Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

EU E MINHA SOGRA!! EU NÃO PODIA IMAGINAR.

Meus caros colegas.... Esse é o meu segundo post... Eu comecei a dividir com vocês um jogo de sedução que eu estou vivendo com a minha cunhada. Mas algo inesperado aconteceu.



Nesse final de semana eu e minha linda esposa fomos até a casa de sítio da família dela... Fomos nás, a minha sogra e uma prima. Fica no interior de São Paulo, num condomínio fechado, sem muito luxo, mas muito aconchegante.



No sábado à tarde a minha esposa e a prima sairam para fazer mercado no centro da cidade enquanto eu fiquei em casa ajudando a minha sogra fazer a faxina.



A minha sogra já é uma senhora quase sexagenara, não tem mais o corpo de outrora - e que corpo!! pois quando vejo as fotos dela jovem... meu DEUS!! - mas em comparação a outras senhoras da mesma idade ela está muito bem.



Ela tem mais ou menos 1,68m, cabelos e olhos castanhos, pele branca, seios medianos, bem torneados e firmes para a sua idade, quadril largo, mas já naquele formato de pessoas de certa idade. Algo interessante... ela não é mais magrinha, mas também não tem barriga e tem uma boca que chama a atenção.



Eu nunca a tinha observado com tais olhos, até porque ela é a minha sogra.... mas tive que descrevê-la assim para contar o que se passou em seguida.



A minha sogra estava tirando a poeira da casa, mas ainda com a mesma roupa que chegara ao sítio. Era um daqueles vestidos que as mulheres muito têm usado ultimamente, que vai até a linha do joelho, um pouco mais justo ao corpo. mas que deixa as pernas soltas. - Desculpem pela descrição da roupa, mas eu não entendo nada disso. - Fato é que ela estava mais preocupada em estar à vontade dado o calor que fazia naquele sábado.



Em alguns dos movimentos de limpa, puxa e empurra eu não pode deixar de observar como o rabo dela é grande, eu ficava imaginando me encaixando naquele quadril, meu pau ficou duro, mas ela nem percebeu (eu acho -rs).



Estava indo tudo muito bem, tranquilo, da forma como deveria ser, quando ela pediu para eu ajudá-la a segurar a escada, pois ela ia tirar a cortina.



Como a casa é antiga, a janela da sala é daquelas grandes, que toma toda a face da sala, e a cortina também é comprida e alta. A escada era daquelas de cinco degraus e ela teve que chegar até o quarto degrau para conseguir retirar as roldanas. Eu me ofereci para tirar, fiquei preocupado caso ela se desequilibrasse, mas ela disse que não, que eu deveria segurar a escada.



Enquanto eu estava lá segurando a escada, foi inevitável dar aquela espiadinha.... Eu que já estava pagando um pau para aquele rabão, quando percebi que ela estava sem calcinha, eu pirei.



Dada a liberdade que eu tenho com ela eu até brinquei dizendo "sogrinha, vai rápido aí, porque aqui embaixo você está me torturando". Ela entendeu ao que eu me referia, olhou pra baixo, deu aquela risadinha safada e me disse pra tomar tento. (risos).



E puxa a escada pra cá, pra lá, sobe e desce e eu não conseguia parar de olhar por de baixo daquela saia, para aquela bunda gostosa. Meu pau estava muito duro, eu já estava todo melado e eu começava a suspeitar que ela estava fazendo de propásito. Numa das vezes ela colocou a perna esquerda sobre o último degrau e aí eu pude ver a bocetinha dela inteirinha, fiquei com muito tesão, pois ela deixa tudo raspadinho, lisinho.



Ela sabia que eu estava vendo... Ela sabia que eu estava de pau duro, não dava para desfarçar. Então eu resolvi arriscar.



Quando ela então descia da esqueda pela última vez eu me posicionei para segurar a escada de uma forma que ela deslizasse aquele rabão pelo meu corpo. Ao chegar no último degrau inevitavelmente ela sentiu naquela bunda o volume do meu pau. Ela olhou para trás, sorriu, deu uma reboladinha discreta e disse: "Eu não imaginava que você ficaria desse jeito por minha causa. Posso ver?".



Enquanto ela perguntava se podia ver o meu pau ela já estava, ainda de costas, com a mão no meu pau. É claro que a resposta foi "sim".



Ela se virou, abaixou o meu shorts, acariciou meu pau com as duas mãos e depois chupou gostoso, tão gostoso... Ela engolia o meu pau inteiro, o que me deixava cada vez mais com tesão, pois eu não podia imaginar que aquela coroa mandava tão bem assim no boquete.



Depois de uns dez minutos de chupeta - e eu me segurando para não gozar na boca dela - ela se levantou e pediu para eu chupá-la também. Ela levantou a parte de baixo da saia, ficou de joelhos no sofá e arrebitou aquele rabo maravilhoso pra mim. Olhou para trás e me chamou para lamber aquele rabo, que ela estava cheia de tesão pelo genro dela.



