Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

POR QUE ELA NÃO GEME

Caso vocês não tenham lido meu conto anterior, sou um militar com bom porte físico e uma tara incrível por cu – tanto em dar quanto em comer – também sou casado com uma bela mulher bissexual e por vezes nos relacionamos com outras mulheres – contarei estas histárias posteriormente – no momento gostaria de me ater a um caso especifico que ocorreu ano passado e que ainda hoje causa divertidos comentários em minha casa.

Havia uma bela morena chamada Carla – obviamente nome fictício – que a muito tempo tava querendo fazer um ménage comigo e minha esposa; aceitei na hora! Minha esposa chamasse Cristina, uma pequena e sensual mulher do tipo magrinha tendo uma bela bundinha e seios fartos; seus olhos são verdes e seus cabelos loiros bem lizinhos. Carla por sua vez era morena, com um belo sorriso, pouco seio e muita bunda... “estou no céu” pensei “se for um sonho não me acorde”

Eu fui tomar um banho enquanto as duas começaram no quarto; gosto de deixar as meninas brincarem por um tempo antes de mim, isso parece deixá-las mais suscetíveis. Logo eu havia chegado no quarto vendo aquela cena maravilho onde minha esposa cravava a boca no seio de Carla enquanto esta dedilhava sua suculenta buceta. Comecei a beijar delicadamente o pescoço de Carla e tive minha primeira estranha impressão, a menina não teve qualquer reação apenas continuo o que já estava fazendo; ignorei pensando ser cisma minha, Cristina logo abriu as belas pernas de Carla e começou a chupar aquela linda buceta! Novamente para minha surpresa, não havia qualquer expressão na menina que agora chupava meu pau que, apesar de me provocar muito prazer, parecia bastante mecânico. A esta altura Cristina já olhava meus olhos e graças a nossa imensa intimidade eu sabia o que ela estava pesando: “esta garota não geme? “

Entenda, acredito que somente mulheres sabem realmente como fazer outra ter prazer; eu e Cristina não somos novatos nisso, praticávamos ménage antes de casar. Seja lá o que estava acontecendo, era com Carla. Cansada de chupar aquela buceta que não gozava, Cristina virou-se com as pernas abertas deixando sua xana aberta e a mostra; logo Carla postou-se de quatro com aquela bunda rígida para cima e língua enfiada no clitáris de Cristina, ela parecia saber o que estava fazendo posto que minha esposa gemia com prazer; embora o semblante de Carla continuasse mecânico e, mesmo, distante.

Foi quando desisti de ser gentil. Sempre faço de tudo para entender as mulheres e ser o mais delicado possível até realmente saber o que elas querem; mas no caso de Carla, estava muito difícil. Nada parecia ser capaz de fazer aquela mulher ter uma expressão de prazer. Foi quando tive a idéia de mudar, se ela não vai gemer por prazer vai gemer com um pouco de dor; deixe de lado o cavalheirismo e arrombei aquele cu; enfiei a língua, o dedo, o dedão e depois três dedos nela que continuava passiva, lubrifiquei o pênis e parei por um momento, nunca comi o cu de uma mulher na primeira transa, sempre achei isso super deselegante, tive medo de perder a amiga por conta disso.....olhei para Cristina buscando conselho, parece que minha mulher havia pensado o mesmo e em meio aos seus gemidos – ela estava gozando – me indicou com o olhar “vai enfrente”.

Enfiei meu pau de uma sá vez! Não vou perder tempo dizendo quanto mede meu pênis, sempre achei isso uma bobagem, o importante é saber que doeu, sei que ela sentiu dor porque também já levei vara antes, minha esposa já me comeu com um consolo e já transei com um traveco. Quando terminei de tochar o pau no seu cu ela parar por um instante, como que sentindo muita dor, pensei em pedir desculpas mas decidi seguir em frente comecei a bombar forte; realmente já havia perdido toda minha elegância queria apenas deixar aquele cu bem largo ao redor do meu pau e qual não foi minha surpresa quando finalmente aquela putinha começou a gemer, e como gemia!

Eu bobava com força, batendo naquela imensa bunda e enfiava fundo no rego da vadia. Cristina estava estupefata, levantou da cama em um salto e correu para pegar a cinta e o consolo. Logo, minha esposa estava arrumando espaço para enfiar na xana de Carla e fizemos uma deliciosa dupla penetração. Eu mordia a nuca de Carla e tocando a vara forte no seu cuzinho, ela chorava e gemia alto enquanto beijava Cristina que também forçava com seu pinto de borracha em buceta; gozamos os três juntos naquele delicioso sanduíche.

