Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

VOLTEI A CHUPAR

CONTINUEI CHUPANDOrnrnLogo apás a aventura do cinema, quando conheci meu primeiro homem, voltamos a nos encontrar. A forma como eu era atraída pelo desejo de chupar novamente, transtornavam meus dias e noites, e muitas vezes me masturbei lembrando-me daquela pica, e principalmente dos jorros de esperma. Como tinha sido bom! Imaginar-me responsável por aquele gozo, aumentava ainda mais meus desejos. Pensava que ia ficar livre! Ele me telefonava e eu fugia dos convites. Mas meu corpo ansiava. E como! Por isto, acabei marcando um novo encontro, no mesmo cinema. Estava ansioso, ou ansiosa? Raciocinava como fêmea não como homem... e aquilo agradava meu intimo entupido de desejos de mulher. Logo estávamos nos beijando, e o que eu mais queria era sentir aquela pica de carne, dura em minha boca. precisava de seus jatos e logo o tinha todo dentro de minha boca. Como era bom... o latejar, o crescer. Beijava cada veia saliente, lambia aquela cabeça, tornava a enfiar na boca, mordia levemente, acariciava seu enorme saco. e ele retorcendo-se de prazer...acabou dando-me aquilo que eu mais queria. A adocicada esperma, cada gota, um prazer, suguei tudo, lambi, limpado sua pica de todas as gosmas do amor. Saímos juntos do cinema. Na entrada havia uma espécie de lanchonete e ali alguns homens pareciam saber o que estivéramos fazendo, ele sorriu apertando minha mão. Retribui, não escondendo daqueles curiosos que estava feliz e satisfeito. Era engraçado Sempre recusei me admitir passivo e agora fazia questão de que sendo em local apropriado, as pessoas soubessem.rnLevou-me até a porta do carro, no estacionamento, beijou-me na boca e combinamos naquele momento voltarmos ao mesmo local, dois dias depois... E assim, logo na sexta-feira, no horário combinado cheguei. Ele não estava no sofá da entrada da sala como de hábito, mas sim uma das pessoas que eu vira na lanchonete dias antes. Aproximou-se, disse que levava um recado dele, me informando que havia acontecido um imprevisto que não poderia ir e pedia desculpas. Aceitei com naturalidade, afinal.. imprevistos acontecem..mas mandar um substituto era criativo. Entramos na sala de projeção, escura logo no inicio e antes que minha vista se acostumasse à penumbra aquele exemplar delicioso de macho já tinha me abraçado por trás me fazendo sentir o que minha boca ia enfrentar... e foi fantástico. Grossa, limpa, cabeça bem pronunciada, perfumada em excesso, me fez vibrar e recebeu a recíproca, ficando realmente enlouquecido com minha chupada providencial. Parecia ser uma cascata de esperma o que ele depositava em minha boca. Tanto, que por mais que eu me esforçasse não conseguia engolir tudo e uma parte escorreu pelos meus lábios. Nem o nome dele eu sabia, quando se despediu e saiu. E ele estava lá na lanchonete. Conversando com outras pessoas...rnSorriu. Mandou um beijo bem discreto. Tive novos encontros.. e relatarei em práximo conto. [email protected]

VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


ver tdos as calcinhas fio dental qom bomum empinadmelhores contos de zoofilia de itumulher tem fetiche tama pirocada de travestibuceta napicagrosacontos de sexo meu pai viuvo anoite primeiro meu encouxandocontos eróticos de casadas evangelicas vagabundas dando tudo por tesãoevy kethyn istinto ativocontos irma fudendoconto erotico trepei com meu primo engravideicontos eróticos com mulher deficienteconto pedreiro arronbou minha namoradacontos eróticos minha buceta pegando fogo i.piscandocontos eróticos mulher madurahomens lanbendo o xinou da mulher na cama fotoscomendo cunhada asm que minha mulher saicontos eróticos realizando a fantasia da minha mulher no nosso aniversário de casamentovideo porno chegou no quarto e comeu a teia com os olhos vendadacontos eroticos entregadorcontos compadre do avô no sítio gayNao aquento conto pornocontos eróticos eu dormindo senti uma coisa lisa entrando nu meu cufui comida feito uma vadia vacabunda e chingada de puta contos eroticoscontos recentes incestuosas encoxada segredos flagradosminha sobrinha eu vou sempre fuder ela no motel conto eroticoConto meu marido me devorou na madrugadacontos eroticos velho na praia de nudismovideo de ninfeta branqui.ha magra no sexo anal de quatroMeu sogro me seduziu contosconto irma com tesaomarido corno/contosfiz da minha esposa uma putaconto safadoConsolado pela sobrinhas contos eróticosPadrinho iniciando afilhada novinha contos eroticosConto erótico minha irmã me chamou pra ir ver a porta do guarda fato que quebrou e ela enpinou a bunda pra mimwww.contos heroticos..uma jujuba bem comida...contos heroticos gay meu padrinho de vinte anos me comeu dormindo quando eu tinha oito anoscontos eróticos marido não importoucontos eróticos sendo filmadacontos de incesto comendo a irma separadacristine putinha desde novinha contos eroticosconto erotico amigas chupei cunhadaContos eroticos em onibusSiririca contoseu meu caseiro e minha filha e suas amigas contosContos fudendo elaHome tirando casinha da mulhe debaicho da mesacontos eroticos enchi a minha filha de porracontos enquanto dormiaConto Erótico Amiga PEITUDAconto trepada fortemeu vizinho fica me olhando de shortcontoseroticos curraram minhas filhascontos eróticos com idosabuceta Detinhaconto comendo baitola forçacomtos bdsmcontos eroticosAdoro leitinho na bucetaconto irma com tesaoContos eroticos novinha virgem sendo arrebentada pela mulecadasconto erotico: fui vendida no mercado de escravas sexuaisconto eroticos meu filho mecomeu dormindovideos de molhe rosado a buseta na onttra e gozandocontoso tecnico em informatica me comeuContos mãe no colocontos eroticos minha esposa me traiu com minha maecontos eróticos escravo da professoraconto festinha gaysexo contos mendiga estuprocontos eróticos da quarta-feira de Cinzascoletanea incesto contos pornocontos eroticos dando a xota para o meu primo e o amigo dele na casa deleMenina mamando o pai contoseroticoscontos erotica de estrupamento de ninfetoscontos eroticos estuprado na frente da mulherconto erotico velhosconto calcinha da maecontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crenteContos eróticos oi meu nome é Hugo tenho 42 anos e minha esposa se chama patrícia contos eronticos pai e filhia no camilhao trasei com elacontosesposasnapraiacontos eróticos gay volta redondaMeu tio que chupa no meu penis