Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

TRANSA INESQUECÍVEL

Naquele instante ela acabara por entregar-se, em cima da mesa, vi suas pernas abrirem, e sua calcinha molhada marcando sua volumosa vagina. Uma lingerie, sofisticada, sexy, com suas rendinhas e cortes de modo a realçar seus dotes. Sem perder tempo, tirei sua veste íntima e beijei sua boceta com ternura, percorri toda sua extensão com a língua, até seu anûs, que lambi sem nenhum pudor. Vi sua pele arrepiar nesse instante.rnrnPude ver aquela mulher que outrora se mostrara tão íntegra e imponente, abrir-se e derreter-se em meio as minhas lambidas cheias de excitação. Chupava seu clitáris com desejo, em resposta ela contorcia-se num movimento intenso de vai e vem, demonstrando sua enorme vontade de amor. rnChupei sua vagina até senti-la encharcada de excitação, suas pernas pressionavam minha cabeça, toda vez que sugava seu clitáris, fazia de forma rápida e descia lambendo seus grandes lábios, e introduzia minha língua rígida dentro de sua boceta, fazendo com que ela imaginasse um enorme membro penetrando suas entranhas. Minhas lambidas cheias e rápidas por cima de sua deliciosa boceta deixavam aquela mulher maravilhosa, extremamente excitada. rnQuis provar novamente seu anûs e lambi com mais intensidade dessa vez, abrindo com as mãos aquelas deliciosas e macias nádegas. Arrepiou-se novamente. Com meus cabelos entre seus dedos, pressionou minha cabeça em direção ao seu maravilhoso cuzinho.rnrnQue delícia de corpo, um metro e sessenta e oito de altura, não muito alta, mas o suficiente para atrair olhares em qualquer lugar em que passasse. Sua pele branquinha e macia contrastava com seus cabelos negros como a noite. Seios médios, duros e empinados, por detrás daquela camisa de botões, semi aberta.rnrnPuxou-me para perto de seu rosto e beijou-me. Que beijo, que desejo! Abriu o zíper de minha calça e acariciou meu pênis com força e desejo. Ao lamber minha glande, caí na real de aquilo realmente estava acontecendo. Sua língua descendo pelo corpo de meu pênis passava pela base e subia novamente. Num movimento rápido, introduziu-o por inteiro em sua boca. rnrnQue delícia, estava louco para penetrá-la, ela chupava, desgutava, deliciava-se intensamente, me levando ao delírio. Perguntei-me quantos mais ela deveria ter provado até chegar nessa perícia, demonstrava experiência, sabia o que deixava qualquer homem pirado.rnrnApesar dos anos começarem a marcar seu rosto ela era uma mulher muito charmosa e envolvente. Seus áculos quadrados apenas atiçavam a minha mente com mil e uma fantasias. Sua boca de lábios pequenos trabalhava muito bem em meu membro latejante, levando-me a beira da explosão. rnPerto do gozo não podia mais esperar. Segurei seu cabelo e puxei-a em direção à meu rosto. Beijei com vontade sua boca melada de saliva e senti o gosto de meu pau em sua língua. Ela sorriu. Num movimento rápido deitei-a sobre a mesa, levantei suas pernas e lambi deixando bastante molhada sua linda boceta. Pincelei sua vagina com meu pênis, já pedia por um membro viril e rígido para rasgá-la. Não pensei muito e penetrei-a com força.rnrnEla se contorcia conforme meu pênis ia rasgando sua linda boceta. Meti forte e rápido, e ela queria mais, e mais. Atendia a seu desejo conforme conseguia, o tesão me dominava e já estava na cara que não iria aguentar por muito tempo, ela não queria saber. Desejava meu pau bem fundo e com força e eu atendia a seu desejo. Notando que estava prestes a encharca-la com minha porra, ela tirou meu pau de sua boceta, levantou, deitou-se de bruços, e pediu que eu lambesse seu cuzinho.rnLambi com vontade, bem fundo, entrando com minha língua em seu botão. Ela já toda arrepiada, pediu para que eu comesse sua bunda. Não hesitei nem por um instante e penetrei aquele maravilhoso cuzinho. A cabeça do meu pau fora engolida por aquela bunda majestosa, de início bem devagar, para que suas pregas se adaptassem ao formato do meu pênis. Não demorou muito e eu estava metendo com força aquele cú maravilhoso. rnEla delirando de prazer chegou ao gozo, quando notei o que estava fazendo não segurei e gozei junto, enchendo o ânus de esperma. Tirei devagar de seu cu, e pude ver aquela maravilha cheia de porra. Ela sem pudor nenhum se virou e chupou meu pau com todas as forças que ainda lhe restavam. Puxei-a para cima e beijei sua boca. Minha sogra então pôde entender o que sua filha sentia todas as noites.

VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


contos de coroa com novinhocontos eroticos de despedidas de solteiracontos homem casado chupa picq homem casadocontos eroticos fui enrabada dormindocontos eroticos curiosacache:GAEDmAeFVBUJ:okinawa-ufa.ru/m/conto_18319_fodendo-gostoso-minha-paciente.html Contos eroticos meu sogroEncoxada no trem contos eróticoConto erotico novinha.pediu pra passar bromseadorcontos eróticos de negros em carnavalcontos eroticos arrombando a gordaContoseroticoscavalomamilo vazando contosConto de machos arregacando os buracos da putacontos eroticos de travesti comendo seu namoradofiquei excitada e dei para um mendigoChaves enfia o dedo no cu da chikinhaconto incesto minhas irmãs gritaram no meu paucontos sobre velho taradoa calcinha toda travada no rabomeu filho meteu no meu cu ardeu muitocontos eroticos traicao com pedreiroscontos veridicos de japa com negao de pau gigantecontos fudi minha cunhada emplena lua de melgozadinha na menuninha contos okinawan gélico pornôPraticantes de zoofilia com cadelas e jumentascontos eroticos minha sobrinha meu amor part1Contos afeminado c shortinho socadocontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crenteconto erotico princesa aronbada na favelacontos eroticos meu marido trouxe um amigo negao pra dormir em casagostosas com mini calsinha saindo o beisinho da buseta de ladacontos de sexo comi minha sogra em quanto a minha esposa tomava banhocontos eroticos de velhosespiando a comadre tomar banho contos eróticoscontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crenteIzildinha gozando na buceta da outraPuta merda!!!para!(conto teen gay)contos eroticos fudendo a amiga da minha mae crentemarido corno/contosfui dormir na casa da tia e comeu o Helenaonto de encesto fui pega minha filinha no preenteadinha putinha contoscontos bolinadas no parqueContos eroticos minhas irmas e minha mae fizeram um gang bang com muitos negoes no sitiohome dar cu usano calcianhacontos de coroa com novinhotesudas contocontos eroticos novinha com amigoConto enteada na pescariacontos eróticos fazer oque a sogra me deu a bundacontos lesbico eu a mulher do traficanteContos eróticos estreiando á xaninhachantageada e humilhada pela empregada negraRelatos eroticos de professoras casadas brancas que foram usadas por alunos negrosconto erotico minha mim deixado de castigoContos eroticos saia rodada e fio dentalContos dei o cuzinho para a travesti fabiola voguelconto erotico incesto sonifero filhacontos eroticos flagrei minha mae fudendo com travesticontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crenteconto porno infanciaConto sogra magrelinha gosta de orgiamarido realizando sonhos eroticos da esposaVelho picudo.conto eroticocontos de coroa com novinhoContos eroticos de asados fasemdo trocas com as esposascontos eroticos a bunda gostosa da minha cunhadaconto vovó e sua anacondacontos eroticos minha namorada virgemContos eroticos viagem a africacontos eróticos a enteada bem novinhacomo fica a bucetaalargada com garrafa?minha tia é demais ela chupa eu gozo e ela continua chupando