Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

LUTA DE ESPADAS

Eu não classificaria esse conto como Gay (Bissexual talvez), mas por falta de outras opções, vai esse tema mesmo.



Minhas relações sempre foram com mulheres, mas tenho algumas fantasias sexuais com homens, nada de afeminismos, não sou e nem curto caras afeminados(beijo, chupação, penetração...nada disso), curto apenas sarro entre homens.



A histária que vou contar aconteceu comigo e meu primo (que atire a primeira pedra quem não possue histárias com primos)...



Éramos adolescentes na época e sempre marcávamos de passar alguns dias das férias na casa de um ou outro...sabe como é né? Soltar pipas, jogar bola na rua, além de várias brincadeiras sadias, as quais crianças dessa vida moderna não sabem como era bom nossa época(pique-esconde, siga o mestre, rouba-bandeira e outras mais...)



Essa fase da idade também é marcada pelas descobertas sexuais. Como era extremamente difícil conseguir uma Playboy, alugar um filme pornô, ficar acordado até 2 horas para assistir Emmanuelle no Privé. Hoje em dia, o acesso a filmes e revistas é bem mais facilitado, além do que muitos possuem uma grande aliada, a internet.



Estávamos sozinhos em casa, o relágio marcava 15:00 e ficaríamos sás até o anoitecer. Exausto depois de tanto jogar bola, fui tomar banho, enquanto meu primo organizava sua mala (ele passava férias na minha casa). Terminei o banho, enrolado na toalha segui para o quarto, enquanto meu primo entrava para o banheiro. Meu primo saiu do banheiro enrolado em sua toalha e entrou no quarto. Eu estava pensativo, quando ele disse:



_ "O quê foi? Está pensativo?"



_ "Estava relembrando algumas cenas daquele filme de Sábado". Respondi.



_ "Nem me fala, fiquei com um puta tesão, meu pinto endurece sá de falar".



Ele levantou da cama e deixou a toalha cair e lá estava aquele pinto duro (era um pinto grande, porém fino, com o saco ainda sem pelos)que nem pedra e o meu também começava a endurecer (o meu era menor, porém mais grosso começando a nascer os pelos).



Não pude deixar de olhar para aquela vara enorme! Ele percebeu meu olhar e não conteve um sorriso.



Até então meu primo e eu assitíamos filmes ou víamos revistas juntos, onde nada de algo a mais acontecia.



Meu primo já de pé disse:



_"Tira a toalha, é bom ficar pelado!". Nessa hora, meu pinto já latejava de tanto tesão.



Foi quando meu primo teve a ideia:



_ "Podíamos medir quem tem o pinto maior, que vc acha?"



E eu tentando bancar o inocente:



_ "Como? Pegando régua e cada um mede o seu?"



_ "Claro que não, deixa eu te mostrar como se mede...". Foi quando ele se aproximou de mim, segurando no meu pinto, deixando colado no dele. "...é assim que se mede entende?". Tinha entendido perfeitamente, estava com muito tesão, pois até então ninguém havia pegado em meu pinto antes e nem eu havia pegado em pinto alheio.



"Então, não é gostoso medir pinto?"



"Muito...". Respondi já me entregando de prazer



Foi então que meu primo me jogou na cama e falou:



"Vai ficar melhor agora...e se brincássemos de luta de espada, com nossas espadas?"



Começamos a esfregar nossos pintos, roçar nossas bolas, coxa batendo em coxa (CONFESSO QUE ESTOU ESCREVENDO ESTE CONTO, COM O PINTO QUANSE ARRANCANDO A CUECA DE TÃO DURO QUE ESTÁ!).



Eu não acreditava, pois era meu sonho saber a sensação de esfregar pinto com pinto. Já não sabia qual era meu cassete e qual era do meu primo...



Ele me dizia:



_ "Aprendeu como se mede?"



_ "Prometo que nunca vou esquecer"



Não rolou nada além disso, ficamos o tempo todo no esfrega-esfrega...como era gostoso...sensação que não se consegue transmitir em palavras! Nossos sacos mal tinham pelos, e batiam deliciosamente...



Depois de muito tempo assim, resolvemos gozar juntos, esfregando bastante...



