Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

LOLITAS QUASE PERDENDO O CABAÇO

Oi, meu conto de hoje é de uns bons anos atras. Como alguns já me conheçem e outros não. Vou me apresentar novamente. Meu nome é Mariana, sou gaucha atualmente moro em São Paulo (capital), sou loirinha, 1,67 altura, 59kg, cabelos lisos e compridos, olhos mel, 19 anos.



Sempre fui tarada, desde a infãncia, onde minhas bricadeiras com as bonecas sempre tinham sexo, mesmo sem entender direito do assunto "ainda". Brincava com uma prima que tem a mesma minha idade, e aos 9 anos já brincavamos de mamãe e papai, nos tokavamos e aos poucos fomos perdendo a vergonha e descobrindo nossos corpos e desejos.

Aos 19 já nos masturbavamos juntas, sempre durmiamos uma na casa da outra e isso facilitava. Nossa relação não era lesbica pois não tinhamos atração uma pela outra e sim por meninos, mais gostavamos de sentir o toke uma da outra.

Havia uma outra prima que morava na capital, essa um ano mais velha, e bem mais safadinha. Quando ela vinha sempre nos juntavamos e fikavamos nos tocando e tal. Ficamos mestruadas bem cedo (1011 anos) então nosso corpo já era quase de mulher. Peitos e bundas salientes. Coisa que fazia dispertar o interresse da garotada da volta.

Um fim de ano, quando tinhamos uns 1213 anos por ai, nossa familia se juntou para as festas de natal e reveillon. Veio familiar de todos os lugares, Um primo meu que mora em Floripa trouxe um amigo junto.Eles eram mais velhos tinham 20 anos na epoca, o amigo se chama-va Rafael, era lindo, alto, magro, loiro e olhos claros, tinha um sorriso lindo.

Nos encontravamos sempre na casa de minha avá que era bem grande, tinha pscina e os primos sempre iam curtir jjuntos. Numa tarde dessas, estavamos eu e minhas primas (Monica e Leticia) na beira da pscina, usavamos bikines minimos, enquanto meu primo (Lucas) e seu amigo bebiam cerveja e jogavam poker um pouco afastado de nos.

Nos eramos muito safadas já, olhavamos sem parar para o amigo de nosso primo e ele já havia percebido que estavamos afim. Meu primo mais inocente nem imaginava que estavamos afim do amigo dele.

Entramos na pscina e em meio a brincadeiras começamos a nos tokar, enfiavamos a mão uma na buceta da outra, assim ninguem veria de longe pois estavamos dentro da pscina. Estavamos exitadas de olhar e desejar Rafael, e ele não tirava o olho da gente.

Estavamos sozinhos na casa, nossos pais tinham ido passar o dia no sitio de um tio nosso, e não fomos porque ficamos durmindo ate mais tarde. Ainda não tinhamos almoçado e pedimos para o nosso primo sair para ir buscar a comida. O inocente convidou o amigo para não ir sozinho, e Rafael inventou uma desculpa para ficar. Ficamos loucas quando soubemos que iamos fikar a sás com ele.

Assim que meu primo saiu, ele veio e se atirrou na pscina com a gente e ficou puchando assunto, ficamos uns 5 minutos sem graçae sem assunto. Depois ele disse que viu o q fizemos na noite anterior, deixando-nos morrendo de vergonha ( ele nos espiou nos masturbando ) Ele perguntou se eramos virgens e nos 3 dissemos que sim. Ele disse estar surpreso pela nossa idade, nosso corpo já ser assim.

E foi chegando cada vez mais perto, nos riamos sem parar. Num misto de vergonha e tesão. Ele então perguntou se tinhamos namorados, dissemos que não, apenas fikantes.

Ele se gabando por ser mais velho e tal, disse que tinhamos q fikar com alguem da idade dele, com experiência. Que ele poderia ensinar muitas coisas a nás. Então ele começou a nás dar cerveja, coisa que na frente de meu primo não podia fazer pois o primo é todo certinho. Fomos bebendo e perdendo a vergonha. E ele entrando em assuntos cada vez mais ousados, e nás rindo e adorando. Foi então que ele perguntou se já tinhamos agarrado num pau, e nás meio sem graça respondemos q sá tocamos por cima da calça de alguns garotos que tinhamos ficado, e ele então colocou aquele pau pra fora dentro da pscina e perguntou se queriamos tocar no dele. Minha prima mais assanhada na mesma hora agarrou o pau, e nos fomos chegando mais perto e tocamos. E o garoto cada vez mais dizia para nás tomarmos cerveja, querendo nos deixar bebadas para facilitar as coisas.

Depois de sentir aquele pau duro nas mãos as coisas foram ficando mais quentes, ele nos beijou uma a uma. e começou a nos agarrar. Dizendo que ia nos masturbar de uma maneira diferente. Enquanto ele me agarrava, beijava e enfiava os dedos na minha buceta. Minhas primas se masturbavam nos olhando.Foi então que ele começou a roçar o pau na minha buceta, sá na entradinha e no clitoris, me deixando loka. Não queria perder o cabaço ali daquela forma apesar do meu desejo ser imenso. Tive que me conter. Segui nos amassos e roçando aquele pau . gozei nele umas 3 vezes. Foi então que minhas primas partiram para cima dele querendo tambem.

