Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

MINHA NOIVA PERDEU O CABAÇO DO CU PARA 5

Conheci uma gata pela Net, Fabiana é o seu nome; seu noivo Osmar, um pouco mais velho que ela e adora ser corno; A Fabi adora sexo anal com caralhos grandes e negros e quem quiser pode mandar foto para o mail [email protected] que eu repasso para ela. Mas tudo tem um começo, e o começo deles foi assim, no relato do Corno Osmar: Minha noiva tem 1.60, tipo mignon, 55 kg, seios médios, bocetinha rechonchuda, que com calça de jeans, lembra um capo de fusca. Viajando nesse feriado de 19 de Novembro; estávamos com um mapa feito num micro para chegarmos até o sítio de uns amigos, onde uma grande festa nos aguardava. Como o local era retirado, passamos por estradas vicinais e de terra, até que em determinado momento, percebemos que estávamos perdidos; ela ao me orientar com o mapa me indicou a direção errada. Como passamos em frente de um lugar onde tinha movimento de pessoas resolvemos voltar e perguntar. Chegando ao local vimos vários homens trabalhando duro; limpando a área, tendo apenas um galpão; desci e me dirige ao galpão para perguntar, minha noiva saia do carro com uma mini bem curtinha que chamou a atenção dos homens trabalhando; ela sem perceber nada se dirigiu a um deles e perguntou se tinha um sanitário que ele pudesse usar; muito solicito ele apontou a direção atrás do galpão; rebolando ela contornou o galpão e os homens parando de trabalhar sá para olhar para a bunda dela. Quando ela voltou um dos homens olhando de pau duro o rabo de minha noiva falou que ela tomar um banho para se refrescar, já que o sol estava intenso e ela meio suada. Surpresa ela me olhou; e o homem insistiu para ela ficar a vontade, que apenas poderia nos levar de volta dentro de 2horas, qdo. terminassem o serviço, já que o caminho era muito complicado e teríamos que segui-los. Ela pegou algumas coisas no carro e pedia que a acompanhasse; chegando lá verificamos tudo e como estava tudo em ordem, trancamos a porta e ela ficou de calcinha e soutien e entrou debaixo da ducha . De repente um barulho do outro lado me chamou a atenção, fui verificar e acabei rendido por dois dos homens que estava trabalhando. Um deles falou: - Não queremos fazer mal a vcs ; é que estamos há 3 semanas trabalhando sem mulher. Sá queremos nos divertir, caso contrário vcs. vão sumir no meio do mato.

