Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

APRENDI TUDO COM PAPAI – A PROMESSA

Aprendi tudo com papai – A promessa



Desde que meu pai realizou meu desejo do Gang Bang em troca de uma transa comigo e minha amiga lésbica Camila que ainda tinha intacta sua virgindade aos 19 anos (não entendia como alguém podia ficar sem nunca tem fodido com essa idade e ainda mais não gostar de cacete) visto que eu tinha sido apresentada e fodida por um aos 9 anos a um... fico molhada sá de pensar como fui descabaçada em todos os sentidos.

Camila era meio tímida acredito que devido a sua opção sexual vivia atrás de mim na escola, nos conhecemos na biblioteca eu estava vendo livros com temas relacionado a sexo e quando ela me viu espantou-se pela minha ousadia e coragem de ver artigos de tal teor bem na escola, mas quando dei um sorriso e uma piscada a ela tornou-se nosso segredo e vinculo de amizade. No começo achei meio estranho ela ficar me medindo como se eu fosse um ser diferente, sentia o olhar dela nos meus peitinhos que ainda não eram enclausurados por nenhum sutiã e minhas calças jeans justíssimas sempre ficavam sobre uma calcinha enterrada na minha boda isso me deixava sempre molhada e pronta à espera de um cacete suculento. às vezes ia de saia também, mas as calcinhas enterradas eram minha marca registrada, havia pedido pro papai me comprar calcinhas fio dental, mas ele alegou que se mamãe ficaria ensandecida. Bem uma vez eu e Camila estávamos no banheiro sozinha e me abaixei para pegar meu livro minha saia subiu e ela viu a calcinha toda enterrada na minha bunda e disse que eu tinha que arruma-la.

Nisso pedi a ela segredo e lhe confessei que adorava usar daquele jeito e que se pudesse sá usaria fio dental...

Ela pediu que eu levantasse a saia elogiou minha bunda pediu pra ver como eu fazia ficar daquele jeito abaixei a calcinha puxei apertando minha buceta e ao mesmo tempo fazendo a enterrada e a sobra que subia enrolei fazendo virar uma tanga. Depois desse dia ela pediu para que eu deixasse com que ela arrumasse minha calcinha e a deixei, ela enterrava melhor que eu e a deixava menor do fazia anteriormente. Um dia quando ela me ajudava com a calcinha senti o dedo dela escorregar na minha buceta, disse que era macia e não tinha resistido a confirmar a maciez vi nos olhos dela tesão e isso também fez com que eu ficasse molhada sempre gostei de um carinho na buceta.

Perguntei se ela fazer carinho e ela prontamente concordou então rapidamente fechamos à porta do banheiro e baixei minha calcinha levantando minha saia, ela começou passando os dedos sobre ela então coloquei alguns papeis toalhas no chão e me sentei arreganhada. Ela começou a alisar minha buceta que agora estava molhada e perguntou se podia beijá-la deixei e depois de alguns beijos sentia a língua dela passeando sorrateiramente entre meus lábios vaginais. Gemi e automaticamente comecei a fazer uma siririca gemendo ainda mais, ela gentilmente tirou minha mão e continuou o que eu fazia até que não aguentando mais gozei, apás meu gozo veio e melado derivado dele e Camila desceu sua boca na minha buceta e a limpou direitinho.

Depois “desse dia minha ‘arrumada de calcinha” tornou se prazerosa pra mim onde todos os dias eu gozava na mão e boca de Camila.

Foi quando um dia ela me disse que não gostava de homens, mas de mulheres, que tinha muito tesão por mim e faria de tudo para que pudéssemos ficar. No começo achei que era brincadeira, mas quando ela começou a me trazer presentes vi que ela estava vidrada mesmo. Teve um dia que ela me deu um pequeno pacote e quando abri tinha uma calcinha fio dental que eu tanto queria. Prontamente fui trocar e ela que quis colocá-la em mim, sendo que antes da troca tive a melhor chupada de buceta. Então comecei a usar a calcinha escondida dos meus pais e era Camila que a lavava em sua casa para mim, na outra semana ganhei mais três dela dizia que eu ficava um tesão com elas e eu prontamente a deixava fazer minhas trocas.

