Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

MINHA PROFE 2

continuando...rnNa sexta eu liguei pra profe e disse que topava ir na casa dela então ela disse que me esperava as 14:00h e que era para ir de banho tomado de calçinha branca e com um vestidinho sá de alcinha, no sábado falei pra minha mãe que iria passar a tarde na casa da Gabi minha amiga então me arrumei e fui pra casa da profe, chegando lá ela me deu um abraço bem gostoso e fomos pra sala sentamos no sofá e ela perguntou se eu tinha vindo de calcinha branca como eça tinha pedido e eu disse que sim e ela disse que adorava menina obediente e me perguntou " Ju tu vai ser obediente e fazer tudo que a profe mandar?" e eu disse claro que sim profe " átimo Ju assim que eu gosto então agora tu levanta e fica na minha frente e tira toda a tua roupa eu quero te ver pelada e te examinar todinha" confesso que na hora fiquei vermelha mas tirei as sandalhas e o vestido tb ficando sá de calcinha então ela disse " Ju a calcinha tb tem que ficar peladinha" eu fiquei parada por um tempo e logo senti as mãos dela baixando minha calcinha, enfim estava eu pelada na frente da minha profe ela pediu para eu virar de costa e depois ela disse que eu era muito linda e gostosinha e me pegou pela mão e fomos para o quarto dela ela me deitou na cama dela e me disseque iria me ensinar a namorar com uma mulher então ela tirou a roupa e ficou pelada tb ela tinha seios lindo e eu disse báh profe a tua xexeca tb não tem cabelinhos e ela riu e disse " Ju é que a minha dona não gosta de pelos então eu sempre depilo com cera" eu perguntei como assim dona e ela me disse que depois me explicava então ela deitou na cama e me disse que tudo que ela faria eu teria que fazer igual e ela perguntou se eu ja tinha beijado de linguá e eu disse que não ela disse que era pra eu relaxar e deixar ela me levar então ela me deu um selinho e alingua dela foi abrindo meus lábios e encontrando a minha língua ainda virgem foi muito bom depois ela perguntou se eu tinha gostado eu disse que sim mas que acha que tinha feito xixi pois estava sentindo a minha xexeca muito molhada então ela me explicou que não era xixi e sim que eu estava muito exitada e disse que ela tb estava e me disse outro sinal é os bicos do seio ficarem muito duros e de fato estavam como nunca estiveram então ela veio e lambeu eles e eu gemia muito depois ela foi pra minha xexeca nossa que coisa gostosa e logo gozei pela primeira vez descansamos um pouco e ela disse agora vc faz igual em mim eu fui fazendo como ela mandou mas na hora de chupara buceta dela fiquei com um pouco de nojo mas botei a boca e achei o gosto delicioso e logo ela gozou dai ficamos as duas abraçadas e eu perguntei sobre aquela histária de dona dela ela me disse pra eu entender teria que conheçer ela também e eu disse que sim então a profe me disse " Ju a minha dona é muito brava e exigente e o que ela mandar tu fazer tu vai ter que fazer e não pode te nojo, será que tu vai topar?" cofesso que não sei o que me deu mas eu disse que sim ela disse então vamos fazer um teste pra ver se eu posso te apresentar pra ela "Ju eu preciro ver tu fazer xixi e coco tu esta com vontade agora?" eu disse até estou mas pq isso? e ela já disse que não posso mais perguntar nada então ela disse" Ju agora tu vai ser a minha cadelinha e eu vou te colocar uma coleira e vou te levar lá no pátiuo pra fazer coco e xixi e eu peguntei mas na rua e ela falou " o que eu te falei sobre perguntas?" eu disse tá eu tinha esquecido, então ela mandou eu ficar de 4 e me colocou a coleira e fomos nás pro pátio eu toda pelada e sá de coleira caminhamos um pouco pela grama até que eu disse profe quero fazer xixi e ela disse "Ju cadelinhas nunca falam sá latem, então pra xixi é um latido e pra coco é dois entendido? " eu sá balançe a cabeça dizendo sim e logo depois dei a minha primeira latida e logo ela disse " hum a minha cadelinha minna cadelinha quer fazer xixi ? então espera que eu vou sentar atráz pra ver o xixi sair da tua bucetinha" então ela sentou atraz de mim e mandou eu fazer fiquei toda envergonhada mas fiz ela então disse e coco não vai fazer? então eu fiz força e começou a sair até que fiz um cocozão então fomos para dentro de casa eu ela disse que essa era a parte que eu não poderia ter nojo eu disse td que tu mandar então ela veio e lambeuu meu cuzinho e minha bucetinha e disse agora tu esta limpinha e ela disse que a dona dela iria levar nás duas para fazer as necessidades e teriamos que uma limpar a outra, eu disse mas não é ruim? e ela disse que não e perguntou se eu topava eu então disse a profe quer que eu faça e ela disse que ficaria muito feliz entã eu disse então eu faço e disse que iria marcar com a dona dela e me avisaria. Ma este será outro conto aguardem.

VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


contos de incesto comendo a irma separadacontos eróticos ensinando à casada gostosa à gozarcontos erotico a bunda da minha norinhamulher sobe em cima da pica do manequimcontos erotico elas reclamam do pau grandimae mijando tesao contoscontos eróticos mostrei o pau pra minha mãecontos erótico Paráarombei o cu da mulher do meu amigo contos eroticos pornoconto erotico enfiou objetobuceta carnuda comtos de sexocontos eroticos apanhando p abrircomi o cu da minha sogra linda e da filha elas gritavaLoira de itanhaem mostrando os peitosgotosa pede procara goza dentodelaconto erotico sougostosa e taradamuleque batendo punheta contosconto erótico chantagem putinha pobre cu coloporno coroa pauzeracomigo véi da irmã da minha mulher contos eróticoso travesti apertou os meus mamilos e me comeuagora sou viado dominado pelo machocontos erotico meu padrinho estava com shorte de,jogador ai eu so de sainha passei esfregando a bunda na frente deleconto erotico me inseminavideoo porno da bundona de chorte de burmiminha tiade fio dental exibidamoleque no ônibus contos eróticos gaycontos eróticos priminha caçulacontos mulher da na frente dos filhosNao aquento conto pornocomofuder uma egua Contos eroticos dei minha munher pro negãopornô doido irmão f****** irmã fortemente com pau bem grandãocontos virgem encoxada no busuma.gradi.rola gozano.nabuçetacontos eroticos de rabo inocenteconto erótico sentada melcontos fudendo casal bi drive inncontos erotico a bunda da minha norinhaminha namorada apertando meu pau com a sua bucetaContos eroticos pai liberal.comamiga da minha vo conto eroticoGay contos meu machomulher louca de tesão gozando no peito na boca o dedo na bocameu padrasto fou no meu quarto vcontoscontos de zoofilia sobre eguas e jumentasaravando as pregas do cu virgem fa espozaconto erotico pivetemeu tio me dava a mamadeiracontos eróticos minha vida depois do filhocontos.encochando.uma.negra.bundudacontos eróticos com baixinhameter na minha cunhada separadacontosContos eroticos estuprada pelos mendigosMeu amigo deu sonifero pra sua mulher pra eu ver ela peladinhacontos eroticos do R.G.do SulMaicon tá doida ela me pediu pra comer sua esposa na frente delechupando a buceta da minha vo dormindo contoSebastião, o vaqueiro que gostava de cavalgar 2conos eróticos verdadeiro convenceu a mulher a a bundaincesto realidade fantasias contoamiga da minha vo conto eroticocontos papai meu irmaozinho que vira mulher como o cusinho dele vaiconto flagei meu pai marturbandocontos de coroa com novinhovideos porno enfiando a mao nao buceta da egua zoofiliaconto ru e minhas filhasContos eróticos de gay comi o filho do meu patrãocontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crentefudida por incomendaconto lesbico garota come cu da boasuda eterominha prima malcriada contoHugo tá gostosinho de comercontos de incestos quebrei a perna