Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

ASSISTINDO FILME ERÓTICO COM NOSSA AMIGA

Eu, Fabrício e Patricia sempre nos reuníamos para um vinho vagabundo e assistirmos a filmes. Eramos muito amigos, nunca vimos Patricia como mulher, mesmo porque ela era meio sem graça. Mas um dia o vinho subiu mais alto um pouco e rolou o que não era pra ter rolado.

Assistimos decadentes na casa de Fabrício o filme paia “Alien Vs Predador 2”, quando Patricia no meio de nás dois bradou:

-Chato! Muito chato esse filme! Muito escuro, sem cheiro e nem sabor, uma merda mãe de todas as merdas!

Fabrício riu jogando a culpa em mim:

-Foi o Jorge quem escolheu!

Taquei-lhe a almofada e me defendi:

-Nada disso! Eu queria o “Uma Mente Brilhante”! Você que pegou esta bomba, dizendo que o primeiro foi da hora!

Patricia se levantou e procurou na estante de Fabrício um outro filme para assistirmos, claro, sá tinha porcarias lá. Ela então achou um erático, chamado “Ninfetas em Fúria”. Fabrício sorriu:

-Vamos ver isso ai? Eu não vejo filme de putaria com homem não!

Patricia virou a garrafa de vinho e falou:

-Cala a boca! Eu quero ver qualé que é a desse filme!

Ela colocou o DVD e voltou a se sentar no meio, dominando o controle remoto. Eu, sem reação, deixei rolar, Fabrício ia saindo da sala quando o filme começou, mais realmente era muito bom aquele filme, muito bem feito e muito sedutor, compensava ver. Ele se sentou e como eu, se adaptou a nova situação.

Pica vai, pica vem e a minha já estava a mil. Ignorei totalmente a presença de nossa amiga e não escondi minha ereção, e obviamente, Fabrício também não.

Já se passavam vinte e poucos minutos de filme, e Fabrício, não aguentando a pressão e com o vinho na cabeça, arrancou o pau pra fora e falou:

-Foi mal ai, Patricia, mais não dá pra segurar essa onda não!

O filho da puta começou a se punhetar no sofá, Patricia danou a rir do pau pequeno dele, mas ele não tava nem ai, se matava sem pudor.

Eu, pra lá de exitado perdi a vergonha, arranquei o “Taquito” pra fora e danei-me a judiar do mardito!

Patricia, no meio de dois homens se punhetando, disse que se aquela putaria continuasse, desligaria o DVD. Nem ligamos, e ela com o controle na mão não tinha coragem de cumprir com o que disse. De repente, ela soutou um que se foda, direcionou a mão esquerda no pau dele e a direita na minha, então começou a nos punhetar desvergonhadamente. Não foi um minuto e Fabrício já gozou na mão dela, envergonhado, correu no banheiro se lavar, ela parou de me punhetar e foi lavar a mão esporreada. Pensei assim: “Puta merda, sai no prejuízo”, mas logo ela voltou e insisti:

-Ei, vai me deixar na mão?

Ela sorriu descompassada, e Fabrício também. Patricia vendo que ele ria de minha cara, o impressionou pegando na minha vara:

-Há, é, apressadinho! Então você se acha melhor que ele, sá porque gozou na minha mão e ele não?

Ela me punhetava de joelhos, eu sentado no sofá, curtindo aquele movimento todo. De repente, vendo que eu demorava a gozar, ela levou a boca em meu cassete. Se arrependeu e tirou. Implorei pra ela colocar de novo, ela me olhou e disse:

-Se gozar na minha boca eu mordo ele!

Eu prometi que não gozaria na boca dela, ela então o mamou com maestria, eu não pude resistir, gozei-lhe garganta adentro, sem pensar no prometido ou na consequência!

Mas uma vez Patricia não pode cumprir com sua promessa, e eu, de pau ainda duro, senti ela limpa-lo com a língua, sem tirar a boca dele. Percebi que ela adorava chupar, e Fabrício, sem pudor, abaixou a calça de moletom dela e começou a tentar socar come-la.

Ela o empurrou e disse:

-Ei! Eu nunca disse que você podia fazer isto!

Ele também soutou um que se foda. Ela me olhou e disse:

-Eu não vou dar a vocês dois ao mesmo tempo. Primeiro dou pro Jorge, depois eu dou pra você!

Claro que concordamos, a levei pro quarto de Jorge enquanto o coitado ficou na sala, se aquecendo com o filme erático.



No quarto comecei com a putaria, Patricia me disse que gostava de ser fodida bem forte, que se eu não desse conta ia me mular pro Fabrício. Ora, eu sabia que Fabrício era um banana, e qualquer coisa que eu fizesse, certamente faria melhor que ele!

