Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

COMEU MINHA MULHER NA MINHA FRENTE

Olá pessoa, meu nome é Paulo, tenho 37 anos e minha esposa se chama Camilla, é branquinha tem 27 anos, 55 Kg, cabelo loiro não natural quase até a cintura, um corpo bem definido ajudado por muita academia e uma lipo que fez há 2 anos. Sempre gostei da ideia de ver minha mulher sendo comida por outro cara, ou outros caras, de preferência negros bem dotados, mas nunca tive coragem de colocar essa ideia em prática, era mais uma fantasia mesmo. Na hora da transa fantasiávamos e sá. Tiro várias fotos e faço vários vídeos da Camilla e coloco no youtube e em alguns sites pornôs, mas sem mostrar o rosto. Tenho um telefone com acesso a web e as vezes no meu trabalho ponho as fotos pra ver se meus colegas gostam. Digo que são fotos de um casal que conheci na internet e eles dizem que a mulher é maravilhosa com uma bunda linda.

Eu tava com o youtube aberto e mostrei um vídeo da minha mulher de shortinho cravada no rabo deitada no sofá aqui de casa pra um colega meu do trabalho que aliás já tinha ido na minha casa e conhecido minha mulher. Pensei que ele não sabia nada de computador, mas viu que as fotos estavam no meu perfil e reparou no sofá, na sala da minha casa e em alguns detalhes da minha mulher que achei que não tivesse reparado. Ele na hora perguntou se era a Camilla, e eu respondi que ele estava maluco que não era doido de por um vídeo da bunda da minha mulher pra todo mundo ver. Mas ele insistiu principalmente no detalhe do sofá e do tapete. Eu falei que ele estava maluco e tentei mudar de assunto mas ele insistiu dizendo que isso era apenas uma fantasia e se tivesse uma mulher bonita também iria gostar de fazer esses vídeos eráticos. Mandei-o parar com esse assunto e disse novamente que não era a Camilla.

Chegando em casa, contei o caso pra Camilla que ficou puta da vida e disse que nunca mais tiraria fotos assim. Falei que era sá uma desconfiança mas mesmo assim ela estava irredutível.

O nome desse colega é Renato, é moreno, deve ter 1,85 de altura, magro atlético, tem 36 anos.

