Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

A CUNHADA DOS SONHOS (FINAL)

Ola quem leu meu conto sobre minha cunhada, vai ter o desfecho apartir daquele dia na praia tivemos boas trepadas e gozadas, as vezes que aconteceu com mais planejamento e calma.

Apás o ocorrido na praia o restante do feriado pra mim foi de apreensão, medo e tbem tesão, pois não sabia o que poderia acontecer, mas não aconteceu nada, simplesmente, é como nada tivesse acontecido.Apás três meses onde mal se falavamos, mas quando nos viamos o olhar revelava que queriamos mais, mas sempre sem dar bandeira, meu cunhado acabou ficando desempregado e passamos a judar dentro daquilo que podiamos e minha esposa, conversando comigo sugeriu que a Priscila viesse ajudar em casa, até que as coisas se arumasse na casa deles, não me importei e até disse que seria bom, pois eles estavam precisando.Então minha cunhada passou a vir trabalhar em casa nos afazeres diario, minha esposa, saia pro trabalho dela, eu pro meu, meus filhos pra escola e assim ela ficava sozinha em casa durante todo o dia.Pás uns dias comecei a planejar como voltar pra casa pois teria toda parte da manha pra ficar com ela, dei um jeito e um dia entro em casa onde sá estava a Priscila, foi um mixto de medo e tesão por parte dos dois, ela assustada foi logo dizendo o que eu fazia ali, e que eu tava doido de novo, ai falei com tranquilidade que queria continuar algo que foi muito rapido mas tinha me marcado muito e que continuava a bater punheta pensando nela, sá que agora pensando como foi quente e deliciosa aquela buceta, o clima já tava formado e o tesão tbem. Não houve recusa por parte dela, me aproximei e beijei ela de forma delicada e molhado, lenvantei sua blusa e pode ver pela primeira vez aqueles peitinhos duros e pequenos daquela negra linda, chupei como um bebê faminto ao ponto dela pedir calma, que peitos maravilhosos, que delicia, ao mesmo tempo desci minha mão e acariciei sua buceta por cima da calça de agasalho que ela usava, sentia meu corpo todo tremer, tirei minha camiseta, abaxei as calcas e tirei a dela, caminhei pro sofá onde a deitei e tive uma visão privilegiada de sua buceta, tirei sua calcinha e fui beijando sua barriga até chegar na sua buceta, que mamei, mordisquei, acariciei e fiz tudo que queria matando meu desejo de sentir seu gozo na minha boca e o cheiro daquela buceta deliciosa, pedi pra ela chupar meu pau, não aguentando mas, juro ela não deu dez lambida e gozei na sua boca, mas que depressa ela cuspiu e fez cara de nojo, tentei levantar a moral e dizer que ela disperdiçou uma porção de necta dos deuses, que ela ainda beberia meu leitinho uma outra vez.Apás isso me recompus e nos amassamos e minha pica volta a ficar dura, onde, beijo e acaricio todo seu corpo, apos alguns minutos ela pede pra eu meter nela bem gostoso, que ela queria sentir minha pica em sua buceta e que era queria gozar de verdade, mas que depressa atendi, enfiando numa sá tacada minha pica, não é grande tamanho normal, 1516 cm, e ela foi ao delirio, não sei por causa da minha pica ou porque o que faziamos era perigoso e atraente ao mesmo tempo, bombei rapido até ela gozar e como gozou, continuei dentro bombando com mas força, pois meu gozo logo chegaria novamente, onde apás umas estocadas, ela geme no meu ouvido me fode meu macho que vou gozar de novo, ao ouvir isso, gozamos juntos, e ela me abraça forte, onde eu quase desmaiei de tanto tesão e pela gozada. ficamos alguns minutos parado, levantei, fui ao banheiro, me lavei visti minha roupa, disse que tinha que ir, pois logo meus filhos chegaria da escola, mas que ela tinha me proporcionado um dos maiores tesão e gozada que tive em minha vida. Dei um belo beijo em sua boca ao qual fui correspondido, e disse que esperava ainda encontrar e foder ela muito mas vezes e que ela me daria aquele cuzinho, pois queria demas foder aquela bundinha um dia, onde ela disse sá depende de você, pois darei com prazer, fui embora e posso dizer que já fodi minha cunhada algumas vezes, e todas elas fui ao extremo no gozo, minha cunha e deliciosa, tem uma buceta maravilhosa, uns peitinhos incriveis, e o cuzinho, nem se fala ´so de pensar quase gozo aqui mesmo escrevendo pra vcs. este foi o que aconteceu comigo depois daquele dia na praia.

VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


contos eroticos amiga da primacontos eroticos de faxineiras coroas safadasputão na vara contosfui violentada por um travesti que deixou minha buceta toda meladacontos eroticos que saudade da lingua dela na minha bdevagarsinho entrou tudo no cuzinho contosporno familia papai e minha irma e eucontos eroticos arrombando a gordaContos eroticos de incesto familia incetuosa em um gang bang no sitiominha filha camila contos eroticoscontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crentecontos eróticos minha amiga jogadora dormiu na minha casaContos erticos trouserao meu marido bebado pra casaconto erotico gay ceguinho da minha ruapai com filha muito novinha contosRelatos eroticos dê estupros em oficinas de carrospai obriga a filha e a sobrinha a fazer sadomasoquismo com ele sem elas quererconto minha prima ficou cu arebentadoconto porno tia do amigo bebadacaralho meu empurra tudo nu meu cuzinhocontos de coroa com novinhocontos eroticos exibi minha mulherContos eroticos de meninas estupradas.contos eroticos doida pra da meu cuzaocontoerotico safadacontos eroticos comendo o bucetao cabeludocontos porbo cadela laikacontos eroticos chupando rola no aterro do flamengoprovoquei e fui estuprada contocontos eroticos fio dental usadocontos calcinhacontos eroticos peguei a mulher do amigo a força ela dormindo e soquei nelaContos casada levou dois rapazes para sua casaEsposa linda e gostosa buntuda nuaIrmã cuidando do irmão acidentado contos de incesto femininocontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crentecontos eroticos arrombando a gordacontos/esposa safada da pra qualquer umestorei o cu dela contoContos ela deixou comer o cu delacontos minha esposa nao vai aguentar essa pica.arrombado cu de subrinha contoContos a calcinha da garotinhatias envangelica dando a buceta ao sobrinho em historia realcontos de velhos gaycontos lesbicos visita ao ginecologistaminha mae com a buceta peluda contomadrasta e seu consolovelhos gordos gays contosconto cu dopadaeu de shortinho socado em casa contosconto virgem enrabadaConto erotico tia no tremcontos com minha prima novinhacontos porno bunduda sogragay de zorbinha enfiado no regoMulheres negras tranzavam com homem brancocontos eróticos no cu com cachorroscrentes excurcoes contosensabuou o pauzao e enfio na gostosacontos eroticos comendo a filha abusadacontos a devassa do analconto mulher casada rabuda dei pedreirocontos sobre velhos taradosrelatos de cheirando calcinhaconto lesbico tia iniciando a sobrinhaconto lesb velhas fuconto evangelica.cabacinhomulher fazebdo conids dr shortinho e marido psu duroxvidio gay coroa 82contos minha mãe sentou no meu colo de saia sem calcinhacontos eroticos feminino cunhadocheiro de pica contos gayvidio muher trasa com homen com pido pequenocontos eroticos medicoconto erotico paraliticocontos eroticos meninacontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crentecontos comi a minha sobrinha filha virginha