Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

PEDI CARONA E FUI ESTUPRADO

Bom dia,



Moro em Téofilo Otoni-MG e resolvi ir a Governador Valadares-MG que fica à 150km de distância. Sou branco, olhos claros, cabelos negros, 1,73 de altura, lisinho. Sempre vi pessoas pegando carona no posto da policia rodoviária e achei que poderia econimizar um grana indo de carona. Sai do trabalho, tomei um banho, fiz a barba e peguei minha mochila e fui para o posto pedir carona, ja eram umas 21 horas quando finalmente parou um caminhão enorme. Perguntou para onde queria ir disse que era até Governador Valadares, ele disse que ia para o Rio de Janeiro e se eu quisesse poderia pegar carona com ele que me deixaria na cidade. Como vi que era um coroa de mais ou menos um 58 anos e que estava sozinho resolvi entrar pois não vi perigo nenhum. Entrei e percebi que ele estava de camiseta e uma bermuda larga. Tinha um volume enorme na frente, pensei comigo que o cara deveria ser um jumento. Começamos a bater papo, ele me disse que era do Rio que ja estava longe de casa a um mês e meio, pois fez vários fretes na Bahia. Contou-me que era separado e que sentia muita falta da sua esposa, pois ela sempre deu o cuzinho para ele, e que ele adorava um cuzinho e me perguntou se eu gostava. Disse que nunca tinha comido, ele me falou que quando eu comer um não vou querer outra coisa, inclusive que os melhores são os de homem. Fiquei meio sem graça, mas como estava de carona tive que ir ouvindo. Ele me disse que adoro pegar um macho a força e dominá-lo, ir colocando o bruto todo dentro do macho e vê-lo tentar fugir. A medida que falava fui vendo que algo acontecia dentro de sua bermuda. Ele falou: veja sá em falar minha ferramenta já fica dura, e puxou pela berada da perna para fora um pau enorme e duro. Fiquei ainda mais sem graça, pois apesar de gostar de uma vara sou discreto e não queria dar na pinta. Falei para ele que estava com sede ele me disse tem água gelada ai na geladeira da boleia, pode pegar. me virei e fui pegar, como estava com uma permuda de tactel ao fazer o movimento para me inclinar para trás realçou minha bunda e percebi que ele deu uma olhada. voltei e coloquei a água no copo e comecei a beber. Acredito que ele tenha feito de sacanagem, pois deu uma freada brusca e água caiu toda em cima de mim. Fiquei todo molhado, ele pediu desculpas e disse que eu poderia me trocar sem problemas, pois tinha um buraco na pista e se não freasse seus pneus iriam embora. Falei que tudo bem, não precisaria trocar que daria para viajar assim. Ele me disse que é ruim viajar a noite molhado pois poderia pegar um gripe. Deu seta e encostou o caminhão no posto que ja estava fechado. Falou pode ir ai para a boleia e se trocar que espero. Fui para trás e tirei a roupa toda, me abaxei para pegar a roupa na mochila e minha bunda ficou exposta, acho que ele não resistiu e veio para tras com o pau para fora e disse que cuzinho lindo, vou te comer agora, pois ja tem mais de um mês que não como um cuzinho. Disse para ele que não sou o que ela pensava e ele disse se não é vai ser agora, pois vou te comer a força. Pedi para ele parar, pois não iria aguentar um pau do tamanho do dele, ele disse quenta sim. Pegou um lubrificante liquido e untou o pau todinho como estava de gosta não tinha com fugir, me segurou os quadris e disse: aguenta que vou enterrar tudo em você, veio e deu uma linguada no meu cuzinho, fiquei todo arrepiado, ele derramou lubrificante e enviou um dedo, a essa altura meu pau ja estava duro e ele disse: não falei que vocẽ ia gostar, agora vai sentir o que é um homem de verdade. Apontou a cabeça em direção ao meu anel e tentou entrar, nada de conseguir, pois era muito grossa, tentou de novo e nada, então enviou um dedo, depois outro, e outro, até alargar meu anel. Ai tentou de novo e foi forçando até que passou a cabeça, pensei que tinha me rasgado, ele me disse: agora vocẽ vai sentir o que é um pau de verdade, enterrou tudo de uma sá vez, pensei que ia morrer, desmaiei em cima da cama da boleia e ele deitou em cima, não consegui me mexer, sá sentia ele estocando, estocando, estocando, estocando até que sentir seu pau dilatar e encher meu cuzinho de porra. Ele se levantou e eu fiquei la sem forças para me levantar, simplesmente dormir, acredito que ele tenha descido e ido ao banheiro do posto, depois ouvi algumas vozes do lado de fora, de repente sinto alguem me pegar pela cintura novamente e encaixar o pau no meu anel arrombado. O cara falou no me ouvido, bem que o Paulão falou que você estava no ponto certinho era sá colocar o bruto na caragem. Enterrou uma vara enorme em mim e bombou, bombou, bombou, ate gozar. Pensei nossa deve que estava na seca. De repente a porta se abre e entra outro caminhoneiro e faz a mesma coisa, isso se repetiu umas 5 vezes, ja não senti meu cuzinho, pois estava enchargado de porra e arrombado. O Paulão entrou e disse agora até chegar lá em Governador vem para frente e meu chupa gostoso, pois quero gozar em sua boca a viajem toda. Assim fiz, tomei leite umas duas vezes e fui dormir peladinho na cama da boleia, todo gozado. Acordei com o Paulão no meu ouvido dizendo que iria tomar o café da manhã no meu cuzinho, e enterrou a vara até gozar. Ele resolveu não seguir viagem aquele dia e ficou me comendo o dia inteiro. Sá paramos para almoção e tomar banho, e até no banho ele me comeu, e ainda chamou outro caminhoneiro que estava no banheiro para comer.

