Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

A VENDEDORA DE BRINDES IV A AMIGA CURIOSA

bom pessoal hoje vou contar a vcs a aventura que tive com minha vendedora puta e sua amiga curiosa,eu fiquei viciado no seus boquetes,pois ela sempre me deixava maluco, todos os dias ela ia no auto peças e me dava beijos deliciosos que acabavam com uma belza gozada em sua boca e ela passou a me confessar que sempre que chegava no seu local de trabalho, tinha uma colega em que ela confessava tudo, mas tudo mesmo, eu fiquei com medo,pois sou casado,mas ela me disse que a claudia era de confiança, eu disse, bom se está dizendo né.mas me bateu uma curiosadade e sempre que teclavamos pelo msn,eu fazia questão de perguntar se ela contou pra claudia, ela dizia que sim, e eu perguntava o que a claudia axava das nossas loucuras, ela confessava que axava nás 2 uns verdadeiros loucos,mas ela percebia q a claudia ficava com os olhos brilhando e etc. bom passaram alguns dias eu já havia comido o cuzinho dela por várias vzs, até perdí a conta. estava em minha sala, quando entra a claudia dizendo que precisava desabafar com alguem e que como sua amiga, disse a ela q costumava se desabafar comigo ela pensou em ir até a mim, eu claudia, pode dizer, o que foi que aconteceu, ela começou me contar, que seu marido, estava traindo ela, e que ela, estava com medo, porque ele era bastante rude com ela, que a tratava muito mal e assim foi, por uns 30 min. ou mais, ela me confessava as coisas, eu então disse a ela varias coisa. obs: a claudia é uma falsa loira, um pouco gordinha,seios fartos, bunda grande,28 anos, e casada, nunca tinha imaginado ela transando comigo, nao até ela ficar curiosa com minhas historias com sua amiga, bom, ela me relatou sua vida, eu dei alguns conselhos e quando vi já estava na hora de ir embora, ela então me disse se poderia usar o banheiro, eu disse que sim,enquanto ela foi ao banheiro o auto peças foi se fechando pois já estava tarde, eu fiquei la fora, esperando apenas ela sair, dai ela me grita dizendo que nao tinha papel higienico lá, eu disse a ella q iria pegar, e levei até ela, ela simplismente abriu a porta do banheiro e da forma que estava, saia levantada até a cintura e calcinha arriada, pegou o papel higienico, nao tive como deixar de notar aquele corpo, voltei e esperei ela, ela então saiu e me pediu desculpas,mas eu disse a ela, q estava tud bem, e ela falou"uai cade os outros" eu disse: estamos somente nás 02 aqui. nossa eu vi que ela ficou afoita, ela me disse>posso te perguntar uma coisa, eu disse, sim claro que pode. ela disse:me deixa ver seu pau, nossa na bucha assim, confesso a voces que meu pau subiu de imediato, eu fui até a porta e abaixei-a, xeguei perto dela e tasquei-lhe um beijo e disse a ela, eu sei o que voce veio buscar, ela disse: sabe é, eu disse sim eu sei, e descí minha claça, depois a cuéca e ela disse, nossa que delicia, posso xupar, eu disse,nao foi isso que veio fazer, ela apenas balançou a cabeça em sinal de sim e começou a xupar, e nisso o meu cel tocou, era sua amiga, perguntando onde eu estava, eu disse q estva em ksa, ela disse q axou estranho, pois meu carro estava em frente ao auto peças ainda, eu disse a ela q tinha saido para fazer uma caminhada até em ksa e que logo voltaria a buscar o carro, ela acreditou, pois sempre fazia isso, então ela desligou e a claudia, estava xupando cada vez melhor, e com um detalhe, meu pau sumia naquela boca carnuda e grande, nossa ela sugava ele como se fosse um picolé, passava a ligua na cabeça dele, voltava a coloca-lo todo até o talo e depois cuspia nele, eu disse, claudia, nao vou aguentar, ela disse, eu quero teu leite, e repetia isso e voltava a xupar, " eu quero teu leite, eu quero, me dá, me dá, me dá,me faz sentir o gosto de tua porra, nossa gozei que urrei, a puta safada, nao engoliu, mas abriu a boca me mostrou a porra e depois engoliu e ao terminar se levantou e disse:meu boquete é ou nao é melhor que o dela, eu disse: sim, mas profundo, mais molhado, mais safado, ela me disse, amanhã viajo para o pará mas na semana que vem, essa bunda aqui será toda sua, se voce quiser, nossa eu engolí a seco. e disse, nao vejo a hora.



