Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

NO BANHEIRO

Olá caro leitor, eu me chamo Junior, vou contar uma historia que aconteceu comigo. Eu sou filho caçula, tenho 19 anos, 1,70 m de altura, magro, branco, cabelo castanho liso e dês dos meus 19 anos que sou gay. Meu irmão Maiocon sabe e não é contra a minha escolha, os meus pais já são diferente, fingem que não tenho nada de diferente, eles nunca me questionarão contra a minha opção sexual. rnrnO Maiocon é muito festeiro, namorador e rodeado de amigos, há um que é o seu melhor amigo, o Jorge um belo negro de 1,80 m de altura todo definido uma delícia de homem e sá tem apenas 19 anos. O Jorge sempre está ao lado do meu irmão, onde um está pode ter certeza que o outro está lá. Jorge também sabe que eu gosto de uma bela pica e não tem problema nenhum com isso, nôs damos muito bem.rnrnEm um desses feriados prolongados meus pais viajaram para a casa de nossa tia que mora no interior, Maiocon logo falo que não queria ir, então eu disse que ia ficar também em casa. rnrnJá era sábado meus pais já tinham viajado, eu estava no meu quarto, quando derrepente ouço vozes lá na sala, quando vou ver era Jorge e mais três amigos, logo um foi providenciando a musica, outro a churrasqueira e meu irmão as bebidas.rnrnA noite estava sendo muito boa, era a festa dos homens, estávamos todos sentados perto da churrasqueira e práximo da caixa de bebidas sá bebendo, comendo, conversando e bebendo mais. Conversávamos de tudo, no inicio a conversa era sobre futebol, o trabalho e carro, depois quando o álcool começou a subir o assunto passou a ser sobre mulheres. rnrnDois dos companheiros não estavam aguentando mais e foram embora. Meu irmão, o Jorge e o Lucas não estavam caídos no chão porque estavam sentados, pois se estivessem em pé já tinham caídos de tanto que estavam bêbados. Eu não tinha bebido como eles mas já tinha bebido o suficiente para ficar tonto e bem alegre.rnrnDepois de ter bebido tanto, me despeço do trio avisando que iria dormir, fui direto para o banheiro para escovar os dentes.rnrnEnquanto estava escovando alguém bate na porta e em seguida abre, era o Jorge pedindo licença para dar uma mijada, antes mesmo de eu responder alguma coisa ele já foi logo colocando a mangueira para fora e fazendo o serviço. Era uma pica espetacular, mesmo mole ela ainda era comprida e cabeçuda. Enquanto lavava as mão eu não tirava os olhos da pica do negão. rnrnQuando Jorge terminou o serviço ele veio até a pia, ficou atrás de mim e lavou as mãos, enquanto isso ele começou a se esfregar em mim, ao terminar de lavar as mãos ele se aproxima do meu ouvido e perguntou se eu aguentaria. Olhei para ele pelo espelho e respondi que aguentaria sim, pois era sá deixar bem babado. rnrnSem perder tempo me virei e desçi as calças de Jorge e enguli aquela piroca toda deixando-a toda molhada, percebendo que Jorge estava quase gozando me levantei e fiquei de costas para ele, o gostoso puxou minha bermuda pra baixo deixando apenas minha bunda de fora e ai ele meteu o dedo molhado no meu cu, me arrepiei todo de tezão. Logo que o dedo saiu veio sua pica cabeçuda, quando a cabeça entrou soltei um grito meio abafado, Jorge ficou quietinho lá dentro depois de alguns segundos ele começou a empurrar, a danada era bem comprida pensei até que ele iria acertar o meu estômago, na hora que sentir suas bolas encostarem na minha bunda ele começou a socar, estava socando com tanta força que parecia que ele queria que as bolas entrassem também.rn rnO trepada boa, estava compensando todo o tempo que passei sem fuder. Eu estava quase gosando quando Jorge goso lá dentro do meu rabo, era tanta porra que senti a porra escorrer pela minha perna. Ainda com aquele ferro lá dentro Jorge começa a me punhetar, não demorou muito para eu gosar, quase tive um treco de tanto tezão, gosar com uma baita de uma piroca no cú foi uma delícia. rnrnQuando Jorge saiu de dentro de mim sentir um grande vazio, mas completamente realizado, e pelo sorriso que estava estampado no rosto do garotão eu tinha certeza que ele estava bem satisfeito. rnrnEnquanto ele se arrumava eu ainda estava de pé apoiado na pia de bunda de fora ainda sem acreditar no que tinha acabado de acontecer. Jorge abriu a porta me desejou boa noite. Esse dia foi o melhor que já tive. rn

VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


Conto comeu minha esposa e eu não percebiConto minha esposa dando pro policialzoofilia co caxorros das rolas mas grosas mudumão amiga trêm metrô onibus show contos eróticosMinha irma tarada contoПРОДАМ-БАЗУ-САЙТА-okinawa-ufa.rucontos eróticos devemos dividir o mesmo quarto com um casal de amigoconto porno alargando a xanacontos comida com meu namorado na cachoeiracontos eroticos marido pauzudo mulher e novinha trepando juntoscontos eróticos sobre sobrinhabucetudacontos eroticos farmaceutico taradocontos eroticos comi uma mulher casada em uma cidadezinhaestrupei minha irma escondido dormindo contomeu cu engolidor de rola contosContos Eroticos Vóvovideos de motoristasbatendo punhetasconto de sexo sobrinha galinha parte 2contos eroticos fudendo a amiga da minha mae crenteconto erotico pra igreja sem calcinhadei o cu pra varios homenscontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crentemulher do mendigo conto eroticocasa dos contos eroticos o cadeiranteconto erotico mulher gostosa trai marido com um delegadogozei gostoso e tive que ir pra casa com a buceta cheia de porra. contos eróticoscontos eroticos filho da minha vizinha amante maravilhosoenfiando a escova de lavar banheira todina na buvetaconto de sexo com rabuda asquerosoJoão e chupando piru mesmo tempocontos erotiocs de quando fiquei com meu primo luccaConto erotic velho taradoa medica que gostava de zoofilia_contosele era um lindo anjocontos de aluciando pela buceta peluda da maequero tua jeba rasgando meu cudesemho porno ai papai gozo dentro viuEU TIRANDO FOTO MINHA BUNDA DE CALCINHA FETICHE OLHANDO ESPELHO MINH BUNDAconto erótico comendo o c****** da cunhadacontos eróticos lesbicas dominando esposas heteroComtos casadas fodidas pelos amigos do filhocontos transex mobileContos eroticos comi meu primo na frente da minha tiaVer casadas falado de conto eroticos que corneo o marido com homem do pau bem grandemarido sortiado a esposa contos eroticoscontos eu era enrabada toda noite pelo taradocontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crenteconto meu cao socou tudo no meu cucontos eroticos humilhando podollatriacontos pornôs gangbang madrasta obriga enteadaContos tia de saia curtacontos dexei minha mulhe tomando no cu na minha frenteContos viagem casal praia toplessrelatos de novinhas que fuderam com o cunhadoContos minha sogra quis medir meu pauSentei na pica e cavalguei gostoso com a pica dentro parei prazerpau na boca da namorada dpincestodesenhopornôSoquei muito nela e ela pediu mais contocontos eroticos arrombando a gordacontos eróticos de c**** a v******** de minha mulher deu para uma cunhadinhacontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crenteuma buceta enchada de ter cido estruprada samgrandoContos d maridos que leva homem pirocudo pra comer sua esposa em ksacontos gay com a mulher em casacontos eróticos espoza rabuda não casa de suwgcontos eroticos com minha empregada nordestinacontos eroticos quero fudercontos eroticos meu cunhado me fez realmente gozarcontos relatos eróticos mamãe exibicionistasarrando a tia de saia curtinha contocontos eroticos curiosaconto erotico pai espiando filhaescanxocontos esposa branquinhaconto porno comi minha maeconto gay tirei o atraso do meu primo