Quem quiser provar é sá me dar uma carona, [email protected]

VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


sou bi gostei quando um amigo de minha esposa me deu um sarroconto erótico devide a minha esposa com meu paimetendoo con vpontadi pornocontos eróticos na roça com minha maedei o cu no campig homoxesuaisconto erotico o ponei e mulhercontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crentever contos eroticos de empresários comendo o cu de.funcionárioscontos erotikos moleke de menor comendo o cu da mulher casadacontos putinha caralhudo corno chupadesenho de deus contos eróticoscontos eroticos garotinha minusculacontos eroticos da minha tia amadorasconto ante de comer minha boceta papai lambeu ate meu cucontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crenteconto erotico chupada pelos meninosZoofila comi a mãe de meu amigoconto erótico irmão vomitou roupaconto erótico escondidocontos eroticos esposa do meu amigo no tanqueO reencontro entre prima e primo minha paixão conto eroticopeladas com cu e a bunda melada de manteigacache:A_ULZ8FKkSgJ:okinawa-ufa.ru/home.php minha enteada gost contoscontos de coroa com novinhoconto bulinada pir debaixo da mesacomo eu faço pra apreparar minha buceta pra primeira relaçao sexualtrasando com asogra derrepetecontos de sexo pau e pau mais eu prefiro grande e grosso no cuzinhoacampamento comnovinho conto eroticoa minha cunhada casada e saia justa contos com fotospono conta erótica de relato cagando no pau do estrupadorConto fudi com travesti na frente do corno putinhosporno capando o marido contocontos eroticos de tias fudendocontos eroticos noivas.boqueterasContos eroticos de amigos q fuderam as amigasconto minha tia pelada no quintalcontos dois amigo em casa eu virei viadoputinha desde de novinha cristine contos eroticosconto erotico viado novinho escravizado por coroa malvadocontos notei que minha namoradaContos eroticos gays cuecascontos gorda feiacontos eroticos meu.padrasto me.comeucontos eróticos virei marido da minha irmãanita mijando no copoloira resebi anal depois de treinamentocontos eroticos mim arreganhei pra papai e ele caiu de boca na minha bucetacontos de sexo entre conhados gayconos eróticos verdadeiro convenceu a mulher a a bundasogra contando como chorou na pica do genro contos eroticoscasa dos contos eróticos camila a namorada gostosa do cunhadocontos eroticos enganada e oferecida pelo maridocontos eroticos fudendo meninas de dez anoscontos eróticos de tirando o cabaço das cunhadascontos eroticos arrombando a gordacontos gay estrada calcinhacontos eroticos arrombando a gordadando pro vizinho maconheiro conto gayconto erotico menino dormino de cuequinhafuraram meu brioco contos eróticoscontos dei p meu irmaovoyeur de esposa conto eroticocontos erotico irmao cafetao da irmacontos erotico meu padrinho estava com shorte de,jogador ai eu so de sainha passei esfregando a bunda na frente delecontos eroticos gays , o pai do meu amigo , meu primeiro acho adultocontos eroticos trai meu marido com ele do ladoconto erotico de bucetas folozadacontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crentesobrinho viadinho da titia tarada conto gayconto erótico incesto feminino mãe confessa que lambeu filhacontos de coroa com novinho