Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

EM HOMENAGEM A EDY (FIZ MEU MARIDO DE CORNO MANSO

EM HOMENAGEM A EDY (FIZ MEU MARIDO DE CORNO MANSO E VIADO)

>Somos casados e meu marido sempre gostou de me ver ser fodida por

>outro homem; sempre gostou de ser Corno, mas até então sá tinhamos

>transado com homens amigos dele, que me fodiam pra ele ver na nossa

>casa. A primeira vez om um estranho passo a relatar agora, fomos

>passar nossas ferias em salvador a cidade cheira a sexo o tempo todo

>ate a tal acarajé nos dar uma tesão imneso poqrue ela é melhor comer

>com pimenta. Chegando lá, arrumamos um amiguinho. imagina um cara

>bem dotado, 23x7,5cm,; a pica dele qdo esta dura fica acima do

>umbigo, pra cima, espetada, coisa de louco.nás nos conhecemos na

>internt atraves de um casal amigo nosso que já tinha saido com ele,

>chegamos lá, ficamos no hotel e ligamos pra ele. Combinamos e saimos

>à noite. Eu usando um vestidinho colado azul e bem curto com os

>peitos a mostra, claro de calcinha vermelha, bem enterrada no

>rabo. Fomos a um bar, pra tomarmos uns drinques mas o danado sá bebi

>vinho e bem pouco fica o tempo senhor da situação, ai conversa vai e

>vem, ele começou a roçar minhas coxas, meu marido foi ao banheiro e

>qdo voltou ele já estava coladinho em mim, já tinha me passado a mao

>ate na

>buceta. Escorreguei minha mao pelas pernas dele, embaixo da mesa e

>toquei pela primeira vez naquela

>coisa enorme, um volume incrivel. Dura como ferro. Claro que eu

>estava molhadinha. Meu marido notou e

>falou pra irmos embora. Fomos para uma casa de veraneio de um

>amigo dele, na praia do forte. Mal entremos porta dentro, e o

>tarado colou

>na minha bunda, me agarrando, chupando meu pescoço e pegando nos

>meus peitos. Suas maos acariciando minhas

>coxas, com o vestido levantado. Senti a rola quente e grande entre

>minhas coxas, meu marido estava de frente

>e podia ver a cabeça do pau, roçando minha tanguinha e saído pra

>frente. Ai começou a festa... Quando chegamos no apartamento, meu

>marido foi ao banheiro, e o macho avançou pra cima de mim, me

>chupando, pegando nos meus peitos, metendo a mão embaixo da minha

>saia, esfregando minha boceta, enfiando o dedo, parecia um doido. A

>rola do bicho estava enorme, querendo furar a minha calçinha. Ele

>arrancou minha blusinha, e eu estava sem sutiã, ai começou a chupar

>meus peitos, ai eu abri o zíper da calça dele e agarrei meu troféu.

