Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

ALUNINHA SAFADA

Adoro saber que os homens me olham com desejo. Por isso, sempre uso roupas muito provocantes e que marcam com detalhes as minhas curvas. Tenho 1,70m, 24 anos, cabelos lisos, loiros e compridos, peitos do tamanho ideal e bem durinhos e uma bundinha que todos elogiam muito. Sou um tipo de mulher que chama muito a atenção e que adora isso.

Para manter meu corpo em forma, faço academia e foi lá que conheci um professor delicioso e que me deixa louca de tesão sá de lembrar.

Na academia, gosto de usar calça ou shorts bem clarinho para que meu bumbum fique bem visível para todos. E como gosto de provocar os homens, fico sempre com uma calcinha fio dental bem marcada para que todos fiquem me olhando.

No dia em que senti a pica do meu professor pela primeira vez, eu estava com um short branco bem curtinho e coladinho, uma calcinha vermelha fio dental bem marcadinha no meu cuzinho e uma blusa rosa bem decotada mostrando bem os meus peitinhos durinhos.

Antes deste dia, já tinha notado a maneira como ele me olhava e sentia sempre um tesão no ar quando estávamos perto um do outro.

Estava na academia, e ia fazer aula de glúteos, onde praticamente as alunas passam a aula toda de 4 malhando o bumbum. Justo neste dia, estava chovendo e não havia nenhuma aluna para fazer a aula, além de mim.

Como a aula seria apenas para mim, meu professor achou melhor que fizéssemos aula na sala de cima, pois é menor e assim deixaríamos a outra sala livre para quem precisasse utilizá-la.

Logo no começo, ele já me pediu para ficar de 4 e lentamente fazer os exercícios. Pelo espelho, pude ver que ele olhava minha bunda com muito tesão e assim, me arrebitei mais para que ele imaginasse como seria gostoso fuder o meu cuzinho.

Senti que minha buceta estava cada vez mais molhadinha de tesão e como estávamos sozinhos lá em cima, fingi que havia me machucado para me aproveitar da situação. Meu professor, muito prestativo, veio me alongar com muito cuidado.

Permaneci de 4, dizendo que quando me mexia sentia um incômodo. Ele se ajoelhou atrás de mim e aos poucos me puxou para trás para que eu pudesse me alongar e ao mesmo tempo senti que ele se aproximou e me encostou em seu enorme pau, que já estava bem duro.

Pelo espelho, olhei pra ele e dei um sorrisinho para que ele entendesse que eu queria senti-lo na minha bucetinha toda meladinha de tesão.

Conforme sentia aquele pau grande grosso e bem duro roçando no meu cuzinho, ia ficando mais meladinha e sentia minha buceta pulsar de tanto tesão. De repente senti suas mãos tocando minha xaninha e aquilo me enlouqueceu. Ao perceber meu tesão, ele logo me virou de frente para ele e começou a chupar os meus peitinhos com muita vontade.

O medo de ser flagrada por alguém aumentava ainda mais o meu tesão e mesmo assim não pude me conter e gemi bem gostoso enquanto ele me chupava toda. Saciado nos meus biquinhos durinhos, ele começou a lamber minha bucetinha de um jeito que me enlouqueceu e me fez gozar naquela boca quente e deliciosa.

Vendo o meu tesão, ele me chupou cada vez com mais vontade e mordeu meu grelinho até me fazer tremer.

Depois de me deixar toda gozadinha, ele me colocou de 4 e disse que não tinha nem começado o trabalho dele e que putinhas como eu tinham que ser comidas com força para aprenderem a se comportarem melhor.

Vendo minha buceta melada e pulsando de tesão, ele enfiou aquele pau bem grosso em mim bem devagar até que eu sentisse tudo dentro da minha buceta quente. A essa hora não conseguia mais controlar o meu gemido, e com os peitinhos e cuzinho peladinhos, senti aquele pau delicioso me fodendo toda.

