Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

O PEDREIRO ME FEZ MULHER

ouvi histárias de minhas amigas de como algumas garotas eram seduzidas por tipos pouco atraentes, como mecânicos, pedreiros, velhos, etc...

Mas sempre achei isso uma idiotice... Eu Carla, com 19 anos, com uma bunda arrebitada de dar inveja a todas minhas amigas, coxas grossas, loira de olhos claros e seios lindos não ia me entregar pra um tipo desses... Logo pensava que ninguém mais iria tb.

Não era mais virgem, tinha tido um namorado, algo bobo, mas que acabou me fazendo perder minha virgindade depois de uma festa e uns goles a mais de suco gummy...mas não adiantava mais chorar.

Minha cabeça começou a mudar qdo cheguei em casa e percebi que meu pai conversava com 2 rapazes, pedreiros que iriam reformar a cozinha e o banheiro de casa, um Sr. de uns 50 anos e um rapaz, sobrinho dele de 24. Ambos não possuíam nada de especial, tipos comuns que se vê na rua todo dia, então nem dei atenção, passei dei um bom dia e fui para o meu quarto. No dia seguinte a obra começou e ao chegar da aula já vi os dois trabalhando,pensei que ia ser difícil dormir com aquela barulheira toda como sempre gostava de fazer,resolvi então tomar um banho pra sair.Nesse horário sá ficávamos eu e a empregada em casa.Tomei meu banho e sai com uma sainha dessas rodadas bem levinhas...e ao passar pela cozinha percebi o olhar do pedreiro mais novo pra mim...não sou nenhuma mulher experiente mas sabia qdo estavam me secando e ali ficou claro que estava sendo secada.Ao chegar no quarto ouvi o tio do pedreiro mais novo repreende-lo para que não fizesse nenhuma besteira e os fizesse perder o emprego.Nesse momento ficou claro pra mim suas intenções, mas não me importei pois não tinha nenhuma atração por aquele cara meio barrigudinho nada atraente.

Os dias foram passando e seus olhares foram ficando mais ousados, sem disfarçar mesmo, e comecei a achar aquilo engraçado, embora não fizesse nada para estimulá-lo.

Pois bem, numa quarta a tarde, recebi o processo de chegar e ir para o banho, sá que assim que sai do banheiro ele estava na porta... disse que tinha que começar o banheiro, o corredor era estreito e tive que passar muito perto dele,encostando mesmo, o safado não fez a menor questão de me dar espaço e roçou em mim com vontade, e ainda disse:

-Nossa que cheiro gostoso...

Fingi que não ouvi, e fui pro quarto e o descarado me seguiu, ao ver ele entrando no quarto fiz cara de espanto e perguntei o que ele estava fazendo.

- Não aguento mais... preciso de dar um bj bem gostoso

E me agarrou, não consegui me livrar dele que me abraçou bem forte, mas tb não abria a boca... ele tentava em vão enfiar a língua na minha boca e comecei a sentir seu pau duro roçar em mim...ele me soltou e eu disse:

Sai daqui agora... senão conto tudo pro meu pai...

Ele riu e disse:

Não quero saber... foda-se...vc vale a bronca e me pegou de novo

Tentava me beijar e passava a mão na minha bunda que estava protegida apenas por um short de malha fina... alisava meus seios por cima da camiseta e nisso acabei abrindo a boca...pra que...ele enfiou a língua e começou a me beijar, nesse momento comecei a deixar ele fazer o que ele queria e ele percebendo isso enfiou a mão por dentro do short e alisava minha bunda enquanto me beijava.

Achei que já tinha ido longe demais e me soltei, pedi pra ele parar e ele sem me escutar disse:

-Sei que vc ta gostando, faço o seguinte com vc... não da pra parar agora...e baixou o short, seu pau pulou pra fora como uma tora...

-Chupa pra mim... se vc não gostar eu paro por aqui...mas me faz gozar bem gostoso

Protestei dizendo que não...que não era certo mas ele se aproximou e me beijou de novo com o pau entre as minhas pernas fazendo pressão na minha xoxotinha molhadinha...aquilo me deu tesão, não vou negar e fui me abaixando e beijei seu pau, que pulou na hora com o contato dos meus lábios de menina...

Comecei beijando a cabeça e fui aos poucos chupando aquele cacete com vontade... ele gemia baixinho e eu comecei a sentir prazer com aquilo...qdo vi ele começou a meter na minha boca e senti que ia gozar,,,não demorou nada e senti o primeiro jato na minha boquinha...tirei e punhetei ele pra que ele terminasse de gozar....