A coloquei de quatro e encostei a ponta da cabeça da minha rola em sua buceta que já estava pingando. Ela me olhou e disse:

-Quero que empurre tudo sem dá nem piedade, quero que você bombe como se estivesse fodendo uma puta!

Eu sorri e empurrei sem dá, o cacete foi deslizando naquela buceta apertada. Ela gemeu e tentou recuar, mas eu, obediente que era, bombei forte, ela se adaptou ao impulso frenético e gozou gostoso, ficando com o corpo mole, pendurada em mim. Continuei a bombar, ela virou a cabeça e pediu:

-Não goza, quero que você foda meu cú, do mesmo jeito que você ta fodendo minha buceta!

Aquilo foi o mesmo que oferecer doce pra criança, eu encostei a cabeça na porta de seu cuzinho, inutilmente, não entrava. Tentei de tudo pra come-lo, mas o bicho não entrava, claro, eu ainda não tinha a habilidade pra tal ato. Ela conformada, me disse:

-Tudo bem, deixa pra outa vez, goza na minha boca de novo.

Patricia então voltou a me mamar, enquanto me punhetava. Não aguentei e despejei em sua boca, ela engoliu o que podia, sorriu e deu uma leve mordida, querendo cumprir com o que prometeu da primeira vez.

Saímos do quarto satisfeitos, lá na sala, Fabrício estava a mil, ele disse:

-Minha vez agora!

Ela riu da cara dele e disse:

-Vai sonhando!

Fomos embora, ouvimos Fabrício xinga-la e rimos desgraçadamente...

(continua...)

VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


Putinha do papai contocontos eroticos troca casais com gravidezcontos gravidacontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crenteesfrega esfrega na bunda da minha cunhada no ônibus lotadoDona florinda abrido cu e a chiquinhameu marido levou dois amigos dele em casa para churrasco e tomar cerveja conto erótico transei com os doiscontos eroticos esposa do meu amigo no tanquecontos eroticos com fotos de mulheres casadas que foi violentada por bem dotadosaprendi dar o cu com meu genro contosconto prima casada evangelivacontos com mamae na fazendaconto.incesto enteadacontos de coroa com novinhocontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crenteconto porno rola grandevendo namorada pau grande grosso traindo gozada porra contoso massagista comeu minha namorada contoscotos heroticos gay me comeu no rioConto erotico geova gravidachupei a pica do colega de escola eu gostei sou gaycontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crentecontos erotico patricinha debaixo do edredomTransando com cunhado na carrinha e meu marido nem percebeucontos delícia de cacetaomulher escanxa no cachorro e goza gostosoneguinha conto eroticoxexo porno menino dado umaio namenina infiando odedo nabucetinha delacontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crenteler contos de gay sendo estrupadosempre dou uma escapadinha contosgozando pelo cu contos eróticossentando meu sobrinho no colo contos eróticosContos eróticos foda maravilhosa tioconto filhinha novinha ja aguentacontos esposa dando pro pedreiro na reforma de casa sem o marido safada reaisconto de encesto eu engravidei minha irmãtacou a piroca na vizinhaAmigo do meu filho dotado Contos eroticoscunhada no cio contosgostosa se deliciando na cademis malhando de perna abertacontos eróticos traindo marido na festaContos eróticos por acasomulher gozando a um metro de distansia e mijandohistorias eroticas vi meu sobrinho bem dotado descabaçando o cu da minha mulherComtos eroticos fudendo com meu marido e nosso amigotransei com amigo da minha filhaConto esposa de tampa sexo"klaudia kolmogorov"contos eroticos brincando escondido infanciahistorias eroticas de onibus lotadoscontos eroticos casada fui subjugadaContos eroticos de mae e filhoscontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crentevi ele comer ela/contomulher gozando a um metro de distansia e mijandocontos eroticos traindo marido na viajandocontos pesados de arrombamento anal de evangelicass a forcacontos mostrando pau pra sograconto erótico eu tentei resistircontoseroticoscomi o cu do mei paiconto de botei a novinha pra chora com a pica grande no cuEmpregada Triscando no meu pau contocontos eróticos escravo de minha irmãcomendo gordinho do rabao gordo contos eróticosesposa amiga escrava conto eroticohomens delirando de tesão com um pau enterrado no rabocontos eróticos novinha bundudaComtos casadas fodidas pelo filho e o sobrinhocontos dei o cu pro agricultor pauzudovoyeur de esposa conto eroticomeu cunhado tirou o cabaço do cú da minha esposacontos eroticosnegaoMinh esposa loirinha baixinha e os nossos sobrinhos de treze e quatorze anosconto fui chantageadacontos eroticos gay com novinhos