Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

POR CURIOSIDADE, ACABEI CEDENDO...

Meu nome é Sabrina, não vou me descrever, mas posso garantir que chamo bastante a atenção dos homens... Mas nesse dia ocorreu algo inusitado... Eu havia saído com alguns amigos gays, já tinha saído com eles várias vezes, e até uma vez ou outra acontecia de uma mulher dar em cima de mim, mas nunca tive interesse... Mas nesse dia, estávamos em uma boate, onde tínhamos marcado encontro e, quando fui pegar uma bebida percebi uma mulher me olhando... Eu desviei o olhar como sempre fazia, mas ela veio e falar comigo: -Oi linda... Qual o seu nome? Na hora fiquei sem graça, apenas respondi: Sabrina! Dei um sorrisinho e fui saindo, mas ela insistiu ?-vem cá, vamos conversar...? Foi quando olhei mesmo para ela, e ela era Linda! Morena, cabelos ondulados, olhos meio mel... Magra com seios médios... Era o tipo de mulher que chamava a atenção! E, claro, super feminina... Eu fiquei meio em choque... Nunca uma mulher tão bonita havia me azarado e me peguei desejando ela... Fiquei um pouco com medo também do que estava sentindo... Será que eu sou Bi? Pensei...rnrnComeçamos a conversar e ela me disse que seu nome era Carol, conversamos sobre coisas normais, aquelas que todo mundo fala e pergunta quando acabaram de se conhecer... Eu a queria, mas estava com medo... E num momento de lucidez resolvi sair dali de novo, falei que tinha que levar a bebida do meu amigo... Mas ela me puxou de um jeito, delicado, mas com firmeza e me olhou com a cara mais sexy possível e perguntou por que eu estava fugindo... Eu tremi na hora, mas com a pouca força que tive falei: Eu sou hetero! Ela apenas respondeu: e o que é que tem? E me deu um beijo ali, no meio de todo mundo... Nossa, e que beijo!... A principio, eu fiquei preocupada "e se alguém visse?" Mas numa fração de segundos, esses pensamentos foram embora e me entreguei... Ela me envolveu completamente no beijo e no abraço... Com a delicadeza que sá uma mulher pode ter, mas com uma pegada... a mais gostosa do que qualquer homem que já experimentei... Ficamos nos beijando não sei quanto tempo, pareceu uma eternidade... Ela me abraçava e segurava com força meu cabelo, eu também já estava louca e agarrava-a com toda força... rnrnPercebi que já devia estar molhadinha, então ela me propôs: Vamos sair daqui? Eu nem pensei... Disse sim e fui na hora, sem me despedir de ninguém... Ela queria que fôssemos no carro dela, pra casa dela... Nessa hora fiquei meio sem jeito, pensando "o que estou fazendo?", mas fomos cada uma em seu carro.. ela na frente, e eu seguindo.. Pegamos nossos carros e eu a acompanhei até sua casa... Quando chegamos a sua casa, ela sá fechou a porta e já foi me beijando e tirando minha blusa... Fiz o mesmo com ela! Eu estava de saia, ela passou a mão por debaixo da minha saia, alisando minha bucetinha ainda por cima da calcinha e vendo o quanto eu já estava toda molhadinha... Fomos pro seu quarto, tirando o resto da roupa no caminho... Quando já estávamos as duas nuas, ela começou a beijar meu pescoço... Foi descendo para os peitos... Chupava e acariciava eles com vontade... Então desceu mais um pouco, deu uma lambida na minha buceta que me fez arrepiar toda e soltar um gemido involuntário... rnEntão começou a me chupar de um jeito muito gostoso... Chupava meu grelinho enquanto enfiava um dedo... Que logo passou a ser dois... Quando vi, ela já estava com dois dedos na minha buceta e um no cuzinho, me fazendo gritar já de tanta excitação... Mas eu também queria sentir o gosto dela... Eu já tinha tido um orgasmo, quando começamos um 69 e lambi aquela buceta toda lisinha, chupava, lambia, nossa!... Nunca imaginei que fosse tão gostoso... Enfiava dois dedos nela e percebi que ela gozou também... Ela então, voltou a me beijar na boca e foi delicioso sentir o meu gosto na boca dela... Ficamos nos beijando e acariciando uma a outra mais alguns minutos... rnAcabamos dormindo juntas e no dia seguinte, eu que achei que estaria envergonhada ou arrependida... Acordei foi mais excitada e quando vi aquele corpo todo lindo, do meu lado... Não resisti e acordei-a com uma deliciosa chupada... Ficamos brincando mais um pouco, mas eu tinha que ir embora... Trocamos telefone, mas nunca mais rolou nada... E quando eu estava já na porta, dando o beijo de despedida, ela sá falou: pra quem diz que é hetero, você está bem treinada, hein? Eu disse que, depois daquela noite, já nem sabia mais o que eu era... Pois nunca um homem me fez gozar tanto daquele jeito...

VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


ler historia de sexo entre cunhada e subrinhas com tioTransei com minha quando agente brincavacontos eroticos aprendendo a fazer meu primeiro boquete com meu padrinho velhomulheres loira amazonense traindo fazendosexocontos eroticos arrombando a gordacontos eróticos com velhosconto erotico esposa sozinhaContos excitantes sou gaúchaconto menino eu era fudido pelos meninos negrosContos sou casada com um travecocontos eroticos de cornos inocentesContos erótico Lara a experienteloira resebi anal depois de treinamentocontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crentecontos de machos q experimentou um boquete no primodando/o cabaço pro titio conto exitanteContos eróticos boca maciacontos de inxesto como o meu marido não me notava então eu fiquei dando mole para o meu irmão para ver o que ia acontecercontos d zoof pegei minha sobrinha c um cachorroConto de sexoEnfiando a cabeça da pica na buceta virgem filhaeu e minha mulher fudemos com nosso caseiro e suas filhas juntos contoscontos/o cu da sogra era virgemIrmã cuidando do irmão acidentado contos de incesto femininocontos eróticos troca de casalcontos erótico de casada bi certinhacontos eroticos arrombando a gordaContos eroticos galeracontos eroticos primeira vez infância incestorelatos sexo eu e minha filha novinhagruda nos pelinhos da bucetacontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crentemulhe gostosa dano cu e xupano o pinto do amarte no sofa peladazofilia homem fodendo forte acadela ela chora sentido dorcontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crenteesperei meu maridinho dormir rola grossamanuela pedreiro contos eroticoscontos eroticos gay acordado na noite pelo meu paimae short filho conto incestocontos aprendendo o que e uma buçeta com a mamaeconto erotico pastor deseja novinha de pieitos gostos e fartosconto erotico daniela minha irma dando rabaoarrombador de esposa contos cornosMinha bucha e grande dei muito em contos eróticosPeguei o amigo d meu esposo cheirando minha calcinha meladinha,contos eroticosContos mãe no coloContos gay saindo de carro a noite vestido de mulherContos eroticos humilhado seiosele ela conto erotico japonesa casada e a reforma da casao cu rosinha de minha neta de 9 aninhoscontos comendo o cuzinho da fazendeiracontos porno casadas o negrinho safadodepois de dar pro ricardao dei pro meu marido contocontos erotico irmaoscontos eroticos fudendo as filhinhas da minha namoradaComtos eroticos fudendo com meu marido e nosso amigocontos meu pai me seduziucomi minha tia conto realistasogro contos eróticosconto eu e minha meia irmãconto erotico virei menina por ter cabelo compridoconto deixei minha esposa foder com varios homem na minha frentecomi minha tia contolésbicas ninfetas comendo peitorais de travestiscontos comeu a amiga e o amigoesposa e filha dando cu pra um mendigo/conto eroticocontos eróticos mãe e filhatrasando com asogra derrepetetitio viu minha bucetinha e achou linda contosfudendo por um jumento contostios e padrastos contos eróticos verídicosContos porno verdade desafiomenina você já passou o dedo no cu e cheirou