Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

A CURRA DE MAMAE 2

apos o jantar eu e meu pai fomos colocados na sala amarrados em duas cadeiras .entao todos eles sadicamente riam em nossos rostos enquanto inha mae ficava sentada no colo do chefe deles que manuseava os seios dela ora esfrefegava os dedos no grelo dela penetrando sua buceta com dois dedos ela comos olhos fechados suspirava profundamente ante a envasao daqueles dedos e ouvia-se o ruido nitido que sua buceta estava umedecida ele acelerava os movimentos fazendo ela gemer meu pai tinha os olhos fechados nao querendo ver tal cena mas os gemidos profundos dela envadia a sala e o cheiro desexo imundava o ambiente .ele falava baixo no ouvido dela e como se ela estivesse em tranze seu corpo tremia como se entrasse em convulçoes e ganindo como uma cadela no cio mamae pedia para ser fudida.ele gargalhava se fazendo de desintendido mandava ela falar mais alto e ela aos berros implorava para que entrassem nela entao ela ficou de cocoras mamando no pau dele como uma bezerra faminta e de sua buceta pingava seus sucos formando uma poça ela se masturbava como louca e com seus dedos lubrificava seu cu com sua propia seiva . foi quando recebeu por tras a pica de outro deles e rebolando freneticamente ela gemia ensandecida louca possesa ela foi sentando na pica que estava toda atolada no seu cu e encostou suas costas contra o mpeito do macho que a enrabava e abrindo as pernas se deixou penetrar por outro caralho na buceta e com o outro na boca ela saracotiava tendo treis rolas ocupando todos seus buracos . um deles esbofetiava meu pai para ele ficar de olhos abertos para ver a puta que ela era ns maos deles que se revesavam alternando em todos seus orificios porra escorria dos labios dela que chorosa uivava como uma loba no cio sempre pedindo mais . ela ficara insaciavel sentindo as cassetas que a violavam de todas as maneiras eu sabia que mamae nunca mais seria a mesma . pois naquele dia despertara nela todos os instintos de uma mulher insaciavel e mamae curtia aquela curra como uma orgia alucinada e toda lambuzada completamente arrombda mamae chorava ria e gemia alucinada sentindo um praze enorme que se estampava em seu rosto e sodomizada arreganhada fudida e arrombada mamae era so delirio naquela curra intensa meu pai chorava vendo ela se deleitar nas enormes cassetas e mamae nao se importava com nos alucinada era so delirio curtindo aquelas fodas como uma vadia qualquer e noite a dentro ela foi seviciada de todas as formas possiveis e como se fosse um fantoche nas maos deles ela se deixou penetrar tendo dois membros dentro da sua buceta e depois dois outros dentro do seu cu e com uma habilidade espantosa ela chupava as rolas com sofreguidao engulindo-as todas ate chegarem em sua garganta e como se fosse uma efomeda sorvia toda a porra que era derramada em sua bocaengulindo tudo mao desperdiçando nenhuma gota inconformado meu pai ficou com o olhar perdido no tempo eu so sentia que novos momentos alucinantes estariam por vir agora sempre pois mamae era uma puta insaciavel eque depois deste dia ela sempre iria querer muito mais pois todos os instintos bestiais haviam despertado nela [mamae era agora uma puta]

VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


ele implorou e eu engoli sua porraLevei minha morada para trás do muro da escola e transei com elaconto erótico na praia com a família da esposacontos pornôs gangbang madrasta obriga enteadacontos eróticos prima e irmãcontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crenteminha tia olhando meu paucontos eróticos padres heterossexuaisgozando no cu peludinhos das velhas feiascontos gordas eróticoo homem abre a periquita da mulher e chupa e coloca um botijão dentro da vajinhaconto porno-minha mae e minha avocontos de crosdresseresesposa rabuda na dp com amigos contoscontos eu durmo de saia sem calcinhadoeu mas gostei contosex cunhada safada casada com presidiárioconto com irmã casadaMeu nome é Suellen e essa aventura foi uma delícia.rnSempre nos demos bem, erámos vizinhos e amigos. Eu tinha 18 anos, ele 16. Nossas casas são práximas, tanto que a janela do quarto dele dava pra janela do meu quarto. Eu sempre gostei de provocá-lo,dei,dou,e sempre darei a buceta em contosContos eroticos crentepornô com cavalos mangalarga fazendo com mulheres no cavaletecache:5Hgss0gp0hgJ:okinawa-ufa.ru/conto_6845_infancia-bem-feliz-com-papai-e-irmaos.html contos de sexo no bus primeira vezconto minha tia minha safadacontos eroticos cadeiapau duro micaelaesposa no motel com amigos contoler contos eroticos de casais fudendo dentro de cinemas com outros homenscontos eroticos flagrei minha mae fudendo com travesticontos eroticos da esposa greluda e o ginecologista velhogordinho tetudo gay contoscontos fumando crak com travecoxvidio cu mas floxo e da peidicontos eroticos fui comida pelo meu chefe e chingada feito uma puta vadiaRockeiro contos eróticosfui enrabado pe lo o yravesti na baladacontos eroticos brecheiContos homem casado se veste de munher e da cucontos eróticos negão sou o cu da minha mulheresposa fode com doze homenscontos de sexo de professoravídeos pornô de avô sentando a netinha de sainha curtinha no colocontos eroticos de casada pedindo ao marido outro homemContoseroticoscomsogrotraficante comendo a travesti conto eroticoconto erótico infânciacontos eroticos de maridos brochasconto erotico sou empregada e viuvacomendo a prima linda do cabelo super comprido e muito vadiaMostra para mim gosto seca bem gostosa as pernas bem malhadas peitinho bem durinhocontos erotico meu cunhado e meu sogro me estupraramcontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crentecontos meu marido ajudou amigo dele me comercontos lesbicas esposa com mulherPorn contos eroticos escrava gangbang humilhadacontos eroticos homem engravida esposa e sograConto erotico sobrinho fudeu gostoso com a tia coroaconto amiga cabacinho da minha irmacontos gays amigo do paicontos porno obrigada engolir porra com muito nojofiquei de pau duro atras da enteadacontos eroticos ela desmaiouconto erotico sequestrei e comi incestocontos coroas negras tiasencoxadas nos blocos do carnaval contosCU arrombado ABERTO madrasta contocontos eroticos pegano a moreninhacontos de incesto gay brincando de lutaIrmã cuidando do irmão acidentado contos de incesto femininovizinho tezudocontos eróticos trai com consentimento do meu maridoGozei na buceta da maninha e emgravidoucontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crente