Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

PARA CAUSAR INVEJA

Pensando em causar inveja

Meu marido Lucas tem uma pequena transportadora e duas vans para fazer entregas na região. De vez em quando também faz frete para levar grupo de pessoas até a Foz do Iguaçu para compras no Paraguai. A mais nova delas fica sob a responsabilidade de um empregado de confiança que é um pau para toda obra, como ele diz. Esse empregado, Nando, é um moreno bem escuro, alto e magro que poderia até ser jogador de basquete. Como se dão bem volta e meia ele vem a nossa casa para por os assuntos em dia e beber com o meu marido. Temos uma boa intimidade e conversamos sobre tudo. Um dia em que eu tinha bebido além da conta eu disse que uma prima casada tem forte atração por negros e que tinha inveja da nossa amizade. Na verdade dei um grande fora. Ele falou que ela não tinha motivos para pensar nada e nem ter inveja. Meu marido achou graça no assunto e disse que a gente podia armar uma brincadeira para deixar essa minha prima louquinha de inveja. Logo ele disse que eu e o Nando poderíamos fazer de conta em uns lances sensuais e ele tiraria umas fotos para que ela visse e morresse de inveja. Nás todos rimos bastante daquilo, mas ficou um clima no ar. Meu marido sempre me incentivou a sair com outros homens, pois dizia que isso seria pimenta em nossa relação. Embora gostasse de prolongar essas conversas, a verdade é que eu achava que nunca seria capaz de sexo com outro, pois fui criada com padrões rígidos e, já com trinta e dois anos me sentia quase imune a essas insinuações. Não por falta de interesse, pois sou loira, de 1,55 de altura, 48 kg, peitos pequenos e um bumbum que fica bem saliente por causa da minha cinturinha marcada. Ele diz que percebe muitos olhares de homens, principalmente dos covardes que me olham por trás, como ele brinca. Acho que é verdade, pois costumo usar vestidos e saias coladas e curtas que realçam minhas pernas e bumbum. O Nando também dá umas olhadas bem esquisitas para minhas pernas que ficam expostas quando me sento com eles por causa dessas roupas curtas que uso. Acho que meu marido vê esses olhares, mas não fala nada, faz que não percebe. Estava com esses pensamentos na cabeça e nem percebi que o Lucas tinha preparado a máquina fotográfica e me chamou a atenção para entrar na brincadeira. Nando ria e não sabia o que falar. Eu também estava sem saber o que fazer na situação. Lucas me pegou pela mão e me pôs sentada no sofá ao lado do Nando. A situação ficou esquisita. Eu me sentia miudinha perto daquele homem e sem a menor idéia do que poderia fazer para que minha prima pensasse bobagens sobre a gente. Lucas falou para o Nando me abraçar dando impressão de agarramento e se posicionou para a foto. Acho que meu marido ficou muito excitado com o que viu. Quando o Nando me agarrou sem cerimônias e eu me virei para ele, meu vestidinho curto subiu bastante e minhas pernas e bumbum ficaram descobertos e contrastando com mãos grandes e escuras sobre a minha pele clarinha. Tentei me recompor e meu marido pediu para que eu não saísse daquela pose porque estava muito boa e ele queria tirar várias fotos. Nando estava ofegante e percebi seu pinto aumentando de volume e ficando duro. Meu marido tirava fotos com o rosto vermelho e falei que o Nando estava de pau duro com a situação. Meu marido achou isso átimo para impressionar minha prima e disse que iria tirar foto disso. Acho que fiquei uns cinco minutos com o bumbum de fora até meu marido tirar as fotos que queria. Depois disso o volume na calça do Nando permanecia enorme. Lucas estava tão envolvido que sugeriu para o Nando tirasse o pau para fora a fim aparecer melhor na foto. Quando o Nando fez isso levei o maior susto. Que pinto enorme. Fiquei sem fôlego sá de ver. Porém meu marido tirou uma foto e logo achou que estava sem graça, que precisava de algo para impressionar. Pediu para que eu pegasse no pinto do Nando e eu fiquei pasma. Mas como já estava naquele clima fiquei de joelhos ao lado daquele macho excitado e segurei o pinto duro com as duas mãos. Sobrava ainda um bom pedaço, com a ponta roxa apontando para mim e expelindo líquido. Meu marido perdeu a noção das coisas e pediu que eu pusesse o rosto bem perto para dar noção de tamanho. Ao me curvar mais meu vestidinho subiu e o Nando estava se aproveitando e passando a mão no meu bumbum e deslizando o dedo sobre a minha xoxotinha. Meu marido estava delirando. O Nando já estava bem solto e forçou minha cabeça em direção ao seu pinto enorme. Eu me liberei e abri a boca naquele pintão cor de chocolate, mas não consegui abocanhar mais que a cabeçona. Então eu lambi o monstro em toda a extensão e meu marido disse que ia gozar sozinho de tanto tesão. Já que era assim, me levantei e para espanto dos dois tirei o vestidinho e a calcinha, ficando nua. Falei para o Nando tirar totalmente a calça e sem pensar em mais nada fui sentar em cima do seu cacete latejante que começou a entrar como se estivesse queimando de fogo a minha xoxotinha. Lucas pegou a filmadora e pediu para o Nando me possuir bem à vontade, que pelo jeito eu estava gostando de virar putinha. Eu não acreditava e acho que meu marido também não, mas trepei com o Nando por umas duas horas ali no sofá em todas as posições. Nando segurava o seu gozo o mantinha o pau duro o tempo todo, mas eu gozei umas tres ou quatro vezes com aquela sensação de estar totalmente preenchida por um macho bem dotado Meu marido ofegante gravou tudo, meus gemidos meus gozo e o urro que o Nando deu quando acabou gozando. Minha prima tem razão de ter tara por negão. Mas eu e meu marido pensamos melhor e não vamos mostrar nenhuma foto minha com o Nando. Acho melhor que isso fique sá entre nás e dure um bom tempo.

