Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

FANTASIA POR NEGROS DOTADOS

Me Chamo Nelma Tenho tenho 28 anos Branquinha, cabelos natural castanhos (costumo tingilos de loiro) minhas medidas exatas: 1,62 metro, 50 quilos, 60 cm de cintura, 84 de busto e um quadril de 92 cm. Pretendo relata a maioria das minhas aventuras e experiencias sexuais mais a principio quero falar de uma tranza que tive com um Negro Dotado.rnrnNunca namorei um negro, mais às vezes gosto de superar os meus limites nem que eu venha a me arrepender de dor no outro dia mais ter o meu corpo e orifícios explorados e abusados me deixam com uma satisfação garantida por um bom tempo.rnEm 2009 eu com mais alguns amigos iríamos sair em uma escola de samba sendo q nossas fantasias (biquíni e umas proteções de plástico com penas e um capacete todo enfeitado) estavam num barracão na área portuária e o transito caático, com um pouco de atraso chegamos a Sapucaí e ficamos esperando na concentração a de entrar o meu namorado que iria desfilar comigo não veio porque a duas semanas a traz havíamos brigado e feio. Então quem ficou com a fantasia dele foi um cara negro (Julio uns 35anos, magro e um pouco mais alto que eu) eu achava que era amigo de uma amiga minha pois ela tinha alta intimidade e sabia o nome dele. A minha ala seria a terceira alas depois a dos meus amigos. O desfile foi uma maravilha sendo que no final eu havia me perdido dos meus amigos então fiquei aguardando uma pouco mais eles apareceram, e nisso Jorge comprou algumas Smirnoff Ice ao qual fiquei animadinha tomando 5. Então por sorte um amigo dele de moto estava por perto e tivemos a idéia de irmos até o barracão pra poder eu pegar minhas coisas e meu celular. Chegando no barracão e não havia ninguém e boa parte estava as escuras, fui direto pegar o celular pra ligar pros meus amigos e nisso fiquei sabendo que eles já haviam pego as coisas e já estavam em casa, fiquei puta da vida. Pedi pro Julio onde era o banheiro pois eu estava apertada, entrando percebi que não havia portas, mesmo assim eu fui correndo em tirar minha fantasia, enquanto eu estava mijando ele me entra no banheiro coloca o pau pra fora e começa a mijar também e nisso eu pergunto se ele não poderia esperar la fora, e com uma voz alterada ele me fala que estava apertado e se eu nunca havia visto uma rola na vida e respondi que ele estava bêbado e pra variar ele me balança e vem parar na minha frente. Pedi pra ele parar de graça pois piruzinho mucho eu via todo dia, ai que ele se alterou e mandou eu pegar eu relutei mais peguei o pau dele ainda sentada no vazo. Ele começou a mexer a cintura pra simular uma punheta. E nisso ele começou a meche e puxar o meu cabelo pros lado e eu meio que relutando. O pau dele foi crescendo na minha mão comecei a senti um tesão na xaninha, e nisso minha mão já apertando e batendo uma punheta pra ele mais eu falei que la não era lugar pois poderia vir alguém, me levantei e fomos até um corredor escuro que havia um sofá. eu estando sá de biquíni sentei e comecei a bater uma punheta pra ele bem forte e falando pra ele gozar logo, mais ai ele já queria que eu chupasse porque não estava dando certo e sem pensar 2 vezes meti a minha boca naquele caralho grande e grosso. O tesão já tomava meu corpo (já a 2 semanas sem transar) mais eu ainda relutava em ceder. Sem eu me dar conta ele já estava passando a mão nos meus peitos que estavam pra fora e com a outra mão apertando minha bunda e nisso eu por cima do biquíni me acariciado. Minha boca já estava toda babada e nada dele gozar. Comecei a fazer uma espanhola e nada. Então parei e pedi pra ele me chupar enquanto eu o descansava e em segundos se ajoelhou no chão colocou meu biquíni de lado e começou a me chupar como nunca, nossa como eu gritava e gemia de prazer, pois ele me dava um chupão bem forte no grelo e aquilo me levava às nuvens. Ele pegou minhas pernas e levantou e começou a chupar meu cuzinho, nessa hora comecei a ter orgasmos múltiplos de mijar na cara dele. Ele se levantou e já querendo meter na minha bucetinha, perguntei se ele tinha camisinha e ele disse que não, me levantei fui até a minha bolsa e pro meu azar eu também não tinha, então pedi pra ele não gozar dentro e ele concordou me prometendo, ficamos do lado de um freezer em pé e ele tentando me beijar mais eu não queria, e com dois dedos entrando minha bucetinha e a outra mão apertando minha budinha. Debrucei-me no freezer abri minhas pernas e ele começou a sarrar aquele caralho na minha bunda, que creio eu tinha muito mais de 22cm, quando ele colocou a cabeça dentro dei uma segurada e pedi pra ele dar um tempinho, comecei a dar uma rebolada e aos poucos bem de vagar ele foi entrando. Chegando na metade ele começou um vai e vem ao qual eu ajudava e ele cada vez mais ia empurrando, as coisas começaram a ficar mais rápida e eu já toda debruçada no freezer sem forcas de tanto gozar minhas pernas escoriam meu gozo e ele inconformado começou ao mesmo tempo enfiar o dedo no meu cuzinho ao qual me deixou mais ainda fora de si, comecei a falar um monte de putaria pra ele ao qual ele foi me maltratando mais ainda, quando percebi que ele já iria enfiar o quarto dedo me levantei e fiquei de quatro no chão e pedi pra ele vir com tudo. Ele deu umas 3 cuspida na portinha e veio me rasgando toda, eu gemia de dor e prazer e ele sem piedade foi socando cada vez mais ate sobrar do lado de fora sá as bolas, já sem forças me arriei no chão, depois de eu gozar inúmeras vezes ele com mais força e aos gritos ainda gozou dentro do meu cuzinho.Senti aquele leite quente me enchendo mais ainda, depois com ele deitado em cima de mim que reclamei com ele que não era pra gozar dentro, mais enfim deu tudo certo. Levantei-me toda arrombada e meio sem forças e a porra dele escorrendo pelas minhas pernas e como tinha porra dele saindo do meu cuzinho. Fomos nos dois tomar banho. e no o banho queria mais então falei que tinha que ir embora e demos uma mais rápida e nessa ele gozou na minha cara. Depois disso nunca mais eu vi, nossa escola de samba não ganhou e até hoje não voltei lá. rn

VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


contos eroticos de velhoscontos eroticos troca de esposascontos eroticos ela não queriaver contos de lesbicasa trois com minha cunhada Arromba essa puta soca essa rola na minha buceta me fode contosxoxota toda ardida com a madeira dentrocontosesposasnapraiaconto erotico transei com uma velha deficiente especialconto lesbico tia iniciando a sobrinhadesejo sexual pelo sobrinho contosLóira safada narra conto metendo na coberturacontos tia tirou os pelos do pau do sobrinhocontos fudendo casal bi drive innchupada por mendingo e seu cachorrocontos eroticos o meu padrasto virou dono da minhavou rasgar sua boceta vagabundaconto eroticos primas gostosa veio min vizitarloira cris casada fode com negao contos eroticosfazenda de nudismocontos eroticos flagrei minha mae fudendo com travesticontos eróticos comendo a mulher do irmão na festa do final de anofilho comendo a mae morena baixa contos reaisMenina da pracinha, contocontos porno de chorocontos eroticos arrombando a gordaContos erotico travest crenteenfiado a buceta na grafi de cama xvidiomeu padrasto meteu o piru na minha buceta em contoscontos eróticos de novinha que deu a b******** bem gostoso para o cão f**** o cachorrocontos eróticos priminha sapecamete seu molequi safado cotoschupando a buceta da minha vo dormindo contocontos tiachupa rolameu cu ficou rasgado e sangrando contosirmao encochando no buzaomendigos me violaram contos eróticoscontos de sexo entre conhados gayContos eróticos dei pra todos os homens da famíliaconto erotico lésbicas roçando.a buceta na caraContos de casadas inrrustidasfrutapornovelhaproctologista me comeu gayConto gostoso picante paicontos gays reais/a anaconda do meu primocontos intimo de uma enteadanão perdoei a gostosa contosorgia com os nerdes casa dos contoscontos eroticos de sogras velhascontos eroticos cagou no pauconto eróticos zoofilia estrupei cadelafudendo por um jumento contosContos de transas com dotadosconto porno tia do amigo bebadacontos eróticos gay e casal bisem piedade nem caridade no cu da putinhaler contis eroticos para tocar uma siriricacontos erotico lesbico tirei a virgindade da minha irma com uma cenouracontos erotico meninas dorfanatoporno espiando a cunhada se peegadoconto enfiei a cueca no cumachos colosso por caralhosvídeos de porno mulher gazando espirrando no caralho grande tremorcontos de lesbicas coroascontos eroticos sobre viadinho famintoporno gay contos erticos viajando com o meu padrasto caminhoneiroContos eroticos c imagens meus dois chefes me comeram por dinheirocontos travesti transando com cachorro filacontos eroticos gozei gostoso no estuprocontos porno gay sobre conhadosconto esposa caralhudocontos eróticos, meu chefe exige a minha esposaGozou na minha buceta contos eroticossobrinha peladinha contoscontos esposa branquinhacontos de mae fudendo com o próprio filhocontos fodendo a namorada de todo jeito