Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

PAPAI TIROU MINHA VIRGINDADE

meu nome é Dani e tenho 19 anos,moro com a minha mae e meu pai,tenho 1.69 alt 57 kg sou branquinha e cabelos longos,perfeitamente normal,somos de uma familia evangelica,tirando meu pai que é um alcoolatra nato,minha historia começou quando tinha 19 anos,começei a observar que quando papai chegava da rua bebado,ele puxava a mamae pro quarto e passava o maior tempão la,certo dia não contive a minha curiosidade e fui observar pela brecha da porta,qual nõ foi a minha supresa ao ver minha mae ajoelhada com a rola do meu pai que estava em pe na boca,papai estava com as maõs nos cabelos dela forcado a boca dela,confesso que aquilo me pertubou,ele dizia "chupa cachorra,coloca a minha rola toda na boca"aquilo me fascinava ver meu pai gemendo e gozando na boca da mamae me deixou curiosa,a partir dai todos os dias apos sua chegada em casa ficava aguardando a entrada no quarto pra me espiar,ia chegando a data de um feriado e minha mae resolveu ir pra casa de vovo,nem eu nem o papai quis ir,na noite anterior a sua partida tinha visto pela primeira vez papai chupar a xaninha da mamae e foi tambem a primeira vez que me masturbei em pe na porta pensando que papai estava me chupado,gozei ate ficar com as pernas tremulas,mamae foi pra casa da vovo e papai aproveitou e ficou na rua ate tarde,quando ele chegou ja estava deitada,fiquei ouvindo os passos cabaleante dele pela casa ate que parou na porta do meu quarto,abriu a porta vagarosamente e entrou,de olhos fechados e com o coração acelerado senti quando ele levantou o lencol e a minha camisolinha,ficou passando o dedo na minha calcinha e vi um facho de luz,vindo de uma lanterna,ele ficava falando baixinho,"ta ficando gostosa" e esfregando o dedo na minha xaninha,primeiro por cima da calcinha,depois por baixo,aquilo tava me enlouquecendo escuteu um barulho ritmado e depois um gemido rouco,ele tinha gozado,papai saiu do meu quarto(super bebado)e não consegui me controlar e me masturbei 2 vezes antes de dormir,no dia seguinte foi a mesma coisa ele saiu a tarde e a noite fui para cama e ele ainda não tinha voltado,coloquei a camisolinha e tirei a calcinha,louca pra sentir o dedo de papai de novo,cochilei e despertei com ele ja no quarto abrindo minhas pernas,quando ele colocou a lanterna e me viu sem calcinha ele pirou,falava sem parar "que buceta gostosa,adoro buceta de menina,não tem pelo,que filha gostosa"papai caiu de boca na minha xaninha,chupava com uma gula que a minha vontande era gritar de tesão,ele esfregava a lingua,enfiava passava o dedo nos labios vaginais,era uma tortura maravilhosa,quando ele começou a esfregar a cabeça da rola na minha xaninha pensei que fosse morrer de prazer,ele dizia coisas sem sentido ate que enfiou o dedo na minha xaninha,ardeu muito e quase gritei de dor,pois ele enfiava com força,chupava meu peito com uma força animal,sentir nas coxas o momento que ele gozou,ele saiu do quarto rapidamente,passei a noite me masturbando,pela manha estava na cozinha quando ele entrou,assim que me viu baixou a cabeça e começou a pedir desculpas dizendo que tinha bebido demais e não lembrava de muita coisa,me pediu pra não contar nada a mamae,falei que não contaria se ele repetisse tudo e dessa vez tirasse a minha virgindade com sua rola,ele me olhou com supresa e perguntou se eu tinha gostado,falei que sim que a tempos observava ele com a mamae e tava doida pra chupa-lo e perder minha virgindade com ele,ele rapidamente colocou a rola pra fora e ordenou que eu o chupasse,fiquei de joelhos e fiz como vi muitas vezes mamae fazendo,ele ficava me chamando de filhinha dizendo que eu chupava gostoso e que queria enfiar logo na minha xaninha,me colocou deitada na mesa e abriu minhas pernas,quando viu minah xaninha aberta no claro sem precisar da lanterna enfiou a lingua com força e começou a mim comer com a lingua enquanto dava cordinha no meu peito,gozei na boca do meu pai e ainda estava gozando quando senti a rola grossa de papai entrndo de uma sá vez em mim,gritei de dor e isso parecia excita-lo ainda mais,pois ele enfiava com mais força ainda a cada gemido de dor e prazer que eu dava,gozamos os dois ao mesmo tempo e ate hoje papai e meu unico homem

VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


contos eroticos arrombando a gordacomi minha mae no caminhão do meu pai contos incestoslesbica estrupa mulher na brisao pornoComendo bucetas gostozas na roça comtos eroticoscontos eroticos coroa crenteconto erotico homens castradoscontos o comedor falou o cu da sua mulher é muito gostoso.CONTOS EROTICOS DE CASADAS ABUSADAS DA CHANTAGEMcontos eroticos cu de esposa vermelho cheio de porra com fotoprimeira vez que ela deu o cuzinho contosabri pernas pra meu filho me comercomtos eroticos realidadecontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crenteContos casado com travesti mas ele fudia com todos d familiacorno gemendo cu contocontos eroticos de travestis fudendo o tiominha esposa escolheu vibradorporno profissional com homens fodendo leitoa no ciomeu cao taradocotos erotocos piscina casadaContos espiando a sogra lesbicacontos eróticos me obedece putinhacontos eroticos, casada nova surpreende marido em cine pornoMulher que gosta de ser curradascontos reais tia cuzudaconto erotucos eu esoosa e familia nusconto erotico dando minha bucetinha pro enfeemeiro da minha amigaPau gostoso na xana na prima conto eróticoDei sorte com a novinha conto eroticominha bunda grande contodesmaiou quando o caralho enorme do negro entrou no cucontos de coroas dá paraíba gaySoquei muito nela e ela pediu mais contoporn contos eroticos esposa de coleiraComto fragante depiladora Lerbicoreconciliando com a namorada conto eroticocontos eroticos gay com novinhosCunhada dormindo com a bundinha descobertaporno babalu pede pra não gozar antes do tempocontos erotico foi horrivelguais sao as deusas da punhetaConto erotico revistando bundudaConto de muitos machos para uma puta depravadaincesto contos suruba com minhas irmasinocênciaperdida contos eroticos gaycontos eroticos colega da faculdadesobrinha insesto contoenteada nua contosconto fui abusado pelo tio da van gayCasa dos contos: Virgem na baladagritando e pedindo pra nao botar pois doi pra nao perde o cabaconovinha sequestro contocontos eróticos com amiga da mãemeu sobrinho mamou meu pau contos gayConto de putinha que adora ser cadela de muitos machoscrentes excurcoes contostrai meu marido na hora do futebol dos contoscontos fui arrombada e esporradavirei puto do bar conto gayfrutapornovelhaevangelica pegou carona traiu contos reaiscaminhoneiro meteu em mimCONTO CHUPETEIRA DO BANHEIROcalma aí bota devagarmulheres religiosas corpo bonito seio grande quadril largo transandoContos eroticos com cadelas zoofiliapornô grátis boa f***.com Só conto sogra transando com genroContos me enganei era traveco com fotosEu já não era mas virgem quando meu pai me comeucontos gays papaizinhocontos comendo a bucetinha da titiacontos eróticos Vanessaver conto erotico sob velhos etrupadoreContos eroticos dois heteros vodkacomedor de cu de secretarias casadas casa dos contoscontos eroticos me comeram no trabalhoConto de puta presa e estuprada diariamente por muitos machos