Nisso Fabiana apareceu e perguntou o que estava acontecendo o cara falou para ela obedecer senão me mataria. Ela assustada recuou tremendo; enquanto os caras me amarravam. Quatro homens a agarraram, passando a mão na sua boceta outro na bunda; outro apalpava seus peitos e outro a beijava. Um deles a colocou de quatro e foi tirando sua calcinha devagar e eu via o racho de minha noiva; o cara lambeu a xoxota dela deixando lambuzada de saliva e seco já começou a forçar a rola que era grossa duro igual uma pedra; minha noiva gemeu enquanto o cara enfiava o caralho inteiro em sua boceta apertada. Quando entrou tudo ele segurou as ancas dela e começou a bombar violentamente o caralho nela; ela gritou gemeu, urrou com o caralho atolado na boceta fazendo o filho da puta gozar. Mal ele largou minha noiva outro se posicionou e meteu sem parar na boceta dela arrancando gritos dela ; ele também gozou e tirou o pau e deu para mim ver a porra saindo da boceta de minha noiva, escorrendo. V Veio outro e começou a enfiar o caralho nela, como era grosso ela gemia, sem se importar ela mandou enfiando o caralho todo de uma vez, arrancando um grito, ele socou impiedosamente o caralho nela, fazendo ela gritar a cada estocada; esporrou gritando e ao tirar o caralho de dentro da boceta de minha noiva pude ver o buraco que ficou a boceta dela. Involuntariamente fiquei de pau duro vendo minha noiva sendo violentada na minha frente. Momentaneamente eles deixaram ela livre; ele me olhou amarrado e veio e abriu o zíper tirando meu pau duro pra fora e começou a chupa-lo então o outro aproveitando que ela estava de quatro na minha frente meteu na boceta dando violentas estocadas fazendo ela engolir o meu caralho inteiro. Gozei abundantemente na boca dela que engoliu uma grande parte. Ai um deles falou: A putinha tá gostando até chupou o cacete dele e o corno gozou legal; já que ela gosta de rola eu vou comer o cu dela. Ela olhou o tamanho do caralho do cara e tentou fugir, pois era o maior pau de todose ela era virgem no cuzinho; os outros a seguraram e ele começou lambeu o Cu dela; meteu um dedo e ela se tentava escapar reclamando de dor ; sem se importar ele continuou a chupar o cuzinho dela e enfiou o segundo dedo, logo estava com três dedos no Cu dela e ela gemendo; quando achou que estava bem laceado ele colocou o cabeção no cuzinho dela e começou a forçar o botãozinho dela; ela urrava, tentava fugir mas as mãos forte a seguravam e a colocavam numa posição que favorecia a penetração; ele forçava a cabeçona, ela gemia, gritava e aquilo não entrava de tão grosso; já impaciente ele a segurou pelo quadril e de um estocada com toda a força, o anelzinho dela não aguentou a pressão e deixou a cabeça entrar fazendo ela dar um grito alto, ela urrava e ele empurrava o caralho pra dentro; vencida a resistência do cuzinho de minha noiva Fabiana ele foi enfiando o caralho inteiro, fazendo ela chorar de dor com aquele cacete enorme dentro de seu cuzinho; a visão era linda, ver aquele caralho grande deslizando para dentro do Cu de minha noiva; Quando entrou tudo ele começou o vai-e-vem e socava para dentro do cuzinho de minha noiva aquele cacetão, que com o tesão parecia maior, as veias intumescidas pulsavam como se fossem explodir; aquilo me deixou doido de tesão pois nunca vi outro homem comer o cu de minha noiva; ela gritando e ele socando o pau sem parar; o tesão da situação a contagiou e ela começou a rebolar no caralho do cara empurrando a bundinha para trás facilitando a invasão de seu cu; não se contendo o cara deu um urro e gozou no cu dela. Ele foi tirando devagar e eu olhando pude ver o seu cu tinha virado um buraco enorme; o cu e a boceta arrombados. Excitados com o arrombamento do cuzinho virgem, outros dois a pegaram, um deles foi enfiando no cuzinho da Fabiana sem cerimonia, fazendo a chorar; apás enterrar o caralho inteiro no cu da Fabiana, ele a pegou pelo quadril e a levantou; o outro sem esperar já foi enfiando na boceta dela, fazendo uma dupla penetração em pé, alías foi a primeira dupla pentração de minha noivinha Fabiana. Eles socaram os caralhos de forma cadenciada, no cuzinho e na bundinha da Fabi, até explodir em gozo. Eles a largaram arrombada no chão, os outros dois chegaram e um deles se deitou no chão, o outro a pegou e a colocou sobre o caralho do que estava deitado e se encaixou por trás dela enfiando novamente no cuzinho da Fabi; outra dupla pentração e agora com dois caralhos bem grossos; a Fabi já não tinha nem forças para gritar ou chorar, apenas gemia baixinho com lágrimas saindo de seus olhos. Todos fizeram questão de comer o cuzinho de minha noivinha Fabi, que era virgem e estava sendo enrabado por cinco homens diferents já na primeira vez. Recuperada e com tesão, fabiana ficou de quatro e recebeu os cinco no seu cuzinho rebolando em cada caralho até eles explodirem em gozo no seu cuzinho. Apás todos comerem seu cuzinho ela pagou uma chupeta para cada um, e os que ainda conseguiram esporrar, encheram a boca de minha noivinha de gozo. Assustado com tudo aquilo, e com o tamanho dos caralhos que vi ela engolir em todos os buracos, assim mesmo aquilo me excitou e me fez gozar algumas vezes durante o espetáculo que foi ver minha noiva ser currada de todas as formas por 5 homens. Extenuados os 5 me desamarraram e saíram deixando nos dois ali. Fui ajudar minha noiva que estava toda doida e arregaçada; nos lavamos. Ela me deu um beijo dizendo que foi delicioso, que não sabia que transar com vários homens era tão bom; me deu um lindo sorriso e falou que um dia iria querer repetir tudo. Confesso que fiquei orgulhoso de minha noiva engolir tudo aquilo, e no final ao saber que ela gostou me deu o maior tesão em ser corno; tenho agendado encontro dela com amigos e depois ela me conta como eles a comeram enquanto eu me masturbo; de outras vezes fico tão tesudo que a como violentamente; ela adora dar o cuzinho, principalmente quando é comida de pé; adora também grandes caralhos e já engoliu alguns enormes pelo cuzinho. Ela é pequenininha mas tem um cuzinho guloso e profundo. Quando saímos do sanitário os cinco caras que comeram minha noiva estavam guardando os materiais, entraram num carro e falaram para segui-los. No caminho de volta minha noiva vinha reclamando que sua boceta e seu cuzinho estavam ardendo e ainda vazando porra na calcinha.







VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


contos eroticos gay meu tio de dezessete me comeu bebado quando eu tinha oito anoscontos eroticos o porteirocheirada e dando a bunda contosContos eroticos minha amiga me contounamorada de calnsinha centou na picaContos erótics so de gang bang e so com homems pauzudosContos eróticos curtos de cachorro fodendo a cozinheiragays coroas do bairro agua verdecontos de coroa com novinhocontos eróticos gay e casal bi"klaudia kolmogorov"padrinho comer afilhada cem pentelhocontos. erot encest estou pegando minha. maeContos bdsm sequestradaCONTO CHUPETEIRA DO BANHEIROcrente velha chantageada contos eróticos Lora dismaiando no cu no anal em tres minutosapremira vez da fenandinhadesde pequena adoro ser cadelaContos eroticos de Gravidas estupradas por policiaisultimos contos eroticos de bundudasArombaram meu cuzinho quando pikena conto eroticoContos eroticos de velhas tetudasCONTO INCESTO NA MADRUGADA COM A SENHORAcontos eróticos miha mulhere fica masturbando vendo travesticonto erótico de corno chupador de arrombadavirei puto dos segurancas sadomasoquismo conto gaycontoerotico safadaContos-esporrei na comida da cegavideo porno gay o promo etero bota o primo gay na surubao p****** do metrô mulher relata conto eróticohome pega amulher de com o melho amigo transano e fi loucofui ensinar a sobringa dirigir ea fudicontos eroticos congresso medicocontos eroticosem familiaEu agora eu sou mulher do meu ex primo viuvo conto eroticocontoseroticos primo hetero comeu o primo gaySobrinho da Academia tia gordinha conto eroticoconto erotico mulher deu buceta para mendigopia se acha ser pausudoconto erotico meu filho meu machoConto herotico lesbica entre mãe e filhinhaflagrei minha maé com socio de meu pai contosQuero o pau do meu filho no meu cucontos eroticos arrombando a gordaadoro usar as calcinhas da minha esposacontos eroticos mae desnaturada 2mulher com contracionar peladapapai no cuzinho de mamãe contoscontos eroticos deixando aparecer a calcinha em casa provocandometeu no cu dela a força mas entrou parte1www.contos heroticos..uma jujuba bem comida...roupa de couro esposa contoscontos bolinadas no parquecontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crenteconto sexo esposa bundudasPirocada sexo gay velhos tara contos veridicosTravessa gostosa lavando a b***** em casa com cama escondidacontos eroticos fazendo o bico dos seios dando de mamarcomendo a mae contosnelma putinha rabudacontos eroticos minha mae e uma safada e meu pai um corno liberalcontos comendo a tia de fio dentalFamília contos eróticoscontos fingi que dormia e comi minha filhaminha esposa gordinha de toalha andando dentro de casa no pé da pia da cozinha de baby dollcache:iOh7vGcQjJIJ:okinawa-ufa.ru/home.php?pag=151 contos eróticos esfregaçãoConto mete ui ui ui meu cucontos sado marido violentoscontoseroticos assaltoContos eroticos dei pros mendingos