Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

DONA DE CASA

Sou casada. Meu Marido é um nerd, professor de histária, que está mais concentrado nos livros do que em mim. Por muito tempo me contentei com isso, até que cansei. Pensei em arranjar um amante, mas fui criada naquela visão chata de que mulher deve respeitar o marido.rnrnResolvi inovar. Pensei cá comigo, tudo bem, vou seduzir o panaca. Sempre tive imaginação mesmo. Aquele dia não fiquei em casa limpando e fazendo a janta. Ah, não. Tirei do Baú o colar de esmeralda que ele me deu, único presente que ele me deu nos últimos anos. Tomei um banho caprichado. rnrnPosso ser dona de casa, mas, mesmo meu marido preferindo aquelas morenas pequenas de filmes porno, eu não sou feia. Sou loira, tenho um metro e setenta de altura. Meus seios são muitos grandes, capazes de encher as mãos mais grandes,como as do meu babaca marido. Minha cintura é proporcional a minha bunda, pelo menos é o que sempre me dizem. rnrnAquele dia caprichei na maquiagem. Coloquei batom vermelho e deixei meus cachos soltos, cascateando até a cintura. Nua e molhada, não preciso dizer como fiquei excitada ao me preparar? Por me sentir dominadora e sedutora como a muito não sentia. rnrnNão iria querer ele na cama, com o velho papai e mamãe, por isso fiquei sentada na escrivaninha dele. Ele chegou no horário, como sempre.rnrn- Querida? - Indagou ele da porta, acostumado comigo indo recebe-lo.rnrn- Estou estudando na biblio.rnrnEle abriu a porta e estacou. Ali estava ele, com os jeans desbotados, o cabelo desarrumado, a pasta a tiracolo, tal qual como sairá de manha. Os cabelos dele são castanhos escuros, quase pretos, assim como os olhos, que tem uma tonalidade mais clara. Ele tem um metro e oitenta e dois. É grande, mas parado e pateta como diz, não aproveita esse tamanho para me dar uma boa pegada. rnrnCom a pasta na mão e boquiaberto, ele ficou me olhando. Sorrindo, abri mais minhas pernas para ele poder ter uma total visão da minha boceta molhada, coberta de pelos loiros. Ele pode preferir morenas ou até mesmo ruiva, mas sou muito mais gostosa. rnrn- Como foi seu dia? rnrnEle continuou me olhando, os olhos castanhos fixos em minha carne molhada como se nunca tivesse visto antes. rnrnSorri mais diante da patetice dele. rnrn- Nãp fiz a janta, mas... quer comer a sobremesa?- Disse, deslisando minha mão entre meus lábios molhados, prontos para ele. rnrnEle dessa vez me surpreendeu. Largou a pasta no chão, e avançou sobre mim. Nunca vi ele com tanto tesão. Arrancou a camisa branca no caminho, pegou minhas pernas e as colocou nos seus ombros. Me deitei pra trás. A boca dele foi uma delicia. Estava com a barba por fazer, então roçando em minha boceta. Chupou tudo, lambeu os lábios, penetrou com a língua e mordiscou meu clítoris. rnrnGritei feito uma louca, enquanto ele me fodia com a boca. Mas não queria sá aquela boca rosada. rnrn- Me come! - gritei, puxando seus cabelos.rnrnEle não se fez de rogado. Abriu o fecho, tirou o pau pra fora. Tava completamente duro. E uma coisa que não posso reclamar é do tamanho daquela pica! E enfiou dentro de mim. Foi uma delicia. Me fodeu com vontade, fazendo a escrivaninha ringir. Gritei e unhei ele todo, enquanto ele metia com força. E Senti os dedos dele invadido meu traseiro, enquanto sua pica me comia gostoso. Estava excitado, assim como eu, por isso gozou rápido, bem fundo. Senti sua porra me inundando.rnrnEle caiu deitado em meus seios, chupando-os, beijando-os. SABIA que ele nunca mais iria se concentrar naquela mesa. rnrnQualquer dia desses conto outras coisas que fizemos.

VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


ve porno com viadinho reganhado escorreno porrapau grande alongado contoscontos eroticos sou a puta dos meus primos piçudoscontos: safadezas de um velhocontos de coroa com novinhofilmei minha irmã depois chantagiei contosvideos porno sobrinho olha tia no banho els da ums licsocontos eroticos currada garganta profundacontos de mulheres casadas que colocaram o dedinho no rabinho de seus maridos e eles adorarammeu pai tirou meu cabaco e colocou um absorvente para não Vazar conto conto de dpcontos eroticos gay meu vizinho de dezenove anos me comeu quando eu tinha dez anosmedica seduzidapor lesbica historiascontos eroticos arrombando a gordagay de zorbinha enfiado no regoconto erotco mendigoSafadinho aaa uuuMenina Má tava dormindo sem calcinha eu penetrei meu pau na b***** delacache:GAEDmAeFVBUJ:okinawa-ufa.ru/m/conto_18319_fodendo-gostoso-minha-paciente.html contos de traicao anal,postados no facebooknao tira papai deixa que eu vo gozarcontos eróticos dei o cu ea buceta da cunhadinhaconto erotico mulher deu buceta para mendigosera q meu marido ja ficou com travesti peguei ele vendo videocasada pelada em lugares movimentados contoso cu rosinha de minha neta de 9 aninhoseu gordinha arregacada por um roludo contoscontos dando minha bucetinhacontos eroticos paus gigantessardentinhas ninfetasvideo porno gostozinha de vestido preto sndo fodida com amae do ladaminha filha é uma vadia contos eróticosgozei gostoso e tive que ir pra casa com a buceta cheia de porra. contos eróticoscomendo a mulher em frente ao marido contocontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crenteMinha empregada tem uma buceta inchada contos de lésbicas femininothararam thararam gostoso mãozinha pelo corpocontos eroticos incestos primeiro foi o meu irmão agora e meu paiMeu cuzinho contosconto guei dopei meu irmáo chupei a rola delecontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crentecontos eróticos come a irmazinha no ônibus lotadoninfeta chupa buceta e cospe a goza com nojoSexo vagina primeiro amor contoEu e minha mae no hotel ela ficou nua na minha frente eu disse mae sua buceta e linda raspadinha ela disse me fode filho conto eroticocontos eroticos policialFodendo com mamae bunduda contosamigo hetero contotravesti de vestido e botinha querendo pica na bundinhaconto de sexo comi o cu da minha vócontos condominio de nudismocontos eroticos entregador  Marilia e Juliana estavam mais uma vez fr ente a frente para uma dolorosa batalha. Ambas traziam nos corpos as marcas feitas pela outra em combates violentos e sangrentos. Marilia vestia tão somente uma minúscula tanga branca fio dental. Juliana uma  Escravo de minhas cruéis donas (conto )minha vizinha transex safada contos eroticoscontos eoroticos sobre enfermeiras de montes claros mgContos eroticos filha rabudaconto erotico: meu desejocontos eróticos no cu com cachorrosConto mete tudo papaicontos eroticos da vagabunda do cornocontos minha mae liberalcalcinhas usadas da minha tia contoscontos de coroa com novinhocontos eróticos ajudei traireu meu marido e a ex noiva lesbica delecontos eroticos de mulheres que transaram com entregadoresmorando sozinho com irman gostosa contoconto eroticos de novinhos com amigosMinha mãe pois silicone contosCONTOS EROTICOS REAIS EM VITORIA ESwww.eu aronbei minha sobrinha de doze anos de idadecontos eroticos dando aulas ao sobrinhocontos eróticos frio inverno geladocontos de crentisinha cusudacontos eroticos cadtigando o cuPorn contos eroticos escrava gangbang humilhada