Depois de 2 semanas ela retornou ao assunto de ficarmos juntas e ai eu disse:

_Ca (como eu a chamava) posso até ficar, mas tem que ter um cacete me comendo também!

Ela me olhou espantada e perguntou se eu havia transado e respondi:

_Já fui mais fodida do que você pode imaginar, adoro cacete e não troco uma boa fodida por nada do mundo!

Então ela me confessou que era virgem e eu resolvi ajudá-la:

_ Se você for fodida pelo meu macho comigo deixo você fazer o que quiser...

E ela prontamente concordou...

Nisso fiz a promessa a papai de dar a ele uma amiga lacrada e claro que ele tinha que dar conta das duas se quisesse comê-la afinal o pai era meu e eu tinha prioridade sobre seu cacete!

Quando foi o dia do pagamento da promessa papai ele estava eufárico parecia que ia ser sua primeira foda, fomos a um Hotel discreto: eu papai e Camila. Ela estava super quieta mas logo fui chamando para que ela fosse tomar banho comigo...no banheiro tinha uma banheira enorme então eu disse ao papai que não queríamos ser interrompidas no banho...claro que dei uma piscadinha pra ele e deixei a porta semi aberta para a sua apreciação.

Camila claro que não sabia que ele era meu pai e também disse a ela que ele gostava de ser chamado de papai.

Eu e ela fomos ao banheiro e ela que quis tirar minha roupa, me senti mimada e gostei disso ela me banhou e ficamos nos acariciando na banheira uma meia hora. Papai estava na fresta da porta semi aberta se punhetando de tanta vontade de foder, então eu chamei ele:

_Vem ficar com a gente papai!

Ele mais que depressa tirou sua roupa e entrou na banheira e começou a me beijar e mexer nos meus peitinhos ai eu disse pra Camila:

_Vem o deixa fazer em você ele fode gostoso Ca.

Ela se aproximou dele e ele mais que depressa a colocou no colo acariciando sua buceta, enquanto isso eu chupava os peitos dela que eram maiores que o meu, ela gemia e eu agonizava de ciúmes, mas se ele me dividia eu também teria que dividir.

Em uns 19 minutos papai e levantou levando-a pro quarto e eu fui atrás, pois queria participar claro.

Papai deitou Camila de costas e começou a chupá-la como eu queria também então fiquei ao lado dela de pernas abertas e pedi manhosa:

_Também quero papai.

E ele como adorava uma buceta não resistiu e se revezava entre minha buceta e a de Camila começamos a nos tocar enquanto papai nos preparava. E isso parece que foi demais pra ele. Então pedi pra Camila ficar de quatro, ela no começo não entendeu, mas quando me arreganhei ela literalmente caiu de boca na minha buceta. Enquanto isso papai embaixo dela fazia uma chupada vigorosa então eu disse:

_Vai papai fode essa cadela com força!

Ele não aguentando a situação e enlouquecido pelas minhas palavras segurou Camila e de uma vez enfiou o cacete em sua buceta, senti o gemido dela abafado na minha buceta que estava sendo chupada. E papai começar a foder minha nova amiga cadela. Ele gemia e eu não querendo ficar pra traz fiquei de quatro ao lado dela novamente e chamei:

_ Papai não esquece de mim estou toda molhadinha...

Ele então tirando o cacete de dentro dela ainda sujo do sangue do cabaço e me enfiou na buceta.... Ficou me bombando e eu gemia por mais... Nisso Camila começou a fazer uma siririca pra mim e acabei gozando...

Papai foi atrás da sua cadela recém fodida e começou a bombar com força... então eu pedi:

_ Ca da o cúzinho pra ele é gostoso demais!