Tirei devagar meu pau de sua bunda e pude ver que saia um pouco de sangue, senti pena, mas já era tarde. Pelo menos tivemos muito prazer e ela também; acho que me sentiria um merda se não tivesse feito ela gozar. Atualmente nos encontramos com pouca frequência, mas não transamos pois ela entrou para a Igreja e ta namorando um cara de lá, eu as vezes vejos os dois de mãos dadas e penso que aquele crente vai ter que rezar muito para fazer aquela vadia gozar.



VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


contos esposa branquinhao massagista comeu minha namorada contosContos mulher coloca silicone no peito e marido vira cornoContos nossas filhascontos presenciei minha irmã fudendo com um dogcontos eroticos chupando rola no aterro do flamengominha vizinha transex safada contos eroticosminha esposa adora segurar o pau do meu sobrinhoContos eroticos viagem a africacontos eróticos fode ai rebola vadia isso abre isso aí que pau grandemasturbando com obras em xasa contoPapai enfiou o dedo na minha buc*** e gostei!contos eroticos fudendo a amiga da minha mae crentecontos eroticos amigas ci pegandocontos eróticos grelao 4cmconto arebentei cu meu medicovelho com novinhos conto eroticoscontos eroticos minha mulher de roupa curta e decotadacontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crenteconto amigo heterorelatos de novinhas que fuderam com o cunhadocontos putaria de crentesclube dos cornos contos eróticosmulher que fica um montinho na frente ,e peluda ou tem a buceta inchadacontos esposa branquinhacontos eróticos de incesto minha mae no meu colocorno agradando os outros com a esposa contoconto meu cao socou tudo no meu cuContos erotico travesti na cadeiacontos zoofilia namorada e a prima dela dando o cu pro cão juntascontos eroticos coroas safadascontos eroticos de como eu perdi minha virgindade aos 16Contos eroticos minha esposa e o estrangeirocontos de coroa com novinhodei com muito amor conto separacaoRecém casadas traindo em contosconto porno puta suja de estradacontos eroticos fui cumida a traz do salão da igrejase eu deixar no seu sobrinho como é lá dentro da piscina e gozar na sua caracontos flagreii meu subrinho mastubando com calcinhameu ex tem ficou duro eroticos contosesposa raspada contosminha xereca consando na rua contos eroticoscontos eroticos dando o cu para manter o empregocontos femdom com cela de masmorraconto erotico com velho caralhudocontos erotico meu cunhado e meu sogro me estupraramconto contando ao cornocontos eróticos gay volta redondapadrasto e novinha conto eroticocache:D0BhmN44dfMJ:okinawa-ufa.ru/conto_16312_aquela-ninfetinha-me-agarrou-no-jiujitsu.html pornô doido p*** fazendo fio terraconto erotico a filhinha do meu tiocontos eroticos minha sogra se machucoucontos sexo a esposa amamentandocontos eroticos comi o cuzinho da minha colega de trabalho no estoque realcontos eróticos cantada na rua não resisti e traío gordinho e o tio contosfudendo a sobrinha contoscontos eroticosirmazinhacontos eróticos de coroas em Juiz de ForaContos eróticos família liberal.2,contos eroticos praia nudismo em familiacontos eroticos de tio e novinhascontos eroticos velhos e novinhas santinhascontos eróticos gays barriga inchargozando no colo do papai contosContos erticos trouserao meu marido bebado pra casaBaixou minha calcinha e meteu contoscontos sexo gravidacontos eroticos entre garotinhas novinhasconto chantagem enteadaConto d esposa safadinha fico d pau durocontos eroticos arrombando a gordacontos eroticos de travestis fudendo o tioContos dei o cuzinho para a travesti fabiola voguelCont erot de madrastatomando banho de rio com titio contos gayfiquei de 4 e ele montou socando xingandocontos meu primo gordinho foi dormir comigo e comi o cuzinho delewww.ver contos eroticos de professoras gostosas ruivas de 20 ate 30 anos tranzando com seu alunos de 16 a 19 anos de idadecontos eroticos de padrasto chupador.de.grelolesbica conto professora fisicacontos eróticos escravo da professoraconto erotico tarado comendo buceta da cabrita no.zoofilia