bom depois eu conto, como comi aquela bunda deliciosa.



valeu

VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


contos eroticos possuida por uma estranha gostosacomi a mulher estrupada do traficante contos eroticocabelos lisos ate na bunda de dar invejatirei o cabaço do meu irmaoconto gay virei viadinhocontos eroticos fodir ater perde a vondeContos eróticos reais de AngolaConto erotico o cu da minha filhaconto foda com cachorrocontos eróticos - dando carona pra duasmadre superiora e felino no banheiro e mete nela de sexousando uma calcinha pequena e morrendo de tesaicontos eróticos cunhado retardadocontos como dopar maridorelatos comendo o cu da crente na marrao cu rosinha de minha neta de 9 aninhosfui violentada por um travesti que deixou minha buceta toda meladaConto eroticos zoofilia gays meu cao me traçou no meu quintacomendo e sendo comido por hipermegadotadocontos eroticos de homens que vestem as calcinhas das esposas e saem com travestimanuela pedreiro contos eroticosmulheres gostosas bundão empinado com roupa do quartelpapai me come porfavor contos eroticoscomo perdi o meu analcontos minha filha olhou em dandocontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crenteMinha prima me deu sua calcinha de presente para eu gozar e devolvercontos eroticos de mamar no peito da primaconto erótico garota da academia bombado no jumentoconto eroticos meu sobrinho viu minha bucetacontos erotocos sogras velhasContos eroticos minhas irmas e minha mae fizeram um gang bang com muitos negoes no sitiocontos chupando o pau do tio da crecconto de estrupando a velhaA chapeleta arronbou minha bucetinha contosContos erótico filhinha gosta de mamar picavideos de mulheres mamandoleitee no peito da outracontos eróticos transando com o cara do carnavalcontos teve que sentar no meu colo no carrocontos eróticos sou casada loirinha com marquinha de fio dental dente com mendigo em casaZoofilia com mais drenapeguei minha amante e minha mulher e fodi as duasContoseroticos estuprando VitóriaContos eroticos saia rodada e de calcinha fio dentalconto erotico mamando nos peitos cheio de maninhahistória de zoofilia no interior com cachorro vira latacasadas raspadinhas contoscontos reais eroticos na formatura casaismorena cabelos pretos seios durunhos e aureulas escuras deliciacontos incestuosos - mãe e filho no forró terceira idadecasadas dando para coroas contoscontos heroticos gay meu padrinho de vinte anos me comeu dormindo quando eu tinha oito anosCasa conto eroticos noiva deixou noivo por outra pica do negãoContos eróticos dei pra todos os homens da famíliacontos sexo meu filho meu homem Contos eróticos primeira vez colégiocontos eroticos meteram em mim e fiquei muito abertaConto gozou muita porra no meu cucontos sexo eu meu marido e meu filhomedica ver garoto pelado e assusta/contoseroticosContos eroticos cofrinho onibusmeu subrinho enfiou o dedo no meu cu contoContos eroticos de Gravidas estupradas por policiaispulando em cima do pau do tiocariando minha sogra rabudacontoseroticosfuicornocontos de sexo meu pai viuvo anoite primeiro meu encouxandocontos eroticos travesti bebada fudendo amigacontos erotico de casada que foi arregaçada bebadacontos eroticos de sequestrocontos eróticos menina no circocom perdi minha virgindade com um policial contopuzeram esposa dar pra todoscomi minha sogra e cunhada velha gorda feia contos eróticosgays cornos contos no cinema vídeosconto minha mulher gosta quando levo ela nas festinhasconto casal bicasa do conto meu irmao me encoxou