Lily



VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


relatos de novinhas que fuderam com o cunhadocontos eroticos de mendigos super dotadoshistorias eroticas de onibus lotadoscontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crentemeu pai fez minha mae mim dar a buceta na sua frente quando eu tinha dez anos contos veridicosandei com a cara gozada na ruaContos eróticos menina com bucetinha lisinha e putinhagarotinho teen gemendo no pau e rebolando gostosomeu maridinho notou que fiquei tesuda roludoConto erotic velho taradocontos eróticos com gordasai a noite com minha esposa conhecemos u desconhecido que comeu minha mulherContos eroticos minha mae e minha mamando no pauzao de oito negaos em um gang bang na academiaEmpregada Triscando no meu pau contocontos eroticos praia com a familiao cu rosinha de minha neta de 9 aninhoscontos dei o cu pro agricultor pauzudoPorno pesado gordao arromba magrinha pono doidocontos de sobrinhas sem calcinha na igreja sentada no colo do tiominha tia é demais ela chupa eu gozo e ela continua chupandominha esposa me contou suas aventuras sexuaismullet fudemdo pau gramdecontos gay chupei o pau do borracheirocontos eróticos "peladinho" sobrinhorolas grandesno cu e gritosminha esposa foi aprender a montar - contos eroticosContos eroticos soquei no rabo da minha mulher rabudacontos eróticos de novinha que deu a b******** bem gostoso para o cão f**** o cachorronamorado domado contos eróticoscontos eroticos gay-menor de idadetraindo na cadeia conto eróticocontos meu primo malvado me comeuvídeos de lésbicas com grandes mentes se massageandohttp://okinawa-ufa.ru/conto_25883_matei-minha-vontade-com-uma-travesti-linda.htmlcontos de coroa com novinhocontos eroticos de tias fudendocorno gemendo cu contocontos desexo mulheres crenteamigos sexo troca troca contoscontos erótico paizão enrabar filho gaytraficante contos eróticosConto erotico comi minha aluna virgemContos eróticos gay comi o pai do meu amigoContos eroticos bem comida e chupada em cada tetas por dois machoscontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crentequeria saber mulher realista metendo muito morena peitudacontos eu e meu marido adoramos ir no cinema ver pornocontos eróticos safadezas entre famíliaela pediu pra parar mas continuei fudendocontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crenteContos o negão dormiu na minha casaconto erótico esposa de férias e tal marido sem quererSexo vagina primeiro amor contogostaria dever filha cupano apica do pi dorminoEsposa linda e gostosa buntuda nuanetinha de sainha sentando no pausai a noite com minha esposa conhecemos u desconhecido que comeu minha mulhercontos porno violentadashonme infinando a rola na bumda da molecontos ganhei uma massagem e fiz um boquetedou para o meu irmao contoscontoseroticos/maeiniciandofilhacontos eroticos apostei meu marido e pedirContos erticos trouserao meu marido bebado pra casaconto comi uma eguamaldoso comeu meu cuzimcontos eroticos sexy romantico e gostosoNelma Putinha Angolana Rabudaminha cunhadinha e virgens peguei a forcacontos eroticos dormindocontos eroticos d zoofilia cine maxcontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crenteContos casal topless praia desertacontos eroticos fui bem comida feito puta e chingada de vadia com o tio na fazendaContoseroticosjogadoracontos eroticos com mendingoscontos eroticos empregada pegando no pau do menino novinhoconto vesti as roupas da minha madrasta e ela me fagroucontos eroticos creche