>puxei aquela marivilha para perto da minha boca, estava explodindo,

>com aquelas veias azuis pulsando. Ai meu marido chegou e viu a cena,

>ficou olhando meio de longe, meu amigo, levantou minha saia, e

>colocou o trem duro entre as minhas pernas, pra que meu marido visse

>a cabeça apontando atras, e ficou me chupando a boca o pescoço os

>peitos, enquanto fazia aquele movimento de vai e vem entre as minhas

>pernas, com o cacete babando todo no fundo da minha calcinha, que

>alias era minúscula, mal tapava a boceta. Tirei a camisa dele e

>comecei a me esfregar no seu peito cabeludo, desci a calça dele com

>cueca e tudo, deixei ele peladinho, cai de joelhos e abocanhei a

>rola, puxa como era grossa e dura. fui chupando, tentando engolir

>tudo, mas era grande e eu quase engasgava, fiquei naquele vai e vem,

>ate que ele pediu pra parar senão gozava na minha boca, na minha

>cara, me lambuzava toda. Resolvi obedecer, ai levantei, ele me jogou

>no sofá e arrancou minha calcinha, sem tirar a saia, sá jogou minha

>mini saia pra cima e caiu de boca na minha boceta. Meu marido estava

>elétrico, tirou a roupa ficou sá de cueca e eu podia ver o pau duro

>dele, cheio de tesão... mas ficou assistindo. Meu macho meteu a

>língua em todos os meus buracos, levantou minha bunda, colocou

>almofadas embaixo, e enterrou a língua no meu Cu. Uffff...que

>delicia, ate pulei, minha boceta molhada escorria de tesão e ele

>sugava tudo o que vinha dela. Ai fiz ele se deitar de costas, com

>aquela vara enorme e cheia de nervos, espetada pra cima, fui subindo

>bem devagar, e qdo. a cabeça do bicho centrou na minha boceta, fui

>descendo bem devagar e ela foi sumindo dentro de mim, todinha, cm

>por cm. Meu marido ficou louco, e chegou perto, ajoelhou atras de

>nos, e começou a passar a mão nas bolas dele. Acariciando-as

>enquanto eu engolia a rola. Meu macho gritava de tesão, ai meu

>corninho começou a lamber as bolas dele e a passar a língua na minha

>boceta com o cacete dentro. Uma loucuraficamos trepando por masi de

>uns 45 minutos de todas as formas e posição, meu macho não aguentou

>e explodiu dentro de mim, eu podia sentir os jatos quentes jorrando

>lá dentro, me inundando, me lavando. Ai ele relaxou um pouco e

>tirou, meu marido corniho me deitou de costas, abriu minhas pernas e

>sem perda de tempo, enfiou a boca na minha boceta, bem lá dentro e

>começat a mamar parecdndo um bezerrinho faminto, pois a vara tinha

>deixado um rombo. eu podia sentir os lábios dele lá dentro, e ele

>sugou toda a porra que meu macho tinha deixado lá dentro e eu

>ficava cmando el meu amor da minha vida agradecia pelo presente que

>tinha mim dado em deixar em trepara com u macho de verdade. Saboreou

>como se fosse leite moça. Depois que engoliu tudo, subiu em mim e me

>meteu o cacete pra dentroe ficava quase chorando de felicidade mim

>pedindo para chamar de corninho de chifrudo que se eu não o camase

>assim ele não deixaria eu treparia mas com meumaco picudo . Meu

>macho, ficou louco de ver tudo aquilo. Aproveitou que meu marido

>estava com a bunda pra cima me comendo, e começou a passar o dedo no

>Cu dele. Meu marido gemia e gritava de tesão, ai meu macho não

>resistiu e começou a passar o cacete na bunda dele. Parou assim,

>ficou quietinho e conforme meu marido movimentava dentro de mim, pra

>frente e pra trás, o cacetao deslizava na bunda dele, roçando o Cu.

>Meu macho tentou meter pra dentro, chegou a enfiar um pouco da

>cabeça, mas meu marido, ficou com medo, disse que doía e ficou

>nisto. Acabou gozando em mim, ai fomos tomar um banho, descansar um

>pouco, pra começar a putaria mais tarde. Meu macho seco pra meter a

>rola no rabo de meu marido e no meu. Queria pque queria faturar os

>dois cus de uma vez sá. Ai fomos tomar banho, qdo. saímos todos

>pelados, a rola do nosso macho estava assim, meia redia. e ele

>ficou desfilando aquela maravilha pendurada pela sala, meu marido

>não resistiu e chegou perto, começou a acariciar o cacetão, que logo

>foi subindo, crescendo, e ficando duro outra vez, meu marido

>ajoelhou e meteu a boca, o cacete grande mal cabia na boca dele,

>aquela cabeça enorme sumiu, então ele começou no vai e vem, engolia

>mais da metade, ate na garganta, enquanto isto, segurava as boas e

>as acariciava, fiquei sá assistindo, pra ver no que ia dar. com as

>chupadas o nosso macho ficou tarado, e disse, quero abrir o seu

>Cu... e foi virando meu marido, colocou ele de quatro no sofá e veio

>com o troféu enrijecido. cabeça pra fora, tive que umedecer a cabeça

>e o buraco com creme, ambos ficaram muito lisos, ai meu marido pediu

>pra ele colocar bem devagar, já que era a primeira vez, meu marido

>nunca tinha dado o rabo pra outro macho, sá brincava com o de

>silicone, mas este era de carne, era quente, era grosso, e comprido,

>e ainda tinha os movimentos do macho, tinha veias que pulsavam. Ai o

>nosso amigo, colocou a cabecinha no buraco, e empurrou bem devagar,

>aquilo foi arrombando tudo, meu marido gemia, de dor e de tesão. ate

>que a cabeça ultrapassou aquele anel que o Cu tem, durinho lá

>dentro, ai meu marido sentiu um alivio, pque a cabeça é bem mais

>grossa, e força o anelzinho de couro a abrir...o macho foi

>colocando, e mais, e mais, e meu marido corninho gritando, gemendo e

>com muita tesão, dizia, ai assim eu vou sujar seu cacete de merda,

>parece que estou cagando pra dentro... isto excitava maios o macho

>que socou tudo, e começou a bombar, agarrou meu marido sem piedade,

>e meteu os 23 cm pra dentro com força e tirava tudo e punha de novo

>pra mim ver, aquilo vinha pra fora com cabeça e tudo, e entrava de

>novo, eu vibrava de tesão, e tocava uma ciririca, é muito bom ver

>outro homem enrabando ele, ele de quatro atras e em cima do meu

>marido, meu marido olhava por baixo e via os dois sacos se

>esbarrando. uma delicia...o macho não aguentou e esporrou, lá no

>fundo...enquanto gozava, parecia que metia ate o saco pra dentro.