"Vou gozar primo, goza comigo vai! Ai ai ai ai ai ai ai"



"Não sabia que seu pinto era tão gostoso, vou explodir com tanto tesão, PORRA! Que delícia!". Respondi.



"Esfrega esse pinto no meu vai!"



"Hum assim vai"



"Vou gozar caralho!"



"Eu também!"



"Ahhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhh ahhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhh ahhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhh"



"Goza gozei gozei gozei também!"



Foi então que gozamos bastante ao mesmo tempo, nossas porras se misturavam e embebeciam nossos pintos e sacos, foi uma experiência muito foda.



Fomos tomar banho novamente para nos limpar.



Como dormíamos no mesmo quarto com 1 cama e 1 colchão de solteiro, todas as noites passávamos a madrugada nessa delícia toda.



Por uns 2 anos continuamos assim, até que fomos crescendo e diminuindo o contato aos poucos! Hoje ele é casado.



Bem pessoal, gostaria de agradecer aos leitores. Pedir desculpas, pois é o meu primeiro conto e não sei se ficou bom.



Críticas são sempre bem vindas e se vocês tiverem relatos parecidos, conte-nos, pois trata-se de um assunto que me chama atenção até hoje, apesar de pouco relatado.



Abraços

VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


contos de sexo depilada na praiacontos gays festa de inauguacao do cuinhocontos eroticos irmão arrependidocontos eroticos de esposa fazendo o marido limpar sua bucwta goAdaboafoda foi dormi com colega tomo ferocontos eroticos enrabada pelo professor de academiachaves comendo o cu de chicinha no banheirodepois de casada resolvi me depilar toda contosBusca por contos de esposa reais, que vai para balada e deixa o marido transtornado quando ela demora no banheiro e pega ela transando no estacionamentoporno.ele namorou a cunhada ate que ele comeu o cu delaconto gay sendo estuprado com muita violência e tem muito sangueContos eroticos de barcontos eróticos cara do pau gigantescoContos Eróticos. Comendo A Veracontos erotikos fui pagar o aluguel e comi o cu da donatias coroas em festa despedida de solteiracachorros rendidos gozando pornocontos eroticos, ele me humilha me bate me xingaconto erotico seduzindo meu vovocache:GAEDmAeFVBUJ:okinawa-ufa.ru/m/conto_18319_fodendo-gostoso-minha-paciente.html contos eroticos de incesto: preocupada com meu filhoconto de irmacontos eroticos come minha buceta priminhoou porn contos mãe traindo com um negrotraição xxvidiosobrinha novinha contos eróticoso lubrificante feminino é melado e pegajosocontos sogra punhetabuceta na praia toninhascontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crentemeu vizinho no meu colo contosContos eróticos no cu não amorconto erotico traindo marido com o patrao deleporno adivogada trepa com criericonto chantageei minha irma evangelicacontos porno sou puta dos meus cachorroscontos eroticos na piscina com a famila todos nus no reveioncontos gays abusadoporno idoido na purberdademinha esposa na chacara contosvendinhacontosminha esposa e sua namoradinha contoconto erodico sexo irma e maecontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crenterelatos eroticos de casais trocando e os homens se alisandoa minha cunhada casada e saia justa contos com fotoscasada e o tarado contosvoyeur de esposa conto eroticoeu minha esposa demos carona o cara era um pintudocontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crenteContoa erotico irmã casadaMeu irmaozinho caçula me te penetroucontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crentecontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crentealgus dono de escravos estrupavão escravascontos eroticos brecheicontos eróticos engravidei de um garotocontos- neguinha gemeu no kctaoContos Eróticos De Comi A Coroa Mãe Do Meu AmigoCunhada bunda site cellcontos eróticos vi ele com pau inchado falou que tinha machucado voyeur de esposa conto eroticocontos eroticos mãe dançandoaí mano chega pra praia e faz sexo com irmãoDominando ela contosContos Eróticos De Gay Comi.a Bundacontos safados purezaContos amigos fodem maes de amigos por traicaoContos vi meu padrasto nuconto lekeencanador conto gaycontos zoofilia namorada e a prima dela dando o cu pro cãopapai poi teu caralho na minh conadando transito por ter medo de multada fuder