Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

O ENTREGADOR ARROMBADOR DE CÚ

O entregador arrombador de Cú
Oi meu nome é Júnior, moro numa cidade do interior do Ceará, tenho atualmente 40 anos e sempre fui uma grande bichona que não dispenso uma piroca . meu conto é totalmente verídico ; apenas troquei os nomes para não queimar o filme meu e do cara.
Moro quase vizinho a um depásito de bebidas, sempre tem muitos funcionários que fazem as entregas, descarregam os caminhões e tudo que você imaginar de serviço de macho; como minha casa tem um andar que é meu quarto abro a janela e fico vendo aqueles homenzarrões trabalhando e enchendo meus olhos de desejos. Foi contratado um cara que me deixou louco, é daquele tipo: altura média, magro, branco e jeito de safado pilantra daqueles de barbinha feita e o que mais me deixou maluca foi seu jeitão de andar em cima de uma moto correndo feito um louco com a camisa no ombro cheio de músculos.
Comecei a perseguir seus horários hora de saída e entrada, as entregas carregando aquelas caixas de bebidas pesadas e etc. mas o meu delírio era no fim do tarde quando ele apás baixar as portas do depásito sentava na calçada e sempre tirava a camisa expondo todo seu corpo. Comecei a programar a maneira de me aproximar daquele macho gostoso que fazia meu cuzinho piscar de tesão. Decidi que aquele homem iria me comer de qualquer maneira.
Como vigiava seu horário comecei a pedir água justamente na hora que via que ele seria o único entregador, que estava sozinho e dizia que estava com muita pressa, e aquele homem começou a entrar dentro da minha casa. Não podia dar bobeira por que moro com meus pais mas fui puxando conversa, oferecendo um lanche e coisa e tal e ele muito simpático; foi depois de muitas entregas que fui fazendo amizade e acho que ele ia percebendo que eu sou uma grande bichona que fazia questão de olhar pra seu pau e dar umas desmunhecadas pra ele ter certeza. Certo dia brincando com ele peguei no seu peito sobre a camisa e fui descendo para barriga brincando é claro e dizendo que estava precisando arranjar um emprego assim para ficar como ele, como resposta recebi um belíssimo sorriso e foi embora. Não posso deixar de dizer que mesmo trabalhando no pesado ele tinha sempre um cheiro de perfume no corpo.
Cada vez mais práximo, uma tarde fui para calçada do meu vizinho que também é bicha e o chamei bem longe dos olhares dos meus familiares e o convidei para dar umas voltinhas na cidade, beber algo e coisa e tal e ele disse que legal estou nessa, vamos sim, perguntei se podia ser naquela noite pois estava louca pra dar pra ele e pra minha surpresa ele respondeu: “ eu sei disso. Vou meter pica nesse cuzão”.
O gostoso marcou comigo para o outro dia a noite 20 horas e eu esperando aquela hora com ansiedade, curiosidade um fogo no rabo. Conforme o combinado eu teria que pega-lo depois de um jogo de futebol pois adora jogar bola. Fui então para a AABB da minha cidade pegar meu tesouro tão desejado, cheguei quase no início do jogo e ele quando me viu começou a se exibir, parecia estar jogando sá pra mim. Quando terminou o jogo fui para o carro fiquei esperando e lá vem meu gostoso entra no carro e agora sim seria sá nás dois. Ele tem um corpo tão cheiroso que mesmo suado era perfumado, excitada como estava sai dali com um único destino levar pomba no cú.
Comecei a errar o lugar da macha e passar a mão na sua perna, mandei ele tirar a camisa e fui logo para o pau; poxa gente eu não imaginava que seu pau já estava duração, não tinha me enganado era um tremendo de um macho safado, seu pau duro como uma pedra daqueles que ficam tão duro que encosta na barriga e não desce, vc tenta puxar pra baixo e o pau volta duro com força, ficava pulsando, na minha mão sentia aquela coisa não muito grossona, mas suficiente pra me fazer chorar porque tinha uns 20 cm de tamanho. Eu sem pestanejar parei o carro um pouco numa rua sem muita iluminação e coloquei o pau na boca e escutei um ahhhhhhhh, que gostosooooo ! do meu macho gemendo e se contorcendo todo, perdi o controle e chupei que babava no canto da boca e ele pediu pra irmos pra um lugar mais tranquilo.
Dei partida no carro e como adoro dar em terrenos baldios, construções, mata e cantos naturais o levei pra trás de um hotel aqui da minha cidade de Quixadá, lá no Belas artes e parando o carro fui direto chupando aquela tora e ele muito excitado ia fudendo minha boca segurando minha cabeça como se estivesse com medo da minha boca abandonar aquela sua tora. Eu que não sou nem um pouco burra com medo dele gozar na minha boca e não levar aquela tora duraça no cú, sai do carro desci a roupa e fiquei de 4 apoiada no carro e ele vestindo a camisinha senti aquela cabeça roçando a boca do meu cú e totalmente excitada pedia que ele metesse. Sem pensar fiz essa loucura porque senti a cabeça forçando meu cuzinho e gritei, o safado me segurou pelas ancas e foi já bumbando sá a cabeça, eu pedi pra ele parar porque estava doendo muito, ele me atendeu tirei seu pau e passei um pouco de cuspe e depois eu mesma pedi que ele ficasse quieto, parado porque queria eu colocar meu cú no seu pau, ele paciente me atendeu e eu fui deixando a cabeça entrar, deixando me acostumar, entrando e entrando e eu mesma gemendo, quando vi que estava tudo dentro comecei a rebolar e ai ele disse que era a sua vez me virou me colocando de quatro e eu comecei a gemer e a gritar, mas gritar mesmo porque o safado estava decidido a bombar meu cú sem piedade, era me fudendo, eu pedindo piedade e ele dizendo que meu cuzinho era gostoso, me chamando de puta, vadia, e eu sentindo aquela cabeçona indo e vindo dentro de mim, ele tirava quase toda e metia de uma vez, não sei como um cara desse sabe comer um cú numa trepada sá com tantas velocidades diferentes na mesma foda, era me bumbando, castigando no meu cuzinho e ainda dava umas palmadas na bunda.
O cara sabia fuder numa fúria mas ao mesmo tempo numa delicadeza que me enchia de tesão, fúria nos movimentos e delicadeza nos toques, nunca vi tanto gemidos no meu pescoço e ao mesmo tempo tanto palavrão, tanta sacanagem. Sem esquecer que os meus gemidos eram frenéticos e cheios de prazer, ora de dor, ora de um desejo sei lá nem sei como expressar uma loucura dentro de mim ou melhor dentro todinho do meu cú. Durante todo o tempo da foda ele com todo este vuco vuco dentro de mim o pau não saiu em nenhum momento porque o tamanho não deixava sair.
Depois que já estava morta de tanto levar pau eu comecei a implorar o safado pra gozar e o vagabundo reverteu a pergunta me dizendo: quer que eu goze agora ? Posso já gozar ? ai deu umas dez bombadas maiores que todas as outras que tinha dado enquanto eu gritava mesmo e escutei ele dizendo enquanto dava estas ultimas bombadas “ aaaiiiiiiiii vou gozarrrrrrrr, AHHHHHHHHH e senti o pau do meu entregador pulsando dentro do meu cú e os jatos de gala dentro do meu cuzão.
O cara estava esgotado sobre minhas costas depois que gozou com o pau todo atolado todo dentro de mim, gemendo naqueles últimos momentos de transe de uma trepada selvagem, eu totalmente satisfeita, fui tirando o pau dele de dentro de mim bem devagar com a mão e sentia a camisinha vir lá de dentro depois que a cabeça saiu, bem pesada de esperma, muita gala mesmo.
Não tem satisfação maior do que puxar uma camisinha de dentro do cú juntamente com um pau toda cheia de gala. A sensação de ter feito meu macho gozar gostoso.
Depois nos limpamos, nos vestimos e pronto tinha realizado meu sonho dei pra meu gato entregador que apenas vou chamá-lo neste conto de MM.
O deixei na porta de sua casa e fui dormir satisfeita porque meu cú estava realizado e eu também. Hoje estamos fudendo regularmente 2 a 3 vezes por semana. No práximo conto vou relatar como meu MM fudeu meu cuzinho outras vezes.

VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


conto lesbica humilhei minha amigacasadas putas fodendo com preso contocache:oIMLEWITCAIJ:okinawa-ufa.ru/home.php?pag=99 transparente e coladinha bucetinha"contos eroticos" cunhada peladaconto erotico arrombei o travesti do baile funkconvencimeu marido a ser cornonão perdoei a gostosa contosme fudeu dormindo contoscontos eroticos colega da faculdadeguero asistir filmi porno as freiras virgem goxando na bucetacontos eroticos fui comida na fazendacontos eroticos de como meu amigo me comendominha primeira traiçãoesposa bebada contos eroticosporno mulheris con a perna meia canbotaesfreguei a minha pila na bunda da minha tiacontos eroticos tio e sobrinha novinhawww.contos eroticos porno eu meu marido e o nosso cachorro fazendo dp zoofiliaContos punheta duplacontos eroticos de mulheres casada de manauscontos de cornocontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crentethararam thararam gostoso mãozinha pelo corpoporno coroa pauzeraconto prima choro com meu pau no cucontos eroticos policialo.segredo..de aline.conto.eroticohttp://contos erodicos matrinha e o primo e a prima transandogayzinho passou rebolando na minha frente contopoi ve a folha fundedo com o primo dentro de casacontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crenteContos.encesto.relacha.mae lady jane( zoofilia )incesto reais irmão tirando virgindade de irmã pequena em van escolarminha sogra perfeita na cama contos eróticosduas loirinhas e rucontos eróticos de lesbicas na piscinafudi a bundinha da juju com minha rola grande contosmae fode com filho contos eroticossarrou a bucetinha no meu ombro no onibuscontos lesbic de patroas seduz secretaria para um transa lesbzoofilia dssascontos eroticos de rabo inocentecontos bi fui espia meu tio fuder minha tia e dei pro titio com minha tia assistindoacorda depois de ter sonhado com a sogra pornocontos eróticos entre mulheres e homens super dotadosContos eroticas com cumadre bebadascontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crenteminhaboquinhacontoscontos eróticos locador com comeu a inquilinacontos eroticos arrombando a gordaconto ante de comer minha boceta papai lambeu ate meu cuconto de moçinhas inocentesaí mano chega pra praia e faz sexo com irmãoconto foda com cachorrocontos eroticos troca de casais entre cunhadoscontos pesados de arrombamento anal de evangelicass a forcacontos eróticos de patrão com secretária recentesdei o cuzinhu bem gostoso contoscontos eróticos esposa de bebado não tem donoContos eroticos o motorista e a ninfetacontos eroticos chantagemconto erotico meninos mi comeraocontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crentecontos porno chantagiando a cunhadacontos eróticos minha tia viu eu de cueca boxcontos punheta em calcinha da sobrinhaminha sobrinha no motel no meu pau conto eroticochupou pau de flanelinha dentro do carromeu viadinho querido gostoso novinho doze anos contos eroticosesposa de corno contos gosta na caracontos eroticos gay - minha irma me preparou