Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

DANDO O CUZINHO NA BANHEIRA

Todas as terças, quintas e sextas feiras eu praticava natação. Numa terça feira a professora comunicou ao pessoal que na sexta, seria aula com brincadeiras, competições, revezamentos e que era pra chegar um pouco mais tarde, pois iria juntar as turmas.

Chegou sexta feira, fui para a natação e ao chegar lá, conheci o pessoal da turma da noite que chegara mais cedo para participar das brincadeiras. Conheci Fernando, um cara de 1,80 de altura, olhos e cabelos castanhos, super gente boa. No fim do treino, a professora nos deixou ficar brincando de pálo aquático. Caí no mesmo time de Fernando e num determinado momento que nosso time estava no ataque e somente nás dois estávamos na defesa, ele me disse que estava naquela brincadeira somente por causa de mim. Achei estranho e ele me perguntou se eu tinha entendido quais eram as intenções dele. Avisei que não ficássemos de papinho para ninguém desconfiar afinal sou um bi “no armário”, mas dei meu telefone e pedi que me ligasse à noite. Ele logo depois que eu dei o numero saiu da piscina rapidinho e anotou o numero de meu celular no celular dele. Fui para casa pensando naquela sexta e em Fernando.

Eram oito da noite, eu tinha acabado de tomar banho e fui correndo todo ensopado atender o meu celular. Era ele! Fernando me ligou e disse que ficou feliz quando aceitei a proposta dele. Eu disse que também estava feliz, afinal ele era muito gostoso “pensei”. Ele me passou o endereço dele e me chamou para jantarmos em seu apartamento. Topei na hora! Como era um dia de festa e não tinha ninguém na rua, peguei um moto taxi e fui até o apartamento de Fernando. Ao chegar, ele me cumprimentou, apertou minha mão e me chamou para entrar. Entrei e sentei no sofá. Ele me ofereceu uma taça de vinho tinto, então brindamos. Ele comentou que na hora que eu estava correndo para aquecer que ele não parava de olhar pra minha rola e pra minha bunda. Sorri meio sem graça.

Ele me levou para conhecer o restante da casa. Levou-me na cozinha que tinha um banquete maravilhoso. E depois fomos até seu banheiro. Ao entrar no banheiro dei de cara com uma linda banheira branca que estava cheia de espumas. Perguntei por que estava cheia e ele disse que preparou pra caso eu estivesse a fim de relaxar e quisesse tomar um banho de banheira, que aquele seria o meu dia de rei. Eu disse que já tinha tomado banho, mas ele insistiu e acabou me convencendo. Tirei toda a minha roupa e entrei na banheira dele. Ele ficou de fora me olhando e conversamos um pouco. Descobri que ele trabalhava com vendas externas e que viajava bastante. Uns quinze minutos depois ele perguntou se eu queria mais vinho e se ele poderia entrar na banheira. Eu disse a ele que a água estava maravilhosa e logo ele foi ate a cozinha, trouxe as taças cheias de vinho e me entregou as duas. Ele começou a se despir para entrar na banheira e eu comecei a imaginar aquela aventura na qual eu estava. Foi a camisa, o shorte... e quando ele tirou a cueca... Eita maravilha! Não deu para medir, mais era uns 25 cm de pau branquinho e grosso. Ele me pegou olhando para o pau dele mais não disse nada. Sentou na banheira no outro lado e começou a conversar. Estava faltando assunto quando eu decidi ir logo ao ponto. Dei uma mergulhada e fui de boca até o pau dele. Ele sorriu e me disse que adorava quando o chupavam. Ele então sentou na borda da banheira e eu comecei a chupar as bola dele. Coloquei as duas de uma sá vez na boca, passei a língua em toda a lateral da rola dele, depois chupei a aguinha que saia do pau dele e fui empurrando a cabecinha daquele cacete na minha boca. Mamei bem gostoso até ele gozar na minha boca. Quando ele gozou, virei ele de quatro e cuspi a porra na portinha do cu dele e lambi todinha a porra e o cu. Ele me disse que tinha camisinha na estante e me pediu pra enfiar logo minha rola no cu dele. Sai da banheira vesti a camisinha e voltei. Ele ficou na beradinha da banheira com uma das pernas apoiada na borda então eu soquei meu cacete no cu dele todo de uma vez. E ele deu um grito me chamando de cachorro e me pedindo para arrombar aquele buraco. Bombei aquele cuzinho um tempinho ate que gozei.

Ele me perguntou se eu queria ser comido também. Disse que com certeza, mais ia dar para ele dentro da banheira. Ele botou a camisinha, sentou na parte mais alta da banheira e me disse para pular no cavalo. Segurei na lavanca dele e coloquei na porta do meu cu. Ele foi enterrando devagarzinho até eu sentar no colo dele. Rebolei bem gostoso na rola dele. Depois fiquei de quatro na parte mais baixa da banheira e ele veio me pegando de quatro e socou tudo no meu rabo. Eita quase eu bebia água. De tanto vai e vem a banheira estava numa onda retada, a água agitada estava derramando pelo piso do banheiro e eu estava a gemer bem gostoso dando o rabo na banheira. Ele empurrava bem gostoso e sem pena no meu cu. Meia hora depois ele arrancou a camisinha, gozou na borda da banheira e me fez lamber a porra todinha. Bebi e depois dei um beijo nele. Ele me disse que tinha um primo e estava doido para realizar a fantasia do primo que era de transar com dois caras e me perguntou se topava. Aceitei na hora. Ele me disse que iria marcar o dia e que me ligava.

Tomamos banho, jantamos, me despedi de Fernando e estou a aguardar a trepada com dois machos.

VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


contos eroticos depois daquela pica a buceta da minha esposa nunca mais foi a mesmaContos eroticos calcinha da vizinhacontos porno minha mae e putacontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crentecontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crentecontos eroticos femininos de casadas24 gay passivo volta redondacontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crentecontos eroticos novinha de 12an chantageadavi outro gozar na boca de minha mulher contoscontos-gays fui arrombado por um bombeiro no motelamiguinha minha filha novinha contocontos eróticos encaixada viado da bunda grande no ônibustia fogozaConto erotico de mototáxi com a picona e meninasconto banho com a namorada na academiaconto corno sondei ela tava debaixo delecontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crenteconto erotico novinha acabando com o vovôas antigas Sophie travestis masturbando na salaImagem Carla danada na zoofoliaContos eroticos gay primeira vez traumaticacontos de corno a bunda de minha noivameu professor meu namorado contos gaysubi a saia da e comi minha empregada vadiacontos eróticos cólera para a esposa no motelcalcinha usada contos eroticoscontos eroticos puta que ama ser putaconto comeu afamilha todaMendigos se madturbando altoconto erotco mendigocontos eroticos arrombando a gordacontos eroticos filho ver mae de calcinha incestocontos eroticos incesto na infanciacontos eroticos incesto pai encoxado filhas avo encoxado netascontos eróticos de novinha dando para garanhãoapostamos beber esperma contodei tanto minhA buceta no carnaVaL q to toda ardidabuceta ebumdaocontos eróticos de incesto mãe que deu o cu para o filhoSafadinho aaa uuutranse com meu pai no onibusmulher gostosa arrumando biquini em um deckcontos exocitos com entregador de gazcontos de coroa com novinhofiquei olhando o travesti encoxando meu marido no onibuscontos eroticos arrombando a gordaContos Eroticos Chinesa e negãoconto levei um comedor pra minha esposacavalo e pônei cheio de tesão tentando dar em cima da mulherconto erotico: fui vendida no mercado de escravas sexuaiscontos de incestos e surubas nudismo entre irmasmeu namorado me fez de putavideo porno chegou no quarto e comeu a teia com os olhos vendadacontos -meus amigos me comeramconto avo e netinhasconto gay iniciado parente sozinho cuzinho leitecomendo a enteada contoscontos. negra sequestrada e estupradaConto enteada nao aguentou tudoArregassando a bucetinha de uma virgem enquanto ela chupa o.pau do outroquero assistir uma mulher gritando e gemendo na cabeça da Chibata do pônei do cavalo pôneianã puta contocontos eroticos eu ea minha mulher gostamos de rolasbotando o pau devagarinho na xaninha da menina contosdescubri q ela tinha um amante e chantagiei contostanguinha suja contos eroticoscontos erotico tia estrupa o amigo do sobrinhoxvideo porno cavalu comedo aeguaPraticantes de zoofilia com cadelas e jumentasConto erotico fazendo meu irmao vira um tranvesticontos erotico molestano amenina na crecheempregadinha empolgadapadrasto e novinha conto eroticoContos crossdresserconto praia nudismo familia