Passado alguns meses esse meu colega me disse que tinha comprado uma estante pra sua sala e quem não ficou legal. Eu estava mesmo comprar uma estante e perguntei se ele queria vender mas antes queria ir ver o modelo. Marcamos, eu e a Camilla de ir na casa dele pra ver a estante. Não falei pra minha esposa que esse era o colega que ficou desconfiado que as fotos no youtube era dela e também achei que o Renato já tinha esquecido do assunto. Minha mulher foi com uma sainha normal que mostrava bem o volume de sua bunda e suas pernas, nada muito vulgar. Chinelo e um top pois estava muito quente. Chegamos no ap do meu colega por volta das 19 horas. Nos cumprimentamos e ele mostrou a estante que realmente valia o preço que ele queria. Ofereceu-nos uma cerveja e ficamos bebendo na sala moderadamente e conversando sobre vários assuntos, até que ele me falou que tinha comprado um laptop muito bom. Pegou o lap e abriu, e no papel de parede estava a foto da bunda da minha esposa sá de calcinha, essa foto eu tinha postado no uol. Na hora eu gelei e minha mulher não sabia pra onde olhava. Ele pediu desculpas, disse que ia mudar o papel de parede mas esqueceu. Mas aproveitou pra elogiar os belos glúteos da mulher da foto e disse que o namorado ou o marido devia ter muita sorte em ter uma mulher assim com tantos atributos e era legal essa coisa de mostrar o que é bonito. Vi que minha mulher gostou do comentário, pois deu um risinho meio que safado e disse que talvez a foto tivesse photoshop. Ele disse que não, que realmente era coisa amadora natural sem retoques. Ela perguntou se tinha mais fotos dessa “anônima” e na hora não entendi nada e ele disse que tinha até uns vídeos da modelo. Novamente ela adorou a palavra “modelo”. Ele mostrou o vídeo da minha mulher sá de shortinho vermelho cravado na bunda no nosso sofá, aquele que ele desconfiava ser da Camilla. Falou que era o seu preferido e minha mulher novamente gostou do comentário. Ele foi pegar mais cerveja e aproveitei pra comentar com minha esposa onde queria chegar. Ele disse que a lugar nenhum e que era cisma minha e que ele nem sabia que eu na foto. Renatinho voltou com três cerveja e uma câmera digital pra mostrar a nás. Disse que era profissional e que nunca tinha usado e queria umas discas nossa. Disse que queria tirar uma fotos nossa. Disse que tudo bem, primeiro tirou fotos minha abraçado com Camilla. Depois tirou fotos de nás três. Depois ele pediu pra minha mulher tirar uma foto dele comigo. Por último pediu pra tirar uma foto com a minha esposa. Achei estranho, pois não eram assim íntimos, ele passou a mão pela cintura dela, mas abaixou muito a mão colocando quase na bunda, e puxou ela pro corpo dele, puxou tanto que a saia subiu um pouco, e mandou tirar a foto. Tirei com um pouco de ciúme. Fomos ver as fotos e realmente ficaram boa e ele comentou da Camilla dizendo que ela era muito fotogênica. Ele disse que queria fazer um curso de fotografia com especialidade em modelos femininas e perguntou se minha mulher queria tirar mais fotos pra ele ir treinando. Eu disse na hora que não dava porque estávamos com pressa, mas minha mulher disse que sempre quis ser modelo e que fotos de roupa não teria problema algum pois muitos artistas tiram. Bem, concordei sem maldar. Renato foi no seu quarto e pegou uma caixa de roupas femininas que parece já estavam prontos pro que iria vir. Tirou de dentrou um par de sapatos de salto bem alto e uma saia minúscula e disse pra Camilla usar. Ela foi no banheiro se trocar. Na volt ficamos de boca aberta. Realmente ela ficou mais gostosa ainda e a posicionou num canto pra começar a seção de fotos. Tirou umas de frente e depois pediu pra tirar de costas. Ela empinou a bundinha ajudado pelo salto alto e o renato baixou tanto a câmera que uma parte de sua micro calcinha preta acabou ficando exposta e ele claro tratou de tirar fotos. Disse pra ela que sua calcinha tava aparecendo, ela acho fingiu se espantar e pediu pro Renato apagar as fotos. Ele disse que as fotos ficaram lindas mas iria apagar. Minha mulher perguntou pro renato se não tinha a parte de baixo de algum biquíni naquela caixa assim não teria problema de mostrar a calcinha pois na praia todas mostram mesmo. Fiquei surpreso com minha mulher. Ele disse que sim que tinha um que combinava com sua bunda linda. Caramba, que intimidade e a galinha da minha mulher adorou o comentário. Ele pegou um micro biquíni preto e foi pro banheiro se trocar. Aproveitamos pra beber outra cerveja. De repente minha mulher abre a porta e sai de biquine sem a saia e com o salto alto. Ficamos novamente de boca aberta e perguntou o que significava aquilo. Ela disse: - ué, não é pra tirar fotos de biquininho amor ?. Eu disse que não, que era pra ser sá de saia. Ela insistiu e disse que na praia todo mundo usa e várias modelos tiram fotos de biquíni. Pensei que realmente não teria problemas e novamente recomeçou a seção de fotos. Sá que dessa vez as fotos eram mais eráticas, minha mulher estava bem soltinha pela situação e pelas cervejas que tínhamos bebido. Ele pediu pra ela deitar no sofá e fazer a mesma pose que ela fez quando eu a filmei. Eu e minha mulher dissemos que não era ela, naquela foto de shortinho mas ele já sabia e disse que não contaria a ninguém se colaborássemos com seu curso de fotpgrafia. Bem, a situação já tava ruim então aceitamos mas sem mostrar rosto. Então ela ficou no sofá de bruços e ele pediu pra ela empinar a bunda, depois pediu pra ficar de quatro e eu sá sentado no canto esperando o pior. Ele chegou perto e colocou a câmera a meio palmo de sua bunda depois coloca a câmera e começa a passar a mão na bunda da Camilla dizendo ser muito macia e lisinha. Fiquei sem ação e ela começando a gemer. Depois ele meteu sua boca no meio de sua bunda. Colocou seu biquíni pro lado e começou a lamber seu cuzinho e sua buceta que tava melada. Nesse hora não aguentei e mandei os dois pararem, mas parecia que não me ouviam. Nessa hora Camilla vira pra mim e pedi pra eu buscar mais duas cerveza e disse: - Corninho, você sempre quis isso e agora vai fazer tudo que eu quero. Obedeci na volta vi uma cena que sempre quis ver. Minha mulher mamando a pica do meu colega. Era bem grande e grossa com veias enormes. Ela mamava com vontade e babava muito, lambia o saco e voltava pra cabeça. Ele batia com a pica na cara dela e ela mandava bater mais. Depois olhou pra mim e me mandou da um beijo nela. Eu falei que ela tava maluca que não ia beija-la depois de ter um chupado um pau que não era o meu. Ela pegou meu rosto e tacou-me um beijo. Senti nojo, raiva e um tesão enorme. Depois ainda lambeu meu rosto e mandou eu ficar ali pertinho vendo sua mulherzinha mamar um pau de verdade. Ela novamente colocou o pau em sua boca. Renato falou que ia gozar na boca. Instantes depois minha mulher meio que engasgou. Ele pegou ela pelo cabelo e foi forçando sai cabeça contra sua pica praticamente comendo sua boca. Uma grande quantidade de porra quente começou a sair pelo canto de sua boca, ela engoliu uma parte e cuspiu a outra. Ele pediu pra ela lamber e limpar tudo pra não deixar uma gota de porra pela casa. Ela fez o que ele pediu. Lambeu tudo, chão, pica, saco e o sofá. Depois me deu um beijo. Novamente senti um nojo enorme e nesse hora gozei sem querer. Se pau nem amoleceu. Ele mandou ela ficar de quatro, veio por traz e começou a meter aquela piroca preta na minha mulher. Ela gritou um misto de dor e prazer. Ele bombava com muita e pedi pra parar um pouco. Ela disse que não, que era pra continuar com força. Depois ele sentou no chão e ela veio por cima enterrando toda a pica em sua buceta e nessa hora a vadia gozou como nunca. Resumindo. Comeu ela de todas as forças, ele gozou mais duas vezes em sua bucetinha. Depois foram por banho e la ficaram por mais uma hora. Depois tem a parte 2 que depois eu escrevo. O lado bom foi que ganhei a estante de graça, afinal ela fez por merecer.

VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


contos velhas com novinhoschortinho volumoso de travestiConto ertico maridominha tia casada matutinha contoscontos eroticos incesto sutiacontos eroticos virgem com vovoContos eroticos cu vendidocontos eroticos, casada nova surpreende marido em cine pornocontos lésbico deu cu para outra mulherinseseto commforcaconto mamando vizinho casadoeu curto cunhado faz chantagem para comer a cunhada casadaele implorou e eu engoli sua porraComtos namorada fodida por homems casadosSexo proibido. Contossexo com as amigas e as filhas contoscontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crentecunhado pegou a cunhadinha mimada e meteu a rolaos melhores contos de gang bangso mrninas na mastubando n causinha toda melada video mobilcorno no cinema contossexo contos eriticos o amigo do meu marido me pasando bronseadorcontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crentevídeo de namorado faz bem aqui Amanda no Pou pelo jeito da sua bundaeu e minha tia no banheirocontos eroticos fetiches. suzane deu pro paisou puta do meu genroContos pornos-esporrei na comida da cegaminha cunhada casada me esnobou contoscontos sexo com cachorroContos Caralho grande na esposaContos erotico cuzinho d m cunhadinha conto gay virei viadinhoconto erotico teen sendo enrabadacontos eroticos comendo o cachorro da ruacontos eroticos de sequestrocontos porno bunduda sograsexo com vizinha muito rabuda vigiadocontos eróticos surpresa travestime masturbei vendo as calcinhas da vizinha no varalcontos exoticos no.cinemabucetao arombada de adivogada conto eroticoporno mulhres usano chortes Cavadãocontos eroticos pequeninaBabando no pau do papai contoseroticospassei pirulito na bucetacontos de mulher insatisfeita com maridocontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crentecontos eróticos com afilhadascontos eróticos esposa de bebado não tem donoque pau taludo contoscontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crentecontos estupradachupando coroa empinadinha boa de f***historias eróticas com coroa de 80 anosContoseroticos cavaloconto gay filho ve o pai com o pau duro e perguta o que a quinlocache:oIMLEWITCAIJ:okinawa-ufa.ru/home.php?pag=99 contos eroticos ousados em lugares publicoscontos eroticos meu irmaozinnho me mostrou o seu pintinhodormindo ao lado conto eróticocontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crenteContos eróticos velhascontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crentecontos eroticos de travesti no cine iriscontos eroticos mulheres trazando no carnavalcontos eróticos pai sabe o k faz incestocontos eroticos menininhas dormindo na rolacontos de incestos detei de conchinha fiquei de pau durocontos erotico de jornalista sendo errabada na academiameu pai batendo punheta.eu foi fala com ele e ele madou eu bate pra eleasfantazias das mulher de pornocontos de homem que comeu a sogra e a esposaconto tia e prima no meu banheirodias e