Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

CONSULTA INESQUECIVEL

meu nome é Otavio, sou medico, e vou contar uma coisa que aconteceu comigo ha um mes...rntenho 47 anos, 1.75 90 kg, nao sou atletico nem uma beleza de homem,...rnrnestava em meu consultorio cansado, depois de atender um monte de gente, nao vendo a hora da ultima consulta chegar, rnparecia que o dia seria interminavel... ate que chegou a ultima consulta...rnrncomo eu havia me atrasado com os pacientes, minha secretaria entra na sala e me diz... olha, seu ultimo paciente esta esperando, nao tem mais ninguem p atender, rnposso ir embora? pois tenho dentista marcado...rnrndispenso a secretaria, dizendo, jaja estou indo tbm...rnrnela sai e eu suspiro imaginando... ate que enfim, vou acabar....rnrnolho o nome do paciente.... Maria Eduarda... 30 anos... imagino...deve ser uma daquelas pacientes mal amadas, cheia de filhos.... ainda bem q é a ultima hj...rnrnquando abro a porta me deparo com uma mulher maravilhosa....rnrnvestida em um mini vestido de malha, colado ao corpo mostrando suas curvas, olhos castanhos, cabelos compridos, com mechas, um corpo escultural em seu 1.70m, seios medios e uma bunda de dar rnagua na boca de qualquer homem...rnrna chamo pelo nome e ela abre um sorriso que gela minha barriga... labios carnudos, maravilhosos....rnrnna hora meu cansaço sumiu e meus pensamentos foram longe... rnrnela entra, conta suas queixas.... olhando dentro dos meus olhos, eu nao consigo me concentrar no que ela fala, pois tudo que quero naquele momento é me imaginar beijando aquela boca...rnpercebo que ela nota minhas intençoes, pois suas palavras sao cheias de sedução, e olhares gulosos...rnrnpeço a ela p sentar na cadeira de exames, ela se levanta e ao sentar deixa as pernas um pouco entreabertas, o suficiente para eu notar que ela esta sem calcinha...rnela senta me olha nos olhos e diz... vai doer o exame doutor?rnmeu coração dispara, quase sai pela boca e meu pau fica duro imediatamente.... me levanto, olho p ela e digo... nao precisa se preocupar, vou te examinar com muito cuidado p nao doer...rnse doer voce me avisa?rnrnela com olhar safado diz... se doer vai ter que assoprar...rnrnchego ao lado dela... peço p abrir a boca e coloco o abaixador de lingua... ela abre sensualmente a boca passando discretamente a lingua nos labios e quando coloco o palito em sua boca ela encosta a perna na minha perna, e como sua mao estava no encosta da cadeira, acaba encostando as costas da mao no meu cacete duro...rnela percebe e diz...rnrndoutor... esse instrumento aqui debaixo me parece estar mais firme que o de cima não dá p o senhor me examinar com ele? ..olhando nos meus olhos ela discaradamente apalpa meu pau sob o jaleco...rnrnnao resisto e beijo aquela boca deliciosa... beijo sua boca passando minhas maos sob seus seios.... sinto os biquinhos durinhos.... ela apertanto meu pau por cima da calça...rncomo dois animais no cio... nos pegamos, ela abrindo meu jaleco sem parar de beijar minha boca, eu apalpando e alisando ela... passando minha mao por cima da sua roupa, levantando seu vestido, vendo uma buceta com poucos pelos e lizinha...rnsento ela na cadeira me ajoelho, coloco suas pernas sobre meus ombos, e falo, vou examinar sua boca aqui debaixo, com meu instumento oral...rncomeça a lamber suas pernas debaixo p cima, sinto ela arrepiada e soltando gemidinhos de tesao...rnfalo pra ela... vou te fazer gozar na minha boca sua PUTINHA SAFADA, ELA abre bem as pernas, se arreganha toda e diz.... bem meu macho, chupa sua putinha...chupa sua vadia...rnrncaio de boca... começo a chupar sua buceta freneticamente, esfrego meu rosto nela, passo a lingua em movimentos circulares no cuzinho, e vou subindo, ate achar o clitoris... beijo, lambo, dou mordidinhas e volto a lamber.... enfio um dedo em seu cuzinho e outro na sua buceta e continuo chupando,.... sm parar, de vem enquando pergunto, ta gostosdo da minha boca putinha... ela geme, pede mais, rebola desesperadamente na minha boca... rneu falo, quero seu gozo na minha boca tesuda...safada. vadia....rnela se retorce toda e gritando gozzaaaaa desesperadamente na minha boca, posso sentir seu liquido gostoso lavando meu rosto.... ela treme, e relaxa na cadeira...rnrnme levanto e falo,... nao acabou o exame putinha...rnabro minha calça tiro meu cacete ja melado de tanto tesao e começo a pincelar em sua buceta....rnesfrego ele de cima a baixo.... ela geme, começa a falar, que delicia meu machoooooo, fode sua putinha, fode....rnrneu continuo esfregando meu pau naquela buceta olhando p ela que esta com as pernas abertas e a buceta escancarada p mim....rnmeto de uma so vez em sua buceta, fazendo ela gritar de tesao... começo a meter com força, ela me enlaça com as pernas enpurrando minhas costas no sentido da sua buceta, querento que meu pau entre ate o fundo de sua gruta....rnfico assim um tempo, ela urrando eu gemendo de tesao....rnnessa posição levando ela sem tirar meu pau de dentro e a coloco em cima da minha mesa....e digo, aqui que prescrevo o remedio p vc...rnvou te dar um remedio topido... te encher com meu remedio.... voce quer?rnrnela diz ...queroooooo.....rnrncomeça a meter com força, ela deitada sobre a mesa, eu em pe fudendo sua buceta...com força....aumento o ritimo, metendo e chupando seus seios, beijando boca e pescoço....rnparece que somos um...o ritimo acelerado falo...vou te encher de porra.... ela diz gozzaaaa, enche sua putinha de porraaaaaa. elaaaa voooou gozzaaaarrrrrr..... rnjuntos explodimos num gozo alucinante.... nossos gritos ecoam na sala, sem se importar se alguem estivesse ouvindo ou nao....rnrnficamos um tempo assim abraçados, ela deitada na mesa, eu dentro dela, beijando aquele rosto e boca lindos...rnrnnos recompomos, peço uns exames para ela e digo, vou esperar seu retorno....rnrnela diz... pode contar com isso doutor...rnrn( continua nos proximos capitulos...)

VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


meu sobrinho de treze ano conto gaycontos eróticos novinhas chingadas de putas com coroas na fazendaContos eroticos minha esposa e o estrangeirominha iniciação gay contoscontos erótico com meninas dopadasokinawa.ufa.ru conto orgíascontos ,minha noiva nao deu mas chupou ate gozarentreguei a filha ao marido contos eroticosHistorias eroticas Swingdedo no cu da filha no colo da mãe contoSarado tesao mexendo movimentoconto erotico minha namorada dançando com outro na baladacomi minha prima contos eroticosgozei muitodentro da buceta da minha prima gordinhacontos erótico perdi a virgindade da b***** e do ku com meu patrãocontos eróticos tias iniciando sobrinho novoo velho tarado me comeu contopapai me ensinou chupar buceta conto eroticogenro faz sogra gozar contosmorema gostosa na balada so esperando uma trepadaconto erotico fui fudida em uma lan housecontos de velhas dos seios bicudocontos eroticos minha mulher virou puta de um velho asquerosoconto esposa se transforma na casa de swingpoi ve a folha fundedo com o primo dentro de casacontos eroticos pezinhos sujosconto erotico calcinha neguinhodando pro impregado do papaicontos/esposa tarada por dotadoscontos de incesto comendo a irma separadacoleguinhas gay de quinze anos trepandocontos eroticos arrombando a gordasou branca e sempre quis da aum mulato mas sou casada contos contos de coroa com novinhoexperimentando a bundinha da garotinha conto gratishttp://okinawa-ufa.ru/conto_4315_como-acabei-comendo-minha-mae.htmlcontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crentecontoseroticos veridicos de mulherescomendo a carlinha casa dos contoscontos eroticos arrombando a gordavomitando contos eróticoscontos de dotadoscontos eróticos passei o pau na bunda da minha tia dormindocontos erotico. por causa da crise meu.marido virou.cornogozou na buceta da garota que o odiavacontos eroticos delegadocontos eroticos sou casada mais adoro dar a buceta para meu genro porque ele tem um pintao bem grandecomi a familia toda contos eróticosmeu marido bebeu e meu cunhado me comeuminha bunda grande contoNo motel minha sobrinha ela chupou meu pau eu chupei sua buceta e fudi ela contos eroticos contos eroticos meu cunhado de cuecacontos porbo cadela laikacontos erotixos comi abuceta da minha irma cadeirantecontos sem calcinha no coloconto erodico gay usando ropa de menina curtinha com o mendigoContos erotico travest crentecontos eróticos vou arregaçar essa vagabundacontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crentegoogleweblight língua no c* da gordacontos eróticos com irmãodepois de brigar namoradas lesbika fodim na istradacontos eroticos arrombando a gordaDei minha buceta para meu genro na presença de minha filha contos femininofiquei excitada e dei para um mendigomendigos me violaram contos eróticosconto "fio dental" mãe filhocontos eróticos coroa chatacontos eroticos escravizou minha namoradapelado com uma travesti contos eróticosContos gosaram no cuzinho virgem da minha filha conto erótico na praia com a família da esposacavalo goz de kuatu bucetacontos eroticos de tio comendocont erot calcinha floxa da meninaPorno conto evangelica