vi nada.



Sá que depois disso eu comecei a ficar com vontade de sentir alguma coisa no cu e desde a semana passada, quando eu uso o banheiro, na hora de me limpar eu enfio a ponta do dedo com papel higiênico no cu.



Sábado, quando eu saí da lanchonete peguei o trem bem vazio, sentei num banco e fiquei lendo um jornal. Depois de um tempo, vi que tinha um cara me secando e pensei comigo é agora ou nunca. Levantei e fui bater papo com ele e já deu pra ver que ele estava de pau duro. Aproveitei e apertei a minha calça pra ele ver que eu também tava afim.



Descemos na estação da Vila Matilde e ficamos dando umas voltas por ali até que achamos uma rua vazia e escura e começamos a passar a mão na bunda um do outro. Aí foi foda. Nenhum dos dois queria dar o lolá. Quando a gente viu que não ia ter jeito, combinamos de bater punheta um para o outro e ficamos nessa até que eu comecei a ficar com aquele tesão no cú que tem me dado desde a semana passada.



Virei de costas, abaixei as calças e deixei ele me enfiar o dedo enquanto eu mandava uma punheta. Gozei com o dedo dele enfiado e ele sujou a minha bunda de porra e depois disse – “tchau viado”. Tive que limpar a bunda com um papel sujo que estava na rua, mas acabei achando gostoso



Mensagem do Cláudio: O personagem dessa histária é o chapeiro de uma lanchonete aqui da rua Augusta, perto de onde eu trabalho e ele me contou esta histária ontem a noite quando disse que me viu dando o cu no banheiro da lanchonete. Pedi para que ele me deixasse escrever isso no site e ele deixou, então eu tentei fazer isso com as palavras parecidas com as que ele mesmo usou quando me contou.



Ele é lindo e eu fiquei alucinado de tesão quando soube que ele está a fim de comer um gay e semana que vêm, quando eu voltar de viagem, vou trazer ele aqui no escritário e deixar ele ler este texto. Este vai ser o meu jeito de dizer que estou a fim de dar pra ele.



Beijo



Cláudio

VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


minha mae adora um negao contos eroticos gratiscontos de coroas carentes traindo seus maridos com jovensmeu filho mete o dedo no meu cu e eu gostocontos eroticos de virgemContos eróticos aventura s de um pastorconto erotico.mulher feiacontos erotico vovo e a vovo lamberam minja bucetaacidentado comi minha sogra contosporno doido ficano cm amiga da minha irma e minha irma olhano e ficano muito esitadaesfrega esfrega na bunda da minha cunhada no ônibus lotadocontos de tirador de cabaçofilmes de televisao pornoscontos eroticos arrombando a gordaminha tia coroa crente de 57 anos contocontos eroticos pezinhos sujosconto flagei meu pai marturbandoirma fazendo faxina levando rola no cucontos eroticos arrombando a gordasó umbiguinhos lindos e peitos durinhosminha prima me deu conto eroticoestuprei meu primo gaynao contar para ninguem da familia. Quando eu achei que o papo ia terminar ali, ela me fez a pergunta que levou a tudo: perguntou porque eu tinha tanta coisa sobre lésbicas incestuosas no pc? Quando ela me perguntou isso, confesso que pensei em desconversar, mas aí pensei também que ela não faria essa pergunta à toa. Aí comecei a falar que aquilo me excitava muito, que gostava de ler sobre aquilo. Sem brincadeira, acho que a gente deve ter ficado uns 10 segundos em silencio ali na cama, depois que eu falei isso. Uma olhando para a outra. Aí, ainda bem, ela tomou a iniciativa, colocou a mão na minha perna e perguntou: Você pensa em mim?  mae acorda de fio dental vai na varandacontos a pica do comedor pingandocontos eroticos confissões fAmiliarescontos eroticos as tres safadinhadcontos comeu a amiga e o amigocontos garoto comeu minha mãecontos eroticos arrombando a gordatravesti jhuly hillssou evangelica casada treprei com dois contosconto erótico gay com estuproContos eroticos de padrecontos eroticos com fotos de mulheres casadas que foi violentada por bem dotadoscontos eroticos arrombando a gordacontos eróticos mulher casada que mora com seus pais chegar mais a capoeiracontos eróticos:cunhadinha novinhaconto prima casada evangelivacontos eróticos prima e irmãcondos erodicoscontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crenteconto transformado travestimae entra no quarto de filho sem calcinhaCONTO CHUPETEIRA DO BANHEIROmaesqUefaZemsexoconto erótico meu sogro bem dotadoconto minha mulher gostosa da academia trepa com os personais e amigo,sContos eróticos transei com a mãe casada do meu melhor amigocontos eroticos tirei a virgindade da minha tia gordinhacontos de coroa com novinhocontos sexo estorando cu de velhasenti os jatos fortes de porra no fundo da minha bucetacontos eróticos dalicasa dos contos minha bu eta e so para o dogContos eroticos peguei meu pai nao aguentou e chupou minha bucetatransparente e coladinha bucetinhaconto erotico: brechei minha mae dando na casa do vizinhocontos eroticos arrombando a gordacontos flagrei meu pai comendo cu do meu irmaocontos erótico sexo no cinemaConto erotico meu pai me cobiçandoconto erótico meu tio engravidou Eu e minha priminhacontos de sexo com novinhas trepando com advogadoscontos eróticos punheta para afilhadaminha esposa e minha sogra nua na praia de nudismoamigas da empresa contosplanta sexo chupa seio gozoContos eroticos dei pro leke magrelo chamado Ricardocontos eroticos flagrei minha mae fudendo com travesticontos eróticos tias iniciando sobrinho novonovinho delirando na primeira gozada