-Pronto, vc gozou... me deixa agora...

Ele disse:

-Não...agora e sua vez...

Me jogou na cama e começou a me chupar por cima do shorts....Ainda protestei um pouco e disse que ele devia parar, mas ele não me ouvia...devagar fui abrindo as pernas e deixando ele matar sua sede,e ele na malicia foi jogando o short pro lado...qdo me dei conta sua língua lambia minha bucetinha e meu cú com tanta vontade que não tinha como pedir pra parar...eu gemia baixinho com a mão na boca e senti que ia gozar...gozei gostoso...qdo pensei que ia parar ele levanta da beirada da cama com o pau duro de novo...nem me da tempo de protestar e começa a forçar a entrada da minha bucetinha com o pau...como estou toda molhada...não há resistência e entra tudo...começo a sentir o prazer me invadir de novo e abraço meu macho naquele papai mamãe gostoso...ele coloca minhas pernas nos seus ombros e ai sim sinto ele todo dentro de mim...batendo no meu útero...o filho da mãe aproveitando que eu estava gostando gozou como um cavalo dentro de mim me tirando mais um orgasmo...

Não da pra dizer que foi o que tinha planejado pra aquela quarta, mas não posso dizer que não gostei...

Passei o resto da obra dando pra ele...e vi que nem sempre o príncipe encantado dos contos de fadas e o que a gente quer ...

VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


cont erot recem casada um velho mecontos sexo minha mãe amor proibidoDanadinha sapeca contosconto viadinho branquinhocontos eroticos bebadasoft swing contos eroticosconto gay teengay cabaço conto erotico estuprocomo enfiar caralho na conacontos de lesbicas babascontos eroticos arrombando a gordafotos de loira sapeca abrindo as pernas a abrindo a xana rosacontos eróticos levei minha namorada virgem e santinha pra casa da minha mãe e quando ela saiu comi elaContos eróticos meu papai me comeucontos com caseiroas rola de pratigo na bucetaodiava o marido da minha prima parte2 contos gayContos er meacordei com o pinto na bucetaContos eroticos que cuzinhomas gostoso do filho da minha esposacontoa eroticos trai meu esposo no estacionamentomulheres casadas morenas claras 45 a 55 anos traindo com negaosogra pegou eu no fraga batendo polheta e depois trazamoscontos eroticos Minha namorada me contou como perdeu a virgindade com seu ex e fiquei exitadocontos eroticos espermacontos eroticos ai meu gostoso mim come todinha vai faiz o que vc quiser comigo vai meu gostosoamiga da minha filha tezudinhaconto erotico arrombadacontos eroticos com homem contratado para engravidarcasada bruna tomamdo gozadaconto erotico surpresa na siricaConto erotico soquei piroca na mulata casadacontos dando banho no meu filhinho chupei o pintinho deletrans roluda com28cm de rola em spmulheres que estejam dispostas a fazer zoofilia que mora no Rio Grande do SulContos vi meu padrasto nucontos minha enteada minha amantecontos eróticos sentada no colo do padrasto na frente da mãe na hora da jantatravesti novinha de 15 aninhos contos eroticoscontos virei femea na republica gaypunhetabdo no hospitalcontos porno os amigos de papai fuderam mamaecontos lesbica fui sedusida banheiro boatycontoseroticos comeu a namorada de calcinha fio dentalContos eroticos comendo o sgt de dia no quartelpor causa da zoofilia virei escrava 3 Casa dos Contos EróticosContodeputacontos encoxada com o maridomulher entrando na chapeleta do pôneigozada dentroamandaincesto contos cunhada pastoracontos gays reais/a anaconda do meu primoconto dado para minha familia a xoxotaconto so como o cuzinho da empregada casadacontos de sexo depilei minha bucetacontos erotic quarto empregadaconto erótico gay taxista manausComi cu claraconto erotico dopei minha esposa pra ser cornoconto trocando as filhasconto erotico minha namorada dançando com outro na baladaminha mae me ensinou a ser putinha/contosscontos eroticos arrombando a gordaritio adora meu cucontos incesto sobrinhacontos comi a mulher do amigo bebadacontos eróticos vendedor externoconto erotico o cheiro da minha tiaestuprei meu primo gaybuceta carnuda comtos de sexoconto erotico travesti desobediente castigada pelo donoPiquena mais ja assanhadinha pelos coroas contos eroticoscomtoerotico com sobrinhaContos eróticos uma menina virou putinhaconvidei minha irmã para tomar cerveja e acabamos indo pra um motel contos eróticoscontos de incesto de encoxada em onibus