Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

CUNHADA PEITUDA

Meu nome é Marcos e o que relato agora se passou a pouco mais de três meses. Sourncasado a 20 anos e tenho dois filhos, moro no Rio de Janeiro e no mesmo quarteirão da rnminha casa mora meu cunhado, sua esposa Luciana e sue filho de 20 anos e tudo rnaconteceu quando meu cunhado precisou viajar a trabalho e por lá ficaria uns 5 dias, foi então que logo no primeiro dia em que minha cunhada ficaria sá em casa, pois o filho faz faculdade e chega sempre por volta das 23h, ela me liga por volta das 18h dizendo que o chuveiro dela não estava esquentando a água(fazia frio naquela noite) e se eu podia dar uma olhada e eu prontamente saí do trabalho e antes de ir para minha casa fui até lá e como o porteiro já me conhece fui logo entrando e tocando a campainha, mas ninguém atendia, mas pude ouvir uma musica alta que vinha de dentro então meti a mão na maçaneta e fui entrando devagarzinho em direção da musica que vinha do quarto, quando cheguei na porta observei minha cunhada estava dançando com um vestidinho que mal escondia sua deliciosa bunda e aqueles grandes peitões, foi então que ela me viu e sorriu, abaixou a musica, veio em minha direção e me deu um beijo que praticamente foi na minha boca, disse a ela que iria ver o defeito do chuveiro mas precisaria de algumas ferramentas, ela então foi até um quarto onde guardava essas coisas e me chamou pois não conhecia as ferramentas e quando cheguei no quarto ela estava sentada em um banco com as pernas abertas e sem calcinha e levemente abaixada o decote no vestido denunciava aqueles enormes e deliciosos peitos, ela sorriu e me disse para ajuda-la a procurar e foi quando me abaixei e aquela buceta ficou de cara comigo e meu pau na mesma hora começou a latejar dentro da minha calça e eu mal conseguia procurar algo a não ser sua buceta e aqueles enorme seios, ela para me provocar mais ainda suspendeu seu vestido e me deu um sorriso sacana, mas quando eu ia atacar ela me disse para irmos ate o banheiro para testar o chuveiro, nos levantamos e eu não fazia questão de esconder minha piroca que já estava dura e babando, eu entrei no banheiro e quando ia ligar o chuveiro ela entrou na minha frente e sua bunda ficou roçando na minha piroca e ela ligou o chuveiro e a água esquentou, então ela me disse que devia ser um mal contato ela me disse que agora ela iria tomar o banho, mas falou para que eu esperasse ela acabar, nisso saí do banheiro e ela apenas encostou a porta deixando uma boa parte aberta dizendo que era para podermos ir conversando enquanto tomava seu banho, de repente ela começou a tirar sue vestido lentamente e entrou no chuveiro que tem uma porta blindex transparente e pude do lado de fora ficar olhando tudo, imediatamente coloquei meu pau para fora e comecei a bater uma punheta vendo aquela vadia tomando banho e se ensaboando devagarzinho seu peitos, sua coxas, sua bunda enorme e gosotosa e sua bucetinha linda e fiz questão de deixa-la me ver com a rnpiroca na mão, então ela me chamou e pediu que passasse sabão em suas costas eu rnrapidamente entrei no banheiro tirei a camisa e com a piroca pra fora comecei a rnensaboa-la lentamente as costas descendo até a bunda e logo tirei minha calça e cueca e encostei minha piroca naquele bundão e comecei a alisar seus peitos descendo até sua buceta e naquela loucura total o tesão era tando que precisávamos meter sá que o rnchuveiro era muito pequeno para tanta carne, desligamos o chuveiro e fomos molhados e cheios de sabão para cama, minha piroca deslizava entre suas pernas e Luciana gritava de prazer, virava seus olhos sentindo e transmitindo um tesão que eu nunca tinha tido em mulher nenhuma, me levantei da cama fiquei em pé na frente dela e ela sentou na cama e coloquei minha piroca no meio daqueles enorme e deliciosos peitos e fiz a melhor espanhola da minha vida, seus peitos largaram minha piroca e ela já pegou e começou a chupar gostoso e a essa altura meu tesão já tinha me consumido de prazer e pedi que ela ficasse de quatro e aquela bunda descomunal estava todinha olhado pra mim, com nossos corpos ensaboados coloquei a cabeça da piroca na portinha e fui empurrando tudinho naquele cuzinho ela urrava de prazer principalmente quando eu socava forte e segurei com força seus cabelos e socava mais forte, foi quando ela disse que ia gozar e eu ouvindo isso não aguentei e gozei juntinho, logo apás cada um caiu para um lado para dar uma descansada e fomos tomar uma banho bem gostoso e combinarmos as nossas fodas pelos práximos 5 dias.

VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


contos eroticos arrombando a gordapadrasto e novinha conto eroticocontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crentecontos eroticos minha mulher gosta de apertar minhas bolascontos o boquete no novinho no onibusVem amor segure a rola dele para eu sentar em cima, vem meu corninhocontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crenteconto lesbico porque ela mim olha assim sao miguel?contos minha filha novinha deitou com eu e a sua mae...e a pica comeuContos eróticas de vizinha e pedreiroolha o pezinho dela todo gozadinhoconto erotico dp com meu filho e seu colega vestida de cinta ligaa esposa mija no pau do cunhadoContos eroticos minhas tetas roxas de tanto chuparemConto erótico gay caçamba de carro de madrugadacomendo o cuzinho da coroa acabada de acordarMinh esposa loirinha baixinha e os nossos sobrinhos de treze e quatorze anoscontos eroticos arrombando a gordaAbrindo as pernas para o sobrinho contoMijei de tesão no meu filho e sou crentecomi minha colega casada contos eróticoscontos eroticos arrombando a gordaporno doido ficano cm amiga da minha irma e minha irma olhano e ficano muito esitadacaralhudo contoFilha boqueteirá contoseroticoscontos apanhando do tutorContos eroticos no acampamentoFomos a um churrasco bebemos muito e aí rolou contos eroticoscontos de sexo picantes filhas se acabando nas pirocas. groças. e grandes do papai taradaominha iniciação gay contoslesbica dopando a amigaFiquei parado olhando a bunda delahomens delirando de tesão com um pau enterrado no rabota rasgando meu cu contocontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crentecontos eroticos irmão arrependidoporno contos eroticos filhinhas enrabadasContos eroticos: Fui forcada por meu pai ohohhcontos de coroas casadas comendo as e amigas com pinto de borrchas cinta lesbicasconto erotico doce bruninha novinha no coloPutinha do papai contoCONTOS EROTICOS REAIS EM VITORIA EScoroa da buceta amaciada contosconto erotico sou empregada e viuvaContos: namorada safadaSexo proibido. Contoscontos eroticos meu amigo e minha mãecontos de pura putaria entre pais e fcontos eróticos porno brasileiro grátis de incesto entre genro e sogra mais recentescontos erotico fui fudida no banheiro do posto de gasolina pelo tarado roludoPorno sauna com loira e a namorada ciumentaxotas que acabou de ser disvirginadameu cu engolidor de rola contosincesto contos cunhada pastoraescanxa na picacontos de maes flagando fihos punheteiroscomtos de vagabundas que gostão de fuderconto erorico o negro e a filha do amigocontos comi minha cunhadacontos eroticos sou casada mas adoro pica de cavalosconto erotico ele pediu pra bater umazinha pra elecontos eroticos arrombando a gordaContos eróticos molekas virgenscontos fudendo casal bi drive innContos minha mulher chupa meu pau 3vezes ao diacontos anal tio dotado tirou avirContos de transas com dotadosconto primeira suruba com minha esposajapinha.de.baixo da mesatroca de namoradas contos eroticoscontos erotico comi o hetero parte 19