Elas tinham pressa pois meu primo ja devia estar retornando e depois com ele presente ficaria dificil. Depois de mostrar o que é um pau duro no meio das pernas e o quanto é dificil resistir . Ele disse que ia entrar pois já ia gozar e não queria gozar na agua. Ele entrou e disfarçei e fui atras.

Entrei no banheiro com ele, e fikamos no maior amasso no banheiro.ele me virou de quatro e enfiava seu pau na entradinha da minha buceta e eu loka de tesão. Ele perguntou se minhas primas me chupavam, e eu disse que nunka tinhamos feito isso. Então ele me colocou de quatro e caiu de boka na minha buceta, tinha que me conter os gritos e gemidos. gozando muito rapido na cara dele. Ele que já tava a horas controlando o gozo. Pediu que eu chupasse seu pau, sem experiencia alguma começei a chupar, achava estranho, não sabia direito o que fazer. Mais não demorou muito para ele gozar na minha cara, fazendo eu sentir pela primeira vez o gostinho de porra. Hum uma delicia!

Nos lavamos e saimos, meu primo já havia retornado e estava almoçando com minhas primas q estavam com uma cara de inveja, pois viram que estavamos no banheiro juntos.

No outro dia eles foram embora, e nunka mais vi Rafael. Mais me lembro ate hoje, pois apesar de não ter tirado meu cabaço ele me ensinou outras coisas.

Quanto as minhas primas depois dessa vez começamos a não nos tokar mais, conheçemos o que era um pau. E que era muito melhor fazer com ele do que com um dedo. hehehe...











Votem!!!



Bjão



VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


contos de insesto fatos.comreaisnega dançando agachadinho com a mão na periquita em cima da camazoofilia a chapeuzinho vermelhocomofuder uma egua contos erotico. por causa da crise meu.marido virou.cornofiquei excitada e dei para um mendigoContos eroticos comi um cuzinho no sequestrocontos eroticos arrombando a gordacontos eroticos de coroas patroas de chacarascontos eroticos de padrinhos com afilhadas que engravidamcunhada no cio contosconto erotico castrado na favelaporno doido sumindo um emorme prinquedo na pusetacontos batendo punheta no garotinhoencoxei e dedei minha sobrinhabaixa vidio mulher esfrega buceta na boca homem e solta porra na barriga deleempresaria casada safadas contos eróticos reaisconto erotico corno pede a funcionario comer sua esposaComo me tornei um corno mansocontos tudo enfiado no cufui almoçar mas a cunhada e ela me deu foi a buceta so nos dois em casahistorias pra gozar minha menima dd 19 aninhose delirarcontos rael eu miha mae sobrimasconto erotico fui corno ingenuocontos eroticos minha esposaflavia e dois machoscontos minha irmã cuzudao p****** do metrô mulher relata conto eróticorelato erotico buceta peluda da maebaixa vidio mulher esfrega buceta na boca homem e solta porra na barriga deleContos casal topless praia desertaAmigas pirocudas contoszoofilia negao comenorme pau deixando putia loucaVelho pervertido come a bucetinha de uma garotinha na escolapassivosrj sexocontos eróticos leite incestocontos eróticos comi minha amiga skatistacontos erótico ginecoligista e novinhacontos eróticos mãe e filhaconto erotico. sobrinha mulatinhacontos eróticos mulher vai ate afazenda trepar com capatazperdi meu cabaço para o patrao sobre chantageporno tranzado com a madrinha dormindo sem semtirconto eróticos pai irmãosContos comi a mulher de amigo bebadaconto porno mulher adora novinhocontos esposa branquinhaso cornosconto novinha gravida do tiopai me comeesposa de corno contos gosta na carafui consola a cunhada contospai emfia pica filha morrocontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crentegay "macho vagabunda" contoNegras malhadinhas com muinta vantade de dar a bucetadeixei meu amante come minha intiada a força pá ela não mim entrega incesto contos eróticoscontos erticos fudi a buceta da eguaconto erotico trepei com meu primo engravideicontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crentecontos eroticos dando pro camioneirocontos eroticos/paguei pra comer o cuzinhocontos eroticos gays romance primoirmao encochando no buzaoContos amigos fodem maes de amigos por traicaoDei o cu pro policial, quase me rasgacontos erotico - a cunhadinhacontos eróticos de patrão com secretária recentescontos eroticos cu de esposa vermelho cheio de porra com fotocontos eróticos filhinha bobinhacontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crenteMULHER COMENDO O HOMEN COM MAO TODAomcontos eróticos punheta da primacontos erotico meu pai e meu tio armaram pra fuder eu e minha primaeu e minha mulher fudemos com nosso caseiro e suas filhas juntos contosvideos para deixar o namoradoexitadocontos eroticos marido mandando mulher saracontos eroticos com irmacontos vendo minha prima sendo fodida pelo namorado acabei dando tambe betinhacontos eroticos arrombando a gorda