Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

TIVE MEU CÚ VIOLENTADO(EMPREGADINHA)

Meu nome é Rose, tenho 22 anos,sou morena clara, 1,65 metros, cabelos curtos alisados castanho claro, tenho uma bunda durinha,grande e gostosa, meus seios são pequenos,tenho pelos no cú e na buceta.Sou empregada doméstica.Nem sei como estou escrevendo isto, porque sou muito tímida.Dessas com cara de boba mesmo.Bom, aconteceu quando fui levar a filha da minha patroa prá brincar na casa da coleguinha dela.Bati a campainha e prá minha surpresa quem atendeu foi o pai da garotinha.Ele me olhou com uma cara de safado.Então entramos.Elas foram brincar e nás ficamos a sás.A esposa dele não estava.Ele me disse que ela chegaria ainda pela manhã pois ela trabalha a noite.O tarado abriu o ziper da calça, tirou o pinto prá fora, e eu toda envergonhada não sabia o que fazer.Ficou batendo punheta na minha frente e me mandou ir para o quarto dele.Sentei naquela cama de casal .Estava nervosa, tremia e meu coração batia forte, estava com medo.Quando fico assim tenho mania de sentar em cima das mãos.Ele olhou prá mim e me disse que eu tinha a mesma cara de sonça retardada da esposa dele.Me disse que ia tratar de mim igual tratava a esposa dele.Colocou o pinto duro, grande e cabeludo na minha boca, tirava,dava tapa no meu rosto.Fez isso umas trinta vezes.Segurava na minha cabeça, mandou que eu não tirasse as mãos aonde estava.Empurrava varias vezes aquele pinto na minha boca, fazendo chupa-lo, tirava e dava no meu rosto, enquanto me falava:Chupa essa pica, trouxa otária, vê se ao menos presta prá isso.Era muito humilhante.Eu estava de mini-saia.Ele me mandou levantar, me mandou levantar ela, ficou rindo da minha calçála, que foi logo arrancada.Abriu minha bunda e foi logo dizendo:Vai lavar seu cú imundo, empregadinha imprestável.Então corri para o banheiro toda envergonhada, lavei meu cú, sequei com uma toalha de rosto que estava lá.Quando voltei ele fez a mesma coisa.Abriu a minha bunda, me chamou de cú de porca imunda, pegou um bolo de papel higiênico e mandou eu enfiar no rabo.Me senti muito humilhada tendo que fazer aquilo na frente dele.Depois voltei para o banheiro com o cú queimando, prá tirar aquele bolo de papel de dentro do cú e lava-lo de novo.Depois que voltei para o quarto, aquele tarado estava me esperando com aquele pinto duro.Começou a me alisar na buceta e no cú.Se agachou comigo virada de costas. chupava e cheirava meu cú igual a um cachorro.Me chamava de cadela, meu colocou de quatro, mandou eu cobrir a cabeça .Depois que cheirou meu cú de novo o filha da puta me violentou, estrupando e batendo forte na minha bunda.Tive até medo da meninas escutarem, tive de aquentar caladinha sem dar um pio.Sentia aquela rôla grossa me rasgando.Doia muito, pois meu cuzinho era virgem.Comia meu cú me chamando de cadela emprestável igual a esposa dele.Surrava minha bunda enquanto metia eu chorava mas ao mesmo tempo sentia muito tesão e me mastubava igual a uma lôca.Ele percebeu que eu estava gostando.Como já estava quase na hora da esposa dele chegar, ele tirou do meu cú e me mandou ir batendo punheta na minha boca.Senti nojo na hora, não queria fazer.Ele ficou nervoso comigo, empurrava aquele pinto na minha boca enquanto me batia mais no rosto.Tive que pegar aquela pica nojenta, enfiar na boca e bater punheta prá ele até fazer gozar.Me mandou engolir a porra porquê não queria sujeira no quarto .Tive de me recompor logo e voltar para sala.Quando a esposa dele chegou, eu ja estava com as garotinhas, a esposa dele foi logo para o quarto.Na hora de ir embora isso depois de alguns minutos, fomos nos despedir.Quando passamos pelo quarto, pude escutar os estalos dos tapas dele.Minha buceta escorria de tesão.A esposa dele meio constrangida é que saiu do quarto para abrir a porta.Mal ela sabendo que também fui violentada pelo marido tarado que ela tem.

VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


Sonifero contoscontos eroticos flagrei minha mae fudendo com travesticontos levei amigo bebado fudeu minha esposacontos irma mais velhacontos orgia com pobresconto de sexo com vizinha gostosacontos eroticos cu e bucetasó umbiguinhos lindos e peitos durinhossandra trasano com amigo na casa delebunda tornar atriz contoscomtos filha espiando pai no banhoconto erotico padrinhocontos eroticos nordestefode cu de veia na salavideos de mulheres peladas e toda cheia de manteigafilme pornô da mulher do Suvaco Cabeludo Vem homem do pau mais grande e g************* delaminha mae é puta dos meus amigos contoscantos eróticas adoro da o cucontos eroticos arrombando a gordatransei com meu compadrecontos comi a amante do meu paicontos foi a melhor foda que tivecontos eróticos meu aluno preferidocontos eroticos padrasto e enteadaContos casada levou dois rapazes para sua casamarido enfias as duasmao no cu da esposaeu minha sobrinha na praia contocontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crentecontos punheta na calcinha sobrinhacontos casada pegando carona no caminhaocontos eroticos sobre viadinho famintocontos eroticos traicao com pedreirosmeu namo puchou meus cabelos e deu vários beijos em mim o que significa isso?contos mulher e marido duas vadias para um.machominha mulher adora ser brechadavizinha crente eroticocontos crossdressers no cinemacontos deduas safadinhascaralho anaconda destruindo cucontos eroticos de homem chupando a buceta esperadaEstuprada pelos cachorros contos eroticosDona Florinda chupando a rola de Seu Madruga"cabelo na perereca"conto comendo travesti bundudofazendo a farra no cu da esposa em casa contovizinhasafada adora língua na xotacontos eroticos velha donzelacontos eróticos papai me arrastoucontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crentecontos eroticos filho ver mae de calcinha incestoconto eroticos pasto e adolecetesBuceta virgem contoscontos de sogras casadas dandocontos de casadas com quantos homens ja transaram antes de conhecerem o maridocontos eroticos coroas negrascontos esposa me amordaçou contos de cdzinhas orientaiscontos eroticos minha sogra quis eContos eroticos minha mãe é uma putacontos erotucos escritos lesbicos transei com uma nerdsaber se a Cleópatra deixava gozar dentro da bucetadando pro genro. contos eróticosconto incesto gay peludoporno tia x traindo o tioconto esposa negra e puta cornoContos eróticos cuidando do meu priminho e deixando ele tomar banho no quintal conto gaycontos de zoofilia de ituproctologista me comeu gayvi meu afilhado peladomulher emsabuando bucetacontos eróticos com mulher pedindo prapornô com cavalos mangalarga fazendo com mulheres no cavaletecontos de incestos eu estava dançando funk De vestidinho curto e meu pai viu e não aguentou e comeu meu cuzinhocontos eroticos gay cheiro de rolaconto erotico trepei com meu primo engravideicontos marido atolou a geba grossa no cu d esposa na pescariaConto erotico cu jeova casada