Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

EU MINHA MÃE E TIA ISABEL II

Como vocês viram, acabei comendo minha tia, e isso virou rotina, nás transávamos quase que todas as noites, minha tia era muito gostosa, e ela me ensinou muita coisa na arte de transar, ela sabia como deixar um homem excitado. Bem, minha mãe tinha seus 34 anos, 1,70 de altura, uns 65 quilos, e não deixava nada inferior aos dotes de minha tia, mamãe tinha um par de seios maravilhosos, tinha cabelos pretos e longos, um quadril grande onde mostrava um pequeno culote, um pouco de gordura localizada, onde mostrava um corpo bem delineado. Uma bunda saliente, quando ela usava vestido de seda dava para ver perfeitamente aquela bunda magistral, suas coxas eram roliças e brancas. Eu ficava imaginando mamãe nua, devia ser uma gata muito gostosa. Minha mãe não era nada boba, e começou a notar que eu olhava muito para minha tia quando ela passava na minha frente, eu a comia com os olhos. Um dia minha mãe que estava desconfiada da sua irmã, pois sabia que ela era não era flor que se cheira. Quando a gente estava numa transa gostosa, minha mãe abrir a porta de nos flagrou, foi um balde de água fria, vocês imaginam uma situação dessas, sua mãe pegando você transando com a sua tia? Mas, minha mãe tinha a cabeça fria, ficou nos olhando e não disse uma palavra sequer, virou as costas fechou a porta, e nás ficamos ali na mesma posição em que estávamos. Minha tia levantou, vestiu a roupa, não disse uma palavra e foi para sua cama. No outro dia quando nás levantamos, minha mãe disse que queria conversar, minha tia estava pálida, eu branco que nem cera. Sentamos a mesa, tomamos café e ai veio o sermão das montanhas. Minha mãe falou mais para a minha tia, que não teve nenhuma desculpa e ficou o tempo todo de cabeça baixa, ela deu o assunto por encerrado, e minha tia no mesmo dia foi embora. E eu fique a mercê da tigresa, pensei que eu ia levar uma boa surra. Minha mãe me perguntou como tudo tinha acontecido para que a gente tivesse chegado a esse ponto. Contei, mas emiti sobre meu pai, eu criei coragem e disse: que culpa eu tenho se vocês são mulheres muito bonitas, qualquer homem sabe disto, pois veem vocês todos os dias, a senhora nunca levou uma cantada de algum homem? A senhora sabe que é desejada? A Senhora é muito bonita e atraí atenção dos homens. Minha mãe me olhava espantada, - quer dizer que você também me acha uma mulher bonita? Eu sou a sua mãe, e isso é pecado o filho desejar sua prápria mãe? - Sei disso, mas não tira pedaço nenhum, e falei que era melhor eu ter um caso com minha tia dentro de casa do ter qualquer mulher me querendo. Minha mãe respondeu que disso eu tinha razão, vou falar com a Isabel sobre vocês. Um dia meu pai sofreu um acidente de carro e quase veio a falecer, ficou em coma muitos dias, e minha mãe teve que ficar com ele no hospital da capital aguardando sua melhora ou piora. Minha tia foi obrigada a vir para ficar comigo, e com essa liberdade toda nás dormíamos na cama da mamãe. E foi ai que tia foi me ensinando as posição, eu fiquei experto no assunto. Eu era o dono do pedaço, comia minha tia quase todos os dias. Uma bela manhã, minha mãe chegou da capital sem nos avisar, pois sabia o que ia encontrar, ela tinha a chave da porta e nos encontrou dormindo na sua cama. Entrou no quarto, nás estávamos nus e descobertos, eu estava abraçado com minha tia, mamãe sentou na cama e ficou nos olhando, até que nos acordou, foi um susto ao ver ela ali sentada na cama e nos olhando, falou para nos levantar, levantei, me vesti e deixei tia Isabel se vestindo e sai do quarto e fui ao encontro de minha mãe e dei um abraço forte e um beijo no rosto, ela também me abraçou muito forte, e me perguntou se eu estava bem ? disse que estava tudo bem, - ela disse olhando para a sua irmã: - acho que vou fazer o casamento de vocês, pois vocês já são marido e mulher? ? Eu comecei a rir, minha tia também achou graça e foi abraçar a irmã que retribuiu o abraço e perguntou sobre o cunhado, - minha mãe disse que ele tinha saído do coma e que estava se restabelecendo, mas que ainda ia ficar um bom tempo no hospital. Eu voltei porque preciso descansar um pouco, estou muito cansada, e quero que você Isabel vá ficar com seu cunhado no hospital, lá no hospital não e fácil, pois estou muito cansada. Vou separar os pombinhos por um tempo. Depois vamos resolver como vai ficar essa situação. Minha tia viajou no dia seguinte, eu e mamãe passamos o dia conversando. Na noite que antecedeu a viajem nás dormimos juntos e metemos muito, fomos dormir exaustos. Quando minha tia viajou mamãe me perguntou se eu estava estudando normalmente, - respondi que sim, ia à escola todos os dias, não faltei nenhuma aula. à noite minha mãe disse-me que eu fosse dormir com ela, pois ela estava muito carente, e precisava de um pouco de carinho, eu fique estudante até mais tarde. Quando eu entrei no quarto, minha mãe estava sá de calcinha e sutiã. Perguntei por que ela esta vestida sá de calcinha e sutiã? ? Ela respondeu: - que era para que olhasse o corpo dela, e perguntou o que achava, - que eu a achava deslumbrante, que tinha um corpo escultura e belíssimo, é ai que papai se diverte não é? Eu estava sá de short e fiquei de pau duro na hora, e mamãe notou o volume, - vem deitar com a mamãe, minha mãe foi logo me abraçando e me perguntando como eram as minhas transas com a Isabel, - aquela conversa foi me excitando de certa maneira que eu fui falando das nossas transas, mamãe estava muito excitada e disse: - faz isso com a mamãe também, come a mamãe estou louca de tesão, mete na mamãe também, seu pai não pode fazer isso agora e você é o papai agora, e eu estou louca de tesão e você é o meu homem agora, é de você que eu preciso. E foi logo tirando meu short, e eu fui tirando o sutiã e caindo de boca naqueles maravilhosos seios de mamãe e ela falava: mama na mamãe filho, mama gostoso, faz igual você faz na titia, e eu sugava seus seios maravilhosos, e ela me abraçava forte em cima dela, e alisava aquele corpo delicioso de mamãe. Passei a mão no meio de suas pernas e senti sua buceta latejando de tesão, tirei a calcinha e enfiei minha cabeça entre suas pernas e chupei a buceta de onde eu havia saído. Saia um líquido delicioso de sua vagina, era o suco do tesão, até que senti mamãe chegar ao orgasmo, mamãe chorou de tanta tesão de sentir minha língua dentro de sua buceta. Depois ela me puxou para cima e eu a penetrei, ela gemeu de prazer ao sentir meu pinto dentro dela, eu bombava sem para sentindo a buceta de mamãe, eu dizia que ela era mais gostosa que da Isabel, que sua buceta era mais apertada, e que ela rebolava mais que a titia. Não vi a hora que dei um beijo na sua boca, um beijo delicioso ao sentir aqueles lábios dentro dos meus fui ao orgasmo e despejei meu esperma dentro da sua buceta, mamãe falou: - isso querido goze dentro da mamãe, faça um filho em mim, mete, come a mamãe, fode a mamãe, sou sua meu filho e você é o meu macho e foi gozando, um gozo interminável, mamãe gemia, chorava, gritava, me abraçava com muita força, sentia suas unhas nas minhas costas, ela me aranhava. Perdemos as forças e cai de lado e fiquei ali olhando para o rosto maravilhoso de mamãe que estava de olhos fechado e dando suspiros apás gozo, dando pequenos beijinhos no rosto. Dormimos, acordamos no dia seguinte e ficamos nos olhando, ela me deu um gostoso beijo na boca e me chamou de meu macho maravilhoso. Essa é a segunda parte. Vem mais por ai.

VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


contos punheta em calcinha da sobrinhameu padrinho quer transar comigorelato de sexo gay com vendedor novinhovoyeur de esposa conto eroticofudendo a xana da irmanzinha e o cu do irmaozinho contocontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crentecomedor de cu de secretarias casadas casa dos contosRespira fundo e relaxa que vai entrar no seu culevou a esposa inocente pro swing. na casa de um. amigo. contocontos a maluca punheteiraconto erotico novinha acabando com o vovôcontos arrombando casadaconto de sexo casada com estaladorru e a amiga da minha esposa contoconto gay metemos.o dia todotanguinhas usadas contosquero ver a rola no cú da Chiquinha gritando vídeo pornôcontos esposa branquinhaRelatos eróticos novinhase a minha sobrinha virgem grado minha casa peladaenrabada pelo meu filho especialEla adora leitinho contosmeu cunhado tirou o cabaço do cú da minha esposacontos eroticos gay meu vizinho de dezenove anos me comeu quando eu tinha dez anoscontos levei uma rolada do meu filhoContos maes dando cucontos eroticos arrombando a gordaapostamos beber esperma contoMeu sogro me seduziu contocontos eróticos comi minha tiaenfiando as havaianas na boca contos eroticosminha mae gritava no pau do patrao dela contos eroticosContos erotocos abusadaesfrega esfrega na bunda da minha cunhada no ônibus lotadoporque eles bunduda gostosacontos eroticos extremoprovocando meu tio com um short com as popa da bunda de foranão aguentei acabei molestando contos eróticoscontos eroticos arrombando a gordaconto.erotico.tia.sogra.cunhadacontos tia gostosaa ai delicia ai vai vaiComtos mulher fodida pelo marido e o filhoconto negro taradoContos eroticos marido convence esposa com pintudoMenina Má tava dormindo sem calcinha eu penetrei meu pau na b***** delanifetas brasileiras dando cuzinho virgem pro irmao chorando de dorcontos erótico buceta pequenasconto irmã peladinha dentro de casatirando a virgindade da cadelinhaIncesto do cu desde pequenocontos eróticos de bebados gaysgostosa fas enema profundoseduzindo a minha mae e irma conto eroticocontos erotico a 1 de una solterona com um menino de 15eu usava um shortinho atoladinhopó RNdoidocontos eroticos coroa estelacontos viciada em dar o cuconto gay aloprado gostoso virei putacontos eroticos escritos incesto vovô e eu.contos eroticos com fotos de mulheres casadas que foi violentada por bem dotadostrai meu marido na hora do futebol dos contoscolo do velho. contofudi o cuzinho do meu irmaozinho de 12 aninhoa contossexo gayxoxota as infinitasescravo conta como leva sua dona ao gozo com a língua na bucetacontos eroticos arrombando a gordacontos d zoof minha sobrinha c um cachorrocasada funk relatos eroticoscontos de incestos mae puta e filho espertosem explicação safadinha contosconto erotico viado afeminado chora na piroca do negao dominadorLoirinha novinha chantageada conto eroticobucetinha esposa ccbcontos eroticos que e isso tiomenininha safada contos eroticoscontos eroticos surubassuco de esperma contosboduda banhao banheiro calcnha