>Meu marido gemia e gozou, tocando uma punheta enquanto o macho

>gozava nele...ai tirou. desceu uma mistura de porra com sangue da

>porta do Cu...foi uma violência, meu marido mal podia sentar, perdeu

>todas as pregas, mas gostou e disse que agora vai dar pra todos que

>me comerem...Dormimos, na manhã seguinte acordei com meu marido

>chupando o caralho do nosso macho, aproveitei e comece a chupar o

>cacete do meu marido que estava duro como ferro; ficamos nessa

>chupação até o macho esporrar na boca de meu corninho que engoliu

>tudo. Não aguentou e esporrou na minha boca. Tomamos um banho e

>fomos para o hotel; à noite nos encontramos de novo na casa. do

>macho que abriu a porta com o caralho já duro pra fora; eu e meu

>corninho chupamos em conjunto aquele caralho até que meu marido me

>colocou deitada e posicionou o macho por cima e com as mãos

>direcionou o caralho dele até atolar na minha boceta; o corno fez

>questão de enfiar o cacetão na minha boceta; ai pegou minhas pernas

>e entrelaçou o pescoço do nosso macho fazendo um frango assado.meu

>macho socou tudo, enfiou até o talo e socou violentamente até

>esporrar fundo no meu útero. Ele meteu tanto que fiquie dolorida por

>uma semana, toda esfolada de tantoo cu como a bicetinha de mas valeu

>a pena nuca gozei tanto como aquele final de semana. O corno do meu

>marido, agora também putinhado meu macho, reclamou do cuzinho

>arrombado por um bom tempo mas porem fficou feliz e realizado depois

>eu conto outras transa que ocorreu durante o tempo que passamos na

>Bahia hoje sempre nos encontramos desde que meu macho nr. um pode

>vijar, somos um casal bem feliz e nos amamos muito, quem quiser ter

>o prazer que eu e meu maridinho corninho tivemos´pode entrar em

>contato com este macho maravilhoso o e-mail dele é :

>[email protected], ele mim autorizou eu colocar no

>nsso relato. beijos .

>

VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


gordinho cagando na vara conto eroticossexo com renata crentinharelatos eroticos derao boa noite cinderela estourou a novinha na xota e no cuvoyeur de esposa conto eroticomeu namo puchou meus cabelos e deu vários beijos em mim o que significa isso?cache:6FK7RI0T9TcJ:okinawa-ufa.ru/m/conto_476_eu-e-2-travestis.html A sogra peidou contos eroticosContos eróticos com mulher amamentando bebê e homem ficou excitado.contos eróticos minha mãe pintinhocontos levei amigo bebado fudeu minha esposapau na boca da namorada dpvalesca chupando e o namorado olhandocontos eroticos o garotinho comia minha mulhertransformação contos eroticoscontos eroticos casada fudeno com negao eo marido vendoconto erotico era pra ser brincadeira e virei cornocaminhoneiro e********* a novinha na beira da estrada de cavalocontos eróticos com o genroconto erotico a filhinha do meu tioputinha do papai desde-conto eroticocontos eróticos de lésbicas masoquistascontos eroticos homens que usam calcinhafui chupadocontos porbo cadela laikacontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crentequebrei o cabaço da minha irmã ela chorou muito porno cariocacontos marido pintinho fio terracontos eróticos escondeu o pau de borracha na bucetaconto meus priminhos chantagistascasada se vendendo pro caminhoneiro-contosContoseroticos minha enteada novinha sendo estuprada por dois roludosContos d maridos que leva homem pirocudo pra comer sua esposa em ksacontos eroticos ele insistil que deixei tira camisinhacontos eroticos comi a noiva do visinhoelena senta na pica duracontos eroticos velha greludaconto erotico incesto dominando irma e maeirma tarada ensaboando o irmao no banhocontos de coroa com novinhoxvideos pai mete lolcamente em filha pagina1contos eroticos menina de 07anos dando a xaninhacontos minha cunhada viu eu mijanodei a bunda contosContos eróticos minha mãe so gosta de dar a bundaconto guei fingi dormi emeu primo enfiou o pau na minha bocaConto minha filha dorminda so de fio dentalcontos de rasgando o cu da babaso rola melado cuecas fotoscontos-gays sou gay e fui arrombado pelo pauzao grosso e grande do meu patraocontos porno 28cmcrente velha chantageada contos eróticos porno.ele namorou a cunhada ate que ele comeu o cu delaabri pernas pra meu filho me comerfudendo a sobrinha rapidiho no quintalarregaçado pelo cachorro contoscantos eroticos com cavaloscontos eroticos feriado quitinete praiazoofilia bruda com mininasputa entra em desepero ao gozar esegerada menteesposa vadia viajando com o cunhado e acampando passeiocontos eróticos punheta da primacontos eroticos diretores de escola chantageando novinhas virgensgostosas de caixote apertadinhanovinha de shortinho curto mostrando os pelinhos das nádegascontos eroticos tirei a virgindade da minha tia gordinhaCorno ama levar chifre da mulher conto eróticoconto erotico. chamei minha amiga pra fuder comigo e meu namoradocontos de gays sendo arrombados por varias rolascantos eróticas adoro da o cuCArnaval Antigo com muinto trAveco fazendo surubaContos filhinhas calcinhacontos eroticos tio e sobrinhaContos eroticos dois heteros vodkabebendo leite materno contos eroticoseu de shortinho socado em casa contos