Ela arrebitou aquele rabo de um jeito que eu podia ver direitinho a linha daquela boceta e o cuzinho dela, branquinho, lisinho, que me chamava como nenhum outro rabo me chamara anteriormente.



Então eu caí de boca, lambi, chupei, guspi, lambi de novo... mas perdi o controle quando eu estava com dois dedos na boceta dela e ela olhou pra trás pedindo mais dois dedos e a língua no cuzinho. Alí eu percebi que ela era perversa, que eu ia comer o cú dela e que também ia merecer uma gozada na cara.



Quando eu encaixei meu pau na boceta dela eu não pude acreditar como ela era apertadinha... Ela pediu para eu ficar parado porque ela queria rebolar pra mim.... Eu segurava aquele rabão e ia metendo meu dedo naquele cu gostoso.



De repente ela parou, se voltou pra mim, chupou meu pau com muita força, deixou ele todo molhado e disse: "Agora você vai comer o meu cú bem gostoso".



Ahhh... não me aguentei, eu ia comer o cú dela sim, mas antes ela ia ter que engolir toda a minha porra. Mandei ela continuar chupando porque eu ia gozar.... Ela ficou louca, segurava meu pau de uma forma a criar mais pressão. Eu acho que nunca gozei tanto na minha vida.



O jogo de sedução com a minha cunhada ainda continua, mas esse lance com a minha sogra foi realmente inesperado, inusitado e me faz entender por que as filhas dela também são tão gostosas e tão safadas.



Quando acontecer alguma coisa nova eu volto para contar pra vocês.

VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


morena cabelos pretos seios durunhos e aureulas escuras delicia[email protected]contos erotico gay quando mim focaraocontos namorada chupa rola de outro escondidoputa entra em desepero ao gozar esegerada menteminhas esposa resolveu raspar a buceta contosMinha irma adolecente taradinha em conto eroticojovem mostrando os pelinhis fino ds bucetaconto erotico pra igreja sem calcinhacontos eróticos puta testemunha de jeováConto ai ui ui pornocontos sendo escrava por santagemcontos eroticos arrombando a gordaeu com minha pica machucada e ainda comi minha namorada contos eróticosprovocando meu tio com um short com as popa da bunda de foraContos eroticos tio belicao nos seios contos eroticos fudendo a amiga da minha mae crentecontos eróticos da irmazinhaconto erotico o ponei e mulherrelatos verídicos de noiva se dando em borrachariasContos mamae é a puta da familia e dos vizinhoscontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crenteContos eróticos mães com a buceta peluda e cheiro fortecontos eroticos traindo marido na Salaconto meu pai sai e eu como a minha maecontos abusada pelo cachorroContos eroticos novinha virgem sendo arrebentada pela mulecadascontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crentemulher emsabuando bucetaSiririca contoscontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crentepatroa dando a buceta pro vendedor ambulante contos eroticospriminho tesudinhoxvdeo porno mulheres batenopuheta e gozando na boca punheta é boquetecontos de machos que tomou atitude e ficou bem safadinhohomem chupa b***** depois coloca rola dentro da b***** e Adelecontos.de.velha.crente.taradavideo de porno com machos a força brutamenetecontos eroticos o porteiromendigos me violaram contos eróticoshttp://okinawa-ufa.ru/conto_25883_matei-minha-vontade-com-uma-travesti-linda.htmlcontos eroticos femininos de casadasreais conto de incesto mamae mi deu pro pai e irmao mi comerfamily sex 2 - contos eroticoscontos eroticos a mulher do meu cunhado crenteconto erotico padrinholer relatos de garotas que gosta de "loirinhas greludascontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crenteConto Erótico Real - Casada Infelizloira casada e filho conto erotococonto erótico devide a minha esposa com meu paimeti o cacete na maninha contoContos eroticosdonacontos eróticos minha mãe pintinhocontos incestuosos mãe puta que da a bunda pra o filhoContos eróticas de vizinha e pedreiroestuprei meu primo gaycontos eroticos suruba na represa com amigosVideos travestis ativos sado contoscavalo enchendo a bucetadeporraconto erótico meu filho da puta come meu cucontos eroticos coroa casada executiva viaja sozinha a trabalho e trai com funcionario do hotelCONTO CRENTE NO CUCacetudos batendo punheta no alimentosconto de sexo velho taradocontoerotico de escoterasContos maes gravidas dando cucontos de coroas casadas comendo as e amigas com pinto de borrchas cinta lesbicasler relato de suruba na casa da comadriadoro sentar no colo do meu padrastocontos eróticos mendigo no ônibuscontos pornos fudendo mamae irmaspuro sexo sou muito deliciosa viajei com meu filho conto incestocontos eróticos prima forçadascontos eróticos comendo grama grávidacontos um anjo de sobrinhaAprendeu a dar cu no orfanato. Contocontos eroticos meu amante arrombava eu e minha filha e meu marido descubriuconto porno comi minha maeContos eroticos meu sogrocontoseroticosnamoradavirgem