Quando minha bucetinha já não aguentava mais, ele começou a comer meu cuzinho e isso me levou a loucura. Ele dizia que adorava sentir o pau dele sendo prensado no meu cuzinho e que iria querer comer minha bundinha deliciosa todos os dias.

O pau dele era tão grosso que senti com um pouco de dor e ao mesmo tempo muito prazer o meu cu ser arrombado. E ficamos ali naquela fodeção por muito tempo, até que ele me pediu pra virar e abrir a boca.

Foi aí que senti aquela porra quente e gostosa enchendo a minha boquinha e me deixando toda melada. Com os peitinhos ainda de fora, senti umas gotinhas escorrendo e melando meus biquinhos.

Depois de me fuder e me melar toda, ele me perguntou se eu havia gostado da aula. Eu, como boa aluninha disse que sim e desde então sonho com uma aula particular novamente.

VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


contos eróticos de lésbicas submissa a vizinha mandona as novinha gostosinha dando a b******** sendo engravidado tomando vinhoContos erotocos abusadabatendo uma punhenta para o marido sem calcinhacontos lesbicos visita ao ginecologistavoyeur de esposa conto eroticotravesti gemendo a ponta da pistolamenininha conto eroticocontos eroticos gays no futebolcom fotosnovinha pauzeraComi a cadeirante casada contosmacho subjugado a chupar buceamais de um 1metro de pau enfiando ate o talo na bucetaNamoradinha gozada contoscontos r eroticos de pro cachorroSebastião, o vaqueiro que gostava de cavalgar 2conto eroticos de academiavídeos pornô de avô sentando a netinha de sainha curtinha no colodiretor me comeu contoscontos erotico pirocaorelato esposa safada na fazendaConto papai mg fudeu de jeitobuceta carnuda comtos de sexopau duro na frente da tia contoscontos fui comer uma bct chegou na hora era homemconto erotico de travesti cagandocontos minha mãe com siliconeMãe boqueteirá contoseroticosacampamento comnovinho conto eroticosocando fundo no rabo da sogra chifreiraConto eroticos corno liberal safadomeu subrinho enfiou o dedo no meu cu contocontos eroticoseu gostoo d ver meu marido comendo a empregadadei para meu genroesposa bebada tomando sol com sogroeu sei que ele quer um pau, contosContos comi egua sitioPeguei meu entiado masturbando com minha calcinha.conto eroticog****** na xoxota da prima beijosme fode gostoso contoscontos eroticos cavalowww.meti na minha filha a forçacontos anal no acampamentocontos eróticos vou arregaçar essa vagabundacontos eroticos arrombando a gordaarrombada no rodeio comtosconto erotico padrinhoMulheres negras tranzavam com homem brancoMulher quadril fino buçeta arreganhada conto eróticos sexo entre família gozando dentro da buceta engravida deleContos gay fazendo a barbaminha tia olhando meu pauporno contos casada comprando mandiocaesposa bebada contos eroticoso ajudante de pedreiro chupou minha rola quando eu tinha dez anosConto erotico sobrinho fudeu gostoso com a tia coroame fode jb. contosContos eroticos minha esposa e o senseiconto erotico de tutorcontos eroticos gay lutas entre primosconto erotico arrombadacontos mulher infiel marido atento incestoCasadas safadas traindo em contosVideos porno porra boca raquel falando do prazer gozou duas vezes na sua bocaPrazer Gay:Contos sobre Valentão da minha vidavi outro gozar na boca de minha mulher contostransei gostoso com minha aVò insertosabusada pelo filho contocoloquei a madame pra gritar no meu pau contoscontos eróticos mas que porra de meio irmãocontos erotico a bunda da minha norinhacontos eroticos corno vou te fudercontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crentecontos eroticos velhos com meninasperdendo a virgindade com o meu namoradocontos familia na praiaContos eroticos comi vizinha coroacontos eróticos casada não resistiu e traiudou para o meu irmao contos