Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

CHUPANDO O BORRACHEIRO EM BARBACENA

Tenho 54 anos, sou casado e tenho dois filhos. Sou carioca, mas me mudei recentemente para o interior de Minas Gerais, com um novo emprego. Apesar do casamento, gosto de rola desde garotinho no Rio. Com o tempo fui enrustindo, mas frequentava cines pornô, onde chupava e dava o cu e pegava travestis que me comiam... Aqui no interior é difícil... Já consegui uns programas com travecos e um cara pela internet...rnrnMas noutro dia tive uma surpresa. Furei o pneu do carro e tive que ir a um borracheiro... Ele é um cara branco, magro, simpático e entrei na pequena oficina improvisada conversando com ele enquanto o seu assistente, um senhor bem velho trocava o pneu... Ele apontou para um dona que passava do outro lado da rua e comentou que ela era casada mas dava bola pra ele... Mas mulher dava muito trabalho e encrenca, pois ele era casado...rnrnEle disse brincando que estava quase comendo sá viados para não arrumar complicação... Eu, tremendo, respondi que viado não dava complicação, pois não pegava no pé... Olhei fixamente para a direção da braguilha... Ele percebeu, levou a mão à pica e alisou-a, já fazendo-a ficar semi-dura. Cheguei perto dele e ele se esquivou e disse baixinho: cara, viado eu sá deixo chupar...rnrnDisse também baixinho: mas é isso que eu quero, mamar sua rola... Então ele chegou mais perto segurou-me pelos cabelos curtos e disse no meu ouvido: mas eu gozo na boca de bicha... E não gosto que cuspam... Gaguejando, eu disse que engoliria a porra... Que gostava... Ele riu me sentou nuns pneus velhos puxando pelo cabelos, e fechou a portinha de madeira da pequena oficina...rnrnEle voltou e abriu as calças, liberando uma pica de uns 19 cm e um saco peludo... O pau deve estava suado e exalando um cheiro forte de mijo... Lambi a cabeçona vermelha e senti um gosto salgado... Ele gemeu e xingou baixinho: viado filho da puta... abocanhei o caralho até onde pude e ele segurou minha cabeça e socou até o fundo da garganta... Meu nariz se afundou nos pentelhos grossos... Perdi o ar e ele segurou com força, divertindo-se com o meu desespero...rnrnEntão ele soltou e deixou que eu respirasse... Voltei à pica e mamei bem molhado... arrancando gemidos abafados daquele macho... Fiquei chupando devagarinho, saboreando... Aí ele voltou a me pegar pelos cabelos e levou minha boca ao saco peludo, esfregando-o no meu rosto. Lambi aquela delícia enquanto punhetava de levinho levantando a pica... Pus cada um dos ovos na boca e chupei-os delicadamente... Passei o saco babado pelo rosto e volte a chupar aquela rola deliciosa...rnrnPreocupado com o velho lá fora, acelerei a chupada, mas sempre bem babada... Ele me deu uns tapas na cara e falava baixinho: vou esporrar na tua garganta, viado de merda, se cuspir meu leite te arrebento... Ele segurou minha cabeça com as duas mão e fudeu minha boca com força... Senti a pica engrossar e pulsar na minha boca e o canal seminal se estufar, antecipando a gozada... Ele atochou a pica na garganta e gozou, estremecendo... Quando tirou a pica, aproveitei para sentir o gosto da porra...rnrnEle foi a uma torneira e lavou o pau, guardando a peia ainda semi-dura... Abriu a portinha e o velho olhou rindo para a minha cara melada de baba... Perguntei pelo preço do serviço e meu macho falou, já irritado, que eram 19 reais... Dei uma nota de 50 reais, disse um obrigado, entrei no carro e sai rápido dali... Ainda não tive coragem de [email protected]

VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


enrabar a minha mãe e a minha irmãWww loira casada gosta de negro dotado na casa dos contosconto esposa assediando garotoNo motel minha sobrinha ela chupou meu pau eu chupei sua buceta e fudi ela contos eroticos home pelado com nome ketlynContos eroticos eu e minha esposa fudemos com o nosso sobrinho gayso metendo n mato n buceta da minha filha n causinha video mobilCasada narra conto dando o cucontos... me atrasei para casar pois estava sendo arregaçada por carios negoesfotos de loira sapeca abrindo as pernas a abrindo a xana rosacontos eroticos guto 2 amiguinhos e 1 padrasto parte 3contos esposa branquinhacontos pornô casal fudendo com a empregadinhatirei o c******** da minha enteada Camilasou incestuosa desde novinhaDOU CU DESDE PEQUENAtrepando pau sua p*** prepara para o sábadocontos eroticos gay meu vizinho de dezenove anos me comeu quando eu tinha dez anoscontos eroticos arrombando a gordaconto humilhadazoofilia co caxorros das rolas mas grosas mudutanga contos eróticosconto eroticos sem maldade senti que os dedos tocavam minha xoxoraesposa comvemceu maridu deixa. ela da para outro..comtos eroticosmasturbando com obras em xasa contoConto erótico de larapalhia de calcia preta nuaengravidei minha irmã contosconto.de.cormovendo namorada pau grande grosso traindo gozada porra contospornodoidonaocontos de sexo depilei minha bucetacontos sexo minha esposa e sua familia especialcomendo a mulher em frente ao marido contocontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crenteconto erótico maltrato minha mãecontos eróticos: prima comprometidatranso com meu cachorro todos os diaschupando pintaooocontos verdadeiros narrados por mulheres encoxadas,sexo com animaisanã puta contoconto erotico com tia gravidaporn contos eroticos casada escravizadachantagem com irma contosacampamento com aluninhas 2 contos eroticosCONTOS EROTICOS REAIS EM VITORIA ESconto de mulher casada. com lesbicacontos eroticos de pau gigante arregassando bucetacontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crenteContos eroticos de aluninha de fio dentalContoseroticosjogadoracontos eroticos dominada por mulequinhoschupei a pica do colega de escola eu gostei sou gaycalcinha pedreiros conto eróticoscdzinhas lindas contosdia dos namorados incesto contoContos afeminado c shortinho socadoeu minha esposa demos carona o cara era um pintudocontos eróticos comendocontos eroticos de viadinhos de calsinhapenis torture alargando a uretraCrossdressing contos eroticoContos eróticos de comi a mae do meu colegaMarilia e Juliana estavam mais uma vez fr ente a frente para uma dolorosa batalhaConto erotico madrinha e sinacontos eroticos arrombando a gordaoai fudendi a noivaconto erotico incesto sonifero filhawww.cu da minha mae contosDei a xana escondida contosprima gravida e primo contosconto erotico comendo a mulher do irmao na chantagemmarido corno nao ve mulher paasa a mao no pau d outrorelatos transei na chantagem