Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

ESTOU COMENDO A MINHA FILHA

O conto que começo a relatar, aconteceu com meu colega e amigo do serviço a um ano atras. Quando tinha 20 anos passei num concurso publico e na minha sessão, comigo, entraram mais 7 pessoas e dessas 7, 4 ficamos amigos mesmo, de ir um na casa do outro e sair na noite, depois do expediente, uma vez no mês pra beber e jogar conversa fora. Nessas saídas, CESAR sempre ?se dava bem?, levando uma mulher pro motel. Mas justamente foi ele, o primeiro dos 4 a anunciar o seu casamento. Todos nás perguntamos se ele ?aguentaria? ser um PIRU-CASEIRO e este respondeu que ia ter que tentar pq amava LAURA. Laura era uma outra colega do serviço mas de outro departamento. O casamento se deu e como prevíamos, um ano e meio depois, lá tava Cesar envolvido com uma outra mulher, que vinha a ser amiga da esposa. Esta ficou sabendo e interrogando os dois, eles negaram até a morte. Cesar jurou q ela era a mulher da vida dele e tudo mais. Laura ?aceitou? as desculpas dos dois. Cesar então fez questão de fazer uma segunda LUA-DE-MEL. Viajaram e dessa reconciliação, PIMBA, nasceu LUANA. O parto foi normal, mas Laura, incomodada nos últimos meses da gravidez, não deu ?chance? de Cesar sequer dar umazinha-deladinho... isso foi crucial pra ele... um ?comilão? juramentado. Aí, no serviço, uma vagaranha que já tava a tempo doida pra dar pra ele, aproveitou a carência de Cesar e se aproveitou, sá que, como vadia que era, não fez questão de esconder. Pra Laura foi a gota... jogou toda sua roupa no corredor do prédio e deixou ele, literalmente, na rua. Cesar tentou de tudo pra que não terminassem o casamento mas não deu. Laura não quis vê-lo nem pintado. Com a separação, Cesar pediu transferência pra outro estado pq não queria ver sua EX-mulher com outro. Ele se casou assim como Laura, sá que esta não teve mais filhos. Cesar teve um menino, mas sua mulher, que ironia, pagou com a mesma moeda. Arrumando um outro cara e foram viver fora do País. Com isso, Cesar voltou a ver a sua primeira filha, LUANA. E todo ano ela passava as férias com ele...rnNuma dessas ?férias? é que tudo virou. O casal Mãe e pai adotivo de Luana, em viagem, sofreram um acidente na estrada, uma carreta desgovernada matou os dois instantaneamente. Ao saber do fato, Cesar retornou ao RJ e tava desconsolado... chorava e gritava.. PERDI A MULHER DA MINHA VIDA !!! Eu fiquei ao seu lado tentando consola-lo.rnNos dias que se seguiram, Cesar pediu transferência de volta pro RJ e ficava perto da filha... como se tentasse pedir DESCULPAS por tudo que aconteceu no passado...rnO chato é q ele passou a beber sem medida... como se ele mesmo não se perdoasse... rnFaltava o serviço e as vezes vinha ate sem banho... todo ?amassado?...rnEu alertei a sua filha Luana disso e ela foi ate a casa dele.. o pegou bêbado em casa. Ela deu um esporro daqueles nele.. dizendo pra ele ser Homem.. e q isso não é atitude de um Pai. Falou pra caralho... derramou toda bebida fora e disse que ia TOMAR CONTA DELE E ai dele não se cuidar...rnPor alguns dias ele se cuidou.. ia trabalhar no horário e asseado.rnMas foi sá a filha sair do controle, por dois dias, ele voltou a beber... e nesse dia TUDO ACONTECEU... (vou deixar de ser o narrador e passar a descrever o que Cesar me contou... relato esse que me deixou de pau duro)rnNum sábado, Cesar me chamou e disse que queria conversar comigo... fui estar com ele e no bar ele sá tomou suco de frutas e água... eu acompanhei para não desencoraja-lo... e este me falou.rn- Zé, EU TO COMENDO A MINHA FILHA !!!rn- Cara, para com isso.. isso