Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

MEU PRIMO ADORA MEU CU

Meu nome é Karen, tenho 25 anos e como não tinha feito planos para as minhas férias acabei sendo convidada pela minha tia para ir para casa dela no RJ.

Tinha uns 5 anos que não via titia e qual não foi minha surpresa ao chegar na casa dela descobri que o do meu primo tinha virado um lindo adolescente de 19 anos.

No terceiro dia que estava na casa de titia o dia amanheceu chuvoso e eu não pude sair para aproveitar a cidade. Resolvi aproveitar que estava em casa e comecei a arrumar a casa para passar o tempo, perto da hora do almoço já tinha terminado de arrumar tudo, tomei um banho e me deitei no sofá para assistir Tv e acabei pegando no sono.

De repente acordei sentindo uma mão alisando minha perna, tentei me manter imável e ver ate onde isso daria. Continuei fingindo que estava dormindo e meu primo continuava passando a mão pela minha perna e as vezes chegava bem perto da minha buceta. Teve uma hora que me mexi e acho que isso assustou meu primo pq ele saiu de perto, deixei passar um tempo e “acordei”, ele estava na cozinha almoçando e perguntou se estava tudo bem. Eu disse que sim e fiquei imaginando como seria meu primo na cama e já comecei a bolar uma estratégia para o dia seguinte.

Quando titia chegou disse que eu tinha sido muito gentil em arrumar as coisas mas que não precisava, eu disse a ela que como estava chovendo eu não tinha muita coisa para fazer e que não me incomodava em ajudar, ela riu e brincou dizendo que eu ia ter que arrumar muita coisa para fazer nos práximos dias já que a previsão era de chuva.

No dia seguinte quando acordei ainda chovia muito, resolvi colocar meu plano em ação, preparei o almoço, tomei um banho, coloquei uma calcinha branca de renda enterrada na bunda e coloquei um vestido curtinho e folgado e fiquei ansiosa para que a hora passasse logo e meu priminho chegasse da escola.

Quando estava perto da hora dele chegar fui para o quarto deixei um livro aberto sobre a cama como se eu tivesse pegado no sono enquanto lia, deixei a porta aberta, me deitei de bruços com as pernas entreabertas e levantei o vestido deixando à mostra um pouco da minha bunda. Logo ouvi a porta abrir e fiquei quietinha de olhos fechados esperando que meu primo passasse pelo corredor e me visse.

Ouvi os passos e de repente ele parou, acho que ficou na duvida se entrava ou não no quarto, logo depois ele entrou e começou a me alisar, primeiro a perna, e como eu continuava “dormindo” ele foi subindo mais o vestido e começou a alisar a minha bunda, ouvi a respiração dele ficar ofegante e logo em seguida ele afastou minha calcinha e enfiou dois dedos na minha xaninha que já estava totalmente molhada, tentei não me mexer nem emitir nenhum som para não assusta-lo.

Ele ficou com os dedos enterrados na minha buceta uns minutos, afastou mais a calcinha tirou os dedos da minha buceta e enterrou no meu cuzinho, nessa hora não aguentei e “acordei”, comecei a gemer e a rebolar empinando bem a bunda e gozei em seguida.

Meu primo então tirou o dedo do meu cuzinho, me olhou bem nos olhos, abaixou a calça e mandou eu mamar a pica dele, eu que estava louca de T cai de boca naquele cacete gostoso, ele logo anunciou que ia gozar e disse que era para eu engolir toda a porra dele e deixar o cacete dele bem limpinho.

De repente vi meu primo se transformar, começou a me chamar de vadia, puta e vagabunda, que ele ia meter a vara na minha xota ate eu gozar e que depois ia me enrrabar bem gostoso e que ia encher de porra todos os meus buraquinhos. Eu cheia de T dizia que queria mais é que ele me arrombasse e nisso tentei fazer com que ele se deitasse na cama para cavalgar aquela pica, nesta hora ele me deu um tapa na cara e disse que eu so faria o que ele mandasse e que ele queria que eu ficasse de 4, fiz o que ele pediu e ele mirou a cabeça do pau no meu cuzinho, pedi que ele lubrificasse um pouco para entrar melhor, ele bateu na minha bunda e disse que ele gostava quando entrava quase a seco porque tinha a sensação de que estava metendo num cu virgem e não no cu de uma puta arrombada como eu. Enfiou a cabeça do pau e continuou a forçar ate entrar tudo, cada vez que tentava protestar ele batia na minha bunda e mandava eu empinar o rabo para ele me fuder gostoso.

