Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

COMO TUDO COMEÇOU 2

apás almoçarem, meu dono veio e me soltou, estava toda dolorida, fui tomar banho, apás terminar meu banho meu donodisse que eu permaneceria nua e pude ir almoçar.rnAssim que almocei, meu dono mandou-me lavar toda a louça, o que fiz prontamente.rnTerminada a limpeza, fui novamente algemada e levada a sala, onde estavam todos os amigo de meu dono, lá fui posta no meio da sala com os braços estendidos para cima, e eles viream e começar a me tocar, sentida suas mãos passearem por todo meu corpo, seus dedos penetrando meus orificios. Colocaram um separador de pernas em mim, que me deixava totalmente aberta. fui vendada, e não demorou muito, senti o chicote bater em meus lábios vaginais, apás foram as partes internas de minhas coxas, minha bunda e meus seios.rnMeu corpo ardia pelas chicotadas, quando tiraram a venda, vi meu corpo todo marcado e vermelho pelas chicotadas, fui posta a mesa com o tronco inclinado por sobre a mesa e meu sbraços foram presos entendidos para frente, meus tornozelos presos aos pés da mesa, o que me deixou completamente exposta.rnFui usado por todos, um apás o outro e confesso que gozei com todos.rnA noite apás o jantar e se rnovamente usada por todos, sendo inclusive penetrada duplamente, fui levada ao celeiro e fui deixada, presa lá, onde passei a noite.rnNo outro dia pela manhã, meu dono me soltou e me mandou tomar banho, apás o banho, me levou para o jardim onde me deixou presa de braços e pernas em aberto, exposta ao sol. Apás meu dono e seus amigos terem tomado café foram atéonde eu estava e começaram a brinca comigo, colocaram uma mordaça em mim, uma coleira e passaram a usar vibradores em mim me deixando louca de desejo de ser possuída, quando meu telefone celular tocou, meu dono retirou a mordaça, me fez ficar de quatro no chão para atender a ligação de meus pais eenquanto eu falava com eles, alguém chegou por tras d emim e me penetrou violentamente em minha bundinha, tive de segurar o grito e continuar conversando ao telefone com meus pais enquanto era usada, assim que ele gozou, outro me possuiu e eu continuava ao telefone. ao terminar a ligação, meu dono pegou novamente o celular, me amordaçou novamente e disse-me qu eficou feliz em saber que meus pais passariam mais uma semana longe e me teria por todo esse tempo. passei o dia todo sendo usada e judiada por meu dono e seus amigos, ao final da tarde, fu liberada para tomar banho para retornarmos a cidade.rnQuando chegamos na minha casa, meu dono disse que havia uma surpresa, tirou de uma sacola uma mini saia de couro curta, um top tambem de couro e me mandou vestir, me deu uma sandália de salto alto, algemou meus tornozelos, meus pulsos para tras e com uma outra corrente prendeu as algemas dos pulsos a dos tornozelos e me levou até a sala de casa, disse-me que havia me alugado por uma noite a um de seus amigos que estavam lá na fazenda e que eu deveria realizar todas as ovntades dele, caso contrário quando eu voltasse, seria castigada por ele. Quando quiz argumentar que não queria ele deu uma gargalhada e disse: mas vc não disse que queria ser transformada de patricinha em vadia, puta e prostituta ? Pois então, em vadia eu a transformei no monte em que te usei, em puta no momento em que vc foi para a fazenda comigo e meus amigos o que faltava, estou fazendo essa noite, pois ele pagou muito bem para ter vc.rnRealmente ele estava certo, pois havia sido isso que eu disse a ele. Me deixou ali sentada na sala presa e foi embora.rnpassada quase 03 horas, ele retornou com seu amigo, seu amigo ficou excitadíssimo ao me ver naquela posição e situação, me levantou, soltou as correntes de meus tornozelos mas não retirou as algemas, retirou minha calcinha e me levou apra o seu carro. Disse que eu teria uma noite incrível e que nos divertiríamos muito. meu dono nos desejou uma átima noite, me disse que me encontraria no outro dia, assim que eu retornasse do meu novo trabalho.rnRealmente passei uma noite inteira sendo usada pelo amigo de meu dono, nã me deixou dormir, quando não estava transando comigo, me deixava com um vibrador ligado dentro de minha bucetinha.rnEram 08:30 da manhã quando me deixou em casa, meu dono já me esperava, me mandou tomar banho, toemi café e ele me mandou par ao quarto, quando entrei ele me mandou deitar na cama e me deixou presa com as pernas abertas um braço esticado e outro mais solto com o celular ao lado, pois caso meus pais ligassem eu poderia atendê-lo, e disse que voltaria mais tarde para ver como eu estava e foi embora, cansada do jeito que eu estava, dormi facilmente. Continuo no práximo

VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


fudi.minha.cadela.da.buceta.inxada.www.flogdesexo.compauloelizabethconto gay manaus ponta negramulher madura em casa fazendo faxina bem à vontade sem roupa ou com roupa calcinha transparentehistória de contos erotico com novinha da vila senta no meucoloContos lesbica come nerdconto erotico lara a experientemulher com uma bu dando nda inmencacontos vi pau enorme cheio de veiascontos eroticos gays no futebolcom fotosmoreninho hetero marrento contoContos de incesto de meninas de 14 aninhos em Belém do ParáVelho picudo.conto eroticocontos mulher fode com vizinha e com a filha delacontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crentecontos eróticos minha mãe pintinhocontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crenteestuprada com objetos contos eroticoscasadas que postam fotos de itanhaemxvidio peittinhocontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crenteSexo contos visinhos virgindadegozou na buceta da garota que o odiavahomen dando cu para a gradeucontoseroticos. cornos leva mulher para amantecontos eróticos sequestroempregadinha contoSexo contos visinhos virgindadecontos eroticos primo com primadepilei minha filha e chupei a xota contoscontos eroticos arrombando a gordaconto erótico nada ombinadovarios contos eroticos juntos para ler de cunhadas novinhas na orgiapornô mobili com coroa e vamos até gozarminha cunhada casada me esnobou contosmorena dano cu na casa das primasContos eroticos da mamae gostosa e filhoContos eroticos gay primeira vez traumaticaeu gordinha arregacada por um roludo contoswww.contoseroticos.com.br/tia e sobrinha virgemmulher chama homem pra chupar sua b***** dela já foi gozar e alguns amigos queridosconto erótico eu tentei resistircontos eroticos incesto carro lotadocontos eroticos com coroas gayestuprada por quatro cachorros conto eroticocontos lésbico deu cu para outra mulherfoi chantageada pelo meu colega de trabalhonovinha sequestro contoeu vou te arregaçar inteira me perdoa amor, desculpaminha sogra e ninfomaniaca contoContos eroticos estupros coletivos veriticosrabinho impinadinho em fio dental da irmaconto erotico gay cu apertadocontos minha prima defisiete me viu batedo umacontos eróticos curiosidade novinhacontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crentegostosa da propaganda da Tininhaachei que era uma mulherao mas era um travecao que me enganou e socou no meu rabinhoconto agarrada no onibusprima safadinha querendo me dar escondido da minha tiaContos heroticos de mulher que soltou um pum na hora que tranzavamenage masculino realcontocontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crenteconto na praia mae e filha de fio dentalnapraiacontos eroticoscunhadinhas muito safadacontos eróticos:cunhadinha novinhacontos eroticos espiei minha tiahistorias eroticas comendo a irmãnegão comendo uma mulher tão Branca tão Branca dobrada fazendo sexorapaz chupa seios com gula pornodoidoContos de masturbação com objetos no ginecologistaestuprei minha irma casada contocontos eroticos na rocacache:LLg3rwatgfAJ:https://okinawa-ufa.ru/m/conto_26618_minha-transa-na-festa-com-um-menino-mais-novo.html mendingo contocomi minha mana casadaconto erotico a caminhada