Fui até meu pai que já estava enfiando o dedo preparando o cú de Camila pra foda e chupei seu cacete deixando ele o mais molhado e duro possível então o direcionei no cuzinho de Camila. No começo ela se retraiu, mas quando fiz uma siririca pra ela excitada começou a gemer, papai enfiou todo o seu cacete no cú dela e bombava como um cão pegando uma cadela no cio.

Nisso vi que ele ia gozar e quando ele tirou seu cacete dela eu e ela ficamos melecadas de porra então começamos a nos lamber como gatas uma limpando a outra...

Nem preciso dizer que Camila e eu somos amigas até hoje... amigas de foda!



Como foram nossas fodas? Bem isso contarei na práxima semana.



Ayslin



Seja membro do meu orkut e fique por dentro das novidades.

Devido a pedidos em breve um livro para que gozem com uma boa leitura...rs

Lila

[email protected]





VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


contos eu vi minha mulher sendo arrombadaflagrei meu pai cheirando minha calcinha nijadameu padrinho me comeicontos eroticos com fotos de mulheres casadas que foi violentada por bem dotadoscontoseróticossobrinha menininhameu marido pois pinto na boca da nossa filha contosbundinha com calcinha sensual da virgemconto erotico vizinha casada e velho pirocudohomem de calcinha enrabadocontos minha mãe me seduziu usando mini saiaconto minha mulher aronbadacontos eroticos chupei meu cunhado embaixo da mesa perto da minha familiacalcinha ate joelhos contos eroticosContos eróticos Seduzi o Motoqueiro bunda Grandenoite fria com titia contos eróticosconto erótico de mãe transformando filho em mocinhacontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crentecasa dos contos familia toda na putariadando/o cabaço pro titio conto exitantecontos eroticos amiga negracontos eroticos o velho barrigudocontos eróticos de dominação com a mãe do amigocontos meu marido ajudou amigo dele me comerconto eróticos pai irmãoscontos eroticos arrombando a gordacontos gay fui comida por um cachorroxerequinha juvenil de perna abertavoyeur de esposa conto eroticocontos devorei minha filha putqcontos eroticos de sogroenfia esse pintão pai contoContos comi mae bebadaincesto comeno aprima novinha de pegostosa.acarisiado.a.buseta.deibacho.da.mesaconto eroticos sem maldade senti que os dedos tocavam minha xoxoracontos tiachupa rolaComi a cadeirante casada contosNovinha mamando no cinema contoseroticoscontos de velhos gayconto sacanagem com a.primacontos eróticos gay putinha pedreirosporno espiando a cunhada se peegadogozei com a linguadela no cuContos eróticos legcontos eroticos de maridos brochaspornô grátis cunhada de calcinha fio-dental para vocalcontos eróticos sou mulher casada e vou contar como tirei cabaço da minha sobrinha de oito anosContos espiando a sogra lesbicacontos eroticos travesti sem camisinhacontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crentecontos d zoof de ferias na fazenda com meu maridocasa dos contos roubei a calcinha da minha cunhada pra bater uma punhetacontos eroticos arrombando a gordabucetinha gostosa da menina calcinha Contos Maecontos erotikos menina de menor dando o cu a troco de balacontos porno 28cmdando contosContos eroticos calcinha da vizinhaporno contos casada comprando mandiocacontos eroticos surubascontos comendo a cadelatravestis comeu o cu virgem da evangelica,contos eroticoscontos eróticos de incesto mãe que deu o cu para o filhocasa dos contos putinha desde novinhauma travesti usou camisinha colocou na boca da mulher no filme pornôporno fui estudar na casa da prima gostosa e ela dise que ia ter aula de fidefamily sex 2 - contos eroticoszoofilia googleweblight.comirmao com ciumes contos eroticosimagens do chaves metendo a pau na Chiquinha lambendo sua bucetasempre fui safadinha contos Xupano apiroca doirmao sentada novazo dobanherofiquei olhando o travesti encoxando meu marido no onibuscontos de incesto comendo a irma separada