Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

MEU TIO SIDY, MEU MACHO - 1.

- Meu tio Sidy, meu macho - 1.



Meu nome é Célia, tenho 38 anos, sou casada e tenho dois filhos. Não vou me prender a apresentações, apenas vou dizer que tenho 1,72 mts. de altura, sou loira, olhos verdes, e sem modéstia, sou muito gostosa desde criança. O que vou relatar começou a acontecer quando eu tinha por volta dos 19 para 19 anos, era virgem ainda, e não parou mais.

Esse caso é longo, é entre meu tio e eu, não dá para contar tudo de uma sá vez, por isso será em partes.

Por morarmos longe um do outro (eu e meu tio), fui sendo iniciada e comida por meu tio aos poucos, e continuo até hoje, apesar de ser casada com outro homem e meu tio com outra mulher. Mas o fato é que sou mulher do meu marido e a puta do meu tio. Já disse tudo!!!

Eu e meus pais morávamos no Rio, e meus avás moravam no norte do Estado, em um pequeno vilarejo, numa casa modesta com apenas três quartos. Nas férias e nos feriados prolongados íamos para lá, e como a casa era pequena, na hora de dormir tudo era dividido, meus avás no quarto deles, meu pai e minha mãe em no outro quarto, e o terceiro quarto deveria ficar dividido entre eu, meu irmão, minha irmã, minha tia e meus outros dois tios.

Como éramos muitos, normalmente os mais velhos (eu, meu tio Sidy e meu irmão) dormíamos no quarto, enquanto minha irmã e minha tia dormiam no sofá-cama da sala.

Meu irmão adora futebol, até hoje é assim, quando chegava lá, já viu né... aproveitava e se esbaldava, ia para o campo da cidade com os amigos e ficavam jogando bola o dia inteiro, não sei como pode e aguentar, e quando chega à noite, estava morto de cansado, tomava um banho, comia, batia na cama e apaga geral, nada o acorda.

O irmão de minha mãe, que se chama Sidy, na época tinha uns 19 para 19 anos, mais velho que eu apenas um ano. Para vocês entenderem, meu avô foi casado duas vezes, e o meu tio Sidy era o mais velho do segundo casamento, no primeiro casamento meu avô sá teve apenas um filho, minha mãe.

Numa dessas idas para a casa dos meus avás, na hora de dormir, ficamos eu, meu tio Sidy e meu irmão no quarto, mas como ainda era relativamente cedo, tanto eu como meu tio estávamos sem sono, ao contrário do meu irmão, que já tinha apagado geral como sempre.

Não me lembro de como tudo aconteceu, mas lá pelas onze ou onze e meia da noite, já com todos na casa dormindo, eu e meu tio, em voz muito baixa, ainda estávamos no maior papo, ele deitado num colchonete no chão, entre a minha cama e a do meu irmão, e o papo descambou para o lado sensual. Como eu tinha e tenho muita afinidade com ele, pois fomos praticamente criados juntos, o papo ficou mais apimentado, algumas revelações em relação a outras pessoas, segredos e desejos começaram a serem ditos por nás dois, coisas que gostaríamos e que queríamos um dia fazer e etc. Papo vem e papo vai, e por causa da conversa que estávamos tendo, nossos hormônios ficaram acirrados. Em dado momento, por baixo da coberta, senti um leve toque da mão do meu tio Sidy em minha perna, e como já estávamos ativados, nada fiz e continuei a conversar com ele. Diante da falta de oposição, ele começou a alisá-la, indo até minha coxa, indo e vindo, indo e vindo. Como estava gostando, deixei-o continuar, nossas respirações começaram a ficarem ofegantes e passou apenas alguns minutos para que sua mão procurasse minha xotinha e começasse a alisá-la também, deixando-me mais ofegante ainda. Mesmo assim continuamos com nosso papo, até que não aguentando mais, estiquei meu braço, e por baixo de sua coberta e sobre seu calção, comecei a alisar também sua pica, que estava dura como uma pedra.