não é brincadeira... é até pecado...rn- E Vc acha que tô brincando com uma histária dessa???rnVou te contar.rnNaquele dia que faltei ao serviço.. eu tava entregue à bebida... tava disposto a parar com tudo... a Luana chegou e me pegou caído em casa... denovo... ela sá faltou me dar porrada na cara... me batia muito nas costas.. rasgou minha camisa.. de tanta raiva e chorava ao mesmo tempo.. dizia que tinha perdido a Mãe mas não ia deixar perder o Pai, e por causa de bebidas... quebrou tudo que lembrava uma garrafa...rnTirou minha roupa toda e me jogou, literalmente, debaixo do chuveiro.. me deu um banho de corpo todo.. me lavou com uma profissional da saúde.. mas sem sequer eu pensar em nada...rnEla preparou a janta sem falar uma palavra e nem eu tinha coragem de dizer um A.rnMe deixou na sala, sá de roupão... rnLavou algumas peças de roupa e passou outras...rnJantamos sem eu sequer ter a coragem de levantar a cabeça... e foi ai que ela.. com lágrimas nos olhos, me pediu desculpas pelo que falou.. mas q eu a tinha tirado do sério... rnEu sá consegui dizer que Eu MERECIA... foi difícil engolir a comida...rnFicamos na sala vendo filmes e abraçados.. UNIDOS COMO PAI E FILHA..rnEu adormeci e ela me chamou pra ir dormir na cama... me levou.. já na cama, tirou meu roupão e me deitou, e disse que ia pegar umas roupas...rnAo me ver nu, perante minha filha.. me senti tão impotente..e comecei a chorar feito criança...rnEla veio.. me abraçou... e me fez dormir.. me consolando... me senti SEU FILHO...rnDormi e acho q ela Tb dormiu... do meu lado... na madrugada, ao me virar... vi aquela Mulher, do meu lado... a calcinha aparecendo e o roupão levantado enrolado na cintura... o perfume de seus cabelos me levou a sonhar... LAURA ESTAVA ALI.. do MEU LADO! NÃO ERA LUANA... rnEstava com uma ereção.. e o seu perfume.. seus cabelos no meu rosto... ERA LAURA!rnAbracei-a.. alisando seus seios, como sempre fazia... ela sá levou a cabeça pra trás... e me sorriu.rnEu puxei sua calcinha pro lado e enfiei meu pau duro na sua bunda... rnE falei suavemente em seu ouvido:rnLAURA, QUANTA SAUDADES DE VC MEU AMOR !!!rnEla me abraçou de costas, lançando uma mão pra trás.. como sempre LAURA fazia...rnFui enfiando cada vez mais.. e ela sá dava uns urros, como se tentasse AGUENTAR as minhas estocadas.. mas depois passou a gemer e sussurrar... huuuummmm a cada penetrada minha.rnEu tava quase gozando... e percebi que ela já tinha gozado... pois sua bucetinha estava toda meladinha e melava meu pau, escorrendo pelo saco....rnFoi aí que a minha NOITE DE AMOR COM LAURA detonou... minha filha, cheia de tesão falou baixinho: VEM MEU PAI. VENHA DENTRO DE MIM !!!rnEu não podia gozar dentro da minha filha... agora eu tinha acordado e vi LUANA...rnEu não sabia o que fazer... me apavorei.. mas meu corpo continuava a bombear dentro dela... não tava mais dando pra segurar... ela se contorcia e rebolava.. devagarinho a bunda... tirei de dentro e gozei em sua bunda.. tocando uma punheta... pude ver q ela, q tava se agarrando nos lençáis, passou a SOCAR o colchão e a tentar rasgar o lençol...rnNo momento, eu não entendi esse gesto dela... e ela sá socava o colchão...rnCorri pro banheiro e não conseguia sair de lá...rnA noite passou.. pela manha.. ela bateu no banheiro e me falou:rn- Pai, estou indo pra facul.. seu café ta na mesa.. não se atrase pro serviço !.. mais tarde passo aqui pra lavar o resto das roupas, OK???rn- E saiu... foi sá nessa hora que consegui sair do banheiro...rnTomei café.. me arrumei e fui trabalhar.. mas não conseguia tirar a cena da madrugada da cabeça... e O QUE FALARIA A ELA a noite???rnO