Ele começou a me xingar e a puxar meu cabelo, eu enlouqueci de T e disse que ia gozar com aquela pica no cu, ele começou a aumentar o ritmo das estocadas e gozou enchendo de porra meu cuzinho.

Passamos a tarde inteira trepando, fiquei com a buceta toda vermelha e o cu inchado de tanto levar pica. Cada vez que eu pedia para descansar ele me mandava deitar de bruços na cama e metia o pau de uma vez no meu cu, que já não oferecia nenhuma resistência e ele sá parava quando enchia de leite meu rabinho.

Passei minhas férias inteira sendo escrava sexual do meu primo, que de tímido não tinha nada. So quando titia estava em casa é que nos comportávamos e mesmo assim tinha dias que ele me avisava que à noite ia me fazer uma visita e que era para espera-lo sá de camisola sem calcinha e aparecia de madrugada no meu quarto quando isso acontecia eu já sabia que era para espera-lo deitada de bruços porque nessas visitas noturnas ele so queria saber de meter no meu cuzinho dizia que como era mais apertado ele gozava mais rápido e já que titia estava em casa ele não podia demorar. Ele entrava já de pau duro eu so empinava a bunda e esperava a tora dele me arrombar e encher de leitinho meu rabinho.

Foram as melhores férias que passei, quando fui embora disse a titia que quando meu primo estivesse de férias ele poderia vir na minha casa passar uns dias que eu ia adorar a companhia, mas isso já é uma outra historia.

VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


xvideo do cunhado pecado a cunhadinha a fosa gozado dretro da boceta delaminha namorada perguntou se eu era gay contocontos erodicos de cabrito macho fazendo sexo com gostosa zoolofiacontos eróticos com foto Recém casada com marido brochapono conta erótica de relato cagando no pau do estrupadorhomem comeno a espoza de pois asogralavar xoxotinha contoCom sunga sempre fico de barraca armadacontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crentea mulher do meu amigo e muito safada contos eroticosConto d esposa magrinha e safadinhacontos eroticos arrombando a gordaconto erotico incesto sonifero filhafudendo a nora no sitio escondido contocontos eroticos minha mulher apanhaNovinha e chantageada.contoscontos eroticos gays excitantesmeu filho mete o dedo no meu cu e eu gostoconto gay moreno do messengercontos eroticos gays quando pequeno atiçei meu tiocontos punheta em calcinha da sobrinhaDeiteia na camaconto minha noracontos eroticos arrombando a gordacontos eroticos sou tarado na sua bundonacontos depois de 20 anos fui morar com minha mae e no banho ela vou meu rolaominha mulher foi enrabada e me contouele sofre ao meter nabuceta pequenasequestro e muitas lambidas no greloNovinha enlouqueçeu os pedreirosLóira safada narra conto metendo na coberturafiquei de pau duro atras da enteadaduas irmas com peitinhos crescendo e o irmao chupandoconto virgem enrabadacontos eróticos ganhei a calcinha suja da minha tiaCONTOSPORNO.insetos.netinhaContos er pitao do paipassei pirulito na bucetamarido leva esposa na cabine erotica contossubrinho ve tia fazendo sexo araz da portacontos gay comendo o muleke do orfanatopaguei minhas conta com a buceta levei vara sem do contos eroticoscontos sexo minha esposa amamentava e me chupavaver contos erótico mãe gordinha concebido gostosa s*****contos sendo escrava por santagemestiquei os peitos da gostosa contoscontos erotecos fiz uma cabine pra minha mulherSexo no aterro do flamengo[email protected]conto porno-minha mae e minha avoconto erotico com tia gravidaContos eroticos... Uma rapidinha com a cunhada de vestidocomo arrombada pelo meu sogro contos eroticoscontoseroticosnamoradavirgemcontos porno eu amo caga na picacazal gay fudedo gostoso ao vivorelatos de meninas que quando viu ja engatou com seu dogcontos lesbicos princesa chupa princesaSsssssss aaaaaaaiiiiiiiii gostoso gay transandocariando minha sogra rabudaconto arebentarao meu cu meumaridoContos reais de sodomiaabri pernas pra meu filho me comercontos eroticos mulher e cunhada jogocontos eroticos mae e filhocontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crentesexo e esganaçaocontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crenteContos como foi a primeira punhetinhacontos eroticos na viagem comi sogra e mulher no carromalandro gay passivo dando o cu contofiz bacanal com minha filha e o filho do caseiro contoscontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crenteconto real tia se masturbando soContos eróticos tias e sobrinhos