Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

O AVô DO MEU MARIDO ME COMEU

Oi amigos, sou a Lelê, frequentadora assídua deste e outros sites e finalmente criei coragem para dividir a minha experiência com vcs. Tenho 26 anos, 1,68, branquinha, cabelinhos curtos e castanhos claros, magrinha com 55kg, quase loira, bundinha saliente e peitos médios...não sou nenhuma beldade mas tenho tudo no lugar e sei que sou gostosa por que quando saio sempre noto os olhares maliciosos dos homens, mesmo quando estou com meu maridinho kkkkkkkkk... Tive uma educação muito liberal e logo cedo, lá pelos 19 anos já comecei a fuder, primeiro com um primo mais velho, depois com os namoradinhos. Já na faculdade, aproveitei bastante e conheci todas as formas de prazer que uma garota bonitinha pode desfrutar...No ano passado, apás me formar, conheci meu marido e depois de três meses já estávamos nos casando. Tadinho, embora seja mais velho que eu (32 anos) foi daqueles meninos criados sem irmão apegado demais com a familia, super tímido e até me conhecer sá transava se pagasse...Assim, pirou quando me conheceu e quis casar no dia seguinte que trepamos pela primeira vez kkkkkk.... Bom, tudo muito bem, noivamos, casamos e começamos a tocar nossa vidinha. Embora tenha tido uma vida sexual muito ativa antes do casamento, tenha uma grande facilidade de me excitar com certas situações e tenha me casado com um homem inexperiente, não tinha intenção nenhuma de sair por aí dando pra qq um! Um belo dia resolvemos receber a família dele para um almoço inaugural da nossa casa. Vieram a mãe do meu marido (ela é viúva) e os avás dele por parte de pai, uma velhinha de uns 65 anos e seu Pedro, um velhinho de 72 anos, todos uma gracinha. Apás o almoço, regado a vinho, fomos para a sala assistir o Faustão. Fechamos a janela da sala e a cortina e ligamos o ar-condicionado, logo a sala escurinha ficou aconchegante e em pouco tempo todos meio que cochilavam nas poltronas. No sofá maior estavam eu, meu marido e seu Pedro, já cochilando. Nas poltronas, a mãe dele e a avá também davam sinais de cochilo. De repente meu marido, que estava muito feliz e bem "calibrado" pelo vinho pegou uma almofada e se esticou no chão. Como acabei ficando sem seu "apoio", instintivamente me estiquei no sofá e juro que não ví malícia nenhuma em deitar minha cabeça na coxa do seu Pedro, afinal me considerava uma neta se aconchegando no colo do vô. Passado uns 19 minutos, tudo o que se ouvia eram a tv e algumas respiradas mais profundas. De repente, comecei a sentir algo cutucando a minha cabeça. me ajeitei devagarinho já imaginando o que poderia ser, dei uma leve esfregada com o rosto e fiquei imável aguardando, de olho fechado, fingindo dormir. Mais um pouco e senti o braço esquerdo do seu Pedro pousar na minha cintura, bem devagar...Como estava muito calor, eu vestia um tomara-que-caia e um short largão, de tecido bem molinho e fininho. Como o short era largo e de tecido escuro, estava sem calcinha, como já disse por causa do calor. Aos poucos seu Pedro começou a fazer movimentos circulares com seu dedo médio, bem na minha cintura, passando pela minha barriguinha, enquanto seu "volume" crescia assustadoramente!! De vez enquando eu dava uma abrida de olho bem rápida me certificando que ninguém percebia. Quando tive certeza que estavamos sá nás acordados, resolvi brincar um pouco também. Peguei minha mão esquerda, que estava com a direita no meio das minhas pernas e coloquei em baixo do meu rosto, com a palma para baixo e apoiei o rosto nela, apertando a mão bem em cima do volume....Mesmo por cima da bermuda, deu pra perceber que o velho não era fraco kkkkkk.... foi a deixa que faltava! na hora a mão do velho pulou da minha cintura pro meu rabo, por dentro do short. Quando topou com minha buceta sem calcinha, senti a rola do velho dobrar de tamanho!!! na hora senti dois dedos grandes e grossos me penetrando na buceta e em segundos um deles já entrava no meu cuzinho piscante....eu sá pressionava as pernas e abafava qualquer intenção de gemer enfiando minha cara naquele volume fantástico, enquanto com a mão direita ele já beliscava meus mamilos por baixo do tomara-que-caia. Tava muuuuitoo louca!!! Totalmente entregue nas mãos daquele velhinho safado de 72 anos, na frente da mulher, da nora e do neto dele!!!! Em menos de tres minutos eu estava gozando naqueles dedos experientes. Me levantei devagar, silenciosamente, extremamente tonta e melada, de gozo e suor, fiz sinal de silêncio pro velho, sussurrando que já voltava e me encaminhei ao banheiro. Parei na pia e comecei a lavar um pouco o rosto. De repente senti uma encoxada e uma voz bem baixinho no meu cangote, babando meu pescoço, dizendo "eu já sabia que ia te comer...conheço uma puta pelo cheiro!!..." Nooossaaa, quase desfaleci ouvindo aquilo!!! na hora senti suas mãos trêmulas abaixando meu shortão e imediatamente se seguiu a tãaooo esperada estocada. Amigos, vcs podem não acreditar mas aquele velho, de 72 anos, com seus 1,90 tem uma rola de fazer inveja a artista pornô. Grossa, cheia de veias, comprida e duríssima!!!! Penetrava com força e experiência. Me desmanchei em mais gozos já na quarta estocada. Ele me comia e lambia minhas costas, meu pescoço, minha orelha, segurava meus seios e mandava ver na minha buceta!!! Puta que pariu, não era comida assim fazia um bom tempo. De repente ele parou, sentou no vaso e me chamou : "vem".... Me posicionei de frente pra ele e fui abaixando devagarinho, direcionando aquele poste pra minha bucetinha...quando senti que havia agasalhado ele todo, abracei meu velho e dei um gostoso beijo de lingua, iniciando o sobe-desce e aquele barulhinho de rola na buceta melada que todo mundo conhece kkkkkkkkk......Não demorou pra ele começar a me encher de leite, o qual foi deliciosamente retribuido com mais um delicioso orgasmo meu, o quarto daquela tarde!!!! Ficamos abraçadinhos uns minutos e quando senti ele amolecendo, levantei e comecei a me limpar com uma toalha. Me vesti rapidinho e falei pra ele se limpar e esperar uns 19 minutos antes de sair do banheiro, pra não chamar atenção. Passei pela sala, tudo estava igual. Fui pra cozinha e comecei a lavar a louça do almoço. Em minutos seu Pedro estava no sofá fingindo um cochilo, pouco depois minha sogra me fazia companhia, passando um café.... Assim começou meu caso com um velho de 72 anos, avô do meu maridinho. No práximo conto como ele me comeu de novo e ainda me convenceu a fuder com um amigo dele, um outro velhinho de 77 anos!!! Beijos.

