Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

MEU TIO URSO ME ENCHEU DE PORRA.

Estávamos num feriado, a família toda estava na frente de casa curtindo um churrasco e tomando umas cervejas. Eu como não gosto muito de certas pessoas, fui para o meu quarto para ver um filme ou série. Enquanto estava assistindo um filme, meu tio urso (que é surdo) entrou no meu quarto perguntando se eu tinha uma caixa, pois ele iria arrumar a bagunça do outro quarto. Dei uma caixa para ele e voltei para o meu filme. Então depois de uns dez minutos percebi que se ele fosse arrumar o quarto do lado, provavelmente iria achar minha caixa de prazeres que tinha meu consolo, lubrificante e umas revistas. Corri para o quarto e vi que ele não tinha achado a caixa, me ofereci para ajuda-lo na arrumação e comecei a empacotar coisas na esperança de achar minha caixa. Mas ele achou primeiro. Ele abriu a caixa e tirou meu consolo de vinte centímetros, olhou para mim e começou a rir. Fiquei morrendo de vergonha, afinal de contas, ele era meu tio e já tinha uma família formada, isso deveria ser vergonhoso para ele. Mas pareceu que não. Ele começou a brincar e enfiar meu consolo na minha bunda, rindo. Eu fiquei sem graça e tentei pegar o consolo das mãos dele, ele deu uma investida e colocou o consolo na minha boca, eu parei de me mexer, ele começou a fazer movimentos do consolo na minha boca. Eu fiquei com mais vergonha e tentei fazer com que ele parasse, mas ele não parou, então percebi que ele estava excitado. Também brincando apontei para o pau dele e comecei a rir. Ele soltou um riso safado e tirou o consolo da minha boca. Ele abriu a calça e colocou o pau moreno grosso de cerca de dezoito centímetros para fora, pegou o consolo e comparou o tamanho do brinquedo com o tamanho do seu pau. Eu fiquei de boca aberta, aquele cabeção grosso olhando para mim, comecei a babar. Então ele foi até a porta (ainda com o pau pra fora) e fechou-a. Voltou e ainda em pé colocou o pau na minha boca. Eu comecei a chupar como se estivesse chupando um pirulito. A respiração forte dele me deixava louco. Ele fez um movimento para que eu tirasse minha calça, eu tirei e fiquei com minha bundinha branca e lisa para fora. Ele tirou o pau da minha boca e começou a massagear meu cuzinho apertado. Colocou um dedo e depois dois. Pegou o lubrificante da caixa, abriu e colocou um pouco no meu anus. Então pegou o consolo e começou a enfia-lo devagar dentro de mim, eu explodia de prazer. Tentei me masturbar, mas ele não deixou, dando tapas no meu pau. Quando o consolo estava todo dentro ele pediu para eu sentar, eu sentei e senti todo aquele brinquedo dentro de mim. Ele colocou o pau novamente na minha boca e começou a fuder minha boca, com sua barriga batendo na minha cara e me fazendo querer mais e mais me masturbar. Mas toda vez que eu tentava pegar no meu pau ele batia e fazia sinal de "não". Então ele me virou para que eu ficasse de quarto, tirou o consolo do meu cu e enfiou o pau dele inteiro no meu cu com uma sá tacada. Enquanto ele me fodia eu tentava não gemer e não tocar no meu pau. O peso do seu corpo me fazia delirar. Depois de poucos minutos ele tirou o pau do meu rabo e me fez deitar de barriga para cima. Ele pegou um antigo livro e cobriu meu pau, para que eu não pudesse pegar e ele não pudesse ver. Ele começou a foder com minha boca novamente, até que comecei a sentir que ele ia gozar. Ele colocava a cabeça para cima como se estivesse tendo um ataque. Então com uma pressão instantânea, ele gozou na minha boca. Senti aquela porra por toda a minha boca e segurei, não iria engolir. Ele viu que eu não engoli e fez um gesto para que eu engolisse tudo, eu fechei os olhos e engoli toda a porra. Ele vestiu a calça e saiu do quarto, me deixando sozinho no quarto, com a barriga para cima, o cu esfolado e a boca com gosto de porra. Eu me levantei minutos depois, vesti minha roupa e fui tomar banho. Gozei em menos de um minuto, depois voltei para o quarto e vi que ele não estava mais lá. Me deitei na minha cama e continuei vendo o filme, com meu cu ainda palpitando. Eu nunca tinha enfiado todo o consolo do meu rabo antes, aquela foi a primeira vez. Afinal de contas o consolo era muito grosso. Mas ele enfiou tudo e ainda me fez não me masturbar. Hoje eu não moro mais no Brasil, então não o vejo mais. Mas toda vez que um urso mete a piroca na minha boca eu ainda lembro da barriga dele batendo na minha cara e do meu pau explodindo querendo gozar.

VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


mulher leva enrabado de cachorroamiga foi tomsr um cafezinho na cozinha peguei pir tras e comi o rabo dela gratuscontos de sexo so da u cu cagandoContos eroticos virgem remexepolicial feminina contos eroticosvídeos de sexo com mulher da b***** bem chorona e o cubo empinadinho bem durinhocontos de sexo comendo a amiga da minha mulher foi ela que pediucontos gordo deu cu spconto gay moreno do messengerconto de meu irmão comeu meu cu com uma grande pica e eu não aguentei de dorhistorias eroticas das peitudascontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crentecontos erotico molestano amenina na crechecontos eroticos minha esposa evangelica com mendingocontos eroticosmeu marido me chamou pra ver um filme porno com os amigoscontos eroticos manicure e minha mulher safadao travesti apertou os meus mamilos e me comeudupla perfeita uma chupava meu pinto e a outra chupava meu cuConto mete gostoso ui uicontos meu filho adora minha bundaOfereci meu cuconto erotico gay: arrombado por um emo dotadoContos eroticos campingContos tirei cabaço da bunda do meninonovinha do Recife masturbando assim tão pequeninacontos masturbcontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crenteContos Eroticos Gratis De Gay COMIDOContos eroticos fui a putinha desde pequeninhagrelo xoxotudasexo brasileiro com irmazinha gostosa na hora da malhaçaocontos eroticos incesto fis minha nora chupar na marafundura da buceta midindo pornocontoS lambida animal no rabomuhleres quecavalo tramsa com animaltomou calmante e tomou no cu contoneguinha conto eroticocontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crentecontos eróticos minha mãe pintinhocontos eroticos enganada e oferecida pelo maridohestoria erotica do meu marido e c corminhocu arrombado de gorda contoscontos eroticos de travestis fudendo o tiofrancisca coroa ruiva contos eroticoscontos eróticos eu dormindo senti uma coisa lisa entrando nu meu cucontos eróticos com esposa pedindo pra apanhar e mijar nelacontos safadezas com a tia casada inrrustidaMeu meio irmão do pau de chocolate contosconto gay "tem que implorar"contos eroticos em portugalcontos eróticos com marido tratado me estupandocontos de mulher transando com negão p******Contos a bct da minha mulher e feia mais adororosentada no balcao do armazem mostrando so o fio dentalcontos eróticos: prima comprometidacontos eroticos amiga negracontos eroticos sogra de 65anoscontos de filhos chera causinhascontos eróticos esposas traduzidas na minha frentecontos minha cunhada de shortinhos bem curtinhoconto erotico teen gay iniciaçãocontos eróticos velhinho transando com jumentocontos eroticos de esposas de fio dentalMinha sobrinha ligia conto eroticocontos gay sou submisso ao meu irmão mais velhocontos safadosconto erotico broxei outro comeuesposa e meu amigo contos pornosescoteiros novinhos come bucetaCONTO EROTICO SOBRINHO ARROMBA TIA FRENTE TIO