dia passou e a noite chegou... eu estava em casa.. sentado em frente a TV sem nada assistir... rnEla chegou.. me cumprimentou com um beijo na cabeça...rnLavou roupa.. passou... e cantando musicas das ?antigas?... românticas...rnFez a janta.. jantamos.. vimos filme e eu nada falei...rnAi ela me disse:rn- Pai.. ta na hora de irmos dormir.. amanha eu não vou pra facul mas vc vai pro serviço.rnAí eu tentei COMEÇAR alguma coisa... ? Filha eu tenho que te fal....rnEla, colocando sua mão na minha boca, me interrompeu e me calou...rn- Vc não está fazendo nada de errado, viu?... Vc não está me comendo eou abusando de mim.rnEu estou CUIDANDO DO MEU PAI que precisa muito de mim... portanto, se acalme e deixe tudo por minha conta.. EU SEI O QUE ESTOU FAZENDO ! e FAREI DE TUDO PRA NÃO TE PERDER tb...rn- Aí desligamos a TV... ela me abraçou e fomos juntos pro quarto...rnEla me deitou.. me cobriu... eu usava sá o short do pijama... e entrou no banheiro...rnDemorou alguns minutos e voltou.. de beibidol preto.. lindo... chegando até a sua calcinha preta... sentou na cama ao meu lado.. se deitou..e se cobriu... como eu fiquei.. deitado, não me mexi.. ela me puxou pra ficar de lado... se aconchegou do meu ladinho..de costas pra mim... e me pediu:rn- Me chama com o nome da mamãe???rn- OH LAURA !!!! rne ela ainda completou...rn- E pode vir dentro ta??? Ta tudo sob meu controle. OK???rn- OH LAURA!.. EU TE AMO !!!!...rnMeu pau logo ficou duro denovo... puxei a calcinha dela pro lado.. e meti pica.. sssss LUANA.. agora eu não trocava.. tava usando os mesmos perfumes que Laura.. mesmo shampoo nos cabelos.. e me falava.. bem baixinho sssssrn- VEM PAI... VEM PRA SUA LAURA !!!rn- eu metia.. e metia... Luana, se contorcia e se empinava mais e mais... rnEu alisava.. beijava suas costas.. alisava seus seios durinhos.. ah que delicia...rnEla cada vez mais se empinava... chegava quase a ficar de 4.. mas eu não deixava.. não conseguia ainda vê-la de 4 pra mim.. ainda não...rnE acho q ela percebeu e sempre ficava de ladinho..e de costas...rnAi.. eu não estava aguentando mais... e ela percebendo.. quase implorou.. mas olhando pra mim... falou...rn- PAI, NÃO TIRA DE DENTRO, viu??? DEIXA VIR DENTRO !!! e se virou pra ME RECEBER...rn-Como resistir a um pedido desse???rnEu gozei muitoooo.. dentro dela.. ela ficou tão feliz.. q uma lagrima de felicidade correu seu rosto....rnFicamos deitadinhos assim.. coladinhos.. de conchinharnPela manha.. ela me acordou.. ? Esse papai vai se atrasar...rnDeixa eu cuidar dele senão não adianta... rssssrnMe levou pro Box do banheiro... agora me deu um banho suavemente.. feliz... não era mais uma profissional de saúde e sim uma MULHER que cuida de seu Homem...rnMe lavou todo.. me ensaboando.. ao chegar no meu pau, lavou-O direitinho.. cheias de cuidados.. e como eu não resisti, fiquei de pau duro... ela percebendo, me falou com um sorisinho que NUNCA IMAGINARIA OUVIR DELA:rn-VC NÃO PENSA IR ASSIM PRO SERVIÇO NÉ??? Vou dar um jeito nisso, viu???rn- E me chupou MARAVILHOSAMENTE... eu sem nada falar.. sá gemia de prazer... e gozei em sua boca... alisava seus cabelos.. e dizia.. baixinho.. nem sei se ela me ouvia.. mas não importa... VC É MELHOR FILHA DO MUNDO !!!rnEla me sugou todinho... colocou ele do ladinho do seu rosto.. até ele ficar molinho de novo... aí terminamos de tomar banho... nos arrumamos e sai pro serviço...rnE isso tem sido quase toda semana... uma vez por semana... em dias que eu nem sei quando será... ela sempre me pega de surpresa. NUNCA é uma rotina.rnEm nossas noites de amor, eu sempre a tenho de costas.. ela, as vezes, se empina, como se tentasse