Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

ARROMBADO POR UM NEGRÃO PAUZUDO

Isto aconteceu comigo quando tinha sãmente 19 aninhos,era um menino ingenuo e puro não via maldade em ninguém,fui estudado em colégio de padre,e ainda por cima era filho único.Foi numa viagem em férias,no sítio do meu avô que tudo começou,e se tornou para mim os dias mais maravilhosos da minha vida.No sítio da meu avô tinha um peão de nome Silvio,que tinha 30 anos,era um negro de aspecto rude,mas muito educado e respeitador,e era um trabalhador de confiança do meu avô,e que eu via pela primeira vez.Êle cuidava do serviço da estrebaria,onde ficavam os cavalos,tratando e cuidando dos mesmos.Eu gostava de ficar olhando êle trabalhar,pois algo me despertava,pois o mesmo ficava sem camisa,mostrando toda a sua virilidade,era um macho muito forte,musculoso.Usava um calção,que cada vez que se movimentava um volume assustador balançava entre as pernas.Era meio tímido,sem cultura,mas era gostoso ficar com êle.Numa tarde me convidou,para irmos cavalgar pelo sítio,que era grande,mas eu disse que nunca tinha montado em cavalo e que eu tinha medo.Não tem problema êle disse,você vai comigo na montaria,dito isto me colocou em cima do cavalo e montou também,ficando nas minhas costas.Me segurou pela cintura para eu não cair,foi quando senti pela primeira vez aquele volume encostando na minha bundinha,senti um arrepio gostoso,e seu cheiro de macho,de mato,me seduzia.Ele perguntava se eu estava gostando do passeio,eu sã dizia,hum!!Hum!!,está delicioso.Cada vez seu caçete ficava duro,me dando calafrio,meu cuzinho começava a piscar de desejo,eu estava gostando,eu ficava enconstando no seu pau.Nás já estavamos bem longe da casa do sítio,e eu sãzinho com aquele macho,me apertando,e eu sentindo e gostando daquele volume atrevido batendo na minha bundinha.Derrepente êle parou o cavalo,debaixo de uma árvore,me apertou com os dois braços,eu estava todo vermelho,pude sentir o seu cheiro de macho,me deu uma chupada no meu pescoço me levando ao extase,como num momento de desejo,toquei em seu caçete,meus Deus!!!que volume,e que dureza,parecia uma pedra.Eu estava entregue,era pra êle que eu daria o meu tesouro,meu cuzinho piscava sem parar,foi quando êle disse,vamos iniciar a felicidade desta bundinha,minha garotinha,gostava quando me chamava assim,vou fazer você minha mulherzinha.Me desceu do cavalo,tirou o pelego,e colocou embaixo da árvore.Eu tremia de medo e tesão,foi quando já com o seu pau à mostra,pude sentir,o poderio daquela arma,extremamente grosso,comprido,com um saco enorme,e uma cabeçona de meter medo.Eu estava iniciando a minha vida sexual,me ensinou a bater uma punheta,pude sentir a delicia de chupar aquele caçete,era muito gostoso,não cabia na minha boquinha de tão grande.Meu cuzinho pedia pra receber aquela tora,foi quando êle me virou de bruços,e eu fiquei com a minha bundinha a sua merçe,abriu as minhas nadegas, e meu cuzinho já estava lubrificado,ai posicionou o seu caçete,senti aquela cabeçona pedindo passagem,forçou um pouco,dei um grito de dor,não vou aguentar,voce vai me machucar,começei a chorar,e muito grande não vai entrar.È sempre assim no começo,voce depois vai acustumar,doi um pouco,vou meter bem devagarinho,levante bem a bundinha.daí ele começou a forçar,e senti o meu cuzinho sendo arrombado,ai que dor,eu estava engulindo aquele caçete monumental,aquela tora negra me invadia o ventre,lentamente eu agasalhava aquele caçete,doia mas era gostoso,os movimentos foram ficando mais rápidos,eu berrava de prazer,o meu macho sabia foder,derrepente senti um rio de leite a inundar meu dolorido cuzinho,eu estava rasgado,o leite jorrava sem limite,era abundante,foi tirando o seu caçete de dentro de mim,saia o seu gozo junto a um filete de sangue,senti um vazio,cai em extase,quando pude ver o tamanho do seu caçete,e não acreditei,que tinha engulido aquela vara.Ainda tinha dois meses de ferias,não é preciso contar o que aconteceu,mas conto pra voçes noutra hora.Ufa!!!!!

VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


contos esfrega buc gozada corninhocontos gay chupei o pau do borracheirocontos eroticos frentistacontos zoofilia namorada e a prima dela dando o cu pro cão juntascontos de incesto minha filha sendo comidacontos família liberalconto - so cabia um dedinho na bucetinha delacontos encesto na praia de nudismocontos de sexo falando que cagouno assalto meu pai fudeu minha esposa na minha frente conto eroticoContos eroticos orgia forçadafilha esposa de papai pintudo contoscontos eroticos arrombando a gordacasado chupa travesti contoconto erótico de homens que tiveram experiência com alguns homensrelatos eroticos derao boa noite cinderela estourou a novinha na xota e no cucontos eróticosperdendo as pregas do cuzinhosogro saradopura foi dar pra cavalo e acaba com a buceta estoradacontos eroticos de mulheres casada de manaus   minha esposa raspadinha e puta contoconto de meu avô rasgou meu cucontos comi a mulher do amigo bebadacontos cris super dotadocontos eroticos flagrei minha mae fudendo com travestig****** na xoxota da prima beijosPaguei pra ver ela mijandoCasa dos Contos e******** pelo Negrão  Marilia e Juliana estavam mais uma vez fr ente a frente para uma dolorosa batalha. Ambas traziam nos corpos as marcas feitas pela outra em combates violentos e sangrentos. Marilia vestia tão somente uma minúscula tanga branca fio dental. Juliana uma  senti os jatos fortes de porra no fundo da minha bucetaconto de sexo Fodeno minha irma e minha maeContos eroticos obriguei minha mae a engolir minha porracontos incesto com a mae rabuda eu e meu pai na praia de nudismocontos eróticos "peladinho" sobrinhocontos eróticos sobre prima bucetudaA rainha que dava a bunda para os strapon contos fazendo vovô gozarcontos meu pai mi deu de presente pro negao picudo mi foder todacontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crentexvidio cu mas floxo e da peidia saga de uma puta contos eroticoseios da esposasaindo fora da blusa no sexocontos eróticos meu namorado deu o curso para não comerem minha bucetatvideos de teens ninfetas dos peitoes definidos transando gostosocontos eroticos velhos e novinhas santinhascontos eróticos dormindo com a porta abertacomto imcesto familia praiaconto eróticos comi rabo mãe doamigofudendo a boca da namorada/contos eróticospegando amiguinha da filha no banho e gozando na bundinha delahonme infinando a rola na bumda da molecontos eróticos sequestrocontos eroticos da infância incestoContos eróticos meu patrão do pau gg arrombou minha linda noivacontos eróticos chupeicontos eroticos seiosconto amigo do meu marido tem uma rola enormecontos eroticos minha namorada virgem e meu amigo pauzudofotos e vidio e contos eroticos estava sucegado em casa quando minha irmã começou a me procarprimeira vez q comi meu amigohumberto de pau durocontos eróticos traição com garoto exepionalmulheres nuas e cagando no cu da primacontos de coroas casadas comendo as e amigas com pinto de borrchas cinta lesbicasconto erotico de sobrinha nova e tio gostoso fodendo gostsocontos eroticos de iniciação gay: mete devagarfilme pornô da mulher do Suvaco Cabeludo Vem homem do pau mais grande e g************* delaminha irma envagelica encestoContos lesbica come nerdcontos eróticos gay volta redondamulher dando pra piazada contos erpticodcontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crentecunhada com previlegios pornsTenho 60 anos e minha bunda ta se mais contospraia de nudismo contosCONTO CHUPETEIRA DO BANHEIROConto erotico esposa baixinhalavar xoxotinha conto