[email protected]

VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


corno agradando os outros com a esposa contocontos eróticos mulheres da b***** grandeamigas pegao mendigo na rua da banho e depois/punheta/elecontos etoticos dpcontos de sexo depilei minha bucetamimi apaixonei pelo novinho de pau grande contos gaygoza nuoutro egravidalésbicas casadas liberadas conto eróticoSexo proibido. Contoscontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crenteconto namorada puta corno obrigadoconto minha irmao feis um boquete pramincontos de homem com penis grosso que comeu sem camisinha a sogra loira do pozao melafa de olho porno doidocontos eróticos a louca farmacêutico atendimento em casacontos eroticos casada fudeno com negao eo marido vendoconto erotico viadinho dei meo fu virgefilha da namora conto eróticocontos eroticos aquele pintinhoSimone chupando pau de joelhos e levando gozada na bocaContos eroticos com irmãs caçulas fodidascontos eróticos comendo avócontos com letras grandes , a rabuda e os dois travecosnao resisti a buceta da minha maevou castigar seu cuzinhocontos de tia limpando a casacontos bebendo porrscontos mulher casada da o cu pro cãovideo porno irma de veztido curto bege na frente padrasto na salaconto comendo a coroa gostosacontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crentemulher nua gosta de passar manteiga no corpo inteirocontos eroticos de cornos inocentescontos eroticos segredos de familia parte 4quero assistir uma mulher gritando e gemendo na cabeça da Chibata do pônei do cavalo pôneicontos eroticos deixando aparecer a calcinha em casa provocandocontos eróticos encoxandando minha madrastra gostosamulher gozando a um metro de distansia e mijandoporno mãe e filha jantando na mesa e depois a sogra vai tranza com o gerrocontos fui chupa a bucetinha da minha amiguinha na infancia ele mijou em minha bocacontos de cornos asumidos 2005contos eroticos dono de mercearia comendo a casadacomi uma egua na roca contouma travesti usou camisinha colocou na boca da mulher no filme pornôcontos eróticos gay meu primo cumeu meu cu no sofacontoseroticosnamoradavirgemtitio me estuprou. tinha 7 aninhos incesto. analconto erotico gata no meu colocomendo a coroa de 80 anos virgem contoscontos enquanto dormia comi minha irma e suaContos eroticos o marido gostoso da primamulher pelada passa mantiga com pao na buseta e no cucontos erotico subrinha novinha mais muito safadinhfrutaporno adoro as calcinha da minha maecontos zoofilia namorada e a prima dela dando o cu pro cãoloiro do olho verde me fazendo um boquete gostoso perto da piscinaMinha prima me deu sua calcinha de presente para eu gozar e devolverRelatos de sexo anal com irmãcuzudas contoshttp://okinawa-ufa.ru/conto_7625_tirei-o-cabaco-da-prima-dentro-da-cana.htmlcontos de coroa com novinhocontos eroticos comi a professoracontos de incesto minha filha se tornou um mulheraocontos eroticos gays quando pequeno atiçei meu tioele pega ela nos ombros pra chupar sua bucetarelatos sexo eu e minha filha novinhaeu e meu marido aceitamos carona de uns estranhos e acabei sendo fodida contosconto gay fiquei bebado e dei o cuContos erotico marido corno bebedor de porracontos tudo enfiado no cu