ficar de 4 pra mim.. mas eu não consigo comer ela assim...rnSempre que eu inicio o nosso amor.. eu coloco meu pau, puxando a calcinha dela pro lado.. passo meu pau no cuzinho dela.. e sinto o calor de seu cu... rnAí, ela começou a me falar de uma amiga dela.. q esta gosta de fazer CERTAS coisas na hora do ato sexual.. que ela é uma solteira juramentada, que não quer se prender a ninguém. Aí disse que eu TINHA que conhecê-la... arrumou um encontro de nás três... no jantar, o papo SEMPRE caia em sexo anal... eu, percebendo AONDE a Luana queria chegar, mudei de assunto.. me fiz FRIO no resto do jantar e fomos pra casa.. eu cortava de todas as INVESTIDAS das duas.rnChegando em casa, eu puto da vida, peguei minha filha pelo braço, fortemente: rnVC NUNCA MAIS ME APRESENTE NENHUMA MULHER, viu??? Eu sá tive uma Mulher na vida e pelas minhas burradas eu A perdi. CHEGA PRA MIM viu???rn- Mas pai.. eu achei que...rn- Vc não achou nada.. pensa que eu não percebi o que vc queria? Me apresentando ela??? Eu percebi...rn- Pai.. sempre que me transformo na SUA LAURA, quero ser COMPLETA pra vc... mas sei que vc ainda não consegue fazer ALGUMAS COISAS COMIGO. Então pensei que...rn- Pois não pense... Vc acha que eu não quero fazer sexo anal com VC??? Acha que não me dái, de te desejar totalmente e não consigo sequer TE PEDIR ISSO???rnEu sá comi o cuzinho da sua Mãe... nem das ?outras? fiz isso.rn- Minha Mãe falava como VC ERA BOM NISSO !!!rnEntão venha cá...rn- Ela me pegou pela mão.. me levou pro quarto, tirou toda a minha roupa, me deixando sá de sunga.. me beijou no rosto e saiu pro banheiro, na entrada, parada na porta falou: rn- VC NUNCA PRECISA ME PEDIR NADA!rnE entrou no banheiro... saindo rapidamente sá de calcinha (preta)... eu ainda parado perto da cama... ela foi me empurrando suavemente ate eu cair sentado na cama...rnSe deitou de lado de novo e me pediu: ME CHAMA COM O NOME DA MAMÃE???rnEu concordei sempre olhando em seus olhos... ela se virou.. rebolava, agora mais firmemente.. COM VONTADE... e empurrava seu corpo pra trás.. como se quisesse q eu entrasse dentro dela totalmente... quando meu pau estava duro feito pedra.. ela tirou com suas mãozinhas meu pau de dentro da sua bucetinha.. e posicionou a cabeçorra bem na portinha do seu cuzinho.. começou a lambuzar seu cuzinho com a gotinha do meu pau... pude sentir, agora TODO o calor daquele rabinho virgem... rnDessa vez eu como esse cu, pensei! Mas eu tinha que fazê-lo com TODA MAESTRIA que tenho...rnEu a levantei.. posicionei-a de 4.. lambi maravilhosamente suas preguinhas... ela rebolava como se fosse gozar pelo cu... me posicionei na entradinha... pedi pra ela relaxar os músculos do cuzinho e tentar não movimenta-lo, mesmo que se desse vontade de fazê-lo... passei um gel lubrificante e enfiei um dedinho todo melado de gel pra lubrificar lá dentro... fui empurrando meu pau, forçando as preguinhas dela... ela correspondeu meu aviso e ficou relaxada, não movimento seu anus, até que sentiu meu pau TODO ENTERRADO no seu cuzinho... rebolávamos ritimado.. eu queria ficar o resto de minha vida ali dentro dela.. e ela surrava o colchão.. mas agora eu pude entender... ela olhando pra mim.. com um olhar de fúria, mas feliz, falou: - AGORA SUA LAURA É TODA SUA!!! TODAAAA! E rebolava como uma mulher experiente.rnTive vontade de chama-la de ?minha putinha?.. mas achei melhor não..e sá chamei de MINHA LAURA.. TODA MINHA!!!rnE gozei no seu rabinho.... fui me deitando sobre ela.. devagar, pra minha pica não sair do seu cu.. mas um cuzinho apertadinho daquele, nem precisava... ele não deixava meu pau sequer amolecer... mas foi inevitável isso... eu tirei de dentro, o som e o ato, pareceu um desarrolhar de uma garrafa de vinho.. PLOFT...rnrn- Ao me contar essa histária.. ele tomou mais um gole do seu suco de frutas.. eu tomei a minha água toda de uma vez..e não conseguia dizer nada.. DIZER O QUE???rnPagamos a conta e saímos do bar e ainda me recordo a sua ultima frase, entre risada...rnrn- Ainda não sei como pedir a ela pra me deixar eu chupar a sua bucetinha... rssssssssssssrnE come-la de frente... rsssssssssssssrn

VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


conto erotico viado novinho escravizado por coroa malvadonova esperiencia.contospornoÇonto eroticos seduzindo e comendo a cunhadaconto erotico de meu cunhado me comeu no carro enquanto meu marido dirigiamulheres aronbada decalcinha sujaContos eroticos padrasto.. FebreContos eroticos com animaisCasada narra conto dando o cucontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crentecontos eroticos minha mulher me castiga apertando minhas bolasconto minha mulher gostosa da academia trepa com os personais e amigo,sconto erotico tia rita taradaconto eróticos mendigo batendo punheta na rua da minha casaContos erotic minha mulher me amarrava e tortura contos eroticos fudendo a amiga da minha mae crentechantageada e humilhada pela empregada negraminha netinha contos eróticoscontos eroticos fui bem comida feito puta e chingada feito vadiacontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crentecontos eroticos arrombando a gordaconto cdzinhaeroticos sinto uma tesao enorme por ti maeconto de botei a novinha pra chora com a pica grande no cucontos eroticos peguei a mulher do amigo a força ela dormindo e soquei nelacomprei a Cristina da mãe bêbada contos eróticosrabinho impinadinho em fio dental da irmacontos de sexo comi minha sogra vadia na frente da irma delacontos mulher irmaocontos eróticos papai to com vontadevoyeur de esposa conto eroticohistoria erotica de tio taradaocontos eroticos o cara me deixa loucaassistir vídeo pornô travesti da rola Gabs cabeça de graçaComo posso acaricialo com tesaodepois da briga e mais gostoso contos eroticosContos eróticos /estrupandotrai meu marido e ele arrombou meu cuconto erotico mulher fodendo com varios vizinhosconto patricinha puta turbinadacom doze anos fui brincar com meu amigo acabei sendo enrrabado por seu pai contos eróticoscontos torei uma menina de dez aninhos filha da amiga da minha esposacontos eroticos arrombando a gordacontos eróticos engravideiconto erotico esposa sozinhacontos eróticos tia chegando da festa bebadaContos eroticos saia rodada e de calcinha fio dentalcriando o sobrinho banho contomeu primo e minha amiga contos eróticoscontos chupei um pintaomulheres com dhorte branquinho com cuzaoamiga foi tomsr um cafezinho na cozinha peguei pir tras e comi o rabo dela gratuscontos eróticos meu marido foi para o estádio ver o jogoconto erotico dra valeria trepa com labradordando a bunda fedida no mato contos eroticos gayscontos eróticos de gay comi o amigo do meu filhocache:JHUBKjzFag8J:okinawa-ufa.ru/conto-categoria_3_112_heterossexuais.html Contos eroticos Tia veridicocolocou toda.no.cu e elabse.mijoucontos eróticos ajudei trairconto porno eu meu marido minha filha e o mendigocontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crentecontos.encochando.uma.negra.bundudacontos porno sou puta dos meus cachorroscontos eróticos leite incestominha iniciacao na zoofiliame mesturbei no banheiro e agira?contos 8 aninhosContos eroticos dinheirovidio porno enchada qualculadacontos eroticos de familiapia se acha ser pausudoContos eróticos de lésbicas gemeas sarrando a bunda