Diante dos nossos desejos, ele introduziu sua mão sob minha calçinha e começou a acaricias minha xotinha, alisava e introduzia com carinho um dedo, brincando com meu grelinho, indo até meu cabaço, espalhando o mel que escorria dela, e eu alisava sua pica, espalhando aquela gosma que saia de sua rola, sobre cabeçinha deliciosa da pica dele. Ficamos assim um bom tempo, nossa brincadeira estava uma delicia, ele alisando minha buceta e eu brincando com aquela pica maravilhosa, dura como uma pedra, com uma cabeça grossa, o corpo comprido e afinando um pouco no talo. **** CONTINUA NO 2.

VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


contos exitantes meu marido dormindo bebado e eu com outro do ladocontos eroticos espiei minha tiavideo de morena clara casada traindo com um bem dotado acima de 22 cmquero ver travesti transando no abdômenconto madrasta tranformo enteado en travesticontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crenteloiera fodendocontos de coroas dá paraíba gayeu liberei minha esposaMe Estruparam No Banheiro da escola contos eroticos gaysContos eróticos primeira vez colégiofotos de loira sapeca abrindo as pernas a abrindo a xana rosaeu i a neguingo do pornocontos eroticos arrombando a gordameu ex tem ficou duro eroticos contoscontos meus amigos estupraram a minha maeirmazihas safadas locas por sexmulherdeparararua.blogspot.comContos eroticos estava de calcinha fio dental e fui fudida pelo mendingocontos eróticos cdzinha eu tinha corpo de menina e ele disse que eu teria que dar o cuzinho pra eleMinha filha Caçula contos eroticosru cdzinhacontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crenteVelho picudo.conto eroticoJamanta comeu meu cuzinho a forçacontos eroticos so eu e meu gato na chacaracontos eroticos professora casada estuprada na frente da filhaconto erotico meu filho me chapouporno tranzado com a madrinha dormindo sem semtirsexo com as amigas e as filhas contosChupari caralho du cunhadocontos eroticos com absorventecontos eróticos de enteadacontos eroticos fodir ater perde a vondecontos eiroticos familia incestuosa cagando em estuprocontos eróticos eposa e amigoconto lesbica humilhei minha amigaassistir filmes pornografico contod pedreiro comendo travestis na obraconto erodico de sobriacontos eroticos travesti sendo estrupadacotos meu e pousodo vaì mete na baceta da sua tia tabem conto erótico de mãe transformando filho em mocinhacontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crentecalcinha incesto contosmeu tio me comeu meu cuconto erotico teen gay iniciaçãocontos eroticos a mae do meu amigoporno insesto na hora gue o tamanho do pau me asusteiContos eroticos Fui estupra com meu tio negrocontoseroticos. cornos leva mulher para amanteContos eróticos sessão sado com meu paiminha mulher dormindo nua,vi o rombo no cu delatravesti novinha de 15 aninhos contos eroticoscunhada sem calçinha contosconto pai por favor mim enxugamulher entrando na chapeleta do pôneidoeu meu cu entreu a maocontos eroticos comi minha sogra de calcinha fio dentalconto eróticos mana so de calcinhafiquei louca vendo o meu sobrinho pauzudo comendo a minha filha. conto eróticocontos de incesto onde tio coloca sobrinha de nove anos no colocontos meu pai comeu o'cuzinho na marra eu adoreicontos arrombando casadacontos mulher casada da o cu pro cãoContos eróticos de lésbicas transando na casa da amiga de muitos anoscantos eróticos d********* para o meu irmãoContos eróticos picantes pecadoscontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crentecontos erotico cuzinho o cu da mamaeContos eróticos estreiando á xaninhaGarota perdendo o cabaco de doze anos contoscontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crenteconto novinha amigos do papaicontos eroticos arrombando a gordacontos flagrei um menino comendo o outro fiz chantagemContos casado com travesti mas ele fudia com todos d familianovinha teen transando na cam de bruços com namoradocontos erroticos meu sogro bem dotado arronbo meucontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crentecontos eróticos